Você chegou na capital do Fado e não vê a hora de explorar tudo o que ela tem a oferecer. Lisboa é uma cidade com uma rede de transporte bem completa, é possível pegar metrô, ônibus, elétrico, além de ônibus turístico, carros de aplicativo e táxi.. Mas qual será a melhor forma de se locomover pela cidade? Como o transporte em Lisboa funciona?

Neste artigo, você conhecerá as principais formas para andar pela cidade e não perder tempo na sua aventura. Vem com a gente!

Como funciona o transporte público em Lisboa?

Para quem vai visitar a cidade a passeio, o transporte mais utilizado é o metrô. Ele conecta bem os pontos turísticos de Lisboa, que em sua maioria são próximos e podem ser visitados a pé. Além disso, a malha metroviária costuma funcionar bem, apesar de ser demorada em algumas situações. É comum, por exemplo, ter de esperar 8 minutos para a chegada do vagão.

Se você decidir ir a Cascais em um bate volta de Lisboa, também terá de utilizar o trem, chamado de comboio no país. Prepare-se, pois ele pode estar bastante cheio nos finais de semana no verão, já que é o principal meio de transporte da capital para a região das praias.

Importante: quando for utilizar esse transporte, não se esqueça de validar o seu bilhete na máquina disponível na plataforma. Em muitos casos, você não terá de passar pela catraca, mas se esquecer de validar o seu cartão, pode enfrentar problemas.

Também é importante carregar o cartão de acordo com a zona a que você pretende ir. No trem, bilhetes para locais mais próximos são mais baratos, e para lugares mais afastados, mais caros.

Placa com horários do ônibus em Lisboa
É possível se locomover pelo centro da capital portuguesa a pé ou de transporte público

Na sua estadia em Lisboa, você pode querer, ainda, realizar um passeio no característico bonde amarelo. Nesse caso, pegue a linha 28, que parte da Praça Martim Moniz e faz o caminho mais característico. Mas atenção: ele pode ficar bastante cheio e é famoso pela presença dos pickpockets, os ladrões de carteira.

Se você quer evitar a confusão, minha dica é que chegue bem cedo ou, ainda, faça o caminho oposto ao dos turistas, iniciando seu trajeto no Cemitério dos Prazeres e evitando filas.

Por fim, lembre-se de que, se você optar pelo passe de 24 horas, poderá utilizar não apenas ônibus, metrô, trem e bonde (conhecido em Portugal como elétrico), mas também os ascensores, além de ter acesso ao elevador de Santa Justa.

Como usar o metrô de Lisboa?

Quem é de São Paulo, minha cidade natal, não terá dificuldade em usar o metrô de Lisboa, já que ele funciona de forma semelhante. O mapa é dividido em linhas (Vermelha, Amarela, Verde e Azul) que têm pontos de contato em que você pode fazer a baldeação.

Na entrada da estação, é possível comprar os passes na bilheteria ou em máquinas de venda automática. Desde 2023, no entanto, foi implementada uma nova tecnologia nas estações, e você pode utilizar o metrô apenas passando o seu cartão bancário pela catraca, inclusive, você pode usar o cartão Wise no pagamento. Prático, não é?

A diferença é que, se você comprar pela bilheteria ou pela máquina, há outras opções de passe disponíveis, que podem ser mais interessantes para as suas necessidades. O passe 24 horas, por exemplo, é bem vantajoso para turistas.

Com passes comprados, é só passá-los pela catraca e seguir o seu caminho. Há mapas das linhas no interior das estações e placas que indicam os caminhos.

Uma informação importante: guarde o seu passe durante a viagem, já que, na saída, você terá de passá-lo novamente pela catraca.

Quanto custa o metrô em Lisboa?

De 1,47€ a 1,65€ o bilhete unitário.

Quando você vai comprar o bilhete no metrô na estação, tem duas opções: bilhetes ocasionais ou zapping.

Na compra do bilhete ocasional, você tem a opção de pagar apenas por um bilhete, que custa 1,65€. No caso do Zapping, você deve carregar o seu cartão com uma quantia, e o valor do bilhete que, nesse caso, é de 1,47€, é descontado do crédito que você possui. O valor mínimo de recarga é de 3€, suficiente para ida e volta.

