Lugano, na Suíça, é um paraíso com lagos incríveis, montanhas grandiosas e áreas naturais de uma beleza surreal. Com muitos lugares interessantes para visitar, você talvez esteja se perguntando como aproveitar ao máximo sua estadia nesta cidade encantadora. Continue lendo este artigo e confira dicas sobre o que fazer em Lugano e aproveite ao máximo seu tempo por lá.

O que fazer em Lugano?

Desde explorar o centro histórico até visitar museus incríveis, há muito o que fazer em Lugano. A charmosa cidade suíça também oferece atrações interessantes para os amantes da natureza como o Lago Lugano e o Parco San Grato.

Além disso, os visitantes podem experimentar a culinária suíça e italiana em restaurantes locais e fazer compras em boutiques elegantes e lojas de grife na Via Nassa.

Para você aproveitar melhor o seu passeio, veja nossas sugestões do que fazer em Lugano em 1, 2 e 3 dias.

O que fazer em 1 dia em Lugano?

Em um dia em Lugano, comece visitando a atração principal da cidade: o Lago Lugano. Em seguida, reserve um tempo para conhecer os pontos turísticos próximos ao lago. Veja a seguir algumas indicações:

  • Passeie pela orla e, se tiver tempo, aproveite para fazer um cruzeiro no Lago de Lugano;
  • Explore o Centro Histórico de Lugano;
  • Visite a Via Nassa para fazer compras.

O que fazer em 2 dias em Lugano?

Se você tem apenas dois dias em Lugano, há uma variedade de destinos para explorar. Além das atrações mencionadas anteriormente, vale a pena conhecer os diversos museus e as maravilhas naturais, como lagos e montanhas. Aqui estão algumas sugestões:

O que fazer em 3 dias em Lugano?

Para o terceiro dia, sugerimos explorar o lado sudoeste da cidade. Inicie o dia com uma visita ao Cantonal Museum of Natural History e, em seguida, desfrute de momentos de relaxamento no Parco del Tassino.

As seguintes recomendações sobre o que fazer em Lugano complementam as sugestões anteriores:

  • Explore o Cantonal Museum of Natural History;
  • Desfrute de um passeio pelo Parco del Tassino;
  • Visite o Museu Hermann Hesse Montagnol;
  • Visite o Parco San Grato.

Para completar, você ainda pode fazer um tour gastronômico e explorar a culinária local.

Quantos dias são suficientes em Lugano?

2 a 3 dias são suficientes para conhecer Lugano com tranquilidade e aproveitar seus principais pontos turísticos. O motivo é simples: apesar de ser encantadora e ter belos cenários, a cidade não é especialmente grande e o centro é bastante compacto.

Durante esse tempo, é possível explorar atrações como o Parco Ciani, conhecido por seus jardins pitorescos. Também pode visitar o Lago Lugano, o Monte Brè e fazer passeios no lago para apreciar a beleza natural da cidade. Explorar o Funicolare San Salvatore também é uma parada imperdível.

Mas é claro, a quantidade ideal de dias pode variar de acordo com os seus interesses pessoais. Caso deseje explorar a gastronomia local, fazer caminhadas mais extensas ou aproveitar o ambiente com mais calma, estender a estadia pode ser uma boa opção.

O que não pode deixar de conhecer em Lugano?

Localizado no centro da cidade, o Lago Lugano é uma atração que merece a sua visita. Reconhecido como mais encantador do que seus vizinhos, o Lago Como e o Lago Maggiore, está dividido entre a Itália, com 37%, e a Suíça, com 63%.

Com suas águas cristalinas azul-turquesa e arredores pitorescos, o Lago Lugano é um dos lagos mais bonitos da Europa e um refúgio tranquilo das movimentadas ruas da cidade. Fazer um passeio ao longo do calçadão ou encontrar um local para sentar e contemplar a beleza do lugar é muito recomendado.

Visão panorâmica do Lago Lugano.
O Lago Lugano é uma parada obrigatória para quem vai visitar a cidade

Para quem procura um pouco mais de aventura, existem inúmeras atividades no Lago Lugano. Existe a opção de passeios diários de pedalinho a partir do cais e alugar um paddleboard ou caiaque e explorar as águas calmas do lago.

Também é possível fazer um passeio de barco ou nos cruzeiros matinais e panorâmicos de três horas pelo lago. É o momento perfeito para admirar as majestosas montanhas ao fundo.

Outra recomendação bastante particular é visitar o Monte San Salvatore (foto da capa). Para chegar até essa belíssima atração natural, basta pegar o trem da estação central, ou ônibus do centro da cidade, e em poucos minutos você está na entrada do funicular que leva até parte do caminho. De lá, você pode caminhar alguns metros para chegar ao topo e a vista vale muito a pena!

O que fazer a noite em Lugano?

