A escolha pela melhor forma de se locomover em uma viagem passa por diversos fatores: tempo de estadia, quantas pessoas estão inclusas nos passeios e suas respectivas limitações de mobilidade, perfil dos viajantes e experiências que você planeja ter. Pensando nisso, neste artigo apresentamos as opções de transporte em Viena para te ajudar a escolher o meio mais apropriado em sua visita à cidade austríaca!

Como usar o transporte público em Viena?

Basta comprar os bilhetes para os metrôs, tramways ou ônibus da cidade.

A rede pública de transporte em Viena é bem completa, segura, relativamente barata e atende os principais pontos turísticos. A de metrô compreende 5 linhas (U1, U2, U3, U4 e U6) e em 109 estações, que contemplam uma distância de 83 km.

A rede de tramways de Viena, por sua vez, é uma das maiores do mundo: são mais de 30 linhas que se estendem por 225 km. Por fim, você ainda pode contar com aproximadamente 131 linhas de ônibus que circulam diariamente, sendo que mais de 20 delas atendem somente os horários noturnos.

Normalmente os turistas optam por utilizar principalmente os metrôs ou os tramways, deixando os ônibus um pouco de lado. A seguir explicamos um pouquinho mais os motivos.

Como usar o metrô de Viena?

Os metrôs estão presentes em vários lugares da cidade, de forma que é possível utilizar somente ele para conhecer os principais pontos turísticos de Viena. Para você ter uma ideia da distribuição de estações, é possível consultar o mapa da rede de metrô da capital austríaca.

Outro aspecto que facilita o uso deste meio de transporte é seu horário de funcionamento. O metrô de Viena funciona entre 5h da manhã e meia-noite durante a semana. Já aos finais de semana (nas noites entre sexta-feira e sábado, bem como de sábado para domingo) e aos feriados, as linhas operam durante toda a noite.

Metrô é o meio de transporte em Viena com bastante eficiência.
O metrô de Viena foi meu meio de deslocamento principal enquanto estive na cidade. Foto: Bárbara Ábile

O metrô de Viena se chama U-bahn e a entrada de cada estação é sinalizada com um painel, no qual se lê a letra “U” em um fundo azul. Também na entrada é possível ler o nome da estação, assim como as linhas de correspondência que ela dá acesso. Algumas delas possuem papel importante exatamente por concentrar várias linhas diferentes, como a estação Karlsplatz, que permite acesso às linhas U1, U2 e U4.

Todas as plataformas do metrô são equipadas de informações de circulação em tempo real, com a destinação dos próximos veículos e o tempo de espera.

Bilhetes para o metrô de Viena

Os bilhetes de metrô são válidos também nos tramways e ônibus da rede pública de transporte em Viena. É possível comprá-los em vários lugares, como:

Ao entrar na estação, você verá que não há catracas para apresentar seu bilhete de metrô, mas isso não significa que você pode acessar a plataforma sem um ticket. Assim como em algumas outras cidades da Europa, a validação dos bilhetes de metrô em Viena ocorre de maneira diferente daquela que encontramos no Brasil.

Assim, em posse de seu bilhete, é preciso registrá-lo nas máquinas que ficam logo na entrada de cada plataforma. Para isso, basta inserir o ticket na máquina e retirar assim que ouvir um barulhinho. Seu bilhete estará validado caso ele apresente um pequeno furo ou algum registro em tinta.

Lembrando que, caso você não registre seu bilhete e algum controle de transporte público seja feito no vagão, é bem provável que você tenha que pagar uma multa.

Quanto custa o metrô em Viena?

A partir de 2,40€. No entanto, os preços podem variar conforme o tipo do bilhete. Veja na tabela abaixo:

Tipo do bilhete Preço
Somente ida 2,40€
24h 8€
48h 14,10 €
72h 17,10 €
Semanal (válido unicamente de segunda a segunda, até às 9h) 17,10 €
Viena City Card com transporte público a partir de 17€

Em minha visita à cidade, optei por comprar o bilhete válido para 72h. Acho que foi a melhor opção, já que pude me movimentar por várias áreas de Viena com segurança e rapidez. Realizei a compra ainda no aeroporto nas máquinas multilíngues disponíveis, paguei com meu cartão Wise e foi super fácil.

