Chegou a hora de montar o seu roteiro com pontos turísticos de Madrid e você não sabe por onde começar? A capital espanhola tem muitas opções de atrações que realmente valem a pena conhecer.

Então, vem comigo que vou te apresentar os principais pontos turísticos de Madrid, explicar como visitar cada uma das atrações, dar dicas de outros pontos que apesar de não serem tão badalados também vale acrescentar no roteiro e alguns cuidados que você precisa ter na capital espanhola.

Principais pontos turísticos de Madrid

Vamos começar a montar seu roteiro de Madrid? A capital espanhola é uma daquelas cidades apaixonantes e vibrantes com muitas atrações turísticas, excelentes restaurantes, ótimos bares e baladas e também cheia de lugares verdes que garantem um bom descanso e uma fugida do sol quente – caso a sua viagem aconteça durante o verão.

Antes de começar a listar os 10 pontos turísticos de Madrid, preparamos este mapa para você deixar salvo no celular e começar a se familiarizar com Madrid e conferir as distâncias entre uma atração e outra. Assim, você consegue organizar o seu roteiro por dia, considerando as atrações próximas e evitando grandes deslocamentos.

1. Museu do Prado

O Museu do Prado é um dos pontos turísticos de Madrid mais incríveis e merece aquela parada obrigatória. Ele é um dos melhores museus da Europa e do mundo, e guarda coleções de artistas consagrados como Goya, Ticiano, Velázquez, Rafael, entre outros. São mais de 8.500 quadros e mais de 700 esculturas na sua rica coleção

Os amantes de arte podem reservar um dia inteiro no roteiro para visitar o Museu do Prado para apreciar sua linda coleção. Já aqueles que não são estudiosos ou entendedores de arte, vale reservar uma manhã ou um final de tarde para conhecê-lo. No próprio museu, você pode pegar um mapa com as principais obras e focar sua visita nelas.

Museu do Prao é um dos principais pontos turísticos de Madrid
Museu do Prado surpreende qualquer pessoa que entra ali, até os que não gostam de arte

Mas ainda que você não seja um entendedor de arte, a visita vai te surpreender. O Museu do Prado me deixou sem fôlego, pois foi o meu primeiro contato com obras de artistas consagrados e que a gente costuma ver apenas nos livros de história. Por isso, fiquei impressionada!

Como visitar o Museu do Prado?

O Museu do Prado abre se segunda a sábado, das 10h às 20h e domingos e feriados das 10h às 19h. E atenção aos horários reduzidos: nos dias 6 de janeiro, 24 e 31 de dezembro, o horário é apenas de 10h às 14h. Já nas datas de 1 de janeiro, 1 de maio e 25 de dezembro, o Museu do Prado não funciona.

Os ingressos custam a partir de 15€ e o audioguia custa 5€ adicionais. Para quem não quer perder tempo com grandes filas, também é possível comprar ingresso sem fila e antecipadamente. Agora se você realmente quer aproveitar ao máximo a sua experiência, recomendo um tour guiado no Museu do Prado.

2. Museu Reina Sofia

Outro entre os pontos turísticos de Madrid que merece a sua visita é o Museu Reina Sofia, que abriga mais de 18 mil peças do século XX e da arte contemporânea, incluindo obras de artistas como Salvador Dalí, Miró e Picasso.

Museu Reina Sofia em Madrid, Espanha
Uma das obras mais famosas de Picasso está no Museu Reina Sofia

E por falar em Picasso, a principal obra que atrai milhares de turistas ao Museu Reina Sofia é a famosa pintura Guernica. E ela é impressionante. Eu não esperava me deparar com algo tão grandioso.

Para ter noção, são mais de 7 metros de largura e 3 de altura em uma pintura com técnica cubista de 1937, retratando o sofrimento e angústia do povo basco após o bombardeio alemão durante a Guerra Civil Espanhola.

Como visitar o  Museu Reina Sofia?

O Museu Reina Sofia funciona de segunda a sábado de 10h às 21h (com exceção de terça-feira que se encontra fechado para visitação) e domingo de 10h às 14h30.

Os ingressos custam a partir de 12€ e se você quer economizar o seu precioso tempo na capital espanhola, vale adquirir o ingresso sem fila com antecedência. Esse também é um museu que vale investir em um tour guiado.

