Visitar Bélgica

7 museus em Bruxelas que você vai querer conhecer

Sua viagem a Bruxelas vai ser regada a muitas porções de fritas, Spéculoos e, se te apetecer, cervejas belgas. No entanto, caso o propósito da sua passagem pela capital belga também envolva um mergulho na cultura, a viagem estará bem servida. Com mais de 120 museus a cidade não carece de opções. Nesse artigo selecionamos bons museus em Bruxelas, veremos quanto custa acessá-los e daremos sugestões de como visitá-los. Aconchegue-se e vamos lá!

Precisa comprar euro para viajar?

Com o cartão Wise você encontra a melhor cotação, IOF a 1,1% e ainda pode converter moedas na hora da compra. Peça o cartão Wise e leve euros para sua viagem com o melhor custo e segurança.

Pedir Cartão →

Principais Museus em Bruxelas para visitar

Em 2023, os museus em Bruxelas atraíram 5 milhões de visitantes, segundo publicação do Ministro do Governo da Região de Bruxelas-Capital. Não é pouca coisa. Essa afluência de pessoas se deve não apenas à qualidade das instituições culturais e às obras abrigadas nesses espaços, mas pela varidade de atrações.

Diferente de outros artigos sobre museus que publicamos, os museus em Bruxelas que estão listados aqui não incluem apenas aqueles dedicados às belas artes, mas também museus temáticos, gastronômicos e até um dedicado ao automobilismo.

Vejamos algumas opções, quanto custa visitá-los e saiba o que fazer em Bruxelas!

Onde estão localizados os Museus em Bruxelas?

Os museus em Bruxelas que recomendaremos a seguir estão dispostos em um raio de aproximadamente 10 quilômetros. Há museus, como você pode perceber, que estão localizados muito próximos uns aos outros, facilitando o deslocamento.

Todos os museus são facilmente acessíveis pelo eficiente transporte em Bruxelas e você raramente precisará de um carro para se locomover. Confira o mapa com os sete museus indicados.

1. Museu Magritte

O Museu Magritte é o espaço dedicado ao surrealista René Magritte. Este museu deve estar na sua lista de prioridades durante a visita a Bruxelas e deve ser priorizado em relação aos outros, caso você precise fazer escolhas.

O Museu faz parte do conjunto dos Museus Reais de Belas Artes da Bélgica e fica situado no Hôtel du Lotto. Este edifício integra o conjunto arquitetônico de traços neoclássicos da Place Royale e é um deleite para os olhos.

Magritte é o surrealista por trás de obras como “A traição das imagens” (La trahison des images), clássico quadro que traz um cachimbo associado à frase “isto não é um cachimbo” (ceci n’est pas une pipe) e “O filho do homem” (Le fils de l’homme), que apresenta um homem com uma maçã verde em frente ao rosto.

Lamentavelmente, essas obras estão em coleção privada e em um museu de Los Angeles, respectivamente. Mas você ainda pode ver tantas outras telas que considero imperdíveis, incluindo:

  • Primevere;
  • O jogador secreto (Le joueur secret);
  • A resposta inesperada (La réponse imprévue).

Dentre os museus em Bruxelas, este é imperdível e precisa ser considerado. Se você só tiver uma chance de visitar um museu, por favor, leve em conta o Museu Magritte!

Quanto custa o ingresso para o Museu Magritte?

Os ingressos para o Museu Magritte estão disponíveis apenas pelo site oficial. O ingresso adulto custa 10€, mas existem alguns tipos de descontos, como idosos que pagam 8€, estudantes (19-25 anos) e pessoas com deficiência, que pagam 3€.

Caso adquira o Brussels Card, a partir de 32 €, você tem acesso ao Museu. Veja os valores:

Evitar despesas inesperadas na viagem é simples

Que o seguro viagem Europa é obrigatório você já sabe, mas sabia que ele cobre custos inesperados durante a viagem? Desde as despesas com a mala extraviada, até emergências médicas. Encontre no Seguros Promo, planos de seguro viagem com o melhor preço e coberturas completas.

2. Museu de Arte e História

O Museu de Arte e História (Musée Art & Histoire) é um dos mais famosos museus em Bruxelas e um dos principais de toda a Europa. Parte dos Museus Reais de Belas Artes do país, o Art e Histoire possui uma coleção permanente recheada de peças do oriente, da antiguidade e da arte bizantina.

