Dublin: descubra motivos para conhecer a terra fundada pelos vikings

Visitar Dublin  / 

Bastante procurada por intercambistas que desejam aprender, ou melhorar, o inglês, a capital da Irlanda também é destino para turistas. Principalmente para àqueles que gostam de história. Dublin conseguiu ter sua identidade própria, mesmo tendo sido palco de diversos conflitos ao longo de sua história.

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

A cidade é animada, com paisagens verdes nos seus arredores, monumentos e muita cultura. Terra de grandes escritores como James Joyce, Oscar Wilde e Samuel Beckett, também é conhecida pelos seus pubs e pela famosa cerveja Guinness.

Vamos conhecer mais sobre a cidade e suas atrações.

Onde fica a cidade de Dublin

Dublin é a capital e a maior cidade da República da Irlanda. A cidade localiza-se na província de Leinster, próxima à costa leste do país. Diferente da Irlanda do Norte, não faz parte do Reino Unido. Parte da União Europeia, usa o Euro como moeda oficial.

É reconhecida como uma cidade global, estando entre as 30 mais globalizadas do mundo. Dublin é, ainda, o principal centro histórico, econômico, industrial, educacional e cultural da Irlanda.

Tem como idiomas tanto o inglês como o irlandês em toda a sua sinalização.

Veja nosso guia de turismo na Irlanda e tudo o que você precisa saber para viajar para o país.

Como ir à Dublin

Não existem voos diretos saindo do Brasil para Dublin, mas o aeroporto ainda é a melhor maneira de chegada à cidade. Várias companhias aéreas oferecem voos com poucas escalas. O Aeroporto de Dublin é um dos mais transitados da Europa.

Quando quiser pesquisar para encontrar o melhor voo, nossa recomendação é que faça uma busca em comparadores de passagens aéreas. Você poderá visualizar os melhores valores na época em que deseja fazer a viagem.

Sugerimos fazer uma comparação utilizando o comparador do site Kayak. Ainda é possível colocar alertas de passagens, para receber sempre a baixa ou o aumento dos preços.

Se estiver pelas proximidades, também pode chegar de trem. Consulte horários e tarifas no site da Irish Rail.

Como se locomover em Dublin

A cidade de Dublin é muito bem servida de transporte público, oferecendo opções de ônibus, bondes, também conhecidos por Luas, bicicleta e táxis.

Bondes (Luas)

Os bondes, ou as Luas, fazem parte do sistema de metrô ligeiro, com 32 estações, e são boas opções para algumas das atrações da cidade. Porém, poucas.

As passagens podem ser adquiridas nas máquinas nas estações e o valor depende da quantidade de zonas que você pretende circular. Vão desde 2,10€ para 1 zona até 3,20€ de 5 a 8 zonas.

Ônibus

São mais de 100 linhas de ônibus na cidade e certamente esse é o melhor transporte para chegar nas principais atrações, caso não queira caminhar. Eles incluem os padrões, os expressos e as linhas noturnas.

Outros meios de transporte em Dublin

Uma ótima maneira de percorrer a cidade, além de caminhando, é utilizando bicicletas. Existe um sistema público de aluguel na cidade e funciona tanto para moradores como para turistas. A assinatura de 3 dias, por exemplo, custa 5€, e para usar apenas 1 hora 0,50€.

Viaje sempre com internet no celular

Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia.

O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

VER PLANOS »

Também é possível fazer o percurso nos famosos Ônibus Turísticos Hop-On Hop-Off da cidade. São 2 circuitos que podem valer por 1, 2 ou 3 dias. Custa a partir de 18,70€, por pessoa, aumentando o valor dependendo da quantidade de dias de uso.

St Patrick Dublin

Conheça também Limerick, na Irlanda. Saiba como visitar a cidade medieval.

Conheça uma breve história da cidade

A história da cidade de Dublin começa com: os Vikings. Eles fazem parte de sua fundação, tendo chegado ao redor do ano de 841, fundando a área comercial na margem sul do Rio Liffey.

Em 1014, o rei irlandês Brian Ború os venceu e, a partir do século XII a cidade passou a ser controlada pelos normandos.