3. Museu Thyssen-Bornemisza

Não poderia deixar de falar do Thyssen-Bornemisza e completar a trinca dos museus considerados os principais pontos turísticos de Madrid.

Administrado pelo governo da Espanha e localizado em no Palácio de Villahermosa, que data o século XVIII, o museu guarda a coleção de obras de arte da família Thyssen-Bornemisza. São quase mil obras de arte, incluindo artistas como Picasso, Salvador Dalí, Van Gogh, Goya, Kandinsky, Rembrandt, Bernini, Caravaggio, entre tantos outros.

Museu Thyssen Bornemisza, Madrid Espanha
Vale a pena fazer uma compra combinada de ingressos com o Museu Thyssen Bornemisza.

Além da exposição permanente, o Museu Thyssen-Bornemisz também conta com exposições temporárias, por isso, não deixe de conferir a programação nos dias em que estiver em Madrid.

Como visitar o Museu Thyssen-Bornemisza?

O Museu Thyssen-Bornemisz funciona nos seguintes horários:

  • Coleção permanente: segunda-feira, das 12h às 16h; de terça a domingo, das 10h às 19h;
  • Coleção temporária: terça a domingo, das 10h às 19h e sábado, das 10h às 22h* (22h dependendo da exposição temporária. Caso contrário, segue o horário até às 19h).

Em datas comemorativas como 1 de janeiro, 1 de maio e 25 de dezembro, o museu fecha as suas portas para visitantes. Já nos dias 24 e 31 de dezembro, o horário é reduzido entre 10h às 15h.

Já os ingressos custam a partir de 13€. Assim como nos outros museus, vale a pena fazer um tour guiado no Museu Thyssen-Bornemisz. Outra possibilidade é garantir a sua entrada na trinca, fazendo uma compra combinada de uma excursão guiada pelos museus do Prado, Reina Sofia e Thyssen-Bornemisza.

4. Palácio Real de Madrid

Se você pensa que só o Reino Unido tem um rei, está enganado. A Espanha é um país de monarquia parlamentarista e tem o Rei Filipe VI como chefe de estado e Palácio Real de Madrid, ou Palácio de Oriente como também é chamado, é a residência oficial do monarca.

Esse é um dos pontos turísticos de Madrid mais visitados, pois além da sua beleza arquitetônica, é o maior de toda a Europa e um Patrimônio Nacional da Espanha. Prepare-se para andar, pois a sua área é de 135 mil quilômetros quadrados com 3.148 quartos e um jardim esplêndido. A construção levou 17 anos para ser concluída.

Palácio Real é um dos pontos turísticos de Madrid mais visitados.
Se der sorte de estar na cidade, não esqueça de ir à Troca da Guarda no Palácio Real

Assim como no Palácio de Buckingham em Londres, no Palácio Real de Madrid também tem a famosa troca da guarda. O evento acontece toda primeira quarta-feira do mês, às 12h e o acesso é gratuito pelo Arco de Santiago (Calle Bailén esquina Requena). Se chover, ela pode acabar sendo cancelada, por isso, vale a pena conferir o site oficial da Guarda Real antes de se deslocar. Nos meses de janeiro, agosto e setembro não há troca de guarda.

Todas as quartas e sábados, das 11h às 14h, também há uma Troca de Guarda, mas essa é bem pequena e singela com apenas 14 soldados e 4 cavalos que revezam a suas posições. Ela é realizada na Puerta del Príncipe, localizada na Calle Bailén. Nada comparada com a grande solenidade da Troca da Guarda que ocorre 1 vez por mês.

Como visitar o Palácio Real de Madrid?

O horário de visitação do Palácio Real de Madrid varia entre a alta e baixa temporada, caracterizada pelo verão e inverno europeu. Confira os horários:

  • Inverno – outubro a março: segunda a sábado, das 10h às 18h e domingos das 10h às 16h, sendo o jardim aberto até às 18h;
  • Verão – abril a setembro segunda a sábado, das 10h às 19h e domingos das 10h às 16h, sendo o jardim aberto até às 18h.