As civilizações não-europeias são representadas com itens provenientes da Ásia, Irã, e Américas. Fãs das arts décoratifs europeias poderão se perder em elementos góticos e barrocos. Os objetos que compõem a extensa coleção permanente incluem porcelanas, azulejos, estátuas, máscaras e mosaicos fabulosos.

Está no topo das minhas recomendações dentre todos os museus em Bruxelas. Sugiro dar uma olhadela em:

  • Máscara mortuária da época do Novo Império egípcio (1331-1292);
  • Estátua da Dama de Bruxelas elaborada no período Protodinástico (datando de 2700 a.C);
  • A esfinge misteriosa (Sphinx mystérieux) de Charles Van der Stappen, obra cujo estilo simbolista raramente era realizada em escultura (maravilhosa).

Quanto custa o ingresso para o Museu de Arte e História?

Os ingressos para o Museu de Arte e História estão disponíveis apenas pelo site oficial. Os valores de ingresso variam de 4€ para estudantes, até 10€ para adultos.

Assim como o Museu Magritte, o Museu de Arte e História também é acessível pelo Brussels Card.

3. Old Masters Museum (Museu dos Velhos Mestres)

O Oldmasters Museum é mais uma instituição que integra os Museus Reais de Belas Artes da Bélgica. Esse é mais um dos museus em Bruxelas famoso por abrigar uma coleção esplêndida de arte holandesa que permeia dos séculos XV ao XVIII.

Testemunho e ode a gênios europeus, o museu foi fundado em 1801 por Napoleão Bonaparte e ganhou verdadeira expressão apenas um século depois, quando recebeu uma doação com mais de 4 mil obras. Dentre as imperdíveis, veja:

  • Retrato de Nicolaes van Bambeeck (Portrait de Nicolaes van Bambeeck, de Rembrandt);
  • Calvário com doador (Calvaire avec donateur de Hieronymus Bosch);
  • A anunciação (L’Annonciation de Robert Campin).

Quanto custa o ingresso para o Old Masters Museum?

Os ingressos para o Old Masters Museum estão disponíveis apenas pelo site oficial. Os preços variam de 10€ para adultos, 8€ para idosos e 3€ para estudantes até 25 anos.

Assim como o Museu Magritte, o Old Masters também dá acesso ao Brussels Card. Os valores são idênticos e o site para aquisição, idem:

4. Atomium

O Atomium é uma construção magnífica concebida para a Exposição Universal de 1958. Se Paris tem a Torre Eiffel, Bruxelas tem o Atomium, ambos foram erguidos para suas respectivas Exposições Universais. A coleção permanente exibe fotografias, documentos e histórico sobre o monumento máximo da capital belga.

Atomium é uma enorme estrutura erguida para a Exposição Universal; 3 pavimentos contam história do monumento

O sétimo pavimento da colossal estrutura de 102 metros e 250 toneladas exibe uma exposição interativa que permite ter uma visão da obra e da cidade à época em que o monumento estava em construção. É uma experiência interessante e não dá para ficar indiferente a ele.

Se for visitar, veja:

  • O primeiro e o segundo pavimento com arquivos históricos sobre a construção;
  • O sétimo pavimento com uma espécie de exposição interativa que mostra o passado deste grande equipamento artístico.

Quanto custa o ingresso para o Atomium?

Os ingressos para o Atomium custam a partir de 16,95€. Veja as opções que encontramos no GetYourGuide

Tipo de bilhete Preço
Ingresso para Atomium com Museu do Design 16,95€
Ingresso para Atomium com tour de áudio em inglês no aplicativo 17,15€
Brussels Card (inclui o Atomium) 32€ (a partir)

5. Mini-Europe (Mini Europa)

Essa é uma indicação curiosa. A Mini Europa é uma atração que apresenta maquetes extremamente bem feitas dos principais pontos turísticos do continente: são mais de 300 miniaturas de cerca de 80 cidades famosas. Ainda que o programa pareça pouco impressionante, é uma experiência que vale a pena se você estiver com tempo sobrando.

