O que fazer em Madrid? Veja o que é imperdível na capital espanhola

Visitar Madrid  / 

Madrid, além de capital do país, é o coração da Espanha. É um destino que reúne tudo o que de melhor tem a cultura e a tradição espanhola. Boa gastronomia, muita arte, monumentos históricos e muita animação. Veja o que fazer em Madrid e por quê a capital espanhola merece sua visita.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Como chegar e o que fazer em Madrid

O centro político, e intelectual, de um país tão cheio de personalidade, pode ser ponto de partida para outras cidades ou pode ser aproveitada por completo.

E por quê chegar via Madrid? Porque, atualmente, são vários os voos diretos saindo de diversos destinos brasileiros.

Tendo como principal porta de chegada o Aeroporto de Barajas, um dos maiores da Europa e do mundo, ainda conta com um metrô de fácil acesso ao centro da cidade.

Companhias aéreas como Air Europa, Latam e Ibéria operam o trecho em voos sem escala saindo de São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Salvador e Recife.

Para facilitar a busca na melhor passagem, sugerimos fazer uma comparação utilizando o comparador do site Kayak. Os viajantes terão acesso aos melhores preços, de acordo com as datas possíveis. Ainda é possível colocar alertas de passagens, para receber sempre a baixa ou o aumento dos preços.

Caso já esteja pela Europa, companhias aéreas de baixo custo como Vueling, Ryanair e EasyJet também opera o trajeto. Dentro da própria Espanha, busque alternativas ferroviárias através da companhia Renfe.

Veja um guia completo sobre Madrid.

O que fazer em Madrid: como se locomover na cidade

Caminhando bastante. Sim, os principais pontos turísticos são facilmente acessados com uma boa caminhada.

Todavia, para distâncias maiores a cidade também conta com um grande sistema de transporte público. Veja os principais:

Metrô

Rápido e eficaz, o metrô de Madrid é um dos melhores meios para se transportar com 13 linhas convencionais, com 301 estações, além de 3 linhas de metrô ligeiro.

Como um bonde, ele conecta o centro às zonas periféricas.

Ônibus

A cidade conta com mais de 10 mil pontos de ônibus. Isso significa que dá para rodar bastante a cidade utilizando esse meio de transporte.

O horário de funcionamento vai das 6 horas da manhã até 23h30. À noite, funcionam as linhas noturnas, que vão desde 23h55 até 5h50, aproximadamente.

Outros meios de transporte em Madrid

Os ônibus turísticos são boas alternativas para percorrer a cidade com paradas estratégicas em vários pontos turísticos.

Madrid oferece o modelo Hop-On Hop-Off e é possível adquirir os bilhetes para 1 ou 2 dias de passeio turístico para 2 circuitos diferentes.

O que fazer em Madrid Gran Vía

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

O que fazer em Madrid? Conheça as principais atrações

Antes de mais nada, é importante saber: os museus em Madrid são alguns dos mais importantes do mundo. Valem a visita e costumam ter filas grandes. Por isso, se organize para comprar ingressos para atrações turísticas online.

Conheça as principais atrações da cidade e inclua na sua lista de o que fazer em Madrid:

1. Plaza Mayor

Um dos principais lugares simbólicos de Madrid, a Plaza Mayor é um dos pontos turísticos da cidade. Próxima ao Palácio Real e da Puerta del Sol, a praça foi desenhada por Juan de Herrera e Juan Gómez de Mora.

Com estilo barroco, o local foi, ao longo da história, um lugar de encontro, anúncios e comemorações de caráter civil.

Com 129 metros de comprimento e 94 metros de largura, ali estão outros pontos da cidade. Entre eles, estão a Estátua de Felipe III, o Arco de Cuteleiros e a Casa da Padaria, o edifício mais importante a ser construído na cidade.

No natal, a Plaza Mayor de Madrid fica cheia de barraquinhas natalinas. Ao redor, restaurantes, bares e cafés fazem uma gostosa combinação com o passeio.

