Cork na Irlanda: como visitar a cidade da música e dos castelos

Visitar Irlanda  / 

A segunda maior cidade da República da Irlanda é conhecida pela música e por seus vários pubs. Músicos se espalham pelas ruas da cidade, que também recebe um grande festival de jazz, e se misturam à sua história. Cork, na Irlanda, é uma cidade que pode constar no seu roteiro.

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

Vamos conhecer mais sobre ela.

Onde fica Cork?

A segunda maior cidade do país, a cidade de Cork, na Irlanda, fica a apenas 250 quilômetros de distância de Dublin. A cidade, muito procurada por estudantes universitários, é a capital e a principal cidade do condado de Cork. Fica situada bem ao norte do país.

Confira um guia completo de turismo na Irlanda.

Como ir à Cork, na Irlanda?

A forma mais barata de chegar à cidade é a partir de ônibus, saindo de Dublin, ou trem. O percurso pela via ferroviária dura 2 horas e meia e de ônibus um pouco mais, 3 horas. Consulte horários e tarifas no site da Irish Rail.

A cidade oferece um aeroporto, o Cork Airport, sendo o segundo mais movimentado do país. Se preferir, é possível chegar até ele saindo do Brasil. Os voos, porém, terão escalas em Amsterdam, Paris ou Londres.

Se quiser adquirir passagens com diversos trechos, veja dicas em nosso artigo de passagens aéreas na Kayak.

Como se locomover?

O transporte público oferecido em Cork, na Irlanda, é uma rede eficiente de ônibus. Modernos, equipados com aquecedores e wi-fi, eles circulam normalmente por toda a cidade.

Os tickets são cobrados dependendo das zonas e os valores variam de acordo com o trajeto a ser percorrido. O bilhete simples custa 2,40€.

Para ir a locais mais distantes, nos arredores da cidade, o trajeto pode ser feito de trem. A principal estação da cidade é a Cork Kent, que interliga, também, com linhas de ônibus.

Além disso, a cidade pode ser bastante explorada a pé ou de bicicleta. Faça uma excursão a pé guiada em Cork e explore a cidade. Ou opte pelo ônibus turístico panorâmico, com validade de 24 horas.

Cork Irlanda Igreja St Anne

Não deixe de conhecer Limerick, também na Irlanda, em nosso artigo.

Os 5 principais pontos turísticos de Cork, na Irlanda

1. St. Anne’s Church

Uma das principais atrações turísticas da cidade de Cork, na Irlanda, a St. Anne’s Church é conhecida por seus cataventos de peixes dourados, bem ao topo de sua torre. É possível avistá-la de vários locais da cidade.

Construída em 1722, é possível acessar a torre e tentar tocar uma música em um dos oito sinos da igreja, além de passear pelo seu interior em dias onde não estão havendo serviços religiosos. Lá em cima, na Torre, uma incrível vista da cidade.

Endereço: Church St, Shandon, Cork
Como chegar: Ônibus: linha 203
Horário de funcionamento:
Novembro a fevereiro:
Segunda a sábado: das 11h às 15h
Domingo: das 11h30 às 15h
Outubro:
Segunda a sábado: das 11h às 16h
Domingo: das 11h30 às 16h
Março a maio:
Segunda a sábado: das 10h às 16h
Domingo: das 11h30 às 15h
Junho a setembro:
Segunda a sábado: das 10h às 17h
Domingo: das 11h30 às 16h10
Ingressos:
Adulto: 5€
Estudantes e idosos acima de 65 anos: 4€
Crianças até 15 anos: 2,50€
Até 5 anos: gratuito

Viaje sempre com internet no celular

Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia.

O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

VER PLANOS »

2. Castelo de Blarney

Um pouco mais afastado do centro da cidade, está um dos mais bonitos castelos, e mais visitados, da Irlanda, o Castelo de Blarney. Ele é, também, um dos pontos turísticos da Irlanda mais visitados.

Dentre as atrações do próprio castelo, estão o jardim venenoso, a Casa de Blarney, jardins aquáticos, cavernas, ruínas medievais, pontes. E, claro, a própria atração: o castelo e a cultura celta, que permeia pela região.

Quase um labirinto, o passeio é interessante em toda a área do castelo. Se tiver coragem de subir as escadas em formato de caracol, a varanda proporciona uma bonita vista.

É possível fazer uma excursão em grupo pequeno para o Castelo de Blarney, a partir de 85€, por pessoa.

Endereço: Monacnapa, Blarney, Co. Cork
Como chegar: Ônibus: linhas 215
Horário de funcionamento: todos os dias, das 9h às 17h30
Ingressos: 12€

3. Fitzgerald’s Park

Bem próximo ao centro de Cork, na Irlanda, está um dos parques mais bem preservados do país, o Fitzgerald’s Park.