O programa pode agradar mais a famílias com crianças, mas também pode ser interessante a visitantes que apenas desejam ter uma visão geral das atrações. Os mini monumentos são identificados e os livretos, disponíveis em diversos idiomas, trazem informações relevantes.

Se for visitar, não perca:

Quanto custa o ingresso para a Mini Europa?

Os ingressos para acessar a Mini Europa custam a partir de 20€ e, por ser uma atração concorrida, vale a pena comprar com antecedência.

6. Museu do Chocolate

Se você gosta de chocolate, este museu em Bruxelas é parada obrigatória. O Museu do Chocolate oferece um mergulho no mundo do cacau e do doce em um local que apresenta todas as etapas de produção do chocolate, oferece degustação e até mesmo uma oficina com um mestre chocolatier caso você deseje se aventurar na cozinha.

Descubra como o chocolate era consumido na corte francesa no século XVII e depois como era transformado em “Pralines” no início do século XX na Bélgica, reconhecida por doces de altíssima qualidade.

Quanto custa o ingresso para o Atomium?

Os ingressos para o Museu do Chocolate custam a partir de 14€. Veja as opções que encontramos no GetYourGuide.

Tipo de bilhete Preço
Choco-Story Bruxelas: acesso Museu do Chocolate e degustação 14€
Excursão ao Museu do Chocolate com oficina 35€

7. Museu Autoworld

Fãs do automobilismo, este é o lugar. O Autoworld é um dos museus em Bruxelas que valoriza um nicho muito importante para a Europa: o automobilismo. O museu está situado no gigantesco Salão Sudeste do Palais du Cinquantenaire, espaço construído em vidro e ferro forjado e que foi erguido para a Exposição Universal de 1897 (olha ela aí novamente).

Por ser um espaço emblemático e lindo, vale visitar e apreciar a própria arquitetura do monumento. Os automóveis que estão expostos no Autoworld são clássicos da engenharia que marcaram gerações de apaixonados.

Veja, entre outros:

  • Veículos da Volkswagen, com destaque para os modelos Golf;
  • Automóveis da Fiat e sua intrincada história com a preparadora Abarth;
  • Conheça alguns bólidos da Fórmula 1 e curiosidades tecnológicas sobre essas máquinas.

Quanto custa o ingresso para o Museu Autoworld?

Os ingressos para o Museu Autoworld custam a partir de 15€. A visita também está incluída no Brussels Card.

Precisa comprar ingressos para os Museus em Bruxelas com antecedência?

Não é mandatório, mas é recomendável adquirir ingressos com antecedência para os museus em Bruxelas.

Comprando antecipadamente é possível garantir que sua visita ocorrerá no dia e horário que você deseja. Além do mais, você passará longe das longas filas de bilheteria e usará seu tempo para fazer o que realmente importa: passear.

Atrações famosas podem não ter ingressos disponíveis na bilheteria; comprar antes evita surpresas e garante o acesso

No entanto, caso você decida fazer uma visita de última hora a algum dos museus, é bastante provável que você conseguirá adquirir seu bilhete na hora. Observe, porém, que durante a alta temporada na Europa as atrações são muito concorridas.

Onde comprar ingressos para os Museus em Bruxelas?

Você pode adquirir ingressos para os museus em Bruxelas visitando o site de cada uma das atrações ou, alternativamente, comprando a partir de sites que agregam e comercializam bilhetes de praticamente todos os Museus em um só lugar.

Optando por fazer sua compra pelos sites oficiais dos museus em Bruxelas você tem a segurança de fazer a compra direto da fonte. Não há como se enganar fazendo essa escolha.

Já se decidir por adquirir seus tickets por sites de atrações turísticas, como GetYourGuide (GYG) ou Civitatis, suas opções de ingressos aumentam. É possível montar “combos” de atrações para aumentar seu rol de atividades para fazer em Bruxelas, efetuar pagamento em reais e ter acesso a informações em português — algo que os sites dos Museus não oferecem.