Localização: Plaza Mayor, Madrid
Como chegar: Metrô: Sol, linhas 1, 2 e 3
Horário: todos os dias, 24 horas
Ingresso: gratuito

2. Puerta del Sol

A Plaza Mayor, mesmo sendo bastante conhecida, talvez seja um pouco menos famosa que a Puerta del Sol, considerada o coração da cidade. Foi nela que a segunda república foi proclamada, em 1931.

É aqui que você já encontrará três símbolos conhecidos madrilenhos. O primeiro é Estátua do Urso e do Medronheiro, bem na entrada da Calle Alcalá. Existe desde 1967 e se tornou um dos pontos de encontro da cidade.

O segundo é o Relógio da Casa dos Correios, que emite as badaladas de fim de ano desde 1962. O terceiro símbolo é o Quilômetro Zero, ponto onde começam as estradas radiais espanholas.

Foi na Puerta del Sol que Madrid viveu acontecimentos importantes de sua história, como a proclamação da Segunda República em 1931.

Faça uma excursão a pé guiada de 3 horas, com saída na Puerta del Sol e conheça mais sobre a história da cidade.

Localização: Puerta del Sol, Madrid
Como chegar: Metrô: Sol, linhas 1, 2 e 3
Horário: todos os dias, 24 horas
Ingresso: gratuito

3. Gran Vía

Hoje chamada de Gran Vía, depois de ter recebido outros nomes ao longo de sua história, ela é a avenida mais conhecida de Madrid.

A avenida conecta o bairro de Salamanca com o de Argüelles. Seu projeto de construção durou várias décadas até, finalmente, ser finalizada em 1929.

Nela estão restaurantes, bares, muitos hotéis, lojas da moda e cinemas. Fica bem próximo à Puerta del Sol.

Localização: Gran Vía, Madrid
Como chegar: Metrô: Gran Vía, linhas 1 e 5; Callao, linhas 3 e 5
Horário: todos os dias, 24 horas
Ingresso: gratuito

3. Museu do Prado

Como já comentamos, os museus da cidade de Madrid são alguns dos mais importantes do mundo, e o Museu do Prado talvez seja o mais importante deles.

É visita obrigatória para quem gosta de arte. Inaugurado em 18919, ele guarda coleções de pinturas dos séculos XVI a XIX.

Entre os quadros mais importantes estão “O Cavaleiro da Mão ao Peito“, de El Greco, “Saturno devorando um filho“, de Goya e talvez o maior deles: “As Meninas”, de Velázquez. É imperdível.

As filas para entrada costumam ser longas. Por isso, adquira o ingresso para o Museu do Prado sem fila. A partir de 15,50€, por pessoa.

Veja mais dicas de ingressos para o Museu do Prado.

Localização: Calle de Ruiz de Alarcon, 23, 28014 Madrid
Como chegar: Metrô: Banco de Espanha, linha 2, Atocha, linha 1. Ônibus: 9, 10, 14, 19, 27, 34, 37 e 45
Horário:
De segunda a sábado: das 10h às 20h
Domingos e feriados: das 10h às 19h
Ingresso:
Adultos: 15€
Entrada geral + exemplar do Guia do Prado: 24€
Entrada reduzida: 7,50€
Gratuito: menores de 18 anos, estudantes até 25 anos
A entrada inclui o acesso à coleção e às exposições temporárias

Conheça os melhores museus da Espanha.

4. Plaza de Cibeles

Você provavelmente vai passar por ela algumas vezes enquanto caminha por Madrid. A Plaza de Cibeles, com um monumento em uma fonte de mesmo nome, está localizada bem no centro da cidade.

Considerado um dos espaços mais significativos de Madrid, a Plaza fica entre o cruzamento do Paseo del Prado e da Calle Alcalá.

Ao seu redor, estão alguns dos edifícios mais representativos da cidade, construídos entre o final do século XVIII e início do século XX. São eles: o Palácio de Cibeles, o Palácio de Buenavista, o Banco de Espanha e o Palácio de Linares.

