Hostel na Europa é seguro? Dicas para escolher sua acomodação

Dicas e Planejamento  / 

Vai viajar para os países europeus e está em busca de hospedagem barata? Então certamente os albergues são uma excelente alternativa. Com diárias econômicas e ambientes compartilhados, os hostels tornam qualquer viagem bastante econômica e são uma excelente forma de fazer novos amigos. Mas será que ficar em um hostel na Europa é seguro?

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Com tantas histórias divulgadas na internet, é importante conferir algumas dicas para escolher sua acomodação com tranquilidade e evitar problemas.

O que é um hostel?

Para entender se ficar em um hostel na Europa é seguro, é preciso primeiramente entender o seu conceito. Trata-se de um tipo de hospedagem de baixo custo, onde a maioria dos ambientes é compartilhada pelos hóspedes. Ou seja, uma excelente opção para quem quer saber como economizar em viagem.

Isso significa que ao contrário de um hotel, no qual você aluga um quarto pessoal, no hostel você aluga uma cama em um quarto compartilhado.

Mas não se preocupe, pois a maioria dos estabelecimentos oferece a opção de escolha entre quartos femininos, masculinos ou mistos. Ainda, por um preço mais alto, alguns estabelecimentos também podem oferecer quartos privativos.

Saiba se ficar em hostel na Europa é seguro

Outro detalhe que diferencia os hostels das hospedagens tradicionais é o banheiro compartilhado. Na maioria das vezes é separado entre homens e mulheres, mas os hóspedes têm o uso comum do espaço.

Além disso, algumas hospedagens dessa categoria também oferecem espaços de convivência. E isso torna o hostel um ambiente mais familiar, já que nesses espaços é possível assistir TV, saborear uma bebida ou uma bela refeição em conjunto.

Leia nosso artigo sobre hostels e veja mais detalhes sobre como funcionam.

Benefícios de se hospedar em um hostel

Apesar de ser mais econômico, será que o hostel na Europa é seguro? E quais as principais vantagens desse tipo de acomodação?

Confira abaixo alguns dos principais benefícios de ficar em um hostel europeu:

1. Mais barato do que os hotéis tradicionais. Abrir mão da comodidade e da privacidade pode significar pagar metade do valor de uma diária tradicional;

2. Oportunidade de fazer novos amigos. A convivência entre os hóspedes possibilita conhecer culturas diferentes, trocar experiências e quem sabe até ganhar alguma companhia, caso esteja viajando sozinho;

3. Comer bem por um preço acessível. Alguns estabelecimentos já incluem na diária as principais refeições do dia. Já outros, somente oferecem o café da manhã. No entanto, não é difícil encontrar hostels na Europa que oferecem apenas a acomodação. Isso significa mais economia em sua viagem, já que não será necessário gastar em restaurantes tantas vezes;

4. Poder levar seu animal de estimação. Alguns hostels também são pet-friendly, ou seja, aceitam receber animais.

Será que hostel na Europa é seguro?

Sim, ficar em um hostel na Europa é seguro e uma das principais formas de hospedagem nos principais países europeus. Os estabelecimentos procuram oferecer aos seus clientes uma boa estrutura, como Wi-Fi gratuito, dormitórios com ar condicionado e outros benefícios.

Os quartos geralmente são equipados com beliches, já que esse tipo de mobiliário permite economizar espaço. Alguns estabelecimentos colocam uma “cortina” na cama, de forma a oferecer um pouco de privacidade aos hóspedes.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Além disso, é possível encontrar nos quartos armários com cadeado para guardar os pertences pessoais, e em alguns casos até mesmo frigobar.

Descubra truques essenciais para viajar mais barato e mais seguro.

Como escolher um hostel na Europa seguro

Para facilitar seu dia a dia na viagem, é preciso estar atento a alguns detalhes. Entre eles, a escolha de um hostel na Europa seguro. Veja a seguir:

Localização

Na hora de escolher um hostel seguro na Europa, a localização é um ponto fundamental para se prestar atenção. Isso porque escolher um estabelecimento localizado em um ponto estratégico, como próximo a estações de trem e/ou metrô, por exemplo, facilita a locomoção para outros lugares.