Comprar ingressos para os Museus em Bruxelas pelo GetYourGuide

É muito fácil adquirir seus ingressos para os museus em Bruxelas utilizando o GetYourGuide (GYG). A plataforma reúne tíquetes para diversas atrações, permite combinar ingressos, encontrar visitas guiadas exclusivas e escolher datas e horários extremamente flexíveis. Veja em cinco passos como comprar seu ingresso pelo GYG:

  1. Visite o site GetYourGuide;
  2. Na busca, digite “Museus em Bruxelas“ e clique em ver todos os resultados, ou busque pelo nome do museu que deseja visitar;
  3. Escolha a opção desejada e clique em Reservar;
  4. Indique o número de visitantes, a data da sua visita e o idioma desejado;
  5. Coloque o passeio no carrinho, finalize a compra e pronto. Os detalhes chegarão no seu e-mail!

Vantagens de comprar pelo GetYourGuide

A compra pelo GetYourGuide possui vantagens que precisam ser levadas em conta. Destaco:

  • Possibilidade de cancelamento gratuito com reembolso até 24h antes do passeio;
  • Navegação do site em português;
  • Flexibilidade para efetuar a reserva a qualquer momento e só ser tarifado em data próxima à visita;
  • Segurança de um website confiável que opera em diversos países;
  • Possibilidade de comprar passeios combinados a outras atrações turísticas;
  • Maior oferta de passeios, incluindo visitas guiadas e audioguias em diversos idiomas;
  • Pagamento em reais;
  • Avaliações de visitantes;
  • Entrada separada e sem fila para determinados ingressos.

Comprar ingressos para os museus em Bruxelas pela Civitatis

É igualmente prático comprar ingressos para museus em Bruxelas através da Civitatis. Os bilhetes comercializados pela plataforma são ofertados em datas e horários flexíveis e o pagamento da sua compra pode ser efetuado em reais, sem surpresas. Veja o passo a passo para comprar utilizando a Civitatis:

  1. Visite o site Civitatis;
  2. Na busca, digite “Museus em Bruxelas“ e clique em Ver todos os resultados com museus em Bruxelas, ou busque diretamente pelo nome do museu que deseja visitar;
  3. Escolha a opção desejada e informe a data, o horário e a quantidade de pessoas;
  4. Clique em Reservar;
  5. Siga as instruções da tela para fechar sua compra e pronto. Todos os detalhes chegarão no seu e-mail!

Vantagens de comprar pela Civitatis

A compra pela Civitatis traz vantagens semelhantes às do GetYourGuide:

  • Possibilidade de cancelamento gratuito com reembolso até 24h antes do passeio;
  • Navegação do site também pode ser realizada em português;
  • Plataforma de venda de ingressos com operação em diversos países;
  • Flexibilidade para compra de passeios combinados a outras atrações da cidade;
  • Oferta de visitas guiadas e audioguias em diversos idiomas;
  • Pagamento em reais;
  • Avaliações de visitantes para balizar suas decisões;
  • Entrada sem fila para diversos ingressos.

Comprar ingressos para os Museus em Bruxelas pelos sites oficiais

O processo para comprar os ingressos para os museus em Bruxelas pelos sites oficiais é igualmente tranquilo, desde que você se sinta confortável em navegar por sites em inglês, francês ou holandês.

Estes são os idiomas que sempre aparecem nos sites. Para isso, busque pelo nome do museu no Google e certifique-se de acessar o endereço oficial (eles costumam aparecer no topo das buscas).

Vantagens de comprar os ingressos nos sites oficiais

As principais vantagens de efetuar a compra de ingresso pelos sites oficiais incluem:

  • Segurança de comprar direto da fonte;
  • Preços especiais para diferentes faixas etárias;
  • Informações sempre atualizadas sobre as exposições.

Vale a pena visitar os Museus em Bruxelas?

Sim, vale muito a pena visitar os museus em Bruxelas.

A cidade, por si só, é um museu a céu aberto por abrigar construções que, ao longo dos séculos, foi marcada pela arquitetura romana, gótica, neo-clássico e art nouveau.

Bruxelas, conhecida informalmente como ‘capital da Europa’, tem museus fantásticos; Magritte e Atomium são essenciais

Os museus, por sua vez, servem de morada para obras fundamentais da história da arte, com destaque para as telas do surrealista René Magritte que estão expostas no museu homônimo. A imersão cultural pelos museus da cidade é uma experiência revigorante e que ratifica a potência belga no cenário artístico mundial.

