El Rastro em Madrid: um passeio imperdível na capital espanhola

Visitar Madrid  / 

Artesanato, antiguidades, brechós, cacarecos, souvenirs, música, livros, gastronomia e muito mais. Um mercado ao ar livre com um pouco de tudo, assim é como se pode definir um dos maiores e mais antigos mercados de rua da Europa, o famoso El Rastro, em Madrid.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Se você gosta de uma pechincha e quer um passeio divertido, gratuito e cultural, El Rastro deve estar incluído no seu roteiro na capital espanhola.

A feira é tão importante para a cidade que faz parte do Patrimônio Cultural de Madrid, sendo um dos programas prediletos de moradores e de turistas aos domingos e feriados.

Informações sobre El Rastro, em Madrid

LOCALIZAÇÃO

Calle Ribeira de Curtidores e redondezas, bairro La Latina

COMO CHEGAR

Metrô: utilize a estação La Latina, da Linha 5 ou a estação Embajadores, na Linha 3

TICKET

Gratuito

A história de El Rastro, em Madrid

El Rastro de Madrid existe há mais de 400 anos e teve o seu início ao redor de curtumes e matadouros da região.

O mercado começou como ponto de venda de roupas e tecidos e de artigos feitos em couro, como casacos, calçados e acessórios para montaria.

No decorrer dos anos, entre os séculos XVIII e XX, outras atividades foram aparecendo e sendo incorporadas, como a venda de alimentos, objetos para casa, ferramentas, móveis e antiguidades.

Na década de 1970, com a chegada de artesãos, El Rastro começou a atrair multidões, o que levou a Câmara Municipal de Madrid a reduzir, regulamentar e organizar a feira em meados dos anos 80.

Atualmente, o El Rastro de Madrid é um dos programas mais procurados por turistas e moradores, seja para compras ou para curtir uma experiência cultural da cidade.

A origem do curioso nome El Rastro

O nome El Rastro vem de uma curiosa atividade exercida nas redondezas do mercado. No passado, a indústria do couro era concentrada na região, com curtumes e matadouros próximos.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Ao transportar os animais abatidos dos matadouros para os curtumes, as carroças deixavam um rastro de sangue nas ruas, e esse rastro deu o curioso nome para o mercado existente no trajeto entre os matadouros e os curtumes.

Até hoje é comum encontrar lojas especializadas em couro na região, mas os curtumes e matadouros desapareceram do bairro por volta de 1928.

El Rastro em Madrid

Saiba quanto custa viajar para Madrid e planeje sua viagem.

O que ver em El Rastro de Madrid

Em um mercado amplo e diverso como El Rastro de Madrid, espere ver um pouco de tudo, mas um pouco de tudo mesmo. Você encontrará uma verdadeira mistura de mercado das pulgas, feira de artesanato, barraquinhas de souvenirs e bazar alternativo, além de boas opções de comidas típicas.

Como o mercado é bastante procurado, El Rastro possui uma certa organização e divisão com seções especializadas, onde encontramos uma concentração dos seguintes produtos:

  • Quadros, gravuras e imagens estão localizados na Calle de San Cayetano, também conhecida como rua dos pintores (Calle de los Pintores);
  • Sebos, revistas e selos antigos são encontrados na Calle del Carnero e Calle de Carlos Arniches;
  • Moda e acessórios alternativos estão ao redor da Plaza de Cascorro;
  • Brechós e roupas usadas estão concentrados na Plaza General Vara del Rey e na Calle Roda.
  • Discos em vinil, CD’s e filmes antigos podem ser encontrados na Ronda de Toledo.

Ao longo da feira, você encontrará de tudo um pouco: roupas baratas (novas e usadas), bolsas e artigos em couro, lembrancinhas, bijuterias e prata, barraquinhas de comida, cosméticos e perfumaria, objetos de decoração, móveis, antiguidades e música de artistas de rua.

Saiba que atrações em Madrid não devem ficar de fora do seu roteiro.

Onde fica

O mercado de El Rastro de Madrid está no bairro de La Latina, muito próximo do centro da cidade. É possível ir caminhando vindo de áreas vizinhas, mas a melhor opção para quem está distante é ir de metrô.

Como chegar no El Rastro

De metrô

De metrô é possível chegar ao El Rastro de Madrid a partir de várias estações. A melhor delas é La Latina (linha 5), que está bem pertinho da Plaza del Cascorro, mas as outras opções estão bem próximas da feira.

Confira as linhas disponíveis no site oficial do Metrô Madrid.

Estações próximas a El Rastro:

  • Estações da Linha 1: Tirso de Molina e Sol;
  • Estações da Linha 2: Sol e Ópera;
  • Estações da Linha 3: Embajadores, Lavapiés e Sol;
  • Estações da Linha 5: La Latina, Ópera, Puerta de Toledo e Acácias.

Também é possível visitar a feira a pé ou de ônibus.

De ônibus

Ônibus também são boas opções para chegar ao El Rastro de Madrid. As principais linhas que param perto do mercado passam em dois pontos: El Rastro e Acácias.

Linhas com paradas no ponto El Rastro:

  • Linha 41 (Atocha – Colonia Manzanares);
  • Linha 60 (Plaza de la Cebada – Orcasitas);
  • Linha 148 (Plaza del Callao – Puente de Vallecas);
  • Linha circular C2 (Cuatro Caminos – Embajadores).

Linhas com paradas no ponto Acácias:

  • Linha 34 (Plaza de Cibeles – Las Aguilas);
  • Linha 36 (Atocha – Campamento);
  • Linha 62 (Plaza de Cristo Rey – Los Puertos);
  • Linha 116 (Glorieta de Embajadores – Villaverde Cruces);
  • Linha 118 (Glorieta de Embajadores – Av. de la Peseta).

