Viajar pela Itália inclui conhecer sua rica e deliciosa gastronomia. São dezenas de pratos mundialmente famosos e é fácil ficar em dúvida em meio a tantas opções. Por isso criamos uma lista com 18 restaurantes, além de muitas dicas para não errar na hora de escolher onde comer em Milão. Vamos lá!

Onde comer em Milão?

A Itália é um expoente de bons restaurantes e de uma cozinha que prioriza produtos frescos e com receitas relativamente simples, mas sempre muito saborosas. Algo que gosto sempre de reforçar é que é realmente muito comum se deparar com pequenas portinhas, que servem pratos principais a 10 ou 15€ e que figuram na lista dos melhores restaurantes da região (e do mundo).

É justamente por isso que essa história de que restaurante bom é restaurante caro não se aplica por aqui. Mesmo que estejamos falando dos estrelados Michelin. Comer bem definitivamente vai estar no seu roteiro em Milão.

Então tenha em mente que na lista a seguir estarão opções de onde comer em Milão que vão desde a comida de rua até os pratos mais tradicionais da região.

Onde comer barato em Milão?

Já combinamos que comer bem não quer dizer comer caro, certo? Então os próximos cinco restaurantes desta lista são ótimos exemplos disso.

Tem comida de rua, pizzaria e até vista panorâmica para o principal ponto turístico da cidade. Se estiver na dúvida de onde comer em Milão, segue essa lista que não tem erro!

1. Smart Kook

Eis uma opção rápida, saborosa e barata. A proposta do Smart Kook é: comida simples e com produtos da temporada, sempre frescos.

O restaurante fica bem pertinho do Duomo, um dos principais pontos turísticos de Milão e que conheci através de uma amiga que morou muitos anos na cidade.

É perfeito para um dia de andança, quando você não quer perder muito tempo, mas quer comer bem. Comi um hambúrguer bem caseiro por 10€. Se quiser montar sua própria salada com até 6 ingredientes também custa 10€ e o cafezinho do final sai por 1,20€.

O Smart Kook fica na Via Flavio Baracchini, 7.

2. Luini

Aqui temos quase uma instituição Milanesa da comida de rua! A Luini vende panzerotti e digo de antemão que você não vai se arrepender de provar essa delícia. Caso não conheça, bom, de uma forma bem simples, gosto de dizer que o panzerotti é basicamente um calzone, só que frito.

Viu? Não tem erro! Fica na Via Santa Radegonda,16.

3. Pizzaria Da Zero

É praticamente impossível viajar para a Itália e não pensar em pizza! Claro que cada um tem seu estilo de massa, borda e recheio favorito, e é por isso mesmo que indico a Da Zero.

No cardápio as pizzas custam a partir de 10€ e há dois endereços em Milão: Via dell’Orso, 4 e Via Bernardino Luini, 9.

4. Trattoria Sabbioneda

Um pouco fora do centrinho, mas vale o esforço já que oferece muitos dos principais pratos típicos por um valor acessível.

Por aqui, a bisteca sai por 9€ e o imperdível ossobuco com polenta 14€. A Trattoria Sabbioneda fica na via Alessandro Tadino 32.

5. Obicà Mozzarella Bar

Realmente não sei dizer o que é mais incrível: a burrata ou a vista, já que o restaurante tem uma panorâmica linda para o Duomo.

Sei que a gente sempre tende a achar que se o restaurante tem boa localização, automaticamente ele é caro ou pega-turista. Ou todas essas coisas juntas. Mas a verdade é que isso não se aplica a este caso. O Obicà é perfeito para comer algo enquanto passeia pelo centro de Milão, mas com a certeza de estar comendo BEM!

Você pode pedir uma pasta cacio e pepe ou um calzone por 15€, ou ainda a degustação de mussarela, a 38€ que inclui diferentes tipos do queijo (que vai de búfala a stracciatella) para você se deliciar.

O Obicà Mozzarella Bar fica no 7° andar da galeria, Rinascente, bem em frente ao Duomo.

Melhores lugares para comer em Milão

A essa altura do artigo já deu para confirmar que na Itália se come muito bem, e em Milão não seria diferente. A seguir estão alguns restaurantes que você pode ir sem medo de errar, já que muitos estão na lista dos melhores da cidade.

1. La Cucina de Mibabbo

Como o nome sugere, este é um típico restaurante onde tudo é saboroso e tem gosto de almoço em família. Apesar de ter uma estrela Michelin para chamar de sua, tudo aqui tem jeito de casa: a pasta fresca sai a 16€, mas o carro chefe é a famosa bisteca fiorentina, que é feita com excelência.

A porção para duas pessoas custa 64€ e o La Cucina de Mibabbo Fica na Corso Lodi 19.