Preste uma atenção especial à Fonte de Cibeles. Desenhada pelo arquiteto Ventura Rodríguez em 1782, ela representa a deusa Cibeles sobre uma carroça puxada por leões. É outro dos símbolos de Madrid e lugar de celebrações.

Localização: Plaza de Cibeles, Madrid
Como chegar: Metrô: Banco de España, linha 2. Ônibus: linhas 1, 2, 9, 10, 15, 20, 34, 51, 52, 53, 74, 146, 202 e 203
Horário: todos os dias, 24 horas
Ingresso: gratuito

5. Templo de Debod

Talvez um dos menos conhecidos pontos históricos de Madrid, o Templo de Debod é considerado um tesouro escondido. Rodeado de jardins, ele fica próximo da Plaza de España, ao lado do Parque del Oeste.

Com mais de 2.200 anos de história, o Templo de Debod veio do Egito como um presente em agradecimento à Espanha ao salvamento dos templos de Núbia.

Inaugurado em 1972, o templo não foi bem cuidado, mas passa por uma conservação feita pela prefeitura da cidade.

A visita ao interior do templo, apesar de não estar 100% conservado, vale a pena e possui 2 andares. Mas relaxar nos jardins é o que mais recomendamos para um grande final de viagem.

Localização: Calle de Ferraz, 1, 28008 Madrid
Como chegar: Metrô: Plaza de España, linhas 3 e 10. Ônibus: 25, 33, 39, 46, 74, 75 e 148
Horário:
De terça a domingo e feriados, das 10h às 20h
Segunda: fechado
Fechado 1º e 6 de janeiro, 1º de maio, 24, 25 e 31 de dezembro
Ingresso: gratuito

6. Museu Reina Sofia

O segundo dos museus mais importantes de Madrid guarda uma verdadeira joia: quadro “Guernica“, de Pablo Picasso. Além dele, o Museu Reina Sofia expõe obras de outros grandes nomes da pintura espanhola, como Salvador Dalí e Joan Miró.

Funcionando no prédio onde antes era o antigo Hospital de San Carlos, um edifício do final do século XVIII, a coleção do Museu Nacional Centro de Arte Reina Sofía dá seguimento aos do Museu Del Prado, com obras produzidas a partir de 1881.

Se for visitar mais de dois museus, veja o Bilhete Madrid Art Walk, com os 3 principais da cidade: Museus Prado, Reina Sofia e Thyssen. A partir de 30,40€, por pessoa.

Também é possível fazer um tour particular no Museu Reina Sofia, sem filas e com um guia especialista em história da arte.

Localização: Calle de Santa Isabel, 52, 28012 Madrid
Como chegar: Metrô: Atocha, linha 1
Horário:
Segundas, quartas, quintas, sextas e sábados: das 10h às 21h
Domingos: das 10h às 19h (a partir das 14h15, apenas a Coleção 1 está aberta)
Fechado: às terças e nos dias 1 e 6 de janeiro, 2 e 16 de maio, 9 de novembro, 24, 25 e 31 de dezembro
Ingresso:
Entrada geral: 10€
Estudantes, carnê jovem, menores de 18 anos e maiores de 65 anos: entrada gratuita
Entrada gratuita:
Segundas, das 19h às 2h
De quinta a sábado, das 19h às 21h
Domingos, das 13h30 às 19h

7. Museu Thyssen-Bornemisza

E o terceiro espaço de arte que completa a tríade de museus mais importantes de Madrid é o Museu Thyssen-Bornemisza, que complementa as coleções dos outros dois: Prado e Reina Sofia.

As obras pertenciam a dois barões da família Thyssen-Bornemisza e foram adquiridos pelo país em 1993. As cerca de mil obras estão espalhadas ao longo de 3 andares em um edifício que é uma obra de arte a parte. O museu fica no Palácio de Villahermosa, construído no século XVIII.

Entre os artistas expostos, estão Van Eyck, Van Gogh, Caravaggio e Edvard Munch. O Thyssen-Bornemisza próximo ao Museu do Prado e pode ser uma boa dobradinha se você quiser passar o dia entre museus.