Uma descoberta interessante que fiz foi que esse tipo de bilhete não precisava ser validado nas máquinas disponíveis. Na verdade, até tentei validá-lo, mas ele não entrava na máquina por ser maior que os bilhetes comuns. Perguntei a um segurança de uma estação de metrô e ele me explicou que no caso dos bilhetes que continham as datas específicas de uso, bastava tê-lo junto comigo caso eu precisasse apresentar em algum controle.

De maneira geral, achei o transporte em Viena muito funcional, prático e rápido. Optei por me hospedar em Viena um pouco mais distante do centro, mas não demorava mais de 15 minutos para chegar em meus pontos de interesse.

Como usar o tram em Viena?

Os tramways de Viena, os Strassenbahn, circulam desde 1865, portanto, eles já fazem parte da paisagem urbana: sem dúvidas, seus vagões vermelho e branco adicionam um charme a belíssima cidade.

Ele é uma ótima opção para descobrir Viena sem se preocupar com o trânsito, mas nem só por isso ele faz sucesso entre os turistas. Suas linhas 1 e 2 passam pela Ringstrasse, região em que encontramos vários pontos turísticos da cidade, como a Ópera de Viena, o Parlamento e o Palácio Hofburg.

Outra linha de tram em Viena popular entre os turistas é o Ring Tram. De cor amarela, ele passa pela Ringstrasse em um circuito de 25 minutos de duração. O diferencial dessa linha é que você pode se beneficiar de um audioguia em várias línguas, que vai te explicando cada pedacinho da região.

Os trams circulam por Viena entre as 5h da manhã até meia-noite, contudo algumas linhas param de funcionar às 21h. Da mesma forma, os horários do Ring Tram são diferenciados.

Para tomá-los, basta se dirigir às plataformas, que muito se parecem com as paradas de ônibus no Brasil. A diferença é que, no caso dos trams, elas são cercadas por trilhos fincados ao chão e levam o nome da parada, tornando a identificação ainda mais fácil.

Bilhetes para o tram de Viena

Os bilhetes para os trams são os mesmos utilizados nos metrôs e nos ônibus. Assim, é possível comprá-los tanto nas estações, nas máquinas de distribuições automáticas ou até mesmo a bordo do tram. Entretanto, essa última opção costuma ser mais cara.

Caso você queira fazer o trajeto do Ring Tram, saiba também que é preciso comprar um bilhete próprio para ele.

Assim como no metrô, você deve validar seu ticket nas máquinas azuis próprias para este fim. Elas ficam nos vagões dos trams.

Quanto custa o tram em Viena?

A partir de 2,40€. Apesar deles seguirem os preços dos bilhetes de metrô, no caso do tram eles podem variar conforme o local onde você o compra. Por exemplo, se você decide comprar nos próprios trams, o preço do bilhete é 2,60€. Já se você quiser comprar o ticket para o Ring Tram, ele custa 8€.

No GetYourGuide, é possível encontrar um passeio de bonde Oldtimer, outro tipo de tram que te leva em um tour por lugares históricos de Viena com degustações. O ingresso custa a partir de 799€ por grupo de até 24 pessoas.

Como funciona o ônibus em Viena?

Os ônibus em Viena podem ser elétricos ou não. Ainda que ele detenha a maior quantidade de linhas, se compararmos com os outros transportes em Viena, ele é o menos utilizado pelos turistas por vários motivos. Dentre eles, que os trams e metrôs são muito mais práticos e conseguem fugir do trânsito intenso das principais vias. No entanto, há duas situações em que vale muito a pena utilizar o ônibus em Viena.

Entrada para a estação Karlsplatz, em Viena.
A estação Karlsplatz é uma das mais belas em Viena, além de permitir conexões a outras linhas. Foto: Bárbara Ábile

A primeira é durante a noite, opção que faz sentido principalmente se você planeja aproveitar a vida noturna na cidade, mas não cogita contar com táxis e Uber. Saiba que há linhas específicas dos ônibus de Viena que atendem a cidade de 00h30 às 5h da manhã, tornando a volta para o hotel possível, segura e barata. Para checar onde ficam os pontos de embarque, basta consultar o mapa.