2. Cascina Cuccagna – Un Posto a Milano

Se o dia estiver bonito, daqueles que pedem para comer ao ar livre, esta é a opção perfeita. Tem dois menus diferentes, um para almoço e outro para o jantar, bem variados e tudo bem gostosinho, como pasta ao ragú por 15€ e hambúrguer 16€.

Ah! O prédio onde funciona o Cascina Cuccagna também merece destaque, já que é lindíssimo. Via Cuccagna 2.

3. Osteria Angelino dal 1899

O Angelino é um restaurante super conhecido em Roma e há algum tempo escolheu Milão para sua segunda unidade. Aqui não tem erro, já que tudo é muito bem feito.

Macarrão alla carbonara em um prato cinza e branco.
Além dos pratos regionais, há muitas opções tradicionais como o carbonara da imagem. Foto: Iara Vilela

A pasta carbonara (minha favorita!) custa 16€ e o roast beef com salada, 19€. A Osteria Angelino fica na Via Fabio Filzi 9

4. Trippa

É um restaurante simples, mas impecável. Tanto que – ainda – não é estrelado, mas já tem o selo Bib Gourmand do Guia Michelin.

O Trippa trabalha com produtos da estação, então prefira sempre a pasta ou a carne do “prato do dia”, que custam entre 13 e 16 euros, respectivamente. Sem falar na especialidade da casa, a tripa: frita custa 11€ e “do dia” 15€.

O restaurante está localizado na Via Giorgio Vasari 1.

5. Dry Milano

Esse é um cocktail bar, mas que há vários anos figura na lista das melhores pizzas da Itália! Diferente, né? Por isso mesmo o Dry Milano é uma ótima opção para os dias em que a gente só quer beber alguma coisa e dividir uma pizza com os amigos.

Além das pizzas que custam entre 10€ e 14€, destaque para as entradinhas, como a polenta crispy com fondue de gorgonzola por 12€. Os drinks custam 14€, em média.

O Dry Milano está localizado na Via Solferino, 33.

Melhores restaurantes vegetarianos e vegans

A Itália é onde meus amigos vegetarianos dizem ser um dos países onde conseguem comer coisas gostosas com mais facilidade.

Por isso é bom lembrar que vários dos restaurantes dessa lista, como o Obicà e o Smart Kook, também são ótimas opções para quem não consome carne ou nada proveniente de origem animal. Mas além deles, indico mais dois:

Mibio’ Bistrot

A localização é um pouco fora do agito do centro, mas vale o deslocamento. As entradinhas custam entre 5 e 10€ e pastas e risotos ficam em torno de 15€.

O Mibio’ Bistrot está na Via Solari 60.

Soulgreen

Além de um menu super completo, o Soulgreen é muito aconchegante. O nhoque de pesto é saborosíssimo (16€), assim como o babaganoush (8€).

O restaurante fica na Piazzale Principessa Clotilde, esquina com a Via Amerigo Vespucci.

Degustação e experiências gastronômicas em Milão

Se você é uma pessoa interessada pela gastronomia (ou simplesmente só ama comer, como eu), uma dica bacana é aproveitar seus dias em Milão para fazer alguma atividade diferente que una os mundos da viagem e da boa mesa.

No GetYourGuide é super fácil encontrar desde tours privados, até entradas em museus e aulas de culinária. Sempre com a vantagem de ser uma empresa super respeitada, além de oferecer cancelamento grátis em alguns casos.

Separei quatro atividades legais para você:

Atividade Valor a partir de
Aprenda a fazer pizza e gelato 99€
Tour de aperitivo com comida de rua 89€
Passeio pelos canais de Navigli com aperitivo 33€
Aula de massa e tiramisu 114,75€

Meu restaurante favorito em Milão!

Fiquei em dúvida na hora de indicar meu restaurante favorito, porque o Trippa e o Obicà são ótimos. Mas decidi por um desses com cara, jeito e gosto de almoço de domingo em família, o Antica Trattoria Salutati.

Ele não fica no centro histórico, mas se estiver perto do Duomo, é só pegar a linha vermelha do metrô (M1) e em 15 minutinhos chegará ao restaurante. Garanto que vale o esforço!

Bisteca fiorentina
A bisteca fiorentina é um prato que geralmente é servido para duas ou três pessoas. Foto: Iara Vilela

A casa é especializada na comida milanesa, então você vai encontrar os principais pratos a um bom preço e bem feito. Tudo que vi saindo da cozinha tinha cara boa! O risoto alla milanesa é uma delícia e a cotoletta também (15€ e 20€, respectivamente).

Essa excelente pedida fica localizada na Via Coluccio Salutati 15.

