Está com viagem marcada para conhecer a charmosa capital espanhola e quer saber o que fazer em Madrid? A gente sabe que é muita coisa – e é por isso que separamos um roteiro incrível para você que vai passear na cidade e quer aproveitar ao máximo tudo o que Madrid tem a oferecer. Boa leitura!

O que fazer em Madrid?

Madrid é uma cidade imensa que recebe turistas durante o ano todo. E não é à toa: a cidade tem muito a oferecer no quesito atividades e pontos turísticos madrilenhos.

São tantas opções do que fazer que, para quem vai à cidade apenas por alguns dias, pode parecer confuso. Por isso, preparamos três roteiros com muito cuidado para quem vai passar 1, 3 ou 5 dias em Madrid. Confira no mapa:

Ficou curioso? Então, veja na prática o roteiro de Madrid que preparamos:

O que fazer em 1 dia em Madrid?

Vai para a capital da Espanha apenas por um dia e está na dúvida do que fazer em Madrid nesse período curto? Uma dica para aproveitar os passeios ao máximo, é optar pelas atrações que são mais próximas umas das outras, na região central da cidade.

Vale dizer, no entanto, que ainda que as atrações sejam próximas, você provavelmente vai precisar pegar o metrô em algum momento, para se deslocar de um ponto a outro.

As atrações que recomendamos para um roteiro de 1 dia em Madrid são:

  • Um passeio pela imponente Gran Vía, uma das avenidas mais importantes e emblemáticas da cidade;
  • Visitar obras de artistas como Velázquez e Goya em uma das mais importantes pinacotecas do mundo, o Museu do Prado;
  • Fazer um passeio pelo esplêndido Palácio Real e conheça a residência dos monarcas espanhóis;
  • Aproveitar o período da tarde para passear no Parque do Retiro e apreciar seu belíssimo jardim.

Um passeio por essas atrações já vai dar uma noção da grandeza e importância que Madrid tem na história espanhola. Por fim, recomendo finalizar a noite com tapas e uma cerveza – ou cerveja, no bom português – no Barrio de Las letras.

O que fazer em 3 dias em Madrid?

Apesar de o roteiro de 1 dia ser super factível, ele também pode ser estendido para 2 dias de viagem, com pausas mais longas e maior tempo para aproveitar cada atração.

Então, complementando o roteiro de 3 dias em Madrid, recomendamos os seguintes passeios para o terceiro dia:

  • Uma manhã (melhor ainda se for de um domingo) no El Rastro, o mercado mais popular de Madrid. Nele é possível encontrar de tudo: comidas típicas, roupas, artesãos locais, e muitas outras coisas;
  • Desfrutar de um belo almoço em um dos restaurantes da Plaza Mayor, situada no centro histórico da cidade;
  • Durante a tarde, aproveitar para ir conhecer o Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofia e o Museu Thyssen-Bornemisza;

Finalize o dia com um passeio pelo bairro boêmio La Latina, e aproveite para comer (mais) tapas e conhecer melhor a charmosa região.

O que fazer em 5 dias em Madrid?

Como mencionamos no início do artigo, consideramos 5 dias tempo suficiente para conhecer o essencial de Madrid. Portanto, se este é o seu caso, que sorte!

Além das atrações que recomendamos nos dias 1, 2 e 3 da viagem – que também podem ser estendidas para o quarto dia, recomendamos as seguintes atrações para o quarto e o quinto dia de roteiro:

  • Conhecer o impressionante Estádio Santiago Bernabéu, casa de um dos times de futebol mais famosos e aclamados do mundo, o Real Madrid;
  • Escolha um dos dias para fazer o tour das “portas de Madrid” e conheça os portais que demarcavam a entrada na cidade antigamente: Puerta de Alcalá, Puerta de Toledo, Puerta de San Vicente, Puerta de Hierro, Puerta de Filipe IV e Puerta Real;
  • Finalize o dia conhecendo um dos bairros mais cool da cidade: o Chueca, que reúne bares, pubs e discotecas, além de ser uma região bastante amada e frequentada pelo público LGBTQIA+.

E se sobrar tempo, recomendamos fazer um bate e volta de Madrid para conhecer ao menos uma das cidades próximas da capital espanhola. E, claro, deixo aqui minhas sugestões de destinos: Salamanca e Toledo, duas cidades únicas, belíssimas e imperdíveis. Vale a pena!

Quantos dias são suficientes em Madrid?

De maneira geral, considerando um turista que queira visitar o maior número de atrações durante sua estadia no destino, mas sem perder a qualidade do passeio, se atentando aos detalhes da atração, 5 dias são suficientes.

Mas, depende muito do seu objetivo na cidade. Pretende conhecer a fundo os pontos turísticos ou prefere fazer uma visita mais superficial às atrações? Quer conhecer atrações menos óbvias – mas sem deixar de visitar as atrações principais? São pontos importantes que acabam influenciando na resposta para esta pergunta.

O que não pode deixar de conhecer em Madrid?

Responderei à pergunta com duas indicações imperdíveis, uma paga e outra gratuita.

A primeira atração é o Palácio Real de Madrid, justamente pela sua imponência e riqueza em detalhes. Para se ter uma ideia, a construção do palácio se deu a partir da inspiração nos esboços criados por Bernini para a construção do Louvre, em Paris.

