Planejar uma visita à Itália sem pensar em comida é quase impossível! E se no roteiro estiver incluído Bolonha, largue a dieta por alguns dias. Então, prepare-se para descobrir onde comer em Bolonha.

Explore das clássicas massas e mortadelas, até os modernos restaurantes veganos. Opções para todo mundo ficar feliz na terra da bolonhesa. Vem comigo fazer sua listinha!

Onde comer em Bolonha?

Saber onde comer em Bolonha é ingressar num misto de memória afetiva e sabores inéditos. Afinal, quem não quer provar os pratos que deram origem às receitas mais icônicas e populares levadas ao Brasil, não é mesmo? Como o tagliatelle al ragù (o nosso macarrão à bolonhesa), por exemplo.

Além das igrejas, torres medievais, história, riqueza cultural e uma série de adjetivos que a enaltecem, Bolonha demonstra seu amor aos visitantes com a gastronomia. E quanto amor!

Você vai perceber isso ao passear pelos “corredores” e praças da cidade, também apelidada carinhosamente por la dotta (a culta), la rossa (a vermelha) e “la grassa” (a gorda). Assim, naturalmente, a cada passo sentirá um novo aroma de comida fresca e uma vontade de experimentar.

Visitar um dos melhores destinos gastronômicos da Europa é delicioso. E com tanta variedade, uma ajudinha cairá bem. Logo, me acompanhe, pois vou te mostrar opções que vão facilitar na hora de criar seu roteiro.

Onde comer barato em Bolonha?

Para comer barato em Bolonha, você não vai precisar se deslocar por longas distâncias. Assim, confira algumas opções para conhecer quando estiver por lá.

1. Indegno – La crescentina 2.0

É evidente que você precisa experimentar o crescentine fritte. E para isso, vá ao Indegro! Isso porque, o cardápio oferece opções de 2€ a 15€.

Outro ponto é que o local é “take away”. Por isso, é uma alternativa tanto para os apressados que desejam somente levar a comida, como para quem prefere comer tranquilo aproveitando os monumentos ao redor.

Restaurantes na região central de Bolonha, Itália
Bolonha oferece opções para comer barato sem precisar sair do centro da cidade

Está localizado em 3 endereços: na Via S. Vitale, n°62/B, a poucos passos dos pontos turísticos centrais, na Via del Pratello, n°84/A, famosa pela vida noturna, e na Via Mascarella, n°5/B, no meio da cidade universitária. No site do restaurante você confere os horários de atendimento, vê fotos, explicações detalhadas sobre o cardápio e até dicas de onde saborear seu lanche.

O Indegno é a 10ª melhor comida de rua da Itália, de acordo com o guia 50 Top Italy. E tem mais, é campeão regional da Emília Romanha do Guia de Comida de Rua 2024, prêmio recebido pelo portal Gambero Rosso.

2. Las Piadina

Las Piadina é especialista nesse produto histórico da região norte da Itália: a piadina. Por isso, também é uma ótima pedida! Está situada na Via Augusto Murri n°20/D, a 1,4km da Piazza Santo Stefano.

Seus preços giram em torno de 7€ a 15€ e tem uma variedade grande de sabores. Entre propostas fixas e sazonais, ainda oferece muitas opções vegetarianas. Tudo preparado na hora.

Las Piadina abre de segunda a sexta-feira das 12h às 14h30 e das 19h às 21h30. Aos sábados só atende no almoço e no domingo está fechado. É bem comum ter filas, mas vale a pena. Afinal, é um mix de tradição e custo-benefício.

3. Il Portico di San Donato

O Portico di San Donato está localizado a 450m da Pinacoteca Nacional de Bolonha, na via San Donato, n°18. Com uma atmosfera estilo pub, a pizzaria tem valores entre 7€ e 16€.

