Para aproveitar o melhor que uma cidade grande e repleta de história como Zurique tem a oferecer, é fundamental ter um roteiro bem definido em mãos antes mesmo de começar o passeio. Se você pretende visitar a cidade, precisa conferir o nosso guia sobre o que fazer em Zurique em 1 a 5 dias de viagem.

Separamos sugestões de roteiros para que você possa conhecer as principais atrações locais durante a sua viagem pela cidade suíça. Vamos lá?

O que fazer em Zurique?

Com 500 mil habitantes, Zurich é a maior cidade da Suíça, além de ser também a capital do cantão de mesmo nome, em que predomina o alemão.

O primeiro passo para planejar a sua viagem para Zurique é estabelecer quantos dias você vai ficar na cidade. Afinal, a cidade possui vários pontos turísticos e você deverá dividir o seu tempo disponível para visitá-los.

Como você deve ter notado, muitas atrações ficam próximas umas das outras, enquanto alguns pontos turísticos são mais distantes. Por isso, planejar o que fazer em Zurique com antecedência é a melhor estratégia para organizar o seu roteiro pela cidade segundo as atrações que você quer conhecer.

Mas, não se preocupe: com o planejamento certo, é possível aproveitar ao máximo o seu tempo de estadia em Zurique. Veja as nossas sugestões de roteiros para estadias de 1 a 5 dias na cidade.

O que fazer em 1 dia em Zurique?

Tem apenas 1 dia para conhecer Zurique? Fique tranquilo, conheça a nossa sugestão de roteiro para aproveitar alguns dos principais pontos turísticos da cidade em pouco tempo:

  • Comece o passeio pela Zürich Hauptbahnhof, a principal estação ferroviária de Zurique, que não é somente um local para quem vai viajar de trem, mas também um ponto turístico da cidade. Admire a bela arquitetura da estação e saboreie uma comida típica em uma das lojinhas do interior do edifício;
  • Percorra as ruas do Altstadt, o centro histórico de Zurique, e sinta-se de volta à Idade Média passeando pelas ruas estreitas e antigas, como a Rennweg e a Niederdorfstrasse;
  • Caminhe pela Bahnhofstrasse, uma das ruas mais movimentadas de Zurique. O local é também o coração do comércio da cidade, ideal para quem quer fazer compras!
  • Ao final da Bahnhofstrasse, você irá se deparar com o Lago de Zurique, o cartão-postal da cidade. Percorra a costa e admire a belíssima vista para os alpes suíços. Você também pode aproveitar a ocasião e fazer um passeio de barco no lago.

Ah, e uma dica especial para quem irá passar somente um dia na cidade: outra alternativa muito interessante para conhecer os edifícios históricos, igrejas e monumentos do centro histórico de Zurique é com um passeio a pé com guia turístico.

O que fazer em 3 dias em Zurique?

É claro que ainda existem muitas outras atrações em Zurique e, se você irá se hospedar por mais tempo na cidade, poderá explorar outros pontos turísticos que merecem uma visita.

Além dos pontos turísticos mencionados, veja quais são as atrações que você pode incluir em mais dois dias de roteiro por Zurique.

Dia 2 em Zurique

O centro histórico de Zurique não é nada pequeno, pelo contrário. Assim, você ainda poderá explorar várias atrações do local no seu segundo dia de passeio pela cidade.

Veja a nossa sugestão de roteiro para o seu segundo dia em Zurique:

  • Comece o passeio pela Lindenhof, nessa praça, você irá encontrar a melhor vista de todo o Altstadt, além de uma paisagem incrível da cidade e do rio Limmat;
  • Ainda no centro histórico, visite as 4 igrejas mais famosas da cidade: Grossmünster, Fraumünster, Predigerkirche e St. Peter; e conheça o passado medieval de Zurique;
  • A partir da igreja de St. Peter, caminhe até a Sechseläutenplatz, praça em que está a maravilhosa Casa de Ópera de Zurique, de 1834;
  • Visite o Kunsthaus, o Museu das Belas Artes de Zurique. Sendo um dos museus importantes do país, o Kunsthaus possui um acervo impressionante, com obras de alguns dos principais nomes da arte mundial, como Vincent Van Gogh e Pablo Picasso;
  • Finalize o seu dia no Kreis 5, ou ZüriWest, um antigo bairro industrial transformado em uma das regiões mais modernas da cidade. Aproveite e conheça de perto a gastronomia suíça em um dos restaurantes do distrito.