O Reino da Irlanda, porém, só nasceu em 1541, e em 1592 a rainha Elizabeth I fundou sua primeira Universidade, a Trinity College e perdurou como cultura protestante.

A Irlanda virou parte do Reino Unido a partir de 1801, perdurando até 1922, após a guerra civil anglo-irlandesa, que destruiu parte da cidade de Dublin. Porém, foi quando saiu o reconhecimento do Estado Livre da Irlanda.

A partir de 1973, o país entra na União Europeia e vê sua capital deslanchar, virando uma cidade bastante turística, centro comercial, e com espírito jovem e empreendedor.

Conheça outros lugares bonitos para visitar na Irlanda.

Lista de 10 passeios que devem estar no seu roteiro em Dublin

Nossa primeira sugestão é que você percorra a cidade, passeando a pé. Aproveite as caminhadas e passe por alguns dos principais pontos turísticos de Dublin.

Confira abaixo:

1. O’Connel Street

Situada no centro de Dublin, a O’Connel Street é considerada a principal da cidade. Fica entre o Rio Liffey, na ponte O’Connel, e a Parnell Street.

Além disso, é uma das principais zonas comerciais, dando acesso a ruas como Henry Street e Parnell, duas das mais importantes.

Na O’Connel Street também estão alguns monumentos, como o The Spire, uma grande agulha de 120 metros, e a estátua de Daniel O’Connel, que dá nome à rua.

Localização: O’Connel Street
Horário de funcionamento: todos os dias, 24 horas
Ingressos: gratuito

2. Catedral de St. Patrick

Você já deve ter ouvido falar do famoso Dia de St. Patrick, festa tradicional em Dublin. Isso porque ele é o padroeiro da Irlanda.

Sua catedral é a maior igreja do país e foi construída ao lado de um poço onde o santo batizou os convertidos pelos idos de 450.

A Catedral de St. Patrick sofreu com um incêndio em 1370, mas teve suas partes destruídas reconstruídas tempos depois. Seu interior deve ser visitado, pois reflete momentos históricos de sua existência.

Veja os bustos, os monumentos sepulcrais e as placas mortuárias que homenageiam grandes nomes da história irlandesa.

Endereço: St Patrick’s Close, Wood Quay, Dublin 8, Irlanda
Como chegar: Ônibus: Patrick St. (Dean St.), linhas 49, 49A, 54A, 77A e 150
Horário de funcionamento:
De março a outubro:
De segunda a sexta, das 9h30 às 17h
Sábado, das 9h às 18h
Domingo, das 9h às 10h30, das 12h30 às 14h30 e das 16h30 às 18h
De novembro a fevereiro:
De segunda a sexta, das 9h30 às 17h
Sábado, das 9h30 às 17h
Domingo, das 9h às 10h30 e das 12h30 às 14h30
Ingressos:
Adultos: 6€
Estudantes: 5€

Temple Bar Dublin

3. Temple Bar

Uma dos mais charmosos bairros de Dublin é o Temple Bar, bem no centro da cidade. Com suas ruas de paralelepípedos, a essência está preservada. O Temple Bar é, ainda, o maior centro cultural e de lazer da capital irlandesa.

Situado entre a Dame Street e o rio Liffey, reúne diferentes espaços culturais, além de dezenas de bares e pubs típicos do país. Confira, também, os diferentes mercados da região, como o Food Market, de comida, e o Book Market, de livros usados.

Localização: Temple Bar, Dublin
Como chegar: qualquer ônibus com destino ao centro da cidade
Horário de funcionamento: todos os dias, 24 horas
Ingressos: gratuito

4. Museu Nacional de Arqueologia

Se quiser conhecer mais da história da Irlanda, o Museu Nacional de Arqueologia, ou Museu Nacional da Irlanda, é um bom lugar. Ele oferece exposições que mostram a evolução da civilização irlandesa, desde seus primeiros habitantes.

Você irá conferir objetos desde o período Neolítico, até a recriação da vida dos vikings na sua chegada ao país.