Para turistas, o bilhete 24 horas também pode ser interessante. Após a compra, você tem esse período para utilizar o metrô quantas vezes quiser, pelo valor de 6,60€.

Você ainda pode pagar 10,70€ por um passe que inclui viagens ilimitadas de trem, ônibus, metrô e ascensores, por um período de 24 horas. Confira os valores:

Título  Tarifa
Zapping unitário 1,47€
Bilhete unitário ocasional 1,65€
Bilhete 24 horas metrô 6,60€
Bilhete 24 horas metrô + trem + ônibus 10,70€

Oura opção para comprar passes para o metrô de Lisboa é pela plataforma do GetYourGuide, onde você pode adquirir o Lisboa Card a partir de 22€.

Com validade de 24, 48 ou 72 horas, ele garante acesso ilimitado ao transporte público, além de incluir a entrada nas principais atrações turísticas do seu roteiro em Lisboa, como a Torre de Belém e o Mosteiro dos Jerônimos.

Como funciona o ônibus em Lisboa?

Os ônibus da capital portuguesa não possuem catraca, mas você deve validar o cartão da mesma forma. Frequentemente, fiscais passam pelo transporte de Lisboa verificando quem pagou ou deixou de pagar pela passagem e, se você não tiver validado o cartão, pode ter que arcar com uma multa, que pode chegar a 350€.

Quanto custa o ônibus em Lisboa?

No ônibus de Lisboa, é possível comprar a passagem na hora, com o motorista, pelo valor de 2€, ou utilizar o mesmo cartão do metrô para pagar pelo transporte, por 1,65€ (ocasional) ou 1,47€ (zapping).

Ônibus turístico em Lisboa

Outra boa opção para conhecer Lisboa, especialmente para quem tem pouco tempo, são os ônibus turísticos hop-on hop-off Lisboa. Eles saem periodicamente de alguns pontos da cidade e percorrem os principais pontos turísticos.

O Lisbon Sightseeing, por exemplo, possui quatro rotas que partem da Praça Marquês de Pombal: para Belém, para o Castelo de São Jorge, para o Oriente e para Cascais. As principais rotas têm uma periodicidade de 30 minutos.

Outra opção é o Yellow Bus, que parte da Praça da Figueira a cada 20 minutos. Ele possui rotas para Belém e para Lisboa Moderna.

No primeiro caso, você pode comprar passes para 24, 48 ou 72 horas de passeio e, no segundo, ainda há a opção de comprar o bilhete para apenas um dos passeios.

Quanto custa o ônibus turístico em Lisboa?

Até 27€.

No site do Get Your Guide, os passeios no Lisbon Sightseeing custam 22€ para adultos a partir de 13 anos, 11€ para crianças de 6 a 12 anos, e é gratuito para bebês de até 6 anos.

As excursões do Yellow Bus saem por 27€ para adultos a partir de 17 anos, 20€ para jovens de 11 a 16 anos, 13,50€ para crianças de 4 a 10 anos e é gratuito para bebês até os 3 anos de idade.

Como funciona o elétrico em Lisboa?

Se você deseja viver a experiência completa de Lisboa, provavelmente planeja andar no elétrico 28, o bonde amarelo tradicional da cidade. Além de ser um dos grandes símbolos da capital portuguesa, ele faz um percurso por toda a sua parte antiga, partindo da Praça Martim Moniz até o Campo de Ourique.

Mas essa experiência pode não ser tão boa para os desprevenidos, já que o transporte, por ser tão icônico, costuma estar acompanhado de grandes filas para o embarque, além da presença de batedores de carteira.

Confira algumas dicas para aproveitar o passeio da melhor forma.

Considere outras linhas

Claro que o elétrico 28 é o mais clássico da cidade, mas há outras linhas igualmente bonitas e muito mais tranquilas para passear.