Compre os ingressos antecipados para o Museu Thyssen-Bornemisza. A partir de 13€, por pessoa.

Localização: Paseo del Prado, 8, 28014 Madrid
Como chegar: Metrô: Banco de España, linha 2
Horário:
Segundas: das 12h às 16h
De terça a domingo: das 10h às 19h
Ingresso:
Adultos: 13€
Maiores de 65 anos e estudantes: 9€
Menores de 12 anos e desempregados: entrada gratuita
Segunda das 12:00 às 16:00 horas: entrada gratuita

8. Palácio Real de Madrid

Quer conhecer como viviam as famílias reais espanholas? Visite o Palácio Real de Madrid. Projetado e decorado por arquitetos italianos e artistas franceses, seus mais de 3 mil cômodos hoje são utilizados para recepções, cerimônias e atos oficiais.

Antes residência da monarquia, atualmente está aberto a visitação de turistas. Os atuais reis da Espanha moram, hoje, no Palácio da Zarzuela.

O Palácio Real começou a ser construído em 1738 e só ficou pronto 17 anos depois. A visita inclui ver os salões oficiais, o Arsenal Real e a Farmácia Real.

Você ainda pode ver a Troca da Guarda, todas as quartas-feiras, de outubro a julho, às 11 horas da manhã.

Faça uma visita guiada ao Palácio Real e conheça todos os detalhes da atração. A partir de 34€, por pessoa.

Se preferir, escolha o ingresso com acesso antecipado e sem fila.

Localização: Calle de Bailén, s/n, 28071 Madrid
Como chegar: Metrô: Ópera, linhas 2 e 5. Ônibus: 3, 25, 39 e 148
Horário:
Outubro a março: diariamente, das 10h às 18h
Abril a setembro: diariamente, das 10h às 20h
Ingresso:
Adultos: 11€. (Visita guiada 14€)
Estudantes, carnê jovem, maiores de 65 anos e menores de 16 anos: 6€

9. Puerta de Alcalá

A Puerta de Alcalá é mais um dos grandes símbolos de Madrid, e um dos mais representativos quando se pensa na cidade.

Localizado no início da Calle Alcalá, na Plaza de la Independencia, está próximo à Plaza de Cibeles e ao Parque El Retiro.

A Puerta de Alcalá foi inaugurada em 1778 pelo arquiteto italiano Francesco Sabatini. Seu nome se dá por conta de sua origem: a Alcalá foi uma das cinco portas que davam acesso à Vila de Madrid, tornando-se praça em 1889.

Localização: Plaza de la Independencia, s/n, 28001 Madrid
Como chegar: Metrô: Retiro, linha 2
Horário: todos os dias, 24 horas
Ingresso: gratuito

O que fazer em Madrid Parque del Retiro

10. Parque El Retiro

Um dos principais espaços verdes de Madrid, o Parque do Retiro é o mais importante da capital espanhola. Aberto ao público em 1868, é local parte da história, e visto pelos moradores com o pulmão de Madrid, e cheio de passeios e atividades.

Em dias de sol, costuma ficar cheio de locais e de turistas. Foi construído na metade do século XVII para desfrute do rei Felipe IV.

Hoje, com seu lago artificial dentro do parque, é possível alugar barquinhos com remos e fazer passeios, aproveitando o bom clima.

Lá dentro, ainda estão o Monumento a Alfonso XII, o Passeio das Estátuas, com diversos reis da Espanha, e o Palácio de Cristal.

Para quem está na cidade com crianças, é um passeio bastante recomendado. Ou para um passeio ecológico de bicicleta, que ainda inclui uma volta pelo bairro literário.