Endereço: Kildare St, Dublin 2, Irlanda
Como chegar: Ônibus: Kildare St., linhas 7B, 7D, 10, 10A, 11, 11A, 11B, 14, 15, 20B, 25X, 27C, 33X, 39B, 40A, 41X, 46A, 51D, 58C, 70B, 74, 92, 116, 127, 145, 172 e 746
Horário de funcionamento:
De terça a sábado, das 10h às 17h
Domingos e segundas, das 13h às 17h
Ingressos: gratuito

5. Castelo de Dublin

Ele já foi usado como assentamento dos vikings, fortaleza militar, residência real e, até, sede do Tribunal de Justiça Irlandês. Hoje em dia, o Castelo de Dublin é um dos principais pontos turísticos da cidade e local para realização de eventos do Estado.

É possível entrar em uma visita guiada de 45 minutos, e percorrer o local, incluindo o Planalto dos Machados de Guerra, onde se situava a guarda real que protegia a entrada do Salão do Trono. Os quartos do Rei e da Rainha, e o próprio Salão, também podem ser visitados.

A visita guiada, no entanto, é apenas em inglês. O ingresso em conjunto do Castelo de Dublin e Biblioteca do Trinity College ajuda você a pular a fila de entrada e dá acesso prioritário.

Endereço: Dame St, Dublin 2, Irlanda
Como chegar: Ônibus: Werburgh St., linhas 50X, 56A, 77, 77A, 77X, 150 e 151
Horário de funcionamento: Todos os dias, das 9h45 às 17h45
Ingressos:
Visita guiada
Adultos: 12€
Estudantes e maiores de 60 anos: 10€
Crianças de 12 a 17 anos: 6€
Visita por conta própria
Adultos: 8€
Estudantes e maiores de 60 anos: 6€
Crianças de 12 a 17 anos: 4€

castelo dublin jardim

Saiba quais são os castelos mais bonitos da Europa.

6. Guinness Storehouse

Mesmo que você não goste de cerveja, o Guinness Storehouse, ou o Armazém da Guinness, é uma visita interessante em Dublin. Construído em 1904 para ser o local de fermentação da cerveja, ele agora conta a história da marca.

A visita inclui ver uma cópia do contrato da cervejaria por 9 mil anos, assinado por Arthur Guinness em 1759, exposição com os ingredientes usados na fabricação da cerveja, a maquinaria e a zona dedicada aos mestres cervejeiros.

No final, é claro que você poderá provar este clássico dublinense e símbolo da Irlanda. Compre o ingresso para o Guinness Storehouse, sem fila e com cerveja inclusa. Preços a partir de 25€.

Endereço: St James’s Gate, Dublin 8, Irlanda
Como chegar: Ônibus: Thomas St. (Watling St.), linhas 123, 51B e 78A
Horário de funcionamento:
Todos os dias, das 09h30 às 19h
Em julho e agosto, todos os dias, das 9h às 20h
Ingressos:
Adultos: 18,50€
Crianças de 13 a 17 anos: 16€
Menores de 13 anos: entrada gratuita

7. Trinity College Dublin

A universidade mais antiga da Irlanda é, também, uma das mais famosas do mundo. A Trinity College Dublin foi fundada em 1592 pela rainha Elizabeth I e fica bem no coração da cidade.

Construída sobre um antigo monastério agostiniano, o campus da Trinity College Dublin ocupa 190 mil metros quadrados e já viu passar alunos célebres como Samuel Beckett e Oscar Wilde.

Sua biblioteca possui a maior coleção de manuscritos e livros impressos da Irlanda, além de um exemplar de todas as obras publicadas na Irlanda e Grã-Bretanha, formando quase 3 milhões de livros em um total de 8 edifícios.

Sua joia é o livro de Kells, com um texto em latim dos quatro evangelhos em caligrafia ornamentada e pigmentos coloridos. Está na Universidade desde 1661.

Endereço: College Green, Dublin 2, Irlanda
Como chegar: Ônibus: Grafton St., linha 51D; Trinity College, linhas 51X, 70B, 70X e 92
Horário de funcionamento:
Biblioteca e Livro de Kells
De maio a setembro:
De segunda a sábado, das 8h30 às 17h
Aos domingos, das 9h30 às 17h
De outubro a abril:
De segunda a sábado, das 9h30 às 17h
Aos domingos, das 12h às 16h30
Ingressos:
Biblioteca Antiga e Livro de Kells
Adultos: varia entre 11 e 14€
Estudantes: 12€
Visita guiada ao campus: 14€ (Inclui Biblioteca e Livro de Kells)

8. St. Stephens Green

Um dos parques públicos mais antigos da Irlanda, o St. Stephens Green existe desde 1664, onde foram construídos edifícios de estilo georgiano, atraindo a alta sociedade para a zona.