Além disso, há algumas datas em que se encontra fechado: 1 e 6 de janeiro, 1 de maio, 25 e 26 de dezembro. Já os dias 24 e 31 de dezembro, ele fecha as portas às 14h.

Mais de 2 milhões de visitantes por ano passam pelo Palácio Real de Madrid e a entrada custa a partir de 12€. Para evitar filas, você pode comprar o ingresso de acesso rápido antecipadamente. Ou, ainda, como fazer um tour guiado ao Palácio Real.

5. Plaza de Cibeles

Um dos pontos turísticos de Madrid que chamam a sua atenção pela beleza e grandiosidade. Na Plaza de Cibeles você vai encontrar:

  • Fonte Cibeles, a mais linda e famosa da capital espanhola, projetada pelo arquiteto Ventura Rodríguez em 1782;
  • Palácio Cibeles, antigo Palácio das Comunicações e atual sede da prefeitura de Madrid construído em 1919;
  • Palácio Buenavista, sede do exército espanhol e construído em 1977;
  • Palácio Linares, construído em 1900 que abriga a Casa América, instituição de promoção da cultura ibero-americana;
  • Banco de Espanha: que se você é fã de La Casa de Papel ouviu falar dele na terceira temporada. Mas sinto dizer que série não foi filmada no local, mas sim, no Conselho Superior de Investigações Científicas e os Novos Ministérios.

A Plaza Cibeles também é o ponto de encontro nas comemorações de títulos do Real Madrid.

Como visitar o Plaza de Cibeles?

A Plaza de Cibeles fica localizada entre o Paseo del Prado e a Calle Alcalá, mas aconselho entrar no Palácio Cibeles e subir até o mirante no 8º andar, pois a vista lá de cima é linda. Você também pode aproveitar a sua visita no local para beber ou comer algo no bar/restaurante localizado no 6º andar do edifício e conta com um terraço de vidro com uma bela vista para a capital.

Plaza Cibeles é um dos pontos turísticos de Madrid mais bonitos.
Plaza Cibeles é um dos pontos turísticos de Madrid mais bonitos por conta dos seus edifícios

Como é a prefeitura da cidade, você pode entrar no Palácio Cibeles gratuitamente. No entanto, se desejar subir até o mirante, saiba que o horário de visitação é de terça a domingo, das 10h às 14h / 16h as 19h30 e o ingresso custa 3€. A compra é realizada diretamente na bilheteria local.

6. Puerta de Alcalá

Esse é um dos pontos turísticos de Madrid que eu não acho muita graça, mas ainda assim, ele é caracterizado por ser um dos principais e como fica bem pertinho do Parque el Retiro, você vai acabar passando por ela.

A Puerta de Alcalá foi a principal porta de entrada para a então Vila de Madrid. A sua importância histórica é inegável, pois foi o primeiro arco do triunfo construído na Europa depois da queda do Império Romano. Isso mesmo, o primeiro, ou seja, o Arco do Triunfo de Paris, que é o mais famoso de todos, foi construído só depois.

Puerta de Alcalá em Madrid, na Espanha
Puerta de Alcalá é o marco do arco do triunfo na Europa e pode ser visitado a caminho do El Retiro

Porém, vale ressaltar que a Puerta de Alcalá que vemos hoje não é a “original”, pois o Rei Carlos III mandou derrubá-la para depois reconstruí-la na Plaza de la Independencia em 1778.

Como visitar o Puerta de Alcalá?

A Puerta de Alcalá fica localizada no meio da Calle de Alcalá, bem na esquina de uma das entradas do Parque El Retiro.

7. Parque El Retiro

Já que estamos falando da proximidade com a Puerta de Alcalá, vamos a ele: o Parque El Retiro ou Del Retiro, um dos pontos de Madrid mais visitados por turistas e também dos madrilenhos, uma vez que é um dos maiores e mais importantes parques da capital espanhola.

Parque El Retiro, em Madrid, Espanha
Parque El Retiro é o refúgio dos madrilenhos e um ótimo lugar para respirar ar puro

O Parque El Retiro foi construído no século XVII para que o Rei Felipe IV pudesse desfrutar de um bom e relaxante momento de lazer nos seus mais de 125 hectares. Hoje, é um parque público reconhecido como Paisagem Cultural do Patrimônio Mundial da UNESCO e recebe diferentes eventos culturais e atrai a população madrilenha que também gosta de curtir os momentos de lazer e praticar esportes.