Embora seja uma cidade pequena, Lugano proporciona diversas opções noturnas para seus visitantes. Se você está em busca de entretenimento e emoção, há dois cassinos na região: um à beira do Lago Lugano e outro na margem oposta, na cidade italiana de Campione. Para chegar ao último, é necessário utilizar um ferry para atravessar o lago.

Durante a noite, o Lago Lugano se transforma em um cenário inspirador para um romântico cruzeiro noturno. Durante o verão, as balsas oferecem passeios especiais, proporcionando uma visão deslumbrante das luzes da cidade refletidas nas águas serenas do lago.

Após um dia de passeios ou compras, você terá à disposição uma variedade de bares, cafés e restaurantes para relaxar e desfrutar do melhor da culinária suíça e italiana. Uma sugestão adicional é visitar um restaurante próximo ao Lago Lugano e apreciar o espetáculo do pôr do sol.

Qual a melhor época para conhecer Lugano?

O verão é a melhor época para conhecer Lugano.

Durante a estação, a cidade tem um clima mediterrâneo agradável, ideal para fazer atividades ao ar livre e explorar. As temperaturas amenas permitem desfrutar o Lago Lugano, praticar esportes aquáticos e caminhar pelos parques e jardins da cidade.

Além disso, o clima agradável durante o verão é perfeito para saborear aperitivos ao ar livre nos vários locais à beira do lago, melhorando a experiência geral desta encantadora cidade suíça. Embora o verão seja uma escolha popular, as outras estações também oferecem atrações interessantes.

O que fazer em Lugano no inverno?

Com temperaturas amenas e eventos festivos, Lugano é um ótimo lugar para visitar no inverno. A estação ocorre entre os meses de dezembro a março com temperaturas amenas, pelo menos em comparação com outras cidades suíças, raramente, ficando abaixo de zero durante o dia.

Em dezembro, a Piazza della Riforma se transforma em um mercado de Natal encantador, oferecendo produtos artesanais, decorações festivas e iguarias locais, criando uma atmosfera acolhedora.

O Parco Ciani à beira do Lago Lugano ganha uma aura mágica no inverno, com árvores e estátuas cobertas de neve. É o lugar ideal para um tranquilo passeio sob os flocos de neve.

O que fazer em Lugano no verão?

Durante os meses de maio a meados de setembro, Lugano se destaca como um destino repleto de atrações de verão. Os cruzeiros pelo lago e as opções de esportes aquáticos transformam a área em um verdadeiro paraíso para entusiastas dessas atividades. Fui em agosto e curti muito nadar no lago!

Além disso, os parques e jardins de Lugano são encantadoras opções de veraneio, destacando-se o Ciani Park e o Belvedere Garden. Também vale a pena fazer passeios guiados pelas principais atrações da cidade.

Para os amantes da natureza, as trilhas ao redor da cidade, como o Gandria Trail até a pitoresca vila de Gandria e o Lugano Trekking com vistas do Monte San Salvatore, proporcionam uma oportunidade única para explorar a exuberante paisagem local. Lugano se revela, assim, como um destino vibrante e diversificado para desfrutar ao máximo do verão.

O que fazer além do óbvio em Lugano?

Além das atrações óbvias, como o charme natural e cultural de Lugano, existem atividades emocionantes que proporcionarão experiências únicas durante a sua visita à cidade suíça. Algumas sugestões incluem:

  • Voo de parapente: aproveite as condições climáticas favoráveis e experimente um emocionante voo de parapente. Lugano é reconhecido como um dos melhores lugares do mundo para essa atividade, proporcionando uma vista deslumbrante da cidade lá do alto;
  • Passeio no Parque Gole della Breggia: esse lugar é um oásis verde que conta a história de milhões de anos através de rochas esculpidas pelo rio Breggia. A viagem nesse parque é como uma jornada no tempo, oferecendo uma experiência única e enriquecedora a apenas 30 minutos de carro de Lugano;
  • Assista ao pôr do sol no Monte Brè: suba até o Monte Brè viajando com um funicular. No topo, desfrute de uma vista deslumbrante da região de Lugano, do Monte Rosa e dos Alpes Suíços enquanto aprecia o pôr do sol;
  • Trilha das Oliveiras: esse percurso serpenteia entre Castagnola e Gandria, proporcionando vistas esplêndidas do Lago Lugano. Além das paisagens deslumbrantes, a caminhada é enriquecida com informações sobre a história, botânica e cultivo das antigas oliveiras presentes na região.

Essas atividades adicionais permitirão que você explore Lugano de maneiras diferentes, aproveitando ao máximo sua visita e descobrindo as muitas facetas fascinantes dessa encantadora cidade suíça.

Quanto custa viajar para Lugano?