A segunda delas é para conhecer a parte histórica de Viena, que é repleta de ruas estreitas. Para esse segundo caso, é possível tomar os ônibus do tipo CityBus, com as linhas 1A, 2A, 2B e 3A. Confira o mapa das paradas e organize seu roteiro em Viena!

Quanto custa o ônibus em Viena?

A partir de 2,40€.

Como vimos, os tickets para metrô e trams também são válidos nos ônibus. Isso significa que os preços também variam conforme a validade do bilhete, seguindo os mesmos valores que aqueles mencionados acima.

Ônibus turístico em Viena

Considere visitar Viena por meio de ônibus turísticos do tipo hop-on hop-off. Tais linhas permitem conhecer os principais pontos da cidade no conforto de um veículo, em seu próprio ritmo. Neles, é possível escolher diferentes itinerários, descer no ponto de sua escolha e depois subir novamente. É uma ótima opção para aqueles que possuem alguma restrição de mobilidade ou tem pouco tempo na cidade, mas querem aproveitar a capital da Áustria.

Há pelo menos duas opções de hop-on hop-off para escolher se você estiver visitando Viena. O primeiro deles é o Big Bus Vienna, que propõe dois itinerários entre os pontos mais incontornáveis do centro, a saber, da Ópera de Viena ao bairro dos museus e Ilha do Danúbio, ou ainda, ao Palácio de Schönbrunn.

O outro deles é o Viena Sightseeing Tours, que oferece a opção de três itinerários na cidade: ao longo do Ring, passando pelo Palácio de Schönbrunn ou Palácio Belvedere; até a Kunst Haus Wien ou até a Torre do Danúbio.

Quanto custa o ônibus turístico em Viena?

A partir de 26,10€. Contudo, os preços podem variar conforme a empresa de ônibus escolhida, o horário do passeio e a combinação com outras atrações.

A tabela abaixo nos mostra as opções de bilhetes disponíveis no GetYourGuide para ônibus turístico em Viena, veja:

Tipo de bilhete Preço
Passeio noturno com ônibus Big Bus e com guia ao vivo 26,10€
Excursão turística no ônibus Big Bus 26,10€
Vienna Pass com acesso ilimitado aos ônibus hop-on hop-off 89€
Excursão a bordo do ônibus Viena Sightseeing Tours 35€
Transporte público e passeio de ônibus Big Bus por 24 horas 46€

Alugar carro em Viena vale a pena?

Depende do perfil de viagem que você busca.

Se você busca conforto acima de tudo, diria que vale a pena alugar um carro. Também vale muito a pena se você está viajando com idosos, fazendo um bate e volta de Viena ou viajando em um grande grupo de pessoas.

Além disso, em dias de muita chuva, muito frio e até mesmo muito calor, ter um carro faz diferença. Ele também é bem mais seguro e permite uma movimentação mais livre, já que não depende de horário de funcionamento de transporte, greves ou eventuais fechamentos. De maneira geral, o aluguel de carro em Viena pode proporcionar uma experiência de viagem diferenciada.

Ao mesmo tempo, como vimos, Viena possui uma ampla e funcional rede de transportes públicos. Não à toa a maioria dos turistas acaba optando por se locomover pela cidade com os metrôs, tramways e ônibus disponíveis.

Considere que, se você está viajando sozinho, em esquema de mochilão ou em um grupo menor de pessoas, o aluguel de um carro exigirá um emprego de recursos financeiros considerável. Nesse caso, vale mais apena deixar essa ideia de lado.

Quanto custa?

A partir de 69,89€ para três dias de aluguel.