Ficar conectado na Europa nunca foi tão fácil

Com a America Chip você tem internet 4G ilimitada durante toda a viagem. Escolha entre o chip e o eSIM e aproveite a Europa com a melhor conexão a partir de USD 40.

Ver Planos →

O que saber antes de sair para comer em Milão

Apesar de ser uma cozinha descomplicada, é verdade que a Itália tem algumas regrinhas que são seguidas praticamente por todos os restaurantes. Nada difícil, mas que é bom que você saiba.

Horário

Bom, pode parecer bobo, mas o horário das refeições sempre faz diferença, principalmente para pessoas que, como eu, têm o hábito de comer mais cedo. Mesmo morando fora há um tempo, quase sempre sou uma das primeiras pessoas a entrar nos restaurantes, porque chego mais cedo que o restante.

É que os europeus no geral comem mais tarde que nós e na Itália não seria diferente. O almoço é servido por volta das 13h e o jantar depois das 20h. Então é comum que muitos restaurantes comecem a abrir apenas ao meio-dia, por exemplo.

Os mais turísticos podem abrir mais cedo ou permanecerem abertos quase o dia todo, mas isso não quer dizer que a cozinha opere normalmente, então é sempre bom conferir o horário de funcionamento.

Reservas

Não é um item obrigatório, mas no final das contas é bom. Principalmente se você quer ir em algum dos mais famosos e/ou tradicionais.

Atualmente, sou uma grande incentivadora das reservas. No dia a dia, dá para reservar poucas horas antes de ir e se estiver na cidade durante a alta temporada, tente reservar com alguns dias de antecedência.

Gorjeta

Você verá com frequência a palavra coperto nos cardápios ou quando trouxerem a conta. Trata-se de uma taxa de serviço, que geralmente é cobrada por pessoa e cada restaurante estabelece seu próprio valor. No geral fica entre 2 e 4€, portanto, vale incluir no orçamento de quanto custa viajar para Milão.

Vejo o coperto como nosso tradicional 10%, que a maioria dos lugares cobra. Particularmente levo em consideração o que um garçom ensinou em Roma: se o estabelecimento cobra essa taxa, fique livre para dar gorjeta apenas se o atendimento tiver sido excepcional ou se você quiser mesmo, mas nada obrigatório.

Onde comer pratos tradicionais em Milão?

Se a prioridade do seu roteiro pela capital da moda é comer algum prato específico e não necessariamente conhecer vários restaurantes, eis aqui as dicas diretas de onde comer em Milão.

Onde comer cotoletta alla milanese em Milão?

A cotoletta alla milanese é, de forma bem genérica, um bife empanado e frito. Nosso amado “bife a milanesa” é totalmente inspirado na cotoletta, que por sua vez vem do schnitzel, muito comum na Alemanha e Áustria.

Se quiser provar essa delícia, vá ao Al Cantinone, que fica na via Agnello 19.

Onde comer bisteca fiorentina em Milão?

A bisteca fiorentina possui um corte e um modo de preparo que deixam o prato saborosíssimo! A carne é assada na hora e é muito macia.

Os amantes de carne precisam provar, porque é de comer agradecendo ao universo! Indico a Osteria Fiorentina, que fica na Tortona, 28.

Onde comer ossobucco em Milão?

Ossobucco é um dos meus pratos favoritos, pois tem gosto de comida caseira, bem temperada e bem feita, sabe?

Prato com ossobucco e risoto, item indispensável na lista de o que e onde comer em Milão
Ossobucco possui um preparo relativamente demorado e é uma delícia

A Osteria dell’Acquabella faz um ossobuco capaz de valer a viagem inteira! Via San Rocco 11 Porta Romana.

Onde comer risoto a milanese em Milão?

O risoto a milanese é feito com açafrão e é muito bom. Geralmente é servido com ossobuco, então pode ser uma boa oportunidade para provar esses dois pratos típicos.

O Ratanà Milano é um restaurante onde você vai encontrar o autêntico risoto a milanese. Via G. de Castillia 28.

Onde comer porchetta em Milão?

Aproveite para conhecer uma região super charmosa de Milão e de quebra ainda comer bem! Para provar a famosa porchetta, vá até La Prosciutteria Milano, que fica em Navigli, um bairro cheio de canais e que muitos chamam de “Veneza de Milão”.

Não é bem um restaurante, desses tradicionais. Como o nome diz, é uma prosciutteria, ou em bom português é um lugar onde se vende os melhores embutidos do mundo e algumas coisinhas mais. Via Ripa di Porta Ticinese 53.

E então, já escolheu os restaurantes que vai visitar? Coloque-os no seu roteiro com o que fazer em Milão e tenha uma boa viagem!