Localização: Plaza de la Independencia, 7, 28001 Madrid
Como chegar: Metrô: Retiro, linha 2. Ônibus: linhas 1, 2, 15, 19, 20, 26, 28, 51, 52, 61, 63, 68, 74 e 146
Horário:
Outubro a março: diariamente, das 6h às 22h
Abril a setembro: diariamente, das 6h às 24h
Ingresso: gratuito

11. Estádio Santiago Bernabéu

O Estádio Santiago Bernabéu é o grande estádio do clube Real Madrid, um dos principais da cidade e da Espanha. Inaugurado em 1947, ele recebe hoje mais de 1 milhão de visitantes por ano.

Para os amantes de futebol, é possível fazer um tour por Bernabéu e conhecer todos os cantos do estádio, incluindo o palco presidencial, os vestiários, os bancos de reservas e, claro, pisar no gramado. Uma exposição de objetos e troféus conta sua história.

Tem, também, uma seção interativa, onde é possível ver e reviver alguns dos momentos mais emocionantes do Real Madrid.

Faça uma excursão no Estádio Santiago Bernabéu com acesso direto.

Localização: Av. de Concha Espina, 1, 28036 Madrid
Como chegar: Metrô: Santiago Bernabéu (linha 10). Ônibus: linhas 14, 27, 40, 43, 120, 126, 147 e 150
Horário:
De segunda a sábado: das 10h às 19h
Domingos e feriados: das 10h30 às 18h30
Os horários podem mudar em dias de jogos
Ingresso:
Adultos: 25€ (118,4R$)
Crianças de 5 a 14 anos: 18€ (85,2R$)
Menores de 5 anos: entrada gratuita
Ingressos e calendários para assistir os jogos, veja o site oficial do Real Madrid

Você também pode visitar o Estádio do Atlético de Madrid.

12. Plaza del Callao

Quer uma praça animada? Visite a Plaza del Callao. Próxima à Gran Vía, a praça foi construída entre a rua Preciados e a maior avenida da cidade e hoje é um dos lugares mais frequentados de Madrid.

De lá, ainda observe edifícios históricos como o Palácio da Imprensa, de 1928, o Edifício Carrión, de 1933, e o Cinemas Callao de Madrid, que datam de 1927.

Localização: Plaza del Callao, Madrid
Como chegar: Metrô: linhas 3 e 5
Horário: todos os dias, 24 horas
Ingresso: gratuito

13. Real Jardim Botânico

Outro espaço verde de enorme beleza na cidade é o Real Jardim Botânico de Madrid. Fundado em Manzanares em 1755, ele foi levado para o local atual, que fica junto ao antigo Museu de Ciências Naturais. Hoje, o Museu do Prado.

O Real Jardim Botânico conta com mais de 5 mil espécies de plantas. Muitas delas acumuladas nas diversas expedições científicas feitas ao longo da Europa. O jardim é, hoje, um dos mais importantes jardins botânicos de toda a Europa.

Após ter passado por décadas de abandono, ele foi declarado Jardim Artístico e Monumento Nacional e tem, hoje, quatro andares escalonados, por onde se distribuem diferentes espécies de vegetação.

Localização: Plaza de Murillo, 2, 28014 Madrid
Como chegar: Metrô: Atocha (linha 1) e Banco de España (linha 2). Ônibus: linhas 1, 2, 3, 4, 5, 6, 9, 10, 14, 15, 19, 20, 26, 27, 32, 34, 37, 45, 51, 52, 53, 59, 85, 86, 202, C1 e C2
Horário:
De novembro a fevereiro, das 10h às 18h
De maio a agosto: das 10h às 21h
Março e outubro: das 10h às 19h
Abril e setembro: das 10h às 20h
Ingresso:
Adultos: 4€
Estudantes: 2€
Menores de 10 anos: entrada gratuita

Conheça algumas das principais festas espanholas e quando acontecem.

14. Estação Atocha

Você passará por ela, tanto de metrô, como caminhando pelas ruas ou, até mesmo, para entrar em um trem com destino a outra cidade espanhola.

A Estação de Atocha foi inaugurada em 1851, sendo a primeira estação de trem da capital.

Além de bonita, depois de ter sido remodelada e ampliada, ela tem uma história importante: sofreu um incêndio em 1888 e um atentado com bombas em 2004. Um monumento na estação foi feito em homenagem às vítimas do atentado.

