Os mercados de Natal na Europa são um dos pontos altos de viagens para o velho continente no inverno. A iluminação, comidas típicas e a energia contagiante são algumas das razões pelas quais tantas pessoas do mundo inteiro visitam os mercados de Natal da Europa todos os anos.

A seguir, conheça nossa lista com 10 mercados de Natal simplesmente imperdíveis!

Como são os mercados de Natal na Europa?

Os mercados de Natal na Europa são verdadeiramente mágicos! Como nesta época do ano escurece bem cedo, a iluminação já exerce seu papel encantador no meio da tarde. Uma atividade imperdível nos mercados de Natal é a comilança, então não deixe de visitar de barriga vazia.

Há diferenças entre as comidas tradicionais de Natal em cada país, mas normalmente são comidas rápidas e quentes servidas em pequenas porções. O vinho quente com especiarias também é uma bebida tradicional dos mercados de Natal europeus, porém os temperos e o nome da bebida variam em cada país.

Tradicionalmente localizados na praça principal, em cidades grandes essa dinâmica muda um pouco e há diversos mercados espalhados em praças em várias partes da cidade.

Outra diferença entre os mercados de Natal de cidades grandes e cidades pequenas é que em grandes centros muitas vezes os mercados podem incluir barracas com ofertas menos artesanais e autênticas.

Além das barracas de artesanato e das deliciosas comidas típicas, alguns mercados de Natal oferecem também atividades e jogos divertidos para toda a família e até mesmo carrosséis, rodas-gigante e montanhas russas. Em países mais católicos, é comum também a presença do Papai Noel.

Quando começam os mercados de Natal na Europa?

Em grande parte dos países, os mercados de Natal começam no primeiro Advento, normalmente no último fim de semana de novembro. A data de início dos mercados de Natal na Europa varia em cada país, mas você pode esperar encontrá-los abertos a partir do primeiro fim de semana de dezembro.

A data do fim dos mercados oscila bastante também. Em sua grande parte os mercados terminam no dia 23 de dezembro, mas alguns podem ir até a primeira semana de janeiro.

Melhores mercados de Natal na Europa

Há mercados de Natal na Europa que ganharam notoriedade e hoje são motivo para milhares de pessoas se planejarem especialmente para visitá-los.

Eu, particularmente, prefiro os mercados de Natal das cidades pequenas onde toda a cidade se reúne na praça principal e desfruta do mercado junta. Nesses locais, os mercados são um evento sobre comunidade e alegria compartilhada.

Dito isso, alguns dos mais famosos mercados em grandes cidades podem ser verdadeiramente impressionantes e vale muito a experiência. A seguir, compilei alguns dos melhores e mais famosos mercados de Natal da Europa.

1. Nuremberg, Alemanha

O mercado de Nuremberg é um dos mercados de Natal mais antigos e famosos da Europa e o mais popular da Alemanha.

Todos os anos o mercado toma conta da parte antiga da cidade murada e encanta pessoas do mundo inteiro. Este mercado de Natal começa no primeiro advento e vai até o dia 23 de dezembro.

O que comprar e comer no mercado de Natal de Nuremberg?

Além de provar os biscoitos Spekulatius e o Glühwein (vinho quente), não deixe provar os cogumelos fritos, todos típicos dos mercados de Natal na Alemanha.

Ficar conectado na Europa nunca foi tão fácil

Com a America Chip você tem internet 4G ilimitada durante toda a viagem. Escolha entre o chip e o eSIM e aproveite a Europa com a melhor conexão a partir de USD 40.

Ver Planos →

Em todos os mais famosos mercados de Natal na Alemanha, há uma caneca oficial com o nome do mercado e o ano. Você paga um depósito por esta caneca quando compra o vinho quente e depois pode devolver a caneca e receber o depósito de volta ou levar a caneca para casa. É uma linda recordação.

Os enfeites de Natal feitos em madeira são típicos da região e uma bela lembrança para presentear familiares e decorar a sua própria árvore de Natal.

2. Estrasburgo, França

Durante a época de Natal, a cidade de Estrasburgo fica toda decorada com milhares de luzes e guirlandas.

A presença do Papai Noel é garantida no mercado de Natal e as barraquinhas de madeira estão sempre com um movimento constante de habitantes e turistas dispostos a provar todas as delícias da Alsácia.