A pé

Se você gosta de caminhar e está hospedado na região central da cidade, é possível ir a El Rastro de Madrid a pé. Confira as principais distâncias para o mercado:

  • Plaza Mayor: 720 metros, cerca de 10 minutos a pé;
  • Puerta del Sol: 950 metros, cerca de 12 minutos a pé;
  • Museu Reina Sofia: 1,1 km, cerca de 15 minutos a pé;
  • Palácio Real de Madri: 1,2 km, cerca de 15 minutos a pé;
  • Gran Via (estação metrô): 1,4 km, cerca de 15 minutos a pé;
  • Plaza de Cibeles: 1,8 km, cerca de 20 minutos a pé.

Confira nosso guia de onde se hospedar em Madrid com opções para todos os bolsos.

Dicas para aproveitar El Rastro, em Madrid

Por onde começar

Como o El Rastro Madrid é um mercado extenso, o melhor roteiro a fazer é começar na Plaza Cascorro, que fica perto da estação de metrô La Latina, e descer a Calle Ribeira de Curtidores até a Ronda Toledo.

Horários

A tradicional feira de El Rastro de Madrid acontece sempre aos domingos e feriados. O horário de maior movimento no mercado é entre 11h e 13h.

Se você quer barganhar e circular por El Rastro com ruas mais vazias é bom chegar cedo, por volta de 9h ou depois das 13h.

Preços

Pesquise sempre os preços. É comum encontrar o mesmo produto em diversas barraquinhas com preços bem diferentes. Em tempos de euro alto, é bom pesquisar e negociar preços. Não compre na primeira barraquinha que você se interessar.

Segurança

A região de El Rastro é segura e policiada, mas sempre é bom estar atento aos seus pertences e não dar chance para batedores de carteira. Atente sempre para seu celular, mochilas e bolsas.

Feira El Rastro

Preciso me preocupar com a segurança na Espanha? Confira aqui.

Para facilitar

Paciência e disposição são fundamentais para apreciar El Rastro, principalmente na alta temporada, quando está lotado. Lembre-se de usar calçados confortáveis e roupas leves no verão, faz bastante calor em Madrid nessa época.

Opções para comer

Além dos bares de tapas existentes na região, no final da Calle de la Ribeira de Curtidores fica o Mercado de La Ribera, que oferece ótimas opções para comer e apreciar a culinária local. Como o mercado é fechado, ele é uma ótima opção no inverno para se proteger do frio.

Curiosidades sobre o mercado El Rastro

O mercado de El Rastro faz parte do cenário cultural da cidade, tanto pela sua tradição e história quanto pela diversidade de produtos que oferece. Confira algumas curiosidades do famoso mercado centenário de El Rastro:

1. É um dos mercados a céu aberto mais antigos da Europa, com mais de 400 anos de história;

2. No passado, por volta de 1740, o mais comum era encontrar roupas, tecidos e artigos de couro para venda, porém outra atividade era exercida em El Rastro: a venda de objetos roubados;

3. A feira possui cerca de 3.500 vendedores autorizados e fiscalizados;

4. A rua principal de El Rastro de Madrid é a Calle de la Ribeira de Curtidores, que possui esse nome devido aos curtumes ali existentes;

5. Visitar El Rastro é um programa típico dos moradores de Madrid também, não é só um passeio de turistas. O programa é completo com uma cerveja ou sangria em um dos muitos bares de tapas da região.

Não deixe de incluir os museus de Madrid no seu roteiro.

Passeios nas redondezas do mercado El Rastro

Depois de caminhar pelas ruas da feira e fazer suas compras, escolha um bar de tapas da região. Esse é um programa típico madrileno. No inverno, uma boa opção é procurar uma cafeteria, ou chocolateria, e saborear os deliciosos churros com café ou uma tábua de frios com vinho.

Se você quer conjugar uma ida a El Rastro de Madrid com outro ponto turístico da cidade, separe a parte da manhã para o mercado e na parte da tarde você pode visitar:

Palácio Real de Madrid: os ingressos custam de 6€ a 13€ (dependendo da época de visitação e da idade dos visitantes). Por 34€, você pode fazer uma excursão guiada ao Palácio Real sem fila. Fica a cerca de 15 minutos de caminhada do mercado ou de metrô, utilizando a Linha 5;

Museu Reina Sofia: gratuito aos domingos de 13h30 às 19h. O museu está a uma caminhada de cerca de 15 minutos de El Rastro de Madrid ou basta pegar o metrô da Linha 1, na estação Tirso de Molina ou Sol;

Parque El Retiro: um dos parques mais famosos e considerado o pulmão verde de Madrid. O parque El Retiro pode ser visitado a partir de El Rastro através do metrô, na Linha 1, estação Tirso de Molina ou Sol ou de ônibus com a linha circular C2.

E não esqueça: se planeja visitar Madrid e fazer compras no El Rastro, saiba que o seguro viagem é obrigatório. Para fazer a cotação do seu seguro de forma personalizada, recomendamos que você utilize o nosso comparador de seguro viagem.

Ele apresenta planos das principais seguradoras do mercado e ainda garantimos os melhores preços aos leitores do Euro Dicas Turismo.

Veja as cidades espanholas que mais valem a pena visitar e planeje seu roteiro pelo país. Boa viagem!

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Willian é cidadão polaco-brasileiro, mas considera-se cidadão do mundo. Desde cedo desenvolveu uma paixão pelo universo do turismo, tendo se especializado em consultoria hoteleira depois de formado em administração. Já visitou mais de 35 países, passou longas temporadas em Nova York, Europa e no sudeste asiático e após muitas experiências criou o site Caderno de Viagem, onde reúne dicas práticas e econômicas para viajantes.