Dia 3 em Zurique

Siga o roteiro que sugerimos até então nos seus dois primeiros dias de viagem em Zurique, no terceiro, faça o seguinte percurso:

  • Separe a sua manhã para subir a Üetliberg, uma montanha de 870 metros de altura que faz parte da cadeia Albis, e admire uma vista panorâmica incrível de Zurique e seu lago;
  • No período da tarde, conheça o Landesmuseum, o Museu Nacional Suíço, no local, você irá encontrar um acervo gigantesco de quadros, documentos e esculturas que contam a história da Suíça;
  • Visite também o Museu Rietberg, o único museu da Suíça que conta com obras de arte não europeias. Além de mais de 25 mil obras, o Rietberg também possui um belíssimo e diverso jardim.

O que fazer em 5 dias em Zurique?

Se você tem o privilégio de passar 5 dias em Zurique, poderá aproveitar ainda mais a rica história e as paisagens da cidade ou, até mesmo, fazer um bate e volta e conhecer uma cidade próxima.

Dia 4 em Zurique

Veja a nossa sugestão de roteiro e descubra o que fazer em Zurique no seu quarto dia de passeio:

  • Suba ao Monte Titlis, nos Alpes Uraneses. Além de aproveitar a vista de 360º a partir do teleférico panorâmico, você também poderá realizar várias atividades, como caminhar pela Titlis Cliff Walk, a ponte suspensa mais alta da Europa;
  • Faça o passeio da Fábrica Lindt & Sprüngli e conheça o processo de fabricação do chocolate mais famoso da Europa. Ao lado da fábrica, visite o Museu Lindt Home of Chocolate.

Caso prefira, você também pode passar todo o quarto dia no Monte Titlis e visitar a Fábrica Lindt & Sprüngli no quinto dia. Foi a escolha que eu fiz em 2014, quando estive em Zurique.

Entrada da Fábrica Lindt & Sprüngli, em Zurique
Os turistam podem visitar a Fábrica Lindt & Sprüngli e entender como os deliciosos chocolates são fabricados

Recomendo a visita à Fábrica Lindt & Sprüngli principalmente para famílias com crianças: além de diversas degustações serem oferecidas para os pequenos ao longo dos passeios, as crianças de até 7 anos não pagam ingresso.

Dia 5 em Zurique

Depois de conhecer as principais atrações turísticas de Zurique ao longo de 4 dias, recomendo que você aproveite o quinto dia de passeio para visitar outras cidades nos arredores.

Confira as minhas sugestões de cidades para fazer bate e volta de Zurique:

  • Basileia é a terceira maior cidade da Suíça e o verdadeiro centro cultural do país. No local, você poderá visitar mais de 40 museus, galerias de arte e monumentos;
  • A 24 km de Zurique está Berna, a capital do país. Conheça a Berner Münster, a catedral da cidade e o Bärengraben, o Parque de Ursos e símbolo da cidade;
  • Fazer um bate e volta para Interlaken é a opção ideal para os amantes da natureza. Vale a pena conhecer os dois lagos do lugar, o Lago Thun e Lago Brienz, além do mirante Harder Kulm;
  • Belíssima em qualquer estação do ano, Lucerna possui um centro histórico medieval colorido e muito bem preservado. A paisagem montanhosa ao retor da cidade é de deixar de qualquer um de boca aberta.

Se é a sua primeira vez na Suíça, recomendo o passeio pela Basileia ou por Berna. Nas duas cidades você irá encontrar pontos turísticos muito interessantes e que são símbolos da cultura e da história do país.

Quantos dias são suficientes em Zurique?

3 dias são suficientes.

Em 3 dias, você irá conhecer as principais atrações da cidade e a essência da cultura e do passado de Zurique. Com uma história milenar, os monumentos de períodos diversos da cidade narram o passado de Zurich como centro do país.

Caso você passe menos de 3 dias na cidade, precisará deixar alguns pontos turísticos fora do seu roteiro, como fizemos nos roteiros apresentados.

Não se esqueça também de que é muito provável que você insira outras paradas no seu roteiro, além do que sugerimos. Durante a minha viagem, por exemplo, passei muito mais tempo do que o planejado apreciando a culinária local e fazendo algumas comprinhas. Assim, é bom ter um tempo extra sobrando, não é?

O que não pode deixar de conhecer em Zurique?

O Lago de Zurique.

Também conhecido como Zürichsee ou Zürisee, o Lago de Zurique é a maior atração turística da cidade, sem dúvidas. O lago, que já foi a principal via de transporte da cidade no passado, é o cartão-postal mais famoso da região.

