O que fazer em Málaga? Veja um roteiro na cidade espanhola

Visitar Espanha  / 

Uma das regiões mais charmosas da Espanha, e mais ricas culturalmente, a Andaluzia é cheia de encantos. Se estiver no seu roteiro na sua ida ao país, confira dicas de o que fazer em Málaga, uma das cidades andaluzas.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Saiba o que fazer em Málaga

A Andaluzia é uma das comunidades autônomas da Espanha. Tem como capital Sevilha, mas toda a região é recheada de cultura. Dizem que ali é onde verdadeiramente nasceu a Espanha, com fortes traços mouros. Tem, também, a condição de nacionalidade histórica, pelas suas histórias e tradições.

É nessa região que se encontra a cidade de Málaga. Com mais de 3 mil anos de história, é uma das cidades mais antigas da Europa. A região, que começou a ser habitada pelos fenícios, foi casa de muitos artistas importantes, como Pablo Picasso.

Além da presença do mar, o que torna a cidade ainda mais charmosa, tem uma intensa vida universitária local, com um centro histórico e muitos museus. E, claro, a gastronomia espanhola, que não pode ser deixada de lado.

Se quiser incluir no seu roteiro, acompanhe as nossas dicas de o que fazer em Málaga.

Como chegar?

Você pode chegar na cidade de trem, avião, de ônibus ou carro. Vai depender da sua disposição, do seu tempo no país e do tipo de viagem que estiver fazendo.

Se escolher ir de trem, a partir de Madri a viagem pode durar de 2 horas e meia ou um pouco mais. Depende do tipo de trem que você quiser pegar. A passagem custa cerca de 63,45€ pelo site The Train Line, mas você consegue comprar diretamente na estação Atocha, uma das principais de Madri.

De carro, a viagem dura cerca de 6 horas. São pouco mais de 415 km. Acesse o comparador de preços RentCars e verifique as condições para locação.

De avião, pode-se tentar uma passagem através da Vueling, companhia aérea espanhola de baixo custo.

O que fazer em Málaga?

São muitas as atrações na cidade. Recomendamos que se separe, pelo menos, dois dias, para conseguir visitar as principais atrações.

Confira algumas dicas de o que fazer em Málaga, durante sua passagem pela Andaluzia.

Plaza de la Constituición e Museu Carmen Thyssen Málaga

Para começar a conhecer uma nova cidade, o ideal é dar uma volta pelo centro histórico no primeiro dia. A Plaza de la Constituición de Málaga é a parte mais antiga da cidade.

As varandas e os pequenos restaurantes são uma atração à parte. Aproveite a hora da fome para comer tapas espanholas e provar um bom finho.

Continue para o Palácio de Villalón, sede do Museu Carmen Thyssen Málaga, um dos mais importantes da cidade. Com mais de 200 obras de artistas espanhóis do século XIX, é um dos principais espaços culturais na Andaluzia. Se você for do tipo que gosta de ter um guia para entender melhor todas as obras, compre seu bilhete antecipado no Get Your Guide.

Uma outra opção é fazer um tour de bicicleta: é uma das melhores maneiras de conhecer a cidade. E não deixe de visitar a Catedral de Málaga, parte do centro histórico da cidade.

o que fazer em Malaga teatro romano

Cidade Murada, Teatro Romano e Alcabaza

Em um segundo dia de viagem, vá visitar a muralha, que pode ser vista de qualquer ponto da cidade. Suba a muralha e veja a cidade lá do alto. Aproveite e faça um passeio pelo Teatro Romano, construído no século I.

De lá, siga o passeio pelo Castillo de Gilbratar e Alcazaba. Os dois são pedaços da cultura moura que existe em Málaga. Construída entre 1057 e 1063, Alcazaba era o palácio e a fortaleza pertencentes aos árabes que, antigamente, habitavam a cidade. Em árabe, o nome significa “cidadela”. É um dos monumentos históricos mais importantes da cidade.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Saindo de lá, a Plaza de la Merced é uma construção onde fica a Fundación Pablo Picasso. Foi na cidade que o pintor nasceu, em 1881, e passou seus primeiros anos de vida.

Você pode adquirir um tour guiado pelo Teatro Romano e por Alcazaba.

Castelo de Gibralfaro em Málaga

Ali perto fica o Castelo de Gibralfaro, uma construção do século XIV. Foi construído com o intuito de dar abrigo às tropas e proteger Alcazaba. É, ainda hoje, um dos locais mais visitados da cidade, pois conta a história de Málaga, desde a época em que os árabes a habitavam.

O nome do castelo se refere a um farol que existia no topo da montanha. Na parte superior, visite o Centro de Interpretação, onde se conta toda a história do castelo. Já na parte inferior, fica o Pátio das Armas, onde ficavam as tropas e os cavalos.

Museu Pablo Picasso

São vários os museus na cidade mas, por conta da história do pintor com o local, o Museu Pablo Picasso de Málaga merece ser visitado. Ele inclui objetos pessoais do artista e de sua família, contando um pouco da história daquele que é um dos maiores artistas espanhóis de todos os tempos.

Inclui, ainda, mais de 200 obras de Picasso. Compre seu ingresso antecipado e evite as filas, principalmente durante o verão.

o que fazer em Malaga pompidou

Centre Pompidou

E para misturar a parte moderna com a histórica da cidade de Málaga, você também pode visitar o Centre Pompidou. É uma sede do museu de mesmo nome em Paris. Aberto recentemente, desde 2015, o centro de arte fica dentro de um cubo.

Inclui obras de artistas como Frida Khalo, Max Ernst, Pablo Picasso, Francis Bacon e Joan Miró. Os ingressos também podem ser adquiridos antecipadamente.

Faça um bike tour de tapas e vinhos por Málaga.

Onde ficar em Málaga

Agora que você já sabe o que fazer em Málaga, reserve uma hospedagem e fique uns dias na cidade. Os encantos merecem, pelo menos, dois dias. Assim você consegue aproveitar a noite e ver tudo iluminado.

Veja algumas opções:

  • O Malaga Premium Hotel fica no centro da cidade, o que facilita suas andanças. Diárias a partir de R$490, para duas pessoas;
  • Com um preço um pouco melhor, o Hotel Don Paco também fica no centro de Málaga e tem uma boa avaliação de quem já se hospedou por lá. Diárias a partir de R$406, para duas pessoas.

Os valores podem mudar de acordo com estação e o período do ano. Meses entre julho e setembro, o verão europeu, costumam ser os mais caros.

E não deixe de viajar sem um bom seguro viagem. Para entrar na Espanha, parte do Tratado de Schengen, é obrigatório ter um em mãos. Para cotar, dê uma olhada no nosso comparador seguro viagem. E aproveite.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.