Como visitar o Parque El Retiro?

Considero um ótimo lugar para dar aquela descansada das longas caminhadas que costumamos fazer durante uma viagem.

No Parque El Retiro, você pode alugar um barquinho no lago artificial, fazer piquenique, conhecer o Palácio de Cristal construído em 1887 que conta com exposições temporárias, caminhar pelo passeio das da Argentina com um corredor de estátuas dos reis da Espanha.

O horário de visitação varia entre as estações do ano, sendo:

  • Primavera e verão – abril a setembro: 6h às 00h;
  • Outono e inverno – outubro a março: 6h às 22h.

Aconselho ir de manhã ou a tarde. Não vejo muito sentido desfrutar de um parque a noite, exceto se houver algum evento específico. Mas uma boa opção é fazer uma excursão de Segway no Parque El Retiro, assim, você consegue conhecer toda a sua extensão. Afinal, 125 hectares é muita coisa para caminhar a pé!

8. Plaza Mayor

Na nossa oitava posição dos pontos turísticos de Madrid, está a Plaza Mayor, um dos cartões postais da cidade. O coração de Madrid foi projetado em estilo barroco por vários arquitetos, sendo destaque Juan de Herrera e Juan Gómez de Mora que assinam o projeto inicial.

Construída no século XV, a Plaza Mayor recebe esse nome desde o final da Guerra Civil da Espanha é realmente gigante. São 129 metros de comprimento e 94 metros de largura cercada por um edifício de 3 andares.

Plaza Mayor Madrid, Espanha
Sente-se nos restaurantes para aproveita um dos pontos turísticos de Madrid mais impressionantes

No centro da Praça, está a estátua do rei Felipe III, datada em 1616. Também há ali a Casa de la Panadería, que foi a mais importante padaria da cidade e hoje abriga uma loja de souvenirs feitos por artesãos locais; e o Arco de Cuteleiros, a porta de entrada mais famosa para a Plaza Mayor.

Como visitar o Plaza Mayor?

A Playza Mayor é pública e pode ser visitada gratuitamente. Seja de manhã, a tarde ou a noite, vale a pena sentar em um dos vários restaurantes e bares na praça e desfrutar do momento. Além disso, não deixe de entrar na Casa de la Panadería, pois a sua arquitetura é lindíssima!

9. Puerta del Sol

Quem é que vai para Madrid e não passa pela famosa estátua do Urso e o Medronheiro? Mas já adianto que se está pensando em ver uma estátua enorme, você vai se decepcionar. Ela é pequena, bem pequena eu diria.

Puerta del Sol, Madrid, Espanha
Por ser um dos principais pontos turísticos de Madrid, vale ter atenção com os batedores de carteira

Essa estátua fica localizada na Puerta del Sol, a praça mais famosa de Madrid que marca o Quilômetro Zero, ou seja, o início das estradas espanholas e uma das atrações para fotos no Instagram pisando no marco. Nela, também se encontra o Casa dos Correios, que hoje é a sede da Presidência da Comunidade de Madrid.

Como visitar a Puerta del Sol?

É uma praça pública, então pode visitá-la gratuitamente ou também pode tornar a visita mais interessante fazendo excursão guiada de bicicleta por Madrid, no qual o roteiro inclui a Puerta del Sol.

10. Templo de Debod

Já pensou ver um pedacinho do Egito na capital da Espanha? Pois isso é possível se incluir o Templo de Debod no seu roteiro de pontos turísticos de Madrid. Esse templo com mais de 2.200 anos de história foi doado pelo governo egípcio para a Espanha para evitar que o mesmo ficasse inundado após a construção da barragem de Assuão no século XX.

Como visitar o Templo de Debod?

O Templo de Debod foi instalado no Parque do Quartel de Montanha e pode ser visitado gratuitamente de terça a domingo, das 10h às 20h. Sendo que nos dia 1 e 6 de janeiro, 1 de maio, 24,25 e 31 de dezembro ele se encontra fechado.