Uma viagem de 3 dias para Lugano pode custar R$ 3.518,40, (câmbio de 4 de fevereiro de 2024 / R$ 1 = 0,17 CHF). Esse cálculo considera a média da hospedagem, alimentação, transporte na cidade, passeios e pequenos gastos na cidade.

Mas é claro, os gastos variam conforme as preferências de cada viajante e a temporada que ele irá visitar a cidade. Para você ter uma noção dos preços e elaborar o seu orçamento com os gastos diários na cidade, pesquisamos os valores em sites como Numbeo e GetYourGuide.

Item Preço médio para uma pessoa em 3 dias
Hospedagem em hotel 3 estrelas R$ 1.500
Atrações turísticas R$ 800
Transporte (passe mensal por 6 dias) R$ 55
Ingresso do funicular R$ 131,81
Alimentação R$ 1.031,59
Total R$ 3.518,40

Qual o gasto diário em Lugano?

Reserve cerca de R$ 1.200 por dia, para os seus gastos diários com alimentação, passeios e transporte pela cidade. É importante destacar que esse valor não inclui o custo com hospedagem.

Desse orçamento, você gastará, em média, R$ 350, para fazer duas refeições em restaurantes na cidade. Entre R$ 230 a R$ 575 você conseguirá fazer 1 ou 2 passeios guiados pela cidade. Com o restante do dinheiro, você poderá fazer compras e se locomover pelos principais pontos turísticos.

Quantos francos suíços levar para Lugano?

Para garantir uma estadia de três dias em Lugano, é recomendável levar 614 CHF para cobrir as despesas com alimentação, passeios e compras.

É importante observar que a Suíça, não sendo um país da União Europeia, adota o franco suíço como sua moeda oficial, em vez do euro. Como essa moeda não é muito comum, muita gente prefere levar euros e trocar quando chega na cidade.

Com o cartão Wise, você pode usar como um cartão de débito para comprar coisas ou sacar dinheiro (com limites) na moeda do lugar. Com certeza, é a melhor e mais segura opção para viajar para Lugano.

Planejar o orçamento para Lugano e também quanto custa viajar para Europa é importante para desfrutar uma viagem mais tranquila, de acordo com as suas preferências.

O que não deixar de comer em Lugano?

Lugano oferece uma rica culinária que combina influências suíças e italianas, proporcionando aos visitantes uma grande variedade de pratos deliciosos.

Confira alguns dos pratos que você não deve deixar de comer na cidade, juntamente com sugestões de lugares para saboreá-los:

  • Bratwurst: é uma linguiça à base de carne de porco misturada com vitela ou carne bovina. O prato é consumido de diversas formas, seja grelhado ou cozido na frigideira, dentro de um sanduíche ou acompanhado de batatas fritas;
  • Peixe Carpione: este prato é um dos mais apreciados de Lugano. Depois de cozido ou frito, o peixe é imerso numa mistura à base de vinho branco e vinagre branco aromatizado com ervas e vegetais;
  • Aletria: é uma sobremesa com um aspecto muito particular, como se fosse um prato de espaguete. A base desta sobremesa é um purê de castanhas e ela é acompanhada de chantilly ou merengues;
  • Cavollatt: é uma sobremesa de colher. Montada em copos, ela é feita de chantilly e com uma generosa porção de chocolate que serve para umedecer e adoçar o creme.

Sugestões de restaurantes

Para experimentar esses e outros pratos da culinária de Lugano, você pode explorar restaurantes no centro histórico da cidade, ao longo da orla do lago ou em bairros tradicionais. Também recomendamos lugares com excelente reputação em portais como o TripAdvisor, tais como:

  • Ristorante Camino: cozinha italiana e suíça;
  • Osteria Calprino: cozinha italiana, suíça e mediterrânea;
  • Grotto Morchino: cozinha italiana e suíça;
  • Grotto del Pep: cozinha suíça;
  • Ristorante Elementi: cozinha italiana e suíça;
  • Canvetto Luganese: cozinha italiana e suíça;
  • Schnitzy: cozinha italiana e suíça.

Vai viajar para a capital suíça? Não deixe de conferir nosso guia completo de onde comer em Zurique.

Onde se hospedar em Lugano?

Mesmo sendo uma cidade pequena, Lugano tem muitos lugares para ficar. Os turistas geralmente escolhem ficar no Centro Histórico, perto do Lago Lugano, em Paradiso, Via Nassa, Monte Brè ou Monte Brè Village.

Cada uma delas possui suas próprias características e são indicadas para um perfil de visitante. O centro histórico ou Centro Storico é o coração cultural e histórico da cidade, sendo conhecido pelas suas ruas estreitas, praças encantadoras e edifícios antigos.

Visão panorâmica da cidade de Lugano, Suíça.
O centro da cidade é uma das melhores regiões para se hospedar em Lugano.

