9 dicas para quem quer viajar sozinha

Seguro Viagem  / 

O verbo viajar causa uma excitação única não apenas pelo que representa, mas pelas memórias que a gente sabe que vão permanecer mesmo depois que uma viagem acaba. Então, por que será que quando o verbo viajar vem junto com o adjetivo sozinha a gente entra em pânico? Não deveria continuar sendo uma coisa positiva? Por que será que o que era excitação num primeiro momento vira medo tão rápido?

COMPARADOR SEGURO VIAGEM EUROPA

Faça uma cotação sem compromissos e conheça todas as opções disponíveis e preços de seguro para a sua viagem. Garantimos o melhor preço aos nossos leitores.

Existem diversas explicações pra isso e não tem como eu falar de todas elas aqui, mas a que mais me chama atenção é que muitas vezes a gente tem medo de viajar sozinha porque não sabe se será capaz de lidar com todos os perrengues que poderão surgir durante uma viagem solo e também pelo medo que nos foi impelido de que mulher é frágil, que mulher está mais vulnerável aos perigos de uma viagem.

Mas, vou te contar um segredo: nunca foi tão fácil e prazeroso viajar sozinha. Estamos numa época onde é vital, pra cada mulher, mostrar o seu potencial. Mostrar que apesar de parecermos frágeis, somos mais corajosas do que muitos homens, somos extremamente determinadas e somos imparáveis.

Vai viajar sozinha? Estas 9 dicas são para você

Por isso, se ainda te faltam motivos ou se te falta só aquele empurrãozinho pra você fazer a sua tão sonhada viagem sozinha, a lista abaixo vai ajudar nesse desafio:

1. Entenda que você tem um poder incrível dentro de si, que muitas vezes esconde ou deixa quieto pra tentar se encaixar nos estereótipos da sociedade. Tá tudo bem! Você não está sozinha, muitas mulheres ainda se esforçam pra pertencer quando na verdade deveriam só deixar fluir quem de fato são. Entenda que uma viagem sozinha vai te reconectar com a sua essência;

italia e dos melhores lugares para viajar sozinho

Confira a lista dos melhores lugares para viajar sozinho.

2. O medo de que pode acontecer alguma coisa ruim durante a viagem não anula todos os perigos que você corre todos os dias saindo da sua casa e indo pro trabalho todos os dias sozinha. Os mesmos cuidados que você tem durante a sua rotina na sua cidade serão exatamente os mesmos que você terá durante uma viagem sozinha pelo mundo (e pra ser bem sincera, o mundo me parece mais seguro do que a nossa rotina). Depois de viajar por 28 países (a maioria sozinha de mochilão nas costas e ficando em quartos mistos de hostel), o único lugar que fui assaltada duas vezes foi na minha cidade natal;

3. Se você ainda está com muito receio dessa viagem solo, o mais importante é se planejar e criar um roteiro organizado por você mesma, onde você vai estudar cada lugar, escolher cada ponto turístico a dedo pra ter a sensação de que já conhece os lugares que está indo. Quando vamos pra um lugar que nos parece familiar, tudo flui mais naturalmente e o medo meio que se dissipa no momento que pisamos no nosso destino;

4. Se você está animada com a viagem, mas está insegura por causa da comunicação por não saber falar inglês ou não saber a língua do país que está indo, eu posso te garantir que a barreira da língua não é mais um impeditivo pra ninguém deixar de viajar. Eu viajei 33 dias sozinha pela Europa com um inglês super básico e me virei na mímica. Na época, não existiam esses chips internacionais de viagem (ou eram muito caros). Hoje em dia, a minha recomendação é sempre viajar com internet no celular, isso ajuda bastante na hora de traduzir alguma coisa no Google Tradutor ou até pesquisar o local no Google Maps;

5. Se permita fazer amigos durante a viagem, isso vai te deixar mais tranquila e aberta às novas experiências. Além de te fazer aprender mais sobre diversidade e novas culturas;

6. Os melhores lugares pra se fazer novos amigos viajando sozinha são: Pubcrawls, Free Walking Tours, Pubs/bares e Hostels – quartos compartilhados (o melhor lugar ever)!

Melhores lugares para viajar sozinha

Confira os principais golpes em turistas na Europa e como se prevenir.

7. Se você ainda estiver com muito medo de viajar sozinha pra longe, não comece indo pra longe. Faça uma viagem sozinha até a cidade vizinha e depois comece a ir cada vez mais longe. Comece do jeito que for mais confortável pra você até você se permitir a sair completamente da zona de conforto, porque é fora do conforto que aprendemos coisas novas;

8. Uma forma de viajar sozinha e não estar só em nenhum momento é fazer voluntariado. Os voluntariados são ótimos pra quem quer viver uma experiência profunda consigo mesmo e ao mesmo tempo com o lugar que está e as pessoas que te rodeiam. É uma experiência que traz aprendizados incríveis em pouco tempo e é uma forma de você ir conhecendo seus limites sozinha, mas através do relacionamento com pessoas. Eu super recomendo viver uma experiência desse tipo pelo menos uma vez na vida;

9. Siga sempre seu instinto. Se não curtiu um lugar saia, se não curtiu a amizade de alguém não se force a estar junto. Entenda que em uma viagem sozinha você faz tudo que te der na telha e que você não precisa agradar ninguém a não ser você mesma.

Bom, eu espero que esse post tenha sido útil pra você e se você conhece alguém que tá indo viajar, compartilhe esse post pra ajudar mais pessoas.

Ahhh! Não esquece de me seguir no Instagram @vidamochileira pra acompanhar minhas aventuras em tempo real.

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Carioca, publicitária, mergulhadora e produtora de conteúdo de viagem do blog e Instagram Vida Mochileira, Maryana Teles também é apaixonada por viagens de estilo low cost. Já foram 28 países explorados, três intercâmbios vividos e muitas histórias na bagagem para dividir com quem também quer viver uma Vida Mochileira.