Templo de Debod é um dos pontos turísticos de Madrid, na Espanha
Templo de Debod é um dos pontos turísticos de Madrid mais incomum dentre os principais

Não deixe de conferir um guia completo com os melhores lugares para comer em Madrid.

Pontos turísticos de Madrid menos comuns

Madrid tem uma infinidade de atrações turísticas e eu teria que passar o dia todo listando elas para você. Certamente, os principais pontos turísticos de Madrid vão entrar no seu roteiro, principalmente se for um viajante de primeira viagem. Além deles, a Gran Vía, também é uma parada obrigatória, principalmente para os amantes das comprinhas.

Agora se você já conhece a capital espanhola e está retornando na cidade, separei outros pontos turísticos de Madrid que podem entrar no roteiro:

  • Passeio pelo Bairro de las Letras;
  • Catedral de Almudena;
  • Biblioteca Nacional da Espanha;
  • Estação Antocha, a das mais bonita de Madrid;
  • Las Ventas, a praça das touradas e museu;
  • Mercado El Rastro, um mercado das pulgas;
  • Museu das Ilusões;
  • Museu Arqueológico de Espanha;
  • Estádio Santiago Bernabéu, o estádio do Real Madrid;
  • Teatro Real.

Outra dica que vale a pena: a cultura das tapas na Espanha é bem viva e Madrid é tem milhares de bares com mais de 100 anos e com ótimas tapas para experimentar. Faça uma excursão a pé para “ir de tapas” e desfrute dessa cultura!

Ficar conectado na Europa nunca foi tão fácil

Com a America Chip você tem internet 4G ilimitada durante toda a viagem. Escolha entre o chip e o eSIM e aproveite a Europa com a melhor conexão a partir de USD 40.

Ver Planos →

Dicas e cuidados para visitar os pontos turísticos de Madrid

Acho que agora não faltam pontos turísticos de Madrid para você incluir no seu roteiro pela capital espanhola. Então, vamos a algumas dicas e cuidados para visitá-los:

  • Aconselho evitar filar e comprar ingresso antecipadamente pelo Get Your Guide;
  • Madrid tem uma excelente rede de metrô, aconselho a utilizá-lo para se locomover pela cidade;
  • Tenha cuidado com os batedores de carteira, especialmente em locais como a Puerta de Sol, Plaza Mayor e a Gran Vía;
  • Separe um dinheiro para fazer compras, Madrid é uma excelente cidade para isso;
  • Esqueça o portunhol. Se não domina o espanhol é melhor falar o português pausadamente;
  • Experimente a gastronomia madrilenha e se delicie com os maravilhosos churros com calda de chocolate;
  • Faça o seu planejamento de quanto custa viajar para Madrid com folga para não faltar dinheiro;
  • Antes de embarcar rumo a Madrid, confira todos os documentos para apresentar na imigração espanhola, pois ela tem fama de ser uma das mais rigorosas.

Prepare sua viagem a Madrid

Agora vamos preparar a sua viagem para Madrid?

Não dá para viajar para Madrid e ter que ficar dependente de Wi-Fi do hotel e restaurantes né? Por isso, vale a pena adquirir um chip internacional. Na America Chip, por exemplo, um chip para 10 dias de viagem custa cerca de USD 56 dólares e é enviado para a sua casa ainda no Brasil.

Com o chip internacional, você pode acessar as redes sociais, aplicativos de mensagem e o mais importante de todos: o aplicativo de mapa para se locomover dentro de Madrid, que por sinal é enorme!

Por último, mas não menos importante, o seguro viagem Europa. Sabia que ele é obrigatório e precisa ter uma cobertura mínima de 30 mil euros para cobrir eventuais despesas médicas e hospitalares (DMH). Portanto, nada de viajar sem a contratação de um, caso contrário, o agente da imigração tem até o poder de barrar a sua entrada e como já falei, a imigração espanhola tem fama de rigorosa.

Você pode fazer uma cotação no Seguros Promo e comparar diferentes planos para encontrar aquele que oferece a melhor proteção para você.

Pontos turísticos de Madrid já estão no roteiro? As dicas e cuidados já foram anotados e os documentos já estão em mãos? Então, boa viagem e aproveita a capital espanhola!