As massas das pizzas passam por fermentação de 72 horas, por isso, são crocantes por fora e macias por dentro. Conta com receitas tradicionais, vegetarianas e também veganas. Além disso, você consegue conferir todas as opções de sabores disponíveis pelo site. E as fotos são de dar água na boca!

O atendimento é de terça a sexta-feira das 9h30 às 15h e das 18h às 23h. Aos sábados e domingos, das 11h às 15h e das 18h às 23h. Ele também possui mesas em ambiente externo.

4. Trattoria Anna Maria

A Trattoria Anna Maria está localizada na Via Delle Belle Arti, n°17/A, a 4 minutos a pé do Teatro Municipal de Bolonha. Os valores dos pratos variam de 10€ a 15€ e muitos dizem ter o melhor ragu da cidade.

Tradicional na culinária bolonhesa, é especializada em massas e tem várias opções vegetarianas. Funciona no almoço das 12h30 às 15h, e no jantar, das 19h30 às 23h. Nas segundas-feiras o restaurante não atende. Se preferir, pode reservar mesa.

Uma curiosidade interessante é que a histórica Trattoria já recebeu um prêmio de cinema. Isso porque foi tema de um curta-metragem, do cineasta Paolo Muran. A própria Anna Maria e seus colaboradores são protagonistas do filme “Anna Maria: tagliatelle e buonanotte al secchio”. Certamente, é mais um bom motivo para conhecer o lugar!

4. Ristorante Grassilli

A poucos passos das Duas Torres de Bolonha está o Ristorante Grassilli, na Via dal Luzzo, n°3/D. Além da ótima localização, tem um cardápio que passeia por toda região norte da Itália. Visto que é bastante conhecido pela sua massa Passatelli e, na opinião de alguns amigos, também tem o melhor tagliatelle à bolonhesa.

Uma refeição no Ristorante Grassili varia de 13€ a 18€ e seu horário de funcionamento é das 12h30 às 14h30 e das 19h30 às 22h30. Contudo, às quartas-feiras e domingos não abre.

O lugar tem mesas ao ar livre e é super aconchegante. Porém, por estar numa região bem central, é indicado reservar mesa. Para isso, você pode ligar para +39 051 222961, ou colocar seu nome na lista de espera ao chegar no restaurante.

Melhores lugares para comer em Bolonha

Das autênticas trattorias aos elegantes e modernos restaurantes, veja a lista dos lugares mais recomendados em Bolonha, o paraíso da boa comida. Descubra os sabores bolonheses tradicionais e experiências gastronômicas memoráveis!

1. Ristorante Enoteca Affumico

A pouco mais de 1 km da Porta Maggiore, na Via Giuseppe Mazzini, n°107/B, está o Ristorante Enoteca Affumico. O cardápio varia de 15€ a 40€, e é repleto de criatividade. Um dos motivos é que, pelo menos um dos ingredientes presentes em cada prato passa pelo processo de defumação.

Dessa forma, o restaurante tem a proposta de dar um toque de modernidade às receitas tradicionais. É um local pequeno e acolhedor que oferece peixes, carnes, molhos artesanais, sobremesas e até sanduíches. Ah, e ainda oferece uma seleção de vinhos típicos da região. Você pode encontrar tudo no site. Garanto que vai ficar com mais vontade de provar!

É aberto de terça a sexta-feira, das 12h às 14h30 e das 19h às 22h30. Aos sábados e domingos, funciona apenas à noite. Ficou curioso? Então, reserve uma mesa. Para isso, entre em contato em +39 051 484 6580.

2. Ristorante I Carracci

Dentro do fabuloso Grand Hotel Majestic, na Via Alessandro Manzoni n°2, está o Restaurante I Carrici, a 300m da Piazza Maggiore. O restaurante é um verdadeiro monumento e seus preços variam de 25€ a 120€. São pratos e menus de alta gastronomia, e ainda, roteiros de degustação, inclusive vegetarianos, veganos e sem glúten.