Ideal para passeios em família e com crianças, para um passeio ao ar livre, ou uma paradinha de descanso entre as caminhadas do dia.

Endereço: Mardyke, Cork
Como chegar: Ônibus: linhas 208 e 40
Horário de funcionamento: todos os dias, 24 horas
Ingressos: gratuito

4. Cork Public Museum

E dentro do Fitzgerald’s Park, aproveite para conhecer o Cork Public Museum. Nele, você conhecerá mais sobre a história da cidade, sua herança viking, uma exibição sobre os viajantes irlandeses e outras curiosidades locais.

O Cork Public Museum também conta um pouco sobre a antiga indústria do vidro na Irlanda, famosa em todo o mundo.

Endereço: Mardyke, Cork
Como chegar: Ônibus: linhas 208 e 40
Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 10h às 16h
Ingressos: gratuito

5. Blackrock Castle

A cidade de Cork, na Irlanda, é conhecida por seus castelos. Na sua visita, vá conhecer o Blackrock Castle, que também é um observatório.

Nele, exibições abertas ao público e um tour pelo universo dos telescópios. É especialmente interessante para crianças. No observatório, explicações sobre constelações, além de uma incrível vista para o Rio Lee do alto da Torre.

Endereço: Castle Rd, Blackrock
Como chegar: Ônibus: linha 202
Horário de funcionamento: todos os dias, das 10h às 17 horas
Ingressos:
Adultos: 7€
Crianças de 5 a 14 anos, estudantes e idosos: 5€

E se for explorar a Irlanda, saiba o que fazer em Dublin.

Mini roteiro 2 dias em Cork, Irlanda

Primeiro dia em Cork

Comece o seu passeio por Cork conhecendo o rio que corta a cidade, o River Lee. Atravesse a Ponte St. Patricks e caminhe pelo centro da cidade. Siga em direção à Holly Trinity Church para apreciá-la de fora.

De lá, siga para a St. Anne’s Church e suba para tocar os sinos. Bem próximo à Igreja fica o The Butter Museum, Museu da Manteiga, que conta a história do produto e seu serviço de fabricação. Para quem tem curiosidade sobre o assunto, é uma dica de passeio.

Depois, vá em direção ao Fitzgerald’s Park e conheça o Cork Public Museum. No fim de tarde e começo da noite, aproveite os pubs da Nano Bridge.

Segundo dia em Cork

No seu segundo dia na cidade, dê uma passada na Universidade de Cork. A cidade é especialmente conhecida por ser um centro universitário bastante procurado por jovens estudantes e o campus tem prédios antigos e jardins bem cuidados.

Também vá conhecer um ou os dois castelos que falamos aqui. Se estiver com crianças, o Blackrock Castle é mais interessante, por conta do observatório.

Em termos de passeio, o Castelo de Blarney tem uma visita com mais atrativos. Você pode conhecer os dois. Porém, programe-se, pois eles ficam distantes um do outro.

Onde ficar em Cork?

Cork, na Irlanda não é muito grande, mas é sempre interessante hospedar-se pelo centro.

Veja algumas opções:

Hotel Categoria Estrelas Localização Preço médio
New Ambassador Hotel & Health Club Luxo (melhor hotel) 4 estrelas Próximo à St. Patrick’s Bridge 135€
The Kingsley Hotel Melhor custo benefício 4 estrelas Centro 119€
Jurys Inn Cork Mais barato 4 estrelas Cais Anderson’s com vista do Rio Lee 105€
Shandon Bells Guest House Hotel mais simples 3 estrelas Próximo ao Fitzgerald’s Park 100€
Kent House B&B B&B (Cama & Café) 3 estrelas Centro 88€

Onde comer em Cork, Irlanda?

Em qualquer local da Irlanda, separe um tempo entre os passeios para comer e, principalmente, aproveitar os pubs da cidade para uma boa cerveja.

Dentre os pratos típicos irlandeses, estão o refogado irlandês com carne de cordeiro, chamado de Irish Stew, e as salsichas de porco com bacon, batatas e cebola, conhecidas como Coddle.

Veja sugestões de onde comer em Cork, na Irlanda:

Planjeando sua visita a Cork, na Irlanda

Para planejar sua viagem, leia quanto custa viajar para a Irlanda em nosso artigo. Veja ainda um guia com dicas de o que visitar na Irlanda.

Não é obrigatório ter um seguro viagem quando for entrar na Irlanda. Nós, no entanto, recomendamos que os viajantes sempre levem para viagens ao exterior.

Confira os valores de seguros de viagem no nosso comparador do Euro Dicas Turismo. Escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade e ainda ganhe desconto.

Para ter um desconto de 10% no valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICAS5 (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
COMPARTILHE
Autor

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.