Com 28 km de comprimento e 4km de largura, o lago engloba mais de 30 cidades do país, sendo Zurique a maior delas. Na cidade, o lago é rodeado por uma enorme costa e vale muito a pena passear pelo seu calçadão para admirar as paisagens do Lago de Zurique, caracterizadas pelo contraste entre o azul cristalino das águas e o branco do topo das montanhas.

Sendo a principal atração da cidade, existem várias excursões que proporcionam passeios de barco pelo Lago de Zurique. Na minha opinião, essa é a melhor forma de conhecer um dos lagos mais bonitos da Europa.

O que fazer a noite em Zurique?

Para quem quer aproveitar a vida noturna durante a estadia na cidade, Zurique oferece diversas opções para todos os gostos e idades.

Na região de ZüriWest, o bairro mais moderno da cidade, você irá encontrar música ao vivo, baladas e boates, bares e restaurantes. A Exil é uma discoteca muito famosa na cidade e que já recebeu convidados internacionais, enquanto o Moods é o ideal para quem gosta de música: o local recebe bandas de blues, jazz, reggae e muito mais.

Também existem opções de bares tradicionais da cidade para quem quer aproveitar um bom drink. A minha recomendação é o Bar Mascotte, que oferece uma programação variada ao longo do ano, com muita música e apresentações de diversos tipos e gêneros.

Qual a melhor época para conhecer Zurique?

Durante o inverno.

No meu caso, conhecer Zurique durante o inverno foi a realização de um sonho. Cheguei na cidade em um dia de muito frio e neve, tudo que eu estava esperando!

Como a cidade está preparada para um frio intenso, Zurique possui uma programação intensa para os meses de inverno. Na minha opinião, é a melhor forma de aproveitar as atividades típicas do local, como esquiar, subir até as montanhas, admirar as paisagens com neve, e muito mais.

Mas, é claro que não posso deixar de alertar para as temperaturas muito baixas: a média durante o inverno europeu é de 5 °C. Assim, se quiser evitar o frio intenso, é melhor conhecer Zurique durante a primavera (de março a junho).

O que fazer em Zurique no inverno?

Decidiu viajar para Zurique no inverno? Ótimo! Então, veja o que você pode fazer na cidade durante essa estação do ano.

A partir de novembro, as ruas de Zurique são iluminadas para receber os famosos mercados de Natal, em que você poderá comprar produtos tradicionais do país, desde comidas até artesanatos típicos. Os principais mercados são o Wienachtsdorf auf dem Sechseläutenplatz, próximo ao Lago, e o Christkindlimarkt, na Estação de Zurique.

Como a neve é frequente na região, muitos turistas aproveitam o inverno para esquiar, praticar snowboard ou caminhar nos alpes próximos a Zurique. Além disso, outras atividades acontecem nas montanhas, como o Ice Flyer, uma cadeira suspensa que atravessa o Monte Titlis. As vistas para as cadeias montanhosas do local são incríveis!

Entre os meses de novembro e janeiro, você poderá patinar em uma das várias pistas de gelo espalhadas pelas ruas de Zurique. A pista mais famosa de Zurique é a do Hotel Dolder, com mais de 600 m², ela é uma das maiores pistas de patinação outdoor da Europa.

O que fazer em Zurique no verão?

O verão em Zurique acontece entre junho e setembro. As temperaturas mais amenas podem ser ideias para quem quer aproveitar as atividades ao ar livre da cidade ou apreciar as grandes áreas verdes nos arredores de Zurique.

Interlaken, na Suíça
Fugir do calor em Interlaken pode ser um bom passeio para o verão

Uma das minhas sugestões favoritas para essa época do ano é o passeio de barco pelas Cataratas do Reno. As paisagens naturais do rio e das cataratas são impressionantes e revelam outro lado da Suíça.

Além disso, Zurique possui uma vasta programação de cinemas ao ar livre, festivais e shows de música durante os meses de verão. O Stadtsommer, por exemplo, reúne diversos gêneros musicais e nomes da música contemporânea.

O que fazer além do óbvio em Zurique?

Além das atrações turísticas mais famosas que mencionei nos roteiros, Zurique também oferece outras opções menos comuns. Veja algumas alternativas para enriquecer a sua viagem e sair do óbvio:

Ao contrário do que muitos pensam, Zurique não é uma cidade “séria” demais, tenho certeza de que você irá várias opções fora do comum para enriquecer ainda mais o seu passeio!