Além de servir o melhor da cozinha tradicional da Emília Romanha, o lugar está imerso por arte. A começar pelo teto que é inteiramente pintado por afrescos. Aliás, acredita-se que essas pinturas sejam da escola dos irmãos Carracci, que dá nome ao restaurante. O ambiente elegante e intimista funciona todos os dias, das 12h30 às 14:30 e das 19h30 às 22h30, no coração da cidade.

O Restaurante I Carracci é avaliado no Guia Vermelho Michelin 2024 e atende, tanto hóspedes do Grand Hotel Majestic, como clientes externos. Logo, se quer uma experiência única, faça uma reserva pelo site do restaurante.

3. Trattoria Del Rosso

Em primeiro lugar, é importante dizer: se é amante de lasanha, a Trattoria Del Rosso é parada obrigatória!

Localizada na Via Augusto Righi, n°30, a poucos passos da charmosa La Piccola Venezia, está esse lugar simples, porém encantador.

Fachada de trattoria, na Itália
As trattorias tradicionais são conhecidas pelas massas frescas e comida em abundância

É um restaurante familiar e tradicional com refeições que variam de 12€ a 30€. Além disso, são pratos muito bem servidos. E ainda tem as sobremesas que mudam conforme o dia. Assim, se der sorte, prove a panacota!

A Trattoria funciona todos os dias, das 12h às 15h e das 19h às 22h, porém aos domingos não abre para o jantar.

4. Antica Salsamenteria Tamburini

A Tamburini é um local típico de Bolonha. A poucos passos da Piazza Maggiore, na Via Caprarie, n°1, a salumeria é quase um ponto turístico de tão tradicional.

Fundada em 1932, é uma loja em que você pode experimentar aperitivos, embutidos e frios, como a mortadela bolonhesa. E ainda, queijos, massas, molhos, doces e vinhos típicos da região, como o Lambrusco e o Pignoletto. De acordo com as avaliações, o preço varia de 5€ a 30€. E claro, tudo vai depender do tipo e da quantidade de produtos que você escolher.

É uma ótima opção para quem quer conhecer a gastronomia de Bolonha. Mas chegue cedo, visto que o local costuma ficar lotado, especialmente no horário do almoço. Mas não se preocupe porque a Tamburini funciona todos os dias. Então, programe-se!

Os horários de atendimento são de segunda a quinta-feira das 9h às 20h, sexta e sábado das 9h às 23h e no domingo, das 10h às 22h.

5. Trattoria Da Vito

Um pouco mais afastada do burburinho, você encontra a Trattoria Da Vito. Ela fica na Via Mario Musolesi, n°9, a 10 minutos a pé da Porta San Vitale e a 20 minutos do centro. Caso esteja de carro, há estacionamento gratuito próximo.

É muito frequentada por moradores e alguns turistas. Portanto, é um lugar mais rústico e bem caloroso. Uma refeição completa com entrada, prato principal e sobremesa varia entre 20€ e 30€, mas a média por prato é de 9€.

Também oferece opções vegetarianas e serve um tiramisu que dizem ser dos deuses! A Trattoria funciona no almoço das 12h às 15h, e no jantar das 19h30 às 23h. Contudo, não abre às terças-feiras.

Além de ser recheada de pratos tradicionais, a Trattoria da Vito é também ponto de encontro de artistas e cantores locais. Dessa forma, ao colocá-la no seu roteiro, vai encontrar comida, diversão e arte.

Melhores restaurantes vegetarianos e veganos em Bolonha

Você não terá dificuldades para comer em Bolonha se preferir uma dieta sem carne. Isso porque, no geral, os primi piatti, os primeiros pratos principais dos menus, já oferecem opções sem a proteína.

Entretanto, a cidade também tem alternativas seguras e exclusivamente dedicadas à alimentação vegetariana e vegana. Veja a seleção dos lugares melhor avaliados para não errar na hora da escolha.