Os jardins, redesenhados no século XIX em estilo vitoriano, ainda estão conservados. É um dos parques mais visitados de Dublin, tanto por moradores como visitantes.

Aproveite para dar uma descansada entre os passeios: ele está situado no centro da cidade.

Endereço: St Stephen’s Green, Dublin 2, Irlanda
Como chegar: Ônibus: St. Stephen’s Green, linhas 39X, 40A, 40C, 41X, 51X, 58X, 66X e 67X; Luas: St. Stephen’s Green, linha verde
Horário de funcionamento:
De segunda a sábado, das 7h30 até o pôr do sol
Domingos e feriados, das 9h30 até o pôr do sol
Ingressos: gratuito

9. Catedral Christ Church

Também conhecida como Catedral da Santíssima Trindade, a Catedral Christ Church é a mais antiga entre as protestantes de Dublin. Começou como um pequeno templo de madeira, criado pelo rei viking Sitric, em 1038.

Na visita, preste especial atenção na cripta do século XII, que é a estrutura mais antiga de Dublin que ainda se mantém de pé. Lá estão algumas exposições e uma cafeteria.

Na área externa, uma pequena ponte que conecta a Catedral com o Synod Hall e seu museu de exposições vikings.

Endereço: Christchurch Pl, Wood Quay, Dublin 8, Irlanda
Como chegar: Ônibus: Christchurch Place, linhas 49X, 50X, 54A e 78A
Horário de funcionamento:
Março e outubro:
De segunda a sábado, das 9h30 às 18h
Domingos, das 12h30 às 14h30 e das 16h30 às 18h
De abril a setembro:
De segunda a sábado, das 9h30 às 19h
Domingos, das 12h30 às 14h30 e das 16h30 às 19h
De novembro a fevereiro:
De segunda a sábado, das 9h30 às 17h
Domingos, das 12h30 às 14h30
Ingressos:
Adultos: 6,75€
Estudantes e maiores de 65 anos: 5,50€
Crianças de 5 a 15 anos: 2,50€
Menores de 5 anos: entrada gratuita

10. Prisão de Kilmainham

A antiga Prisão de Kilmainham foi, depois de muito tempo, transformada em museu. Lá ficaram presas pessoas que lutaram pela independência do país, desde 1796. A luta pela independência da Irlanda durou mais de 100 anos.

Na visita, é possível ver as cenas e zonas comuns, sendo um local de memória para o povo irlandês. O último preso, Era Eamon de Valera, foi libertado em 1924, pouco antes do seu fechamento. Depois, chegou a ser presidente da Irlanda.

É uma visita forte, mas a Kilmainham Gaol teve papel fundamental na história da cidade e do país e é uma boa maneira de aprender mais sobre a Irlanda.

Endereço: 8MRR+P3 Dublin, County Dublin, Irlanda
Como chegar: Ônibus: Old Kilmainham, linhas 78A e 206; Emmet Rd. (Kilmainham Cross), linhas 51B, 51C, 78A e 206
Horário de funcionamento:
De abril a setembro: todos os dias, das 9h às 18h
De outubro a março: todos os dias, das 9h30 às 17h30
Ingressos:
Adultos: 8€
Maiores de 60 anos: 6€
Estudantes e crianças de 12 a 17 anos: 4€
Menores de 12 anos: entrada gratuita

Biblioteca Dublin

Veja mais o que fazer em Dublin.

Mini roteiro de Dublin: o que fazer em 2 dias

Se você tiver pouco tempo na cidade, aproveite para conhecer o melhor que Dublin oferece. Por isso, preparamos um mini-roteiro de 2 dias, para ajudar no seu planejamento.

Primeiro dia em Dublin

Comece o primeiro dia na cidade indo conhecer a forte e histórica Prisão de Kilmainham, um dos lugares mais chamativos de Dublin.