Faça sua viagem valer a pena e tente incluir ao menos uma fração dos museus em Bruxelas que indicamos neste artigo durante sua passagem pela capital belga.

Brussels Card vale a pena?

Depende.

O Brussels Card, comercializado a partir de 32 euros no site GetYourGuide, oferece acesso a 49 museus em Bruxelas. A validade do cartão pode ser de 24, 48 ou 72 horas (respectivamente, 1, 2 ou 3 dias), o que é um tempo apertado para a quantidade de atividades oferecidas.

Se você não tem planos de visitar mais do que 3 museus, é mais barato comprar visitas individuais. Agora, se seu propósito é ver o máximo de atividades possíveis em um intervalo curtíssimo, o Brussels Card pode valer a pena.

No entanto, verifique a lista de atrações incluídas no cartão e veja se o que está previsto no pacote é adequado aos seus planos. De nada adianta gastar uma porção de euros se o que você deseja visitar não está contemplado no cartão.

Dicas para organizar o roteiro para os Museus em Bruxelas

Com essa lista de instituições culturais, garanto que o seu roteiro em Bruxelas ficará ainda mais completo e você poderá e aproveitar ao máximo sua estadia na charmosa cidade.

Lembro que para visitar a Bélgica é necessário que você tenha um seguro viagem Europa. E não se preocupe com as finanças: há planos acessíveis que custam menos de R$20 por dia. Você pode consultar opções de seguro viagem em parceiros como o Seguros Promo.

Para viver a cidade como um local, outra dica de ouro é ter um cartão multimoedas. Nossa escolha é o cartão da Wise: com ele você pode comprar euro (e mais de 50 moedas) pagando o câmbio comercial, IOF de 1,10% e taxas baixas. O cartão é emitido gratuitamente e você pode até fazer saques gratuitos, se precisar de dinheiro em espécie na Europa.

Finalmente e não menos importante, vale a pena chegar na Bélgica conectado e poder utilizar o celular para acessar Google Maps, falar com a família e consultar seus ingressos pelo celular. Recomendamos o chip internacional da America Chip para garantir internet antes mesmo de sair do Brasil.

Planejando com antecedência você terá uma viagem agradável e sem surpresas. Aproveite a viagem e divirta-se!

  • Já tem um cartão de débito que funciona na Europa?

    O Cartão Wise é um cartão multimoeda gratuito, seguro e com tarifas econômicas. O cartão é entregue no Brasil e válido em toda a Europa.

    PEDIR CARTÃO →
  • Sabia que é obrigatório ter seguro viagem para entrar na Europa?

    No Seguros Promo você encontra seguradoras renomadas e planos de seguro viagem com o melhor custo-benefício.

    COTAR SEGURO →
  • Quer receber conteúdos incríveis para planejar sua Eurotrip?

    Assine nossa newsletter e receba conteúdos exclusivos e dicas de viagem imperdíveis.

    ASSINAR AGORA
  • Quer ter internet ao chegar à Europa?

    O chip internacional da America Chip é a melhor escolha. Funciona em toda a Europa, tem internet ilimitada e os preços são ótimos.

    VER PLANOS →
Compartilhar
Publicado por
Erik Nardini

Artigos recentes

Onde comer em Zurique: um guia gastronômico da cidade

Você está planejamento a sua viagem para a Suíça e já está pensando onde comer…

21 de maio de 2024

Ingresso Oceanário de Lisboa: confira preços e onde comprar

Na sua próxima ida à Lisboa, mergulhe no universo dos oceanos. Veja todas as informações…

20 de maio de 2024

Acampar na Alemanha: uma imersão cultural que cabe no bolso

Pode ser que você acredite que acampar não é para você. Você lembra daquela experiência…

19 de maio de 2024

Transfer na Europa: entenda como funciona e onde reservar

Ao viajar para o exterior, uma das preocupações dos turistas é garantir um transporte seguro…

19 de maio de 2024

Onde ficar em Malta? Guia das melhores regiões e hotéis da ilha

Com suas belas praias, paisagens naturais de tirar o fôlego e cultura interessante, Malta é…

18 de maio de 2024

O que fazer em Granada? Roteiros e dicas imperdíveis

Conhecida por sua belíssima arquitetura medieval, Granada é uma cidade espanhola que fica na região…

17 de maio de 2024