Castelo de São Jorge: uma das maravilhas de Lisboa

Visitar Lisboa  / 

O Castelo de São Jorge é um dos monumentos de Portugal mais importantes. Localizado em Lisboa, no tradicional bairro Alfama, o Castelo de São Jorge precisa entrar no seu roteiro de turismo em Portugal.

Encontre as melhores experiências turísticas na Europa

Na Get Your Guide você encontra os melhores tours guiados, entradas para atrações turísticas e atividades únicas em todos os destinos europeus.

VER ATRAÇÕES»

Por isso, reunimos todas as dicas para visitar o Castelo e se encantar com uma das vistas mais bonitas de Lisboa.

O que é o Castelo de São Jorge

O Castelo de São Jorge é um monumento nacional de Portugal, localizado na capital do país, Lisboa. É uma das principais atrações da capital e atrai milhares de turistas todos os anos.

Do Castelo é possível ter uma vista espetacular da cidade de Lisboa e também do Rio Tejo.

O Castelo de São Jorge é uma das Maravilhas de Portugal. Conheça os outros monumentos da lista.

História

A história do Castelo de São Jorge remete a meados do século XI. O castelo foi construído por muçulmanos e era uma zona nobre da antiga cidade medieval.

Depois da conquista da cidade de Lisboa, em 1147, o primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, transformou o Castelo de São Jorge em paço real. No local eram realizadas festas e encontros com importantes personagens da época.

Já em 1580, o Castelo de São Jorge se transformou em local de proteção militar para Portugal, devido a sua localização estratégica. Já em 1755, depois do grande terremoto de Lisboa, o castelo passou por renovações e foram descobertas muitas ruínas.

 

Em 1938 aconteceram grandes obras de restauração do Castelo de São Jorge e foram descobertos muitos vestígios do antigo paço real e da sua estrutura inicial.

Conheça também a Torre de Belém, um dos mais famosos pontos turísticos de Lisboa.

Como visitar o Castelo

É possível visitar o Castelo de São Jorge durante quase todos os dias do ano. A atração é aberta 7 dias por semana e fecha apenas 5 dias por ano.

É possível percorrer o Castelo sozinho ou então através de visitas guiadas. O Castelo de São Jorge é divido entre:

  • A Descoberta do Castelo
  • Câmara Obscura (periscópio que permite ver a cidade em tempo real)
  • Sítio Arqueológico

As visitas guiadas à Descoberta do Castelo acontecem todos os dias às 10h30, 13h e também às 16h, nos idiomas: português, inglês e espanhol. Confira a lista completa com os horários no site oficial.

Como chegar no Castelo de São Jorge

O Castelo de São Jorge está localizado na parte alta do bairro de Alfama (tradicional pelas casas de fado) na Rua de Santa Cruz do Castelo.

É possível subir a colina até o Castelo caminhado a partir do Rossio ou da Praça do Comércio. Mas é preciso disposição, pois a subida é forte e bem íngreme. São apenas 30 minutos, mas é preciso estar vestido apropriado para a caminhada. Eu fui a pé e gostei bastante da experiência, pois encontrei muita coisa legal no caminho.

Também é possível chegar de Táxi, Uber, carro ou transporte público. Com o ônibus 737 (Praça da Figueira – Castelo) é possível chegar bem próximo do Castelo.

Já de bonde elétrico o número é o 12 (Praça da Figueira circular) ou 28 (Martim Moniz – Prazeres). É possível descer no Miradouro de Santa Luzia ou nas Portas do Sol.

Já pensou em alugar uma mala para viajar?

A GetMalas tem a solução ideal para quem busca malas premium sob medida para cada viagem.

ALUGAR MALA »

Descubra também como visitar o Oceanário de Lisboa e se vale a pena.

Quanto tempo dura a visita

A visita ao Castelo de São Jorge tem duração de 1 a 2 horas. Aproveite para apreciar a vista do fim da tarde e do maravilhoso pôr-do-sol.

Ingressos para o Castelo de São Jorge

Confira os preços dos ingressos do Castelo de São Jorge:

  • Normal: 8,50€
  • Estudantes menores de 25 anos: 5€
  • Famílias (2 adultos e 2 crianças): 20€
  • Pessoas portadoras de deficiência: 5€
  • Pessoas com mais de 65 anos: 5€
  • Operações turísticos: 7,50€
  • Grupos escolares: [email protected]

Gratuito para:

  • Crianças menores de 10 anos
  • Residentes do Concelho de Lisboa
  • Guias intérpretes em trabalho
  • Jornalistas com marcação prévia
  • Grupos escolares de Lisboa

É possível comprar os ingressos na bilheteria do Castelo. Mas uma das formas de tornar a sua viagem mais prática é comprar ingressos para atrações turísticas online, com antecedência, para não perder tempo em filas intermináveis.

Na Get Your Guide, você pode comprar o ingresso sem fila e com receção especial para o Castelo São Jorge por 24,50€ e conferir as avaliações de outros usuários, com a vantagem de poder cancelar a reserva com até 24 horas de antecedência e contar com assistência 24 horas por dia, todos os dias.

Quando a entrada é gratuita?

A entrada ao Castelo de São Jorge é gratuita todos os domingos e feriados das 9h às 14h para os residentes em Portugal.

 

O Castelo de São Jorge é um dos pontos turísticos de Portugal. Conheça os outros 29 lugares incríveis para visitar.

Horário de funcionamento

Confira o horário de funcionamento do Castelo de São Jorge e programe sua visita:

De 01 novembro a 28 fevereiro:
Das 9h às 18h
(Fechado nos dias 24, 25 e 31 dezembro e 01 janeiro).

De 01 março a 31 outubro:
Das 9h às 21h
(Fechado no dia 01 maio).

Câmera Obscura: das 10h às 17h20.

A última entrada de visitantes acontece 30 minutos antes da hora de encerramento da atração.

Se está de viagem marcada para Portugal, descubra o que fazer de graça em Lisboa.

Melhor época para visitar

Com certeza a melhor época para visitar o Castelo de São Jorge é durante o outono ou primavera, mas é possível ter uma vista espetacular de Lisboa durante todo o ano.

Se for fazer o trajeto a pé, escolha um horário com temperaturas mais amenas. Durante o verão, os dias podem ser bem quentes, por isso, vá preparado com chapéu, tênis confortável e água.

Passeio por Alfama

Depois de conhecer o Castelo de São Jorge, aproveite para passear pela vila de moradores e conhecer a região de Alfama. Além do Castelo, existem outros mirantes (miradouros) com vistas incríveis para o Rio Tejo e para o Panteão Nacional.

 

No fim do dia, o pôr-do-sol fica maravilhoso, aproveite para sentar em um café ou bar com vista para a cidade e encerre seu dia com chave de ouro.

Datas especiais

Além da exposição permanente do Castelo, é possível visitá-lo nos dias especiais com programação cultural. No calendário “Dias com história” é possível assistir teatro, música, dança, tertúlias e encenações medievais.

No Panteão Nacional, 18 de maio, há uma série de eventos em todas as atrações e museus de Portugal e as entradas são gratuitas.

Já no dia 19 de maio, acontece a Noite Europeia dos Museus. A bilheteria é gratuita a partir das 18h e há visitas guiadas, shows, teatro, dança, entre muitas atividades culturais.

Descubra também o que fazer em Lisboa, conheça outros pontos turísticos da capital portuguesa, os melhores museus em Lisboa.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da Mobility que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.