Para chegar neste preço, fizemos uma simulação na DiscoverCars, um agregador de locadoras que alugam carros em várias cidades da Europa. Considerando o período de três dias de aluguel, veja os preços médios para diferentes modelos de veículos:

Modelo do carro Preço para 3 dias
Toyota Aygo 69,89€
Suzuki Vitara 86,40€
Fiat 500 275,43€
BMW X3 662,58€
Mercedes Benz V Class 839,31€

Existe Uber em Viena?

Sim!

A Uber circula tanto no centro quanto na periferia de Viena.

Assim como na maioria das cidades europeias, é possível solicitar diversos tipos de carros: dos mais simples, aos premiums, vans com capacidade para mais de 4 pessoas, veículos elétricos e adaptados para crianças e animais.

Para você ter uma ideia dos preços praticados pela empresa na cidade, veja a tabela a seguir:

Tipo de carro UberX Black Van
Tarifa de base 3€ 4€ 4€
Custo por minuto 0,28€ 0,40€ 0,40€
Custo por km 0,65€ 1,50€ 1,49€
Preço mínimo 5€ 9€ 9€
Taxa de cancelamento 5€ 9€ 9€

Como funciona a Uber em Viena?

O Uber em Viena funciona da mesma forma que em outras cidades da Europa.

Basta abrir o aplicativo e inserir o destino desejado. Caso você esteja no aeroporto, ele vai te indicar o melhor ponto de embarque para você encontrar seu motorista.

Antes mesmo de solicitar a corrida, aparecerá para você as opções de carros e seus respectivos preços. Você escolherá um deles e aguardará a chegada de seu carro.

Para o pagamento, é possível escolher diversas formas: dinheiro, cartão de crédito ou cartões multimoedas, como o cartão Wise.

Vale a pena usar Uber em Viena?

Sim. Um dos pontos positivos da Uber é poder ter controle da avaliação do motorista, do carro selecionado, da tarifa a ser cobrada e do tempo de espera. No entanto, o custo também acaba sendo um fator de desempate se você está entre o táxi e o aplicativo.

Para efeitos de comparação com a Uber, a tarifa de base dos táxis em Viena é de 3,80€, sendo que os 4 primeiros quilômetros custam 1,42€ e os 5 quilômetros seguintes custam 1,08€. Assim, utilizando tanto o táxi quanto o Uber, o preço médio de um trajeto curto na cidade varia entre 7€ e 12€.

A diferença aparece mesmo quando comparamos trajetos maiores, como aqueles entre o aeroporto e o centro da cidade. De táxi, tais valores estão entre os 40€ e 55€; já de Uber, o preço cai para 29€ em um UberX, chegando a 47€ caso seja solicitado uma Van.

Ficar conectado na Europa nunca foi tão fácil

Com a America Chip você tem internet 4G ilimitada durante toda a viagem. Escolha entre o chip e o eSIM e aproveite a Europa com a melhor conexão a partir de USD 40.

Ver Planos →

Como ir do aeroporto para o centro de Viena?

Você tem algumas opções, para além do Uber e táxi:

  • Via City Airport Train (CAT);
  • Via Railjet ÖBB;
  • Ônibus Airport Lines;
  • Trem urbano S7;
  • Transfers privados.

Em outras palavras, o aeroporto de Viena é muito bem servido de transportes para chegar ao centro da cidade.

Com eles, é possível chegar em seu destino rapidamente, de maneira confortável e por um preço bastante acessível. A dica que deixamos é que você considere onde vai se hospedar em Viena antes de escolher o melhor transporte para sair do aeroporto.

O transporte público é o melhor meio até o aeroporto de Viena, na Áustria.
Atente-se as placas do aeroporto de Viena, indicando a saída via transporte público. Foto: Bárbara Ábile

Conheça mais sobre cada uma dessas opções a seguir.

City Airport Train (CAT)

O City Airport Train (CAT) liga diretamente o Aeroporto à estação Wien Mitte (acesso às linhas U3 e U4) em 16 minutos, fazendo dele um dos meios mais rápidos de se chegar ao centro de Viena. Ele parte do aeroporto e do centro da cidade a cada 30 minutos, e funciona entre 5h37 e 23h38.