Pessoas no mercado de Natal de Estrasburgo
Aproveitar um vinho quente no inverno é uma das delícias dos mercados de Natal, como este em Estrasburgo

O mercado de Natal de Estrasburgo costuma acontecer de 24 de novembro a 24 de dezembro na praça em frente a catedral, uma construção imponente e verdadeiramente impressionante em qualquer época do ano.

O que comprar e comer no mercado de Natal em Estrasburgo?

As barracas do mercado de Natal em Estrasburgo oferecem pratos típicos da Alsácia como o flamblée (um tipo de pizza da região), foi gras e, típico do Natal, o vinho quente.

Caso queira levar alguma lembrança do mercado de Natal de Estrasburgo, não faltarão objetos artesanais em madeira e doces e bolos belamente embalados.

3. Rovaniemi, Finlândia

É claro que a Vila do Papai Noel não poderia faltar na lista dos melhores mercados de Natal.

Situado bem ao lado da casa do próprio Papai Noel em Rovaniemi, o mercado de Natal de Rovaniemi, ou Vila do Papai Noel, fica coberto de neve no inverno e iluminado por milhares de luzes que tornam a experiência ali em uma imersão total no espírito de Natal.

Além do Papai Noel, também é possível ter um encontro com suas renas e aprender mais sobre a cultura local do povo da região, os sami. Outra grande vantagem deste mercado de Natal é que fica aberto o ano inteiro.

O que comprar e comer no mercado de Natal em Rovaniemi?

As barraquinhas do mercado em Rovaniemi oferecem todos os tipos de iguarias do Ártico, como pratos de salmão, carne de rena e biscoitos natalinos.

Os estandes de artesanato também não deixam a desejar. São diversas opções de artigos de lã e couro com a temática da natureza sempre muito presente, como manda o manual do bem-viver finlandês.

4. Edimburgo, Escócia

Edimburgo já é uma cidade linda e com um ar mágico em qualquer época do ano. No Natal, quando neva, fica mais mágica ainda.

O mercado de Edimburgo acontece normalmente entre o primeiro advento e os primeiros dias de janeiro e conta com dezenas de estandes com comidas típicas e artesanato local com vista para o Castelo de Edimburgo, além de uma linda decoração natalina.

vista lateral de barraquinhas do mercado de natal em Edimburgo a noite
O Mercado de Natal de Edimburgo é um dos mais visitados da Europa

O mercado de Natal de Edimburgo também oferece outras atrações, como uma roda-gigante iluminada de onde podemos admirar a vista de toda a cidade iluminada, a presença do Papai Noel, um carrossel, um trenó de Natal e uma pista de patinação no gelo.

O que comprar e comer no mercado de Natal em Edimburgo?

No mercado de Natal em Edimburgo você poderá desfrutar de diversas comidas típicas escocesas como o haggis e tortas de carne. Além do vinho quente típico dos mercados de Natal da Europa, você também poderá provar uísques de destilarias locais e os mais famosos também.

Nas barracas de artesanato você poderá comprar objetos de lã típicos da Escócia e outros objetos em madeira. Outras opções de compras são pequenas garrafas de uísques locais, mel e biscoitos.

5. Tallinn, Estônia

Aberto normalmente desde o primeiro advento até o fim da primeira semana de janeiro, o mercado de Natal de Tallinn é menos tradicional e antigo que outros desta lista, porém já muito popular por sua elegante decoração natalina, a casa do Papai Noel, seu cenário medieval e apresentações culturais.

Apesar de ser mais recente, o mercado de Natal de Tallinn engloba a mais antiga e importante árvore de Natal da Estônia. Esta árvore é erguida na praça da prefeitura desde 1441, sendo assim a árvore de Natal mais antiga a ser publicamente exposta na Europa.

O que comprar e comer no mercado de Natal em Tallinn?

Há muitas opções deliciosas para se provar no mercado de Natal de Tallinn, como os pães doces estonianos com gengibre, pudim preto e panquecas recheadas.

Caso queira levar alguma lembrança do mercado, há diversas opções de itens feitos à mão. Alguns são tradicionais, como os feitos em lã e cerâmica, mas há artesanatos de todos os tipos feitos pelas pessoas locais.

6. Govone, Itália

O mercado de Natal de Govone é um dos mais espetaculares mercados da Europa. Realizado anualmente do meio de novembro ao meio de dezembro apenas nos finais de semana, este mercado acontece no Castelo de Govone, no coração da região de Piemonte.