Localização: Calle del Gral. Lacy, 9, 28045 Madrid
Como chegar: Metrô: Atocha Renfe, linha 1 (azul claro). Ônibus: 47, 55, 19, 85, 10, 24, 57, 102 e C
Horário: De 05h a 01 hora. Venda de passagens para o mesmo dia, todos os dias, das 5h30 às 22h30
Ingresso: Gratuito para a área externa da estação. Se quiser entrar no metrô, é necessário ter um bilhete

15. Zoom Aquarium de Madrid

E se tiver com crianças, outro passeio imperdível na sua lista de o que fazer em Madrid é conhecer o Zoom Aquarium, um dos zoológicos mais antigos do mundo.

Antes localizado no Parque do Retiro, em 1770, o Zoom Aquarium de Madrid hoje é um espaço de exibição de animais trazidos de diversas partes do planeta. Entre eles estão golfinhos, leões marinhos, aves exóticas e de rapinas.

Localização: Casa de Campo, s/n, 28011 Madrid
Como chegar: Metrô: Casa de Campo, linha 10. Ônibus: linha 33
Horário: os horários mudam de acordo com a época do ano. Confira o calendário no site oficial para saber o funcionamento na data da sua viagem
Ingresso:
Adultos: 21,60€ (online) ou 24€ (bilheteria)
Crianças de 3 a 7 anos e maiores de 65 anos: 18,15€ (online) ou 19,50€ (bilheteria)
Menores de 3 anos: entrada gratuita

O que fazer em Madrid Puerta de Alcalá

Mercados em Madrid: conheça os 7 principais da capital espanhola.

Quando visitar Madrid?

Madrid pode ser visitada a qualquer época do ano. No entanto, se você não curte frio, evite o inverno por ser a época com temperaturas mais geladas. Os meses mais chuvosos são abril, maio, novembro e dezembro.

No verão, a cidade costuma ficar mais cheia e agitada. A partir de junho, os termômetros começam a subir, chegando a 30ºC, ou mais. A melhor época para ir à cidade, portanto, seria nas meias estações, primavera e outono.

Maio e junho são os melhores meses, para quem prefere o calor. E outubro e novembro para quem está mais para o frio.

Confira detalhes de quanto custa viajar para Madrid.

O que fazer em Madrid: veja algumas dicas locais

Algumas das tradições espanholas são bem vivas e vividas na cidade de Madrid. Uma delas, por exemplo, é a famosa sesta (ou siesta, como lá se chama).

Em alguns lugares da cidade, você pode notar que estabelecimentos comerciais estarão fechados entre 14h e 17h para descansar. Alguns ainda voltam a abrir um pouco mais cedo, às 16h. O motivo? O descanso do almoço.

Os lugares mais turísticos, todavia, funcionam normalmente, assim como farmácias e lojas. Como os restaurantes ficam abertos, pare para um almoço prolongado, aproveite a gastronomia local e um bom vinho espanhol.

Outra dica é ter cuidado com os batedores de carteira. Eles estão presentes em grandes cidades do mundo, mas em Madrid costumam ficar em locais estratégicos, principalmente os frequentados por turistas.

A última dica é de economia: se quiser pagar menos nas atrações, o cartão Cartão iVenture Madrid dá acesso a museus, excursões, tours e shows na cidade. Você escolhe de 3 a 5 atividades, em uma lista de 27 atrações.

Planejando sua viagem para Madrid, na Espanha

Vale a pena avisar que para entrar em qualquer cidade da Espanha é obrigatório ter um seguro viagem em mãos. O país faz parte do Tratado de Schengen, que exige um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros.

Então, inclua no planejamento do planejamento um bom seguro viagem Espanha. Sugerimos que você confira os valores no nosso comparador de seguro viagem e escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade.

Nossos leitores ainda ganham desconto. Para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICASTURISMO (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%). Vale tanto para compras no nosso comparador, como diretamente no site do Seguros Promo.

Boa viagem!

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.