O 15, por exemplo, percorre o trecho da Praça da Figueira até Algés. Você pode aproveitar o trajeto para ir até a Torre de Belém. Já o 18 parte do Cais do Sodré até Ajuda, pertinho do Palácio Nacional da Ajuda, última residência oficial da família real portuguesa, que hoje funciona como museu.

O 24 também pode ser uma boa opção. Partindo do Largo do Camões, ele passa por bairros nobres, como Príncipe Real, Rato e Amoreiras. Por fim, o 25 faz a ligação entre a Praça da Figueira e o Campo de Ourique, em um trajeto que você pode aproveitar para visitar o Museu Nacional de Arte Antiga.

Pegue o elétrico vermelho

Pertencente à YelowBus, o Hills Tramcar Tour é um elétrico vermelho que realiza exatamente a mesma rota que o 28. A diferença é que ele funciona como um elétrico turístico.

A passagem é mais cara. Por 18€, você adquire o passe de 24 horas para percorrer qualquer elétrico da cidade, entrar gratuitamente no Elevador de Santa Justa e obter desconto em alguns pontos turísticos.

Como benefício, você realiza um passeio mais tranquilo, sem filas e com um audioguia que explica a história da cidade e dos lugares percorridos.

Cuidados com o elétrico 28

Se você quer muito fazer o percurso do elétrico 28, mas deseja evitar as longas filas, uma alternativa é fazer o caminho inverso, e pegar o bonde no Cemitério dos Prazeres. Outra dica é chegar cedinho, quando ele costuma estar mais vazio.

Fique atento também aos pickpockets, os batedores de carteira. Eles são bastante conhecidos por atuarem nessa linha, e cuidados básicos de atenção aos seus pertences podem evitar situações desagradáveis durante a sua viagem.

Alugar carro em Lisboa vale a pena?

Depende.

O transporte público em Lisboa conecta bem as regiões mais turísticas da cidade, onde é bastante difícil estacionar. Além disso, a cidade não é tão grande, e boa parte das atrações pode ser visitada caminhando.

Ter um carro à sua disposição pode ser interessante caso você tenha vontade de conhecer cidades próximas a Lisboa que não possuem acesso tão facilitado pelo transporte público, como é o caso de Óbidos ou até mesmo regiões mais afastadas de Sintra, como Cabo da Roca ou Azenhas do Mar.

Alugar um carro também pode ser uma boa opção se você pretende viajar com idosos ou pessoas com dificuldade de locomoção, já que a cidade possui bastante ladeira e calçadas estreitas.

Quanto custa?

De 30€ a 80€ por dia.

Tudo depende da época em que você vai alugar o carro em Lisboa. A alta temporada, que corresponde ao verão europeu, de junho a setembro, possui preços mais altos que o inverno, que acontece de dezembro a março. Isso vale não apenas para o aluguel de carros, e pode impactar o seu orçamento na hora de calcular quanto custa viajar para Lisboa.

O tipo de carro alugado e a antecedência da reserva são fatores que também influenciam no preço da diária.

Os valores trazidos aqui foram encontrados na plataforma comparadora de preços DiscoverCars, que reúne dados de diversas locadoras. A pesquisa foi realizada no dia 19 de julho de 2023.

Onde alugar carro em Lisboa?

Por plataformas comparadoras de preços.

Essa é a melhor opção para esse tipo de transporte em Lisboa, já que facilita a busca e mostra as melhores ofertas de diferentes locadoras. Por esse tipo de site, é possível, ainda, filtrar as locadoras que você deseja considerar e o tipo de carro, selecionando diferentes funcionalidades.

Confira as principais comparadoras disponíveis no mercado:

Ficar conectado na Europa nunca foi tão fácil

Com a America Chip você tem internet 4G ilimitada durante toda a viagem. Escolha entre o chip e o eSIM e aproveite a Europa com a melhor conexão a partir de USD 40.

Ver Planos →

Como ir do aeroporto para o centro?

Diferentemente de como acontece na maior parte das cidades, o Aeroporto Internacional de Lisboa, também chamado de Aeroporto Humberto Delgado, fica relativamente próximo do centro da cidade, a apenas 9km do Rossio.