Depois, siga andando, cerca de 15 minutos de caminhada, para ter uma experiência da Fábrica da Guinness (Guinness Storehouse), que fica ali próximo.

Na parte da tarde, vá visitar as duas catedrais da cidade: a Catedral Christ Church e a Catedral de St. Patrick. As duas merecem sua visita, nem que seja para admirar externamente.

Termine o dia atravessando o Rio Liffey e passeando pela O’Connel Street. À noite, siga para o bairro de Temple Bar e tenha uma verdadeira experiência da vida noturna de Dublin em um dos pubs da cidade.

Segundo dia em Dublin

No seu segundo dia na cidade, siga direto para a Trinity College Dublin e deixe se perder pelo campus da universidade. Não deixe de visitar a Biblioteca e a exposição sobre o Livro de Kells.

Siga caminhando pela Nassau Street e chegue ao Merrion Square, um dos parques animados de Dublin.

De tarde, aproveite para conhecer um dos museus da cidade. Recomendamos o Museu Nacional de Arqueologia, para conhecer ainda mais a história da Irlanda. Termine o dia conhecendo o St. Stephens Green.

À noite, você pode voltar para Temple Bar, pois vale a pena. Se interessar, faça uma maratona de bares em Dublin, passando por pubs e clubes noturnos de Dublin, o famoso pub crawl.

Veja outras opções para a vida noturna em Dublin.

Quando ir à Dublin?

Dublin tem invernos bem frios e verões com temperaturas mais amenas. Nevar é incomum, mas pode acontecer nos dias mais frios de final e começo de ano.

Se estiver buscando melhores climas, certamente sugerimos o verão, entre os meses de julho e setembro. Porém, se quiser economizar, o ideal é viajar nas meias estações, na primavera, entre abril e junho, ou no outono, entre final de setembro e novembro.

Leia também o artigo que escrevemos sobre a melhor época para visitar a Irlanda.

Quanto custa uma viagem para Dublin?

Dublin possui preços razoavelmente baratos em hospedagens e mais caros em alimentação. Uma boa maneira de economizar em viagens é: fazendo um bom planejamento.

Separamos aqui os principais custos de uma viagem para a capital da Irlanda. Confira, também, o nosso artigo com mais detalhes de quanto custa viajar para Dublin.

Passagens aéreas

Para um bom planejamento de viagem, pesquise os preços das passagens aéreas com antecedência. Coloque alertas de preços e acompanhe a evolução dos valores.

Para sabermos uma média de quanto custa, fizemos uma simulação de passagens aéreas, utilizando a área de voos do site Kayak. Colocamos o mês de maio de 2020 como previsão, por ser um dos meses mais baratos para ida à Europa.

A melhor passagem, com escala em Lisboa na ida e na volta, é com a companhia aérea TAP. Saindo de São Paulo, a passagem ida e volta está custando R$ 2.855.

Saiba quais são as dicas para comprar passagens aéreas na Kayak.

Seguro Viagem

Embora não seja obrigatório ter seguro viagem para a Irlanda, nós recomendamos que você não vá à Dublin sem um bom plano.

Com os melhores valores e custos benefícios, utilizamos o nosso comparador seguro viagem, uma parceria com o portal Seguros Promo. É possível encontrar planos com valores desde R$12 a R$60, por dia.

Hospedagem

As hospedagens em Dublin costumam ser mais baratas que em outras grandes cidades na Europa. Podem variar de 70 a 200 euros a diária. Confira preços de hospedagem na área de hotéis do site Kayak.

Alimentação de rua

Veja quanto custa alguns dos principais itens de alimentação de rua em Dublin, de acordo com o site Numbeo:

Alimentação de rua Preço
Cerveja (570ml) 5,50€
Almoço em restaurante barato 15€
Refeição para 2 pessoas em restaurante mediano 60€
Cappuccino 3,19€
Água 1,53€

Supermercado

Mais uma boa dica para economizar em viagens: compre itens básicos no supermercado, como água, garrafa de vinho ou lanches rápidos.