O CAT reúne ainda alguns outros benefícios. Um deles é o check-in automático, que pode ser realizado caso você esteja voando junto à alguma companhia da Star Alliance. Outro aspecto legal é que, caso você esteja fazendo um check-in na Wien Mitte, você pode deixar sua bagagem na própria estação, que ela será encaminhada ao seu voo. Isso significa que, chegando ao aeroporto, não há necessidade de enfrentar a fila para despachar de bagagem.

No GetYourGuide, você pode comprar os bilhetes do CAT. Custam 14,90€ somente ida e 24,90€ para ida e volta. É possível ter desconto nesse valor, caso você tenha o Vienna City Card.

Railjet ÖBB

O Railjet ÖBB é o transporte ferroviário que liga o aeroporto de Viena à Wien Hauptbahnhof (U1) em 15 minutos, e à estação Wien Meidling (U6) em 30 minutos.

Do aeroporto, o Railjet ÖBB circula entre 6h33 e 00h02. Saindo de Wien Meidling, ele circula entre 5h30 e 22h, a cada 30 minutos. Já saindo da Wien Hauptbahnhof, a circulação ocorre entre 5h42 e 22h42. Independentemente do local de embarque, o transporte funciona diariamente e sai a cada meia hora.

Os bilhetes do Railjet ÖBB ligando o aeroporto e o centro de Viena custam 4,40€. Os viajantes em posse de um Viena Pass precisam comprar um ticket suplementar, já que o trajeto vai além das fronteiras da cidade. Para comprá-lo, basta dirigir-se a uma máquina ou guichê ÖBB.

Ônibus Airport Lines

Os ônibus do tipo Airport Lines de Viena também fazem o percurso ligando o aeroporto à cidade. Além disso, eles possuem linhas com destino ao centro comercial Donauzentrum, ao Vienna International Centre (VIC), à Westbahn e à Wien Hauptbahnhof.

A depender do trajeto escolhido, ele dura de 20 a 40 minutos. Os intervalos de partidas não costumam ser maiores que 30 minutos ao longo do dia, e a cada uma hora nas madrugadas. De maneira geral, o serviço funciona das 5h às 2h30, contudo, indicamos que você verifique os horários corretos da linha que planeja pegar no site oficial do transporte.

Com o Vienna City Card, os bilhetes dos ônibus do tipo Airport Lines custam 9,50€ quando unitários, e 16€ a ida e volta. Com o ÖBB Vorteilscard, os valores caem para 8,50€ o unitário e 15€ a ida e volta.

Trem urbano S7

O trem urbano S7 liga o aeroporto às estações Wien Mitte e Praterstern, a partir das quais é possível tomar outros trens ou acessar o metrô de Viena. O trajeto do aeroporto até Wien Mitte dura aproximadamente 25 minutos, e aquele até Praterstern não passa de meia hora. As saídas dos aeroportos de Viena ocorrem a cada 30 minutos e ele costuma funcionar entre 4h e 1h da manhã.

O trem acaba sendo uma ótima opção para aqueles que vão se hospedar nos bairros próximos a Praterstern, já que ele vai direto para lá. Foi o que motivou minha escolha por esse transporte quando visitei Viena.

Os bilhetes podem ser comprados nos guichês e máquinas, que se localizam logo antes da plataforma. O preço é de 4,40€ e os viajantes em posse de um Vienna City Card precisam comprar um ticket suplementar (ele custa 2€) por conta dos limites da cidade.

Utilize o transporte em Viena com o cartão da cidade

Além da versão que dá acesso à rede pública de transporte que citamos anteriormente, Viena City Pass existe em duas versões com suplementos que incluem os mencionados meios de transporte entre o aeroporto e o centro da cidade: Vienna City Card + Transfer do Aeroporto e o Vienna City Card + Transfer do Aeroporto + Ônibus hop-on hop-off.

Bancos da linha ferroviária austríaca.
O transporte ferroviário de Viena é de excelente qualidade e muito eficiente. Foto: Bárbara Ábile

O benefício de escolher uma dessas opções é escolher o meio de transporte que mais te convém. Além disso, com este cartão é possível utilizar os transfers várias vezes ao longo de sua estadia, com um máximo estipulado de 7 dias.