É possível chegar à praça de metrô, táxi, aplicativo ou até de carro alugado. Conheça as suas opções de transporte em Lisboa para o centro.

De metrô

Essa opção é bastante barata e até prática, já que existe uma estação de metrô no próprio aeroporto, chamada justamente de estação Aeroporto.

Ela está localizada na linha vermelha do mapa metroviário de Lisboa e, para chegar ao Rossio, é preciso pegar o metrô sentido São Sebastião e, depois, fazer baldeação na estação Alameda para a linha verde, sentido Cais do Sodré.

É um trajeto de 14 estações, que pode ser realizado em 30 minutos. Não é indicado se você estiver com muitas malas, mas compensa no preço, já que a passagem pode sair por apenas 1,47€ no Zapping.

  • Duração do trajeto: 30 minutos;
  • Preço: 1,47€.

De táxi

Certamente a opção mais prática. Há um espaço para táxis logo na saída da região de desembarque do aeroporto, e sempre há carros disponíveis.

Mas é importante tomar cuidado, já que não é incomum encontrar um taxista desonesto e que queira se aproveitar de turistas. Uma viagem do aeroporto para o Rossio deve sair por uma média de 15€ a 20€, dependendo do horário do dia.

  • Duração do trajeto: 25 minutos;
  • Preço: 15-20€.

Por aplicativo de carro

Para quem não quer ficar na mão de taxistas, os aplicativos de viagem podem ser uma boa opção, já que é possível ver o valor da corrida antes de iniciá-la.

Existe um ponto destinado a esse tipo de carro no aeroporto, e é lá que você deve esperar pelo motorista. Após sair da região de recolha das bagagens, vire à esquerda e caminhe até o final da rampa do hall das chegadas. Contorne o Starbucks e, depois, continue em frente até chegar ao estacionamento P2.

Mas não se esqueça de se certificar de que você tem internet no seu celular ou que consegue conectar-se ao Wi-Fi do aeroporto para pedir a corrida.

Em Portugal, os aplicativos de transporte mais comuns são Uber e Bolt.

  • Duração do trajeto: 30 minutos;
  • Preço: 7€.

Carro alugado

Também é possível realizar alugar um carro no próprio aeroporto. Essa opção não é recomendada, já que você fica sujeito aos carros que estiverem disponíveis na hora e pode ter que pagar a mais por isso.

Se você planeja alugar um carro para a sua viagem a Lisboa, no entanto, pode se organizar para buscar o carro já no dia da sua chegada. Existe uma zona do aeroporto dedicada às locadoras de automóveis.

  • Duração do trajeto: 25 minutos;
  • Preço: a partir de 30€ (diária do aluguel).

Preparando sua viagem para Lisboa

Agora que você já sabe a melhor forma de utilizar o transporte de Lisboa, pode ficar de olho em outros preparativos para a cidade do Fado e dos pastéis de Belém.

Já pensou em como você vai chamar um carro para te buscar no aeroporto assim que chegar em Lisboa? Uma boa opção é contar com chip internacional da America Chip, que oferece planos para a Europa com cobertura de ligações e internet 4G.

Estação de metrô em Lisboa
É possível ir do aeroporto até o centro de Lisboa de metrô, táxi ou carro

Você também pode tornar a sua viagem mais tranquila e segura com a contratação de um seguro viagem Portugal. Ele é obrigatório, pois o país faz parte do Espaço Schengen, e a proteção deve ter um valor mínimo de cobertura de 30 mil euros para Despesas Médicas e Hospitalares.

Na hora de pesquisar pelo melhor plano, considere o Seguros Promo, um comparador de preços que reúne valores de diversas seguradoras com excelente custo-benefício

Por fim, você terá de pagar por tudo isso, e andar com muito dinheiro em espécie pode ser perigoso. Que tal já chegar a Lisboa com um cartão de débito que funciona a partir do seu celular? Pesquise, então, pelo cartão da Wise, que oferece baixas taxas e praticidade.

Gostou das dicas? Seja para andar de metrô, táxi ou ônibus, Lisboa está te esperando. Boa viagem!