Quanto custa viajar para Zurique?

Cerca de R$ 8 mil, sem contar as passagens aéreas de ida e volta do Brasil.

Porém, tenha em mente que calcular quanto custa viajar para a Europa, incluindo Zurique, depende de muitos fatores, como número de atrações que pretende visitar e duração da estadia. Considere também que a época da viagem irá afetar o preço total: as hospedagens e os restaurantes são mais caros durante a alta temporada (de junho a agosto).

Para que você possa ter uma estimativa de quanto poderá gastar para conhecer Zurique, separamos os preços médios para uma viagem de 4 dias durante a baixa temporada, veja:

Item Valor médio para 1 pessoa durante 4 dias
Acomodação em hotel 3 estrelas 697€
Atrações turísticas 250€
Transporte (Swiss Travel Pass) 313€
Alimentação 200€
Total 1.460€ = R$ 7.840,20

Consideramos a cotação do euro em 2 de janeiro de 2024: 1€ = R$ 5,37.

Os valores apresentados são baseados nas minhas experiências na cidade. Mas, é claro que você pode precisar de um orçamento menor ou maior conforme o seu estilo de viagem e objetivos.

Qual o gasto diário em Zurique?

Em média, uma pessoa sozinha gasta em torno de 90€ por dia em Zurique, cerca de 84,26 francos suíços com alimentação, transporte e ingresso para atrações turísticas.

Com esse valor, é possível ter uma experiência satisfatória na cidade. Porém, precisamos considerar que Zurique é uma das cidades mais caras do mundo para turistas.

Um almoço ou jantar na cidade custa de CHF 12 a CHF 37, enquanto um jantar pode custar até CHF 45. Por fim, considere que o transporte público de Zurique é um dos mais caros da Europa e o bilhete de bonde da cidade pode custar até CHF 4,40.

Quantos euros levar para Zurique?

Considerando a estimativa de 90€ por dia por pessoa, você deverá levar ao menos 450€ por pessoa, cerca de 421,32 francos suíços para uma viagem de 5 dias em Zurique.

Para não precisar levar grandes quantias em espécie, eu recomendo o uso do cartão Wise durante a sua viagem em Zurique. Com ele, você poderá transferir dinheiro e converter para a moeda local com taxas vantajosas.

Além disso, o cartão multimoedas da Wise também pode ser usado para pagamentos em estabelecimentos físicos e virtuais e para saques em caixas eletrônicos. Uso o meu cartão em todas as minhas viagens pela Europa e acredito que seja a forma mais prática e segura de levar dinheiro para os meus passeios.

Ter um cartão multimoedas como o Wise pode ser útil até mesmo para quem mora na Europa e quer visitar Zurique: não se esqueça de que a moeda oficial da Suíça não é o Euro (EUR), mas o Franco suíço (CHF). Na cotação de 2 de janeiro de 2024, CHF 1 equivale a EUR 1,07 e R$ 5,77.

O que não deixar de comer em Zurique?

Além de seus pontos turísticos, Zurique também é famosa pela sua gastronomia de sabores intensos e marcantes. Veja os pratos imperdíveis para saborear na cidade:

  • Fondue: o fondue é um prato originalmente à base de queijo, mas que também pode ser encontrado em várias outras versões. Para quem quer saborear o tradicional fondue em Zurique, recomendo o restaurante Chäslp;
  • Rösti: essa especialidade é preparada a partir de uma massa de batatas recheada com vários ingredientes, como queijo, legumes, cogumelos ou carne. Aproveite o passeio pelo centro de Zurique e experimente o rösti no tradicional Rheinfelder Bierhalle;
  • Älplermagronen: o prato consiste em um tipo de macarrão gratinado com batatas, queijo e cebolas fritas, acompanhado de purê de maçã. Você pode encontrar a especialidade no restaurante Zeughauskeller ou no Walliser Kanne.

Onde se hospedar na Zurique?

Zurique é dividida por distritos, os Kreis, numerados de 1 a 12, e cada um deles é dividido em bairros. Como a cidade é bem grande, algumas zonas podem ser menos convenientes para turistas com estadias curtas ou que visitam o local pela primeira vez.