O Vienna City Card + Transfer do Aeroporto custa a partir de 39€ e o Vienna City Card + Transfer do Aeroporto + Ônibus hop-on hop-off pode ser comprado a partir de 68€.

Vale dizer que esses valores podem se modificar conforme sua escolha de tempo de acesso aos transportes em Viena, que podem ser de 24, 48 ou 72 horas.

Transfers privados

Outra opção para o trajeto do aeroporto de Viena até o centro da cidade é optar por transfers privados. É uma ideia perfeita se você busca mais conforto e privacidade em sua chegada na cidade.

No GetYourGuide é possível encontrar algumas opções. Confira:

Tipo de transfer Valor
Transferência privada para grupo de até 3 pessoas 66,99€
Viagem do aeroporto até Viena com um passeio pela região para grupo de até 3 pessoas 66,73€
Grupo de até 6 pessoas, o translado pode ser comprado 75€

Distância do aeroporto de Viena para o centro

A distância entre o aeroporto de Viena e o centro da cidade é de aproximadamente 16 km. Isso significa que de carro, sem nenhum trânsito, é possível fazer o trajeto em mais ou menos 20 minutos.

Para você ter uma ideia, essa é a mesma distância entre o centro de Paris e o Aeroporto Orly (o Aeroporto Charles de Gaulle, por sua vez, fica a 22,64 km). Pensando no caso brasileiro, o Aeroporto de Guarulhos localiza-se a 28 km da Praça da Sé, no centro de São Paulo.

Preparando sua viagem para Viena

Escolher o melhor tipo de transporte em Viena para se deslocar ao longo de sua viagem é ponto essencial. Contudo, saiba que ainda há alguns outros detalhes a considerar na preparação de sua viagem à cidade austríaca.

Fique conectado durante a viagem

Definitivamente, ter acesso à internet assim que sair do avião é cada vez mais necessário, seja para solicitar um táxi, para checar a localização do hotel ou para avisar os amigos e familiares de sua chegada. Além disso, uma rede de dados móveis é essencial para que sua estadia na cidade seja de qualidade, principalmente se você planeja usar transporte público.

Por isso, o chip internacional é tão importante, como o da America Chip. Além do benefício de ele funcionar em toda a Europa, a internet da America Chip é ilimitada e os preços são acessíveis.

Seguro viagem é obrigatório

Como você já deve saber, para entrar na Áustria é necessário ter um seguro viagem. O país faz parte do Tratado de Schengen, que por sua vez exige um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros para as despesas médicas e hospitalares.

Então, a dica é que você confira os valores no Seguros Promo, um comparador de seguro viagem que permite escolher as melhores opções conforme a sua necessidade.

Compre ingressos com antecedência

Comprar os ingressos com antecedência é a dica básica para qualquer viajante. Hoje praticamente a totalidade de pontos turísticos fazem a venda de bilhetes via internet, com pagamento em cartão de crédito e disponibilização de QR Codes para acesso na atração. Ou seja, super fácil!

Você pode optar por comprar seus tickets de entrada em plataformas como o GetYourGuide ou a Civitatis. Nelas, basta inserir o nome da cidade que você visitará, a data e escolher as promoções que mais te interessam. Além de toda facilidade de fazer a compra online, o cancelamento e reembolso é possível, e você pode optar por comprar ingressos combinando pontos turísticos. Ou seja, economia na certa!

Levar dinheiro

Você já se perguntou quanto custa viajar para Viena? Seja para sua manutenção, seja para comprovar caso seja solicitado na imigração do país de entrada, levar dinheiro também é essencial! Mas vamos lá: dinheiro em notas não é nada prático, não é mesmo?

Por isso sugerimos o cartão Wise. Ele é um cartão multimoedas internacional que funciona como um cartão de débito normal. Você só precisa enviar o dinheiro que para a conta da Wise, além da segurança e facilidade, você também aproveita as ótimas taxas que ele oferece na hora da conversão de moedas: seu IOF é bem menor do que aqueles utilizados nos cartões de crédito convencionais!