Falésias de Moher: dicas para um dos lugares mais belos da Irlanda

Visitar Irlanda  / 

Uma das atrações naturais mais visitadas da Irlanda, capaz de atrair até 1 milhão de visitantes por ano. As Falésias de Moher se estendem por inacreditáveis 8 quilômetros ao longo do oceano Atlântico, em um dos pontos mais altos, atinge cerca de 214 metros, um verdadeiro espetáculo da natureza. Saiba tudo como visitar este grandioso local na Irlanda.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Tudo sobre as Falésias de Moher

LOCALIZAÇÃO

Costa oeste da Irlanda, próximo ao vilarejo de Liscannor, no Condado de Clare.

COMO CHEGAR

o ideal é alugar um carro e ir por conta própria. Mas, na impossibilidade disso, reserve uma visita guiada que pode ser feita em ônibus de turismo.

HORÁRIO

janeiro, fevereiro, novembro e dezembro: 9h às 17h. Março, abril, setembro e outubro: 8h às 19h. Maio a agosto: 9h às 21h.

TICKET

8€ para adulto, 7€ para estudante e 5€ para idosos acima de 65 anos. Também é possível fazer um tour privativo de 12h.

Breve história das Falésias de Moher

O nome Moher deriva-se de um forte muito antigo conhecido como “Mothar“, que foi destruído durante as guerras contra Napoleão para a construção de um farol. As formações rochosas das falésias têm mais de 300 milhões de anos e formam uma das paisagens mais grandiosas da Irlanda, famosa no mundo inteiro.

O que ver

O objetivo é, definitivamente, admirar a beleza das magníficas falésias à beira do oceano. De todo modo, não perca a oportunidade de visitar a Torre de O’Brien, erguida em 1835 como ponto de observação, e seu interior está disponível para visitação. Suba alguns lances de escada até a parte mais alta da torre, de onde se tem uma vista de tirar o fôlego.

Falésias de Moher na Irlanda

Há uma trilha que acompanha as encostas das falésias nos dois sentidos opostos ao centro de visitantes. Nessas encostas, há também ninhos de aves marinhas e, em função disso, a região é uma Área Especial de Proteção Ambiental. Isso sem contar que as Falésias de Moher são tombadas pela UNESCO.

Além da torre, é possível também pegar um ferry (barco) no Cais Doolin para apreciar as incríveis falésias sob diferentes ângulos a partir do mar. Importante ressaltar que se trata de uma zona de proteção especial, casa da maior colônia continental de aves marinhas do país, sendo algumas dessas aves raras. Golfinhos e focas podem ser avistados no mar, além de diversos outros animais. Em média o visitante leva cerca de 2h para conhecer o local, mas isso varia de pessoa para pessoa, até porque cada um tem um ritmo.

Curiosidade: Cliffs of Moher serviu de locação para uma das cenas da saga do personagem bruxo Harry Potter, com uma vista aérea de Moher.

Para os amantes da série dos Sete Reinos, o roteiro Game of Thrones, na Irlanda do Norte, é imperdível.

Onde ficam as Falésias de Moher

As Falésias de Moher ficam na costa oeste da Irlanda, no condado de Clare.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Como chegar nas Falésias de Moher

Localizada na costa oeste da Irlanda, as Falésias de Moher estão cerca de 2h30 de carro, saindo de Dublin. O trajeto até o local é pontuado por paisagens belíssimas e por estradas em ótimas condições e por esse motivo, vale muito a pena alugar um carro. Se o objetivo não for dirigir, os visitantes podem optar por um transporte particular. Existem algumas empresas em Dublin que levam até o local em ônibus de turismo. Contudo, a viagem geralmente inicia em torno das 7h e termina à tarde, um “bate-volta” que pode ser bastante cansativo, principalmente para os mais sedentários. Uma das empresas que fazem o transporte e a Day Tours.

Muitos viajantes preferem o trem ao ônibus. Neste caso, as principais cidades do país estão conectadas por linhas férreas, como Dublin, Galway, Cork e Belfast, na Irlanda do Norte – local que abriga o Museu do Titanic. Dessa forma, para ir até às Falésias de Moher de trem, basta pegar qualquer trem para Galway ou Ennis, via Limerick, e em seguida pegar um ônibus em ambas cidades.

Ingresso para as Falésias de Moher

Os valores são diferenciados, sendo 8€ para adulto, 7€ para estudantes e 5€ para idosos acima de 65 anos. Também existe a opção de fazer um tour privativo de 1 dia partindo de Dublin com a Get Your Guide.

Horário de visitação

  • Janeiro, fevereiro, novembro e dezembro: 9h às 17h;
  • Março, abril, setembro e outubro: 8h às 19h;
  • Maio a agosto: 9 às 21h.

Dicas locais

  • Na entrada, há um centro de visitação com banheiros, restaurantes, cafés, lojas de souvenirs, além de painéis interativos sobre a geografia do local;
  • As Falésias de Moher costumam ficar bem cheias no verão, entre os meses de junho, julho e agosto. Principalmente no horário das 11h às 14h;
  • Se for alugar um carro, vá pela Wild Atlantic Way, que contorna o litoral e possui paisagens cinematográficas;
  • Partindo de Dublin, são 285km até as Falésias de Moher em um percurso de cerda de 3h30;
  • Chove com frequência na Irlanda. Leve roupa de chuva e também agasalho, pois venta bastante nas falésias;
  • Se a intenção for pernoitar na região, as opções são o Nagles Doolin Caravan and Camping Park e o Dooling Riverside Caravan and Camping Park. Ambos estão a 7km das Falésias de Moher. A diária não costuma ser cara;
  • É um passeio que necessita do bom tempo, com dia claro e ensolarado. Caso contrário, com as nuvens baixas você não irá ver nada. Por isso, consulte sites de previsão do tempo;
  • O ônibus Eireann (estrada Eireann 350) trafega cinco vezes ao dia no verão e três vezes por dia nas outras estações.

O que ver por perto das Falésias de Moher

  • É recomendável hospedar-se em uma das cidadezinhas situadas nos arredores como Ennis, a 35 minutos das falésias, onde o viajante terá hotéis, restaurantes e pontos turísticos interessantes à disposição;
  • Visite alguns locais interessantes da Irlanda, como as Ilhas Aran, cujo acesso é por ferry e barco;
  • Aproveite para passar uns dias em Dublin e Galway, uma pequena cidade de cerca de 60 mil habitantes;
  • Visite Burren, uma região da Irlanda famosa pelo relevo cárstico. A corrosão das rochas fez com que surgissem cavernas, vales secos, paredões rochosos, etc.

Seguro Viagem

Se você planeja visitar as Falésias de Moher, saiba que o seguro viagem é fundamental para a segurança durante sua estadia no exterior. Para fazer a cotação do seu seguro de forma personalizada, recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem. Ele apresenta planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos os melhores preços aos leitores do Euro Dicas Turismo. Utilize também nosso cupom EURODICASTURISMO para garantir 5% de desconto na compra.

Se preferir, pode também utilizar diretamente o portal Seguros Promo, comparador online que nós recomendamos e que aceita nosso cupom de 5%.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Jornalista, vive no Brasil e ama Portugal, tem passagens pela África, Europa e América do Norte/Sul. Além da paixão por viagens, também adora animais e apoia projetos de conservação de vida selvagem na África do Sul e Brasil.