1. Botanica Lab Cucina

Para comer uma comida natural e sem proteína animal, você não precisa se deslocar muito no centro de Bolonha. Isso porque, a 3 minutos de caminhada da Piazza Maggiore, está o Botanica Lab Cucina, na Via del Battibecco n°4/C.

O restaurante moderno e saudável, oferece pratos que variam de 12€ a 15€. O Botanica Lab trabalha com ingredientes locais e orgânicos e tem uma loja de produtos veganos. Além de cervejas, vinhos e drinks para consumir no local. Está aberto de terças-feiras a domingos, das 12h30 às 15h e das 19h30 às 22h.

No site do Botanica Lab você pode ver o cardápio, encontrar cursos e também fazer reserva de mesa.

2. Cuoco di Latta

Se você procura um lugar mais exclusivo, precisa conhecer o Cuoco di Latta. A cerca de 15 minutos de carro do centro de Bolonha, o restaurante vegano está na Via Luca Marenzio, n°1.

O Cuoco di Latta tem um espaço elegante e utiliza apenas produtos de origem vegetal, sem aditivos ou conservantes nas criações. Do mesmo modo, tem um menu variado com preços de 20€ a 60€.

O restaurante funciona no almoço e jantar, das 12h30 às 14h30 e das 19h30 às 22h30, mas não abre às terças-feiras. Logo, reserve sua mesa pelo site.

3. Missfagiola Green Lab

Entre o Palazzo Pallavicini e a Porta San Felice, está o Missfagiola Green Lab, na Via San Felice n°116/B. O simpático café vegano muda seu cardápio a cada mês. No entanto, seus preços giram em torno de 5€ a 15€.

O pequeno e agradável espaço abre de segunda a sexta-feira, das 12h às 16h. Ele dispõe de sucos, lanches, saladas e pratos especiais que variam conforme a estação. É ainda muito famoso pela sua cheesecake vegana.

A produção dos itens é artesanal e limitada. Por isso, não deixe para ir próximo ao horário de fechar. Dessa forma, você garante uma variedade maior de produtos para experimentar.

4. Zenzero Ristorante Bistrot

A poucos passos do MAMbo – Museo de Arte Moderna de Bolonha, fica o Zenzero Ristorante Bistrot, na Via Fratelli Rosselli, n°18. Um restaurante vegetariano que tem opções veganas, sem glúten e sem lactose, além de uma carta de vinhos para acompanhar.

O Zenzero propõe um menu diferente todos os dias no almoço e seu preço médio é de 10€. Já no jantar, o cardápio é fixo e preço fica em torno de 15€. São pratos da cozinha italiana e internacional, sempre com ingredientes frescos e sazonais, por isso surpreende os clientes com novas opções, diariamente.

De terças a sextas-feiras, o restaurante atende das 12h30 às 15h e das 19h30 às 22h30. Às segundas-feiras só atende no almoço e aos sábados apenas abre para o jantar. Aos domingos o local está fechado.

Você pode descobrir o menu do dia no site da empresa ou esperar ser surpreendido ao chegar lá. No entanto, é aconselhável reservar mesa com antecedência pelo telefone +39 051 587 7026.

5. Uno Caffé Olistico

O vegetariano Uno Caffé Olistico fica a 500m das Duas Torres de Bolonha, na Via Guglielmo Oberdan, n°27A.

Do café da manhã ao jantar, lá você encontra opções para as mais variadas necessidades alimentares. Tudo isso, por um preço médio de 13€. Além disso, oferece produtos, tratamentos e terapias para quem busca bem-estar.

O espaço está aberto todos os dias a partir das 9h, o encerramento varia de 18h aos domingos, às 23h nas quintas-feiras.

Degustação e experiências gastronômicas em Bolonha

Em Bolonha, é muito comum encontrar passeios turísticos com tours de degustação e experiências gastronômicas.