Algumas áreas onde ficar em Zurique estão próximas das principais atrações e oferecem opções agradáveis da cidade, com alternativas para todos os bolsos e gostos. Veja quais são elas:

  • Niederdof: é uma das melhores regiões de Zurique. O Niederdof está localizado no centro histórico (Zona 1) e, por esse motivo, é uma ótima opção para quem quer ficar perto dos principais pontos turísticos da cidade;
  • Banhoffstrasse: ficar hospedado ao redar de uma das maiores avenidas da cidade (Zona 1) é uma alternativa recomendável para quem quer ficar perto de diversos restaurantes e lojas. Recomendo o local para quem busca um local mais “agitado”;
  • Wollishofen: se você busca um bairro tranquilo e residencial, Wollishofen (Zona 2) é a região ideal para você.

Quando viajei para Zurique, fiquei em Niederdof e recomendo muito a região, o bairro é tranquilo e dá para visitar a maioria das atrações turísticas do centro a pé.

Ficar conectado na Europa nunca foi tão fácil

Com a America Chip você tem internet 4G ilimitada durante toda a viagem. Escolha entre o chip e o eSIM e aproveite a Europa com a melhor conexão a partir de USD 40.

Ver Planos →

Qual o melhor transporte em Zurique?

Com estações próximas aos pontos turísticos mais famosos da cidade, o bonde é o melhor transporte público para o seu passeio em Zurique.

Na minha opinião, o bonde de Zurique é o transporte mais prático e rápido para os turistas, uma vez que as suas linhas atravessam as principais regiões da cidade. Os bondes são também muito pontuais e funcionam de forma exemplar.

O bilhete é bem mais caro do que a média europeia: os bilhetes de 1 hora de duração custam CHF 4,40, enquanto os diários custam CHF 8,80.

Bonde em rua de Zurique, na Suíça
As linhas de bonde de Zurique alcançam os principais pontos turísticos da cidade

Além do bonde, a rede transporte público de Zurique conta também com o ônibus, cujo preço médio do bilhete é de CHF 2,70, e o polybahn, um tipo de funicular que está presente nas regiões mais montanhosas e altas da cidade.

Mas, para quem terá uma estadia mais curta na cidade, recomendo o ônibus hop-on hop-off: ele pode ser a melhor opção de transporte turístico para conhecer as principais atrações de Zurique em pouco tempo. O City Tour de ônibus custa 47€ e inclui também um cruzeiro pelo Lago.

Para quem quer viajar outras cidades, recomendo o trem. Viajar de trem na Europa é maravilhoso, mas na Suíça é melhor ainda: os trens são pontuais, funcionam muito bem e te levam até as principais cidades do país.

Porém, os trens não são a única opção para as estadias mais longas: você também pode alugar um carro para fazer bate e volta de Zurique e visitar as cidades próximas. Recomendo o aluguel de carro principalmente para quem pretende conhecer cidades no interior do país, já que o funcionamento de transporte público nelas é limitado.

Como se planejar para visitar Zurique?

Antes de montar o seu roteiro para conhecer Zurique, veja as dicas que separamos para que você consiga preparar a sua Eurotrip da melhor maneira possível:

Garanta o seguro viagem

Como a Suíça faz parte do Espaço Schengen, o seguro viagem para o país é obrigatório. Assim, todos os turistas devem possuir um seguro de cobertura mínima de 30 mil euros para despesas médicas e hospitalares.

Você pode buscar a melhor opção de seguro para a sua viagem em Zurique no Seguros Promo, um comparador de seguros online em que é possível encontrar planos com ótimo custo benefício.

Compre os seus ingressos com antecedência

Para garantir o seu lugar, eu recomendo que você compre os ingressos das atrações de Zurique que pretende visitar com antecedência. Assim, você evita problemas com filas ou entrada limitada.

Você pode adquirir os seus ingressos nos sites oficias das atrações ou no GetYourGuide, uma plataforma que oferece diversas opções de bilhetes turísticos e passeios. Caso preciso de ajuda, o site oferece suporte 24/7.

Não se esqueça do chip internacional

É importante que você garanta conexão à Internet antes mesmo do início da sua viagem, já que mesmo os planos europeus não funcionam na Suíça.

A melhor forma de ficar conectado durante a sua viagem para Zurique é comprar um chip internacional. Ao comprar o seu chip, você irá chegar na cidade já com a possibilidade de acessar a Internet, enviar mensagens e fazer ligações.

Uma boa opção para quem busca chip internacional é a America Chip, que oferece diversos planos para celular com cobertura na Suíça. Para garantir o seu, basta acessar o site e aguardar o envio do chip na sua casa.

Com todas essas informações em mãos, tenho certeza que você já está pronto para planejar o seu passeio para Zurique, não é mesmo? Tenha uma ótima viagem!