Quantidade de banheiros

Pode parecer algo irrelevante, mas imagina que chato você ter que esperar duas horas para sair porque a fila do banho está gigante?

Na Europa, muitos casarões antigos são transformados em hostels, possuindo assim, um ou dois banheiros no máximo. Enquanto isso, os mais modernos possuem banheiros dentro dos próprios quartos.

Fique de olho em nossas dicas para fazer seu mochilão pela Europa.

Aquecedor

Se você está pensando em viajar no inverno, priorize hostels com sistemas de aquecimento de ambientes. Afinal de contas, nós brasileiros não estamos acostumados com baixas temperaturas.

Sabendo disso, vale optar por estabelecimentos que proporcionem aquecedor, bons cobertores e outros acessórios capazes de aquecer os hóspedes nos dias mais frios.

hostel na Europa é seguro

Veja quais os locais mais seguros para guardar dinheiro na viagem.

Tomadas e luz individual ao lado da cama

Embora pareçam detalhes simples, eles fazem toda a diferença na hora de escolher um hostel seguro na Europa.

Confira nossas sugestões de hostels nos vários destinos da Europa em nossos artigos:

Dicas para se hospedar em hostel

Se você está planejando ficar em um hostel na Europa pela primeira vez, vale ficar atento a algumas dicas para garantir sua segurança e bem-estar.

1. Esqueça aquela ideia de produtos fornecidos pelo hotel

No hostel, é sua obrigação levar toalhas, shampoo, condicionador, sabonetes e demais amenidades. Se não levar, muitas vezes o lugar até fornece, mas por uma taxa adicional.

Veja nossa lista do que levar na mala de viagem.

2. Providencie tapa olho e protetores auriculares

Hostel na Europa é seguro, mas não é perfeito. O abre e fecha de porta durante a noite e até mesmo o ronco dos seus companheiros pode te incomodar.

3. Guarde sempre seus pertences de valor no cofre

Sempre que for deixar o quarto, lembre-se de colocar relógios, celular, joias entre outros pertences dentro do cofre.

4. Nunca espere que alguém carregue as suas malas

Num hostel esse tipo de serviço não é oferecido, ou seja, mesmo que tenha que subir escadas, carregue você mesmo sua própria bagagem.

5. Cuidado na hora de guardar alimentos na geladeira

Uma das grandes vantagens de se hospedar em um hostel na Europa é poder preparar a sua própria comida. Entretanto, na hora de guardá-la na geladeira, não se esqueça de etiquetar o recipiente com o seu nome e número de quarto.

6. Contrate um seguro viagem Europa

Além de ser obrigatório, o seguro viagem Europa é uma importante garantia de segurança em sua viagem. Além de despesas médicas, ele cobre assistência na localização da bagagem e orientação em caso de perda de documentos e cartão de crédito, entre outros itens importantes.

Já sabemos que quando o assunto é seguro viagem, ofertas não faltam. A melhor forma de escolher é fazer uma cotação online. O nosso comparador de seguro viagem vai ajudá-lo a encontrar o melhor seguro de viagem ao melhor preço.

Para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICASTURISMO (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

Você sabe quanto custa um seguro viagem para a Europa? Leia nosso artigo e descubra.

Afinal, hostel na Europa é seguro?

Você ainda está se perguntando se ficar em um hostel na Europa é seguro? Afinal, compartilhar os mesmos ambientes com pessoas desconhecidas pode sim, gerar dúvidas e inseguranças.

É claro que o nível de segurança desse tipo de hospedagem pode variar de estabelecimento para estabelecimento. Enquanto alguns possuem apenas câmeras de segurança, outros possuem sistemas de vigilância completos, com portas que só se abrem através de cartão magnético e cofre para guardar objetos de valor.

Contudo, a maioria deles oferece mesmo o bom e velho cadeado para trancar os pertences pessoais dos hóspedes nos armários. Ou seja, aqui cabe o bom senso. Se vai ficar em um hostel na Europa, evite levar consigo objetos de valor.

Seguindo todas as nossas dicas de segurança, ficar em um hostel na Europa é seguro e pode ser uma experiência bem legal para sua Euro Trip. Sendo assim, prepare as malas e garanta a sua reserva.

Saiba quanto custa viajar para Europa e se prepare.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.