A Via Nassa é um bairro comercial que também está localizado perto do centro da cidade. A região é conhecida por suas lojas de luxo e boutiques, o local ideal para os turistas que planejam fazer compras e ter fácil acesso às demais zonas da cidade.

A região do Lago Lugano é uma parte importante da cidade, fica à beira do lago e possui muitos hotéis e restaurantes. Ao se hospedar aqui, você poderá aproveitar atividades recreativas, fazer passeios de barco e participar de eventos.

Diferentemente das demais regiões, Paradiso é uma área ao sul do centro da cidade, conhecida por sua atmosfera residencial. Ela oferece acesso ao lago, tem uma série de comodidades e as opções de hospedagens disponíveis costumam preços mais econômicos.

Por fim, as regiões de Monte Brè e Monte Brè Village ficam nas colinas ao redor de Lugano. Com vistas panorâmicas da cidade e do lago, são ideais para quem procura uma atmosfera mais tranquila e a prática de atividades ao ar livre.

Qual o melhor transporte para conhecer Lugano?

Lugano é uma cidade pequena, fácil de andar a pé, com muitas ruas só para pedestres. Porém, as colinas acima do lago são íngremes, então pegar ônibus ou o funicular no centro pode ser mais prático. Táxis também estão disponíveis nas ruas principais.

Se quiser explorar além de Lugano, use os ônibus amarelos conhecidos como Autopostale. Compre as passagens com o motorista ou no terminal rodoviário no centro da cidade. Outra opção é pegar as balsas que atravessam o Lago Lugano diariamente, oferecendo até cruzeiros. Vale mencionar que parte do lago está na Suíça, mas a maior parte está na Itália, então tenha seu passaporte quando estiver no barco.

Para quem busca aventuras diferentes e aprecia a liberdade de escolher o próprio caminho, alugar um carro é uma ótima opção. Com essa escolha, é fácil fazer um bate e volta para Milão ou até mesmo visitar Zurique.

Como se planejar para visitar Lugano?

Descobrir o que fazer em Lugano é apenas o primeiro passo para planejar a sua visita à cidade. Para aproveitar melhor essa experiência, é importante planejar bem aspectos como segurança, comunicação e a compra de ingressos.

Confira abaixo algumas dicas que podem ajudar no planejamento do seu checklist de viagem à Lugano:

Seguro viagem para Lugano

O seguro viagem é um requisito obrigatório para visitar Lugano. Por fazer parte dos países signatários do Tratado de Schengen, a Suíça exige aos turistas estrangeiros a contratação de uma apólice de seguro que ofereça cobertura mínima de 30 mil euros para despesas médicas e hospitalares.

Mesmo que não fosse obrigatório, a contratação de um seguro viagem é altamente recomendada para viajantes. Ele oferece uma camada adicional de segurança e tranquilidade durante a viagem, proporcionando assistência completa em situações adversas como acidentes, extravio de bagagens, entre outras.

Antes de contratar um seguro, é importante pesquisar bem as opções disponíveis e avaliar qual possui o melhor custo-benefício. Na plataforma do Seguros Promo, você pode pesquisar, comparar e contratar planos de diferentes seguradoras com as melhores condições.

Chip internacional

A contratação de um chip internacional para sua viagem a Lugano é uma decisão prática e conveniente. Através dele, você tem acesso à internet durante a sua estadia no exterior, podendo fazer pesquisas, utilizar aplicativos, atualizar suas redes sociais e manter contato com sua família e amigos sem precisar utilizar o Wi-Fi de hotéis, restaurantes e lugares públicos.

Mas para garantir o melhor acesso à internet durante a sua viagem a Lugano, é preciso pesquisar bem os provedores disponíveis. Nós do Turismo Euro Dicas sempre indicamos os serviços da America Chip para a contratação de chip internacional.

A empresa tem planos para Europa a partir de USD 40, com internet ilimitada e velocidade 5G. E, o melhor de tudo, você pode contratar o plano no Brasil e viajar para Suíça com o seu chip configurado e funcionando.

Ingressos para as atrações

Adquirir ingressos antecipados para as atrações é uma excelente medida para otimizar o tempo e a sua visita a Lugano. Isso pode ser feito online, nos sites oficiais das atrações ou em plataformas confiáveis de venda de ingressos, como o GetYourGuide.

Ao comprar ingressos com antecedência, você evita filas, economiza tempo e garante sua participação nas atividades mais populares da cidade. Além disso, alguns lugares oferecem descontos especiais ou pacotes combinados para compras antecipadas.

Atenção! Antes de finalizar a compra de ingressos, confira as políticas de cancelamento e horários disponíveis. Dessa forma, sua experiência em Lugano será mais tranquila e organizada.

Com essas dicas do que fazer em Lugano, você vai aproveitar cada segundo nessa charmosa cidade suíça. Boa viagem!