Veja o preço médio de alguns produtos nos supermercados de Dublin:

Item Preço
Cerveja (570ml) 2,32€
Garrafa de vinho 12€
Água (garrafa de 1,5 litro) 1,37€
Sanduíche de frango 8,37€

Transporte

Os valores das tarifas dos ônibus dependem da quantidade de paradas que irá percorrer. Por isso, se você for como turista, é realmente um pouco mais complicado saber quanto pagar.

Por isso, fale sempre com o motorista, avisando qual o seu destino. Os valores são:

Adultos:

  • 1 a 3 paradas: 2,15€;
  • 4 a 13 paradas: 3€;
  • Mais de 13 paradas: 1 a 3 paradas: 3,30€.

Crianças e menores de 16 anos:

  • 1 a 7 paradas: 1,30€;
  • Mais de 7 paradas: 1,65€.

Se for passar até 5 dias, pode valer a pena comprar o Rambler, válido por esse período. Custa 33€.

Outras opções para os turistas são: Leap Visitor Card, que custa 10€ por 24 horas, 19,50€ por 72 horas e 40€ por 7 dias.

Ou o cartão DoDublin, que inclui 72 horas de ônibus turístico e todas as rotas de ônibus públicos da cidade. Custa a partir de 35€, por pessoa.

Atrações

Se você tiver interesse em entrar nas principais atrações da cidade, uma boa opção é adquirir o Dublin Pass. Além de entrar sem fila, ele dá direito à entrada por 1, 2, 3, 4 ou 5 dias. Veja os valores:

  • 1 dia: 61€;
  • 2 dias: 78;
  • 3 dias: 91€;
  • 4 dias: 97€;
  • 5 dias: 101€.

Onde ficar em Dublin?

Dublin é uma cidade relativamente pequena, então o ideal é tentar uma hospedagem no centro. Dentre as localidades, busque opções próximas a O’Connel Street e seus arredores.

Ficar perto do parque St Stephen Green também é uma boa localização. E se gosta de movimentação noturna, opções próximas ao bairro de Temple Bar e Grafton Street são áreas mais animadas da cidade.

Confira algumas opções:

Hotel Categoria Estrelas Localização Preço médio
The Wilder Luxo (melhor hotel) 4 estrelas St Stephen Green 194€
Ashling Hotel Dublin Melhor custo benefício 4 estrelas Próximo ao Guinness Storehouse 152€
The Charles Stewart Guesthouse Mais barato 3 estrelas Temple Bar 118€
The Gate Hotel Hotel mais simples 1 estrela O’Connell Street 85€
Backpackers D1Hostel Hostel 2 estrelas O’Connell Street 72€

Onde comer?

Comer e beber bem fazem parte da experiência turística de Dublin. Dentre os pratos típicos da cidade, não deixe de começar com um farto café da manhã com ovos, salsichas e bacon.

O refogado irlandês com carne de cordeiro, o Irish Stew, é sempre uma boa opção de almoço. As salsichas de porco com bacon, batatas e cebola, chamadas de Coddle, vão muito bem com uma cerveja Guinness.

Os Fish & Chips, peixe com batatas fritas, também são conhecidos em toda a Grã-Bretanha.

E o café irlandês é famoso no mundo inteiro, pois acompanham whisky irlandês, açúcar e chantilly.

Veja algumas opções para experimentar a culinária local:

  • The Church: antiga igreja que virou um dos pubs mais originais da cidade;
  • Chapter One: conhecido como um dos melhores da cidade;
  • Leo Burdock’s: para provar as tradicionais Fish & Chips, prato típico da Irlanda;
  • Bunsen: um dos melhores hambúrgueres da cidade;
  • Lanigans Pub Eden Quay: tradicional pub de Dublin: prove as cervejas.

Planejando sua viagem para Dublin, na Irlanda

Não é obrigatório ter um seguro viagem quando for entrar na Irlanda. Porém, sempre recomendamos um bom plano, independente do destino no exterior.

Quando for buscar o seu para sua viagem à Dublin, sugerimos que confira os valores de seguros de viagem no comparador do Euro Dicas Turismo. Escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade.

Ganhe desconto. Para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICAS5 (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

Veja outros pontos turísticos da Irlanda que merecem sua visita e planeje seu roteiro. Boa viagem!

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
COMPARTILHE
Autor

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.