Vista frontal do Palácio de Madrid
O Palácio Real é uma das principais atrações da cidade, por isso, recomenda-se comprar ingressos antecipadamente

Ao visitar a atração, prepare para se deparar com obras únicas de Goya, Giordano e Velázquez. Ainda, prepare-se para se encantar com os pitorescos Jardins Reais.

Atenção: não adianta tentar a sorte e deixar para comprar o ingresso para conhecer a atração no dia do seu passeio. Você não vai conseguir, infelizmente. Por isso, recomendo muito que saia do Brasil com o ingresso para o Palácio Real de Madrid comprado para evitar frustrações.

Agora, falando de atrações gratuitas, você não pode deixar Madrid sem antes conhecer o Parque do Retiro. O lugar é considerado o pulmão de Madrid e conta com 125 hectares de área verde. Um respiro em meio a uma cidade com tantas construções históricas.

Casa de vidro nos jardins do Parque do Retiro
O Parque do Retiro é parada obrigatória para quem quer vivenciar Madrid

Vale muito a pena conhecer os jardins do parque e, se der sorte, conseguir alugar uma barca para desfrutar da bela paisagem que o lugar proporciona.

O que fazer a noite em Madrid?

Opções de programações noturnas definitivamente não faltam em Madrid. Para os amantes da vida boêmia e da boa gastronomia, os bairros La Latina, Chueca e Malasaña são uma boa pedida.

A cidade também dispõe de uma ampla agenda teatral, com diversos tipos de espetáculos em grandes espaços, como o Teatro Real, Teatro Lara e o Teatro La Latina.

E, para os amantes da arte e da dança, recomendo ir a um show de Flamenco ao vivo. Recomendo, principalmente, os Tablaos Torres Bermejas e Las Tablas, que oferecem espetáculos de todos os estilos do flamenco e tapas muito saborosos.

Qual a melhor época para conhecer Madrid?

A melhor época é a primavera, quando as temperaturas estão mais amenas, sendo possível curtir o dia e a noite na cidade, sem passar frio ou calor. E sem contar que os jardins do Parque do Retiro ficam belíssimos durante essa estação.

Se você está planejando a sua viagem durante o verão madrilenho, espere encontrar altas temperaturas por lá. E se o verão é quente, o inverno na cidade costuma ser bastante rigoroso, não sendo incomum nevar em Madrid.

O canal Um casal de amigos meu fez um vídeo sobre o verão em Madrid, e você vai querer ver antes de marcar sua viagem:

Mas, se ainda assim quiser conhecer Madrid no verão, saiba o que tem pra fazer na cidade.

O que fazer em Madrid no verão?

Para os amantes do verão, especialmente o europeu, que torna tudo mais leve, agradável e atrativo, Madrid oferece muitas opções do que fazer.

A começar pelos festivais de música ao ar livre na cidade, como o Boombastic Festival que apresenta o melhor da música urbana, e o Paraíso Festival e o Madrid Puro Reggaeton Festival, ambos com diversos artistas mostrando o melhor que há na cena reggaeton da cidade.

Outra coisa a se fazer no verão é aproveitar o pôr do sol nos terraços dos bares e restaurantes da cidade.

Dica: busque por bares em edifícios mais altos para obter uma bela vista panorâmica da cidade. Um bacana que recomendo é o bar do Hotel Riu Plaza España.

O que fazer em Madrid no inverno?

Uma das atrações mais bacanas que ocorre em grande parte das cidades da Europa durante o inverno são as feiras de inverno/fim de ano.

Em Madrid não é diferente e caso esteja por lá durante a estação, recomendo visitar os mercadillos navideños, que contam com gastronomia e artesanatos. Essas feirinhas são gratuitas e acontecem ao ar livre em diversos locais, sendo a Plaza Mayor um espaço bastante tradicional para esses eventos.

Estátua do Filipe III no centro da Plaza Mayor
Durante o inverno, a Plaza Mayor vira palco dos famosos mercadillos navideños

E se você estiver andando nas ruas madrilenhas durante o inverno, há grandes chances de encontrar barracas de comidas e frutos secos, como castanhas assadas, milho cozido e, claro, os famosos churros!

Outra dica do que fazer em Madrid no inverno é abusar das idas aos museus madrilenhos, teatros, tablaos – ou seja, atividades indoor para fugir do frio. E, claro, se gostar, desfrutar de um bom vinho espanhol.

O que fazer além do óbvio em Madrid?

Quer fugir do óbvio e atrações menos conhecidas e frequentadas mais por locais do que turistas? Então já separa um lugar para acrescentar as seguintes atrações no seu roteiro:

  • Passeie pela Calle Ponzano, especialmente se você for amante da alta gastronomia. A rua é famosa por ter diversos restaurantes famosos e alguns deles bastante requintados;
  • Para quem não tem medo de altura, é possível andar no teleférico de Madrid e apreciar os monumentos históricos e áreas verdes com uma visão bastante privilegiada, de cima;
  • Conheça o Palácio de Lira, apelidado de “irmão mais novo do Palácio Real”. A residência abriga obras de muito valor e vale muito a pena conhecê-la;
  • Se você estiver por Madrid em agosto, não deixe de ir vivenciar as chamadas Festas de Agosto, com muita música e artistas locais, que normalmente ocorrem no bairro Chueca.

Anotou todas as dicas e já sabe o que fazer em Madrid? Agora, é só montar o seu roteiro e aproveitar essa cidade encantadora. Boa viagem!