O cenário é realmente deslumbrante e mágico. As decorações de Natal sobre o cenário pitoresco dão o toque necessário para nos sentirmos em um verdadeiro conto de fadas. O Papai Noel marca presença no mercado de Natal de Govone e há muitas atividades para as crianças.

O que comprar e comer no mercado de Natal em Govone?

A incrível culinária italiana é facilmente encontrada nas barracas do mercado de Natal de Govone. Massas, queijos, azeites e doces de Natal deliciosos estão disponíveis em um mesmo lugar.

Como lembrança da visita, vale a pena conferir as barracas de artesanato que oferecem produtos locais em madeira, vidro e lã. Os enfeites de Natal são particularmente encantadores.

7. Praga, República Tcheca

O mercado de Natal de Praga costuma ocorrer entre o primeiro advento e a primeira semana de janeiro na praça da cidade antiga.

A decoração é linda e tradicional e o cenário é fabuloso. A parte antiga da cidade, com seu relógio astronômico, já é uma atração incrível em si, decorada com as luzes de Natal e os anjos, é simplesmente imperdível.

O que comprar e comer no mercado de Natal de Praga?

A comida tcheca é deliciosa e no mercado de Natal de Praga você consegue encontrar todas estas delícias, como o meu favorito, o trdelník, uma massa de pão doce enrolada num espeto e a deliciosa sopa de alho local.

Barracas de artesanato no mercado natalino em Praga
As barracas de artesanato e comida são o ponto alto dos mercados de Natal

Há também muitas barracas com artesanato local. Um ótimo mimo para se levar do mercado de Natal de Praga são objetos feitos em vidro soprado por artesãos locais.

8. Funchal, Portugal

A Ilha da Madeira é um ótimo destino para se fugir do inverno europeu e ainda assim aproveitar a magia do Natal no velho continente.

O mercado de Natal do Funchal, a capital madeirense, é espetacular. As luzes de Natal são realmente impressionantes e se estendem por todo o centro para além do mercado, criando uma atmosfera realmente mágica.

Há um presépio grande e muitas barraquinhas com delícias natalinas como castanhas torradas, bolo de mel da Madeira além de uma animada programação com coral infantil, Papai Noel, um parque de diversão itinerante e, na noite de Natal, fogos de artifício.

Um presépio bem grande em um cenário natural, característico de Funchal
O presépio de Funchal, na Ilha da Madeira, retrata também a vida da ilha no campo. Foto: Roberta Schmoi

O mercado de Natal em Funchal costuma acontecer durante todo o mês de novembro até a primeira semana de janeiro.

O que comprar e comer no mercado de Natal do Funchal?

O mercado de Natal de Funchal tem barracas com as comidas típicas da Ilha da Madeira, assim como algumas delícias especiais da época, como o bolo de mel da Madeira.

Não deixe de provar o bolo do caco, um pão madeirense delicioso com manteiga de alho ou qualquer outro recheio que você prefira. As castanhas torradas também estão em toda a parte, assim como o vinho quente.

Caso queira levar alguma lembrança do mercado, há diversas barracas de artesãos da ilha, que é especialmente famosa por seus bordados tradicionais.

9. Bruxelas, Bélgica

O principal mercado de Natal em Bruxelas é o da Grand Place, uma praça enorme cercada por lindos edifícios históricos. Neste mercado de Natal é possível encontrar com o Papai Noel, andar no carrossel e em uma linda roda gigante. Por ser um mercado bem central, é possível aproveitar e passar lá sempre após alguma visita a um museu da cidade.

O mercado de Natal de Bruxelas costuma ter início no primeiro fim de semana do advento e termina nos primeiros dias do ano.

O que comprar e comer no mercado de Natal em Bruxelas?

A gastronomia belga é certamente um ponto forte de qualquer viagem a Bruxelas e a vantagem do mercado de Natal é que é possível encontrar todas as iguarias locais em um só lugar. Mexilhões, batatas fritas, chocolates e waffles são vendidos ao lado do vinho quente local.

As barracas de artesanato oferecem produtos belgas, mas também de outras partes da Europa. Uma aposta certeira para lembranças é comprar uma caixa de chocolate artesanal.

10. Copenhague, Dinamarca

O mercado natalino de Copenhague acontece nos jardins do Parque Tivoli, um dos parques de diversões mais antigos do mundo. O Tivoli é realmente um local muito especial para pessoas de todas as idades e, decorado para o Natal, é inesquecível.