Em meio a tanta opção, a Civitatis e o GetYourGuide tem excelentes propostas. Confira na tabela adiante algumas bem interessantes:

Atividade Valor por adulto (a partir de)
Passeio gastronômico a pé, com almoço ou jantar, e guia local 79€
Tour a pé com degustação de queijos, vinhos, vinagre e doce típico 75€
Passeio no ônibus de turismo e degustação de produtos locais 35€
Tour gastronômico sabores e tradições com visita ao Mercado local 79€
Aula particular de culinária de massas e tiramissu 145€
Tour particular à fabrica de Parmigiano Regiano, vinagre e adega com degustação de produtos e almoço 279€
Aula de culinária bolonhesa com chef de cozinha em mercearia central  109,03€
Excursão gastronômica secreta de 3 horas  91,50€

Meu restaurante favorito em Bolonha!

Meu restaurante favorito em Bolonha é o Ristorante da Cesarina que está praticamente em frente ao Santuário de Santo Stefano e o complexo de Le 7 Chiese. Mesmo que a localização seja um ponto positivo para muita gente, para mim o que valeu foi o cardápio. Situado na Via Santo Stefano, n°19/B, o local tem pratos que vão de 13€ a 30€. E a média para uma refeição completa é de 60€.

É comum alguns visitantes se aventurarem por todo delicioso trajeto do menu: antipasti (entrada), primi piatti (primeiro prato), secondi piatti (segundo prato), dolce (sobremesa) e o caffè (o cafezinho, nosso velho conhecido). E comer a comida tradicional na Itália é sempre esperar por muita fartura.

Entretanto, não vai ser um pecado se você pedir apenas uma das refeições de todo um cardápio. Eu, por exemplo, geralmente ficava satisfeita com apenas uma das opções principais oferecidas. Assim, com sorte, me sobrava um espaço para um docinho!

Foi o caso da Cesarina, que me ganhou logo na entrada com a Fantasia di Carciofi. Uma seleção de diferentes pratos de alcachofras, cada um, com uma textura diferente. Foi o suficiente para manter o espaço seguro da sobremesa: o Semifreddo al pistacchio. Que é até difícil de explicar (e me perdoem os especialistas), mas para o meu paladar, defino como um “sorvete aveludado”. Uma espécie de merengue com sabor de pistache (meu favorito).

Outro destaque é para a Cotoletta alla Bolognese, uma costeleta de vitela envolta em queijo e pão ralado, frita e coberta com presunto e queijo Parma. Esse foi o pedido de um amigo, e segundo ele, foi uma das melhores coisas que provou na vida! Dessa forma, alimento sua curiosidade de ir lá experimentar, ok?

Além da tradicional cozinha bolonhesa, Ristorante da Cesarina tem muitas opções para vegetarianos, veganos e intolerantes a glúten.

Ele funciona todos os dias, para almoço e jantar, das 12h15 às 14h30 e das 19h15 às 22h30. Mas reserve mesa, pois as filas são grandes. A notícia boa é que é possível reservar pelo site, onde também consegue conferir o menu. Se preferir, pode ligar ou colocar seu nome na lista de espera ao chegar no restaurante. Enquanto aguarda, pode passear nos pontos turísticos ao redor. Depois, é só voltar e aproveitar. Buon appetito!

Ficar conectado na Europa nunca foi tão fácil

Com a America Chip você tem internet 4G ilimitada durante toda a viagem. Escolha entre o chip e o eSIM e aproveite a Europa com a melhor conexão a partir de USD 40.

Ver Planos →

O que saber antes de sair para comer em Bolonha

Primeiramente, antes de sair para comer em Bolonha é importante saber que, ao chegar em um restaurante, espere o garçom te recepcionar. Mesmo que no Brasil seja comum chegar e sentar, na Itália é diferente. Então, ainda que o espaço esteja vazio, espere. Em seguida, o atendente perguntará de quantos lugares você precisa e te acomodará na mesa preparada para sua refeição.