Mercado de natal no parque de diversões Tivoli, em Copenhague
Este divertido parque de diversões é um dos mais antigos do mundo e abriga um animado mercado de Natal

Muitas atrações acontecem durante o período do mercado de Natal que vai do meio de novembro até a véspera de Ano Novo, incluindo apresentações de música ao vivo, corais e teatro. As crianças podem visitar o Papai Noel em sua casa e todos podem aproveitar as atrações do parque de diversões, como sua famosa montanha-russa.

O que comprar e comer no mercado de Natal em Copenhague?

Almôndegas de porco, peixe defumado, torta de maçã e pães de gengibre são algumas das iguarias dinamarquesas que você irá encontrar no mercado de Natal de Copenhague.

As barracas de artesanato oferecem enfeites de Natal tradicionais, objetos em madeira e lã, além de valas e outros produtos feitos à mão.

Curiosidades sobre os mercados de Natal na Europa

Você sabia que os mercados de Natal na Europa são uma invenção antiga? Sim, os primeiros registros destes mercados datam do século XIV.

Talvez você note que em muitas cidades europeias acontecem os mercados de Natal alemães. Isto ocorre porque este tipo de mercado sempre foi muito forte na cultura alemã, sendo o mercado de Dresden o mais antigo que se mantém hoje, datando de 1434. Porém, você encontra um mercado de Natal em cada cidadezinha alemã que passar durante o período do advento.

Hoje, os mercados de Natal na Europa servem para manter viva as práticas artesanais locais e, em cidades menores, criar um senso maior de comunidade em um mês quando o frio começa a se tornar mais presente.

Vale a pena conhecer os mercados de Natal na Europa?

Sim! Eu particularmente adoro os mercados de Natal na Europa. Há mercados de diversos tipos, temas e gostos. Procuro sempre visitar os mais tradicionais, como os que listei neste artigo, mas também gosto muito de alguns temáticos.

Seja qual for a sua preferência, os mercados de Natal da Europa são sempre uma maneira encantadora de acender a chama do espírito natalino e aproveitar o inverno de uma forma alegre e acolhedora.

Como planejar o roteiro para conhecer os mercados de Natal na Europa?

Ao preparar a sua viagem para visitar os mercados de Natal da Europa, é importante ter atenção a alguns detalhes que, certamente, deixarão a sua viagem mais segura e prática.

Chip internacional

Esperar para comprar um chip de celular quando chegar à Europa é uma opção, porém considero mais seguro já sair do Brasil com um chip internacional. Desta maneira, você terá a segurança de poder lidar com qualquer imprevisto desde o momento que pousar no país.

Dentro da União Europeia não é necessário trocar de chip ao visitar outro país, pois há um acordo que permite que as mesmas tarifas sejam mantidas dentro deste espaço.

A America Chip tem ótimas ofertas neste sentido. Você precisa escolher seu plano e solicitar o chip com alguns dias de antecedência para garantir que ele chegue a tempo em sua casa. Com o chip em mãos, você já viaja com a garantia de estar sempre conectado.

Seguro viagem

Para viajar para a Europa, a contratação de um seguro de viagem internacional é obrigatória para brasileiros. Além disso, o seguro pode ser útil em caso de emergências médicas, cancelamento de viagens, perda de bagagem e outros imprevistos.

O Seguros Promo é uma ferramenta que compara as melhores ofertas de seguro de viagem para você e seu destino. Assim você tem a certeza de contratar a melhor oferta possível.

Cartão Wise

Com a Wise, você pode usar seu cartão por todo o mundo em mais de 50 moedas. O melhor de tudo é que eles usam o câmbio comercial e o IOF pago com o cartão da Wise é bem menos que o de um banco comum, apenas 1,1% nas suas compras internacionais.

Com o cartão da Wise, você pode pagar em débito direto ou sacar dinheiro em qualquer caixa eletrônico. Esta é, para mim, a opção mais prática para se levar dinheiro em viagens para a Europa.

Garanta os passeios com antecedência

Uma ótima forma de pesquisar passeios com antecedência e também de garantir ingressos e evitar filas é usando o GetYourGuide. O site está disponível em português e é muito simples e seguro de usar. Desta forma, você poderá organizar os passeios que irá fazer durante a sua viagem natalina.

Anotou todas as dicas e já preparou o seu roteiro com as atrações favoritas? Então, desejo uma boa viagem e que aproveite os melhores mercados de Natal da Europa!