Em segundo lugar, leve a sério as reservas de mesa e não se atrase. Elas podem ser feitas antecipadamente por telefone, ou você através da lista de espera, ao chegar ao restaurante. No geral, é de bom tom fazê-las. Os italianos que trabalham com atendimento alimentar se preparam para lhe receber e lhe proporcionar uma grande experiência. Principalmente em cidades turísticas, como Bolonha. É como uma engrenagem que precisa funcionar do começo ao fim para fluir.

Outro ponto importante é o coperto. Essa é uma taxa que os estabelecimentos cobram para comer no local. Cada restaurante aplica preços diferentes, mas no geral, são de 2€ a 5€ por pessoa. Geralmente, o valor estará descrito na primeira página do menu, dessa forma, você já consegue calcular na hora de pagar a conta.

Você vai perceber também que muitos lugares têm variações de preços para almoço e jantar. Assim como mudanças no cardápio. Isso acontece porque no jantar as pessoas costumam ficar mais horas no local. Aproveitam para relaxar, conversar, beber e passar tempo de qualidade enquanto apreciam a refeição. É o horário nobre do restaurante.

Portanto, descobrir se o lugar escolhido sofre alteração pode garantir mais economia na sua conta, caso seu orçamento esteja apertado.

Pessoas nas mesas ao ar livre em restaurantes, na Itália
O coperto é uma taxa de serviço aplicada pelo restaurante para consumir no lugar, diferente da gorjeta, que é opcional

Naturalmente é chegada a hora tão aguardada: comer! Você senta, recebe o cardápio, mas diante de tantas opções, fica na dúvida. No entanto, não tenha vergonha, peça indicação para quem está te atendendo. A maioria dos estabelecimentos tem as famosas sugestões da casa, e geralmente elas não erram.

Ao pagar a conta, duas questões importantes: cartão e gorjetas. Nem todos os lugares aceitam cartão, mesmo em cidades grandes. Geralmente, estabelecimentos muito pequenos ou rústicos não aceitam esse tipo de pagamento. Se atente também para as contas de valor baixo, menores que 5€, por exemplo. Eles podem recusar a usar a máquina. A dica é: pergunte antes e passe menos sufoco depois. E sempre leve alguns euros em espécie, por garantia.

Sobre as gorjetas, os italianos dificilmente pedirão algum tipo de contribuição, porque isso não é comum. Mas, se foi bem atendido e deseja valorizar o trabalho que foi feito, deixar uma gratificação, mesmo pequena, fará o dia de alguém mais feliz.

Onde comer pratos típicos em Bolonha

Ainda em dúvida sobre onde comer em Bolonha? Não tem problema. Confira as perguntas frequentes sobre a gastronomia na cidade. As respostas podem te ajudar a encontrar o que procura.

Onde comer a melhor bolonhesa em Bolonha?

Para comer a melhor bolonhesa em Bolonha você pode ir à Osteria dell’Orsa. Ela fica na Via Mentana n°1, a 300m das Duas Torres de Bolonha. Com cerca de 10€ a 16€, você vai provar o que dizem ser a receita autêntica do molho. Seja no tagliatelle, na lasanha ou na cotoletta alla bolognese em porções generosas.

Além disso, a Osteria dell’Orsa prioriza a qualidade dos ingredientes. Ou seja, sabor e custo benefício garantidos em um ambiente super bem avaliado.

O restaurante é popular entre os visitantes e moradores locais e abre de segunda a domingo, das 12h15 às 00h. Mas é recomendável chegar cedo. Isso porque a Osteria costuma ficar cheia, especialmente nos fins de semana. Ela não aceita reservas, porém, tem um espaço grande que permite acomodar os clientes sem que tenham que esperar muito na fila.

Onde comer ragu em Bolonha?

Dentre tantas opções, umas delas é o Sfoglia Rina, localizado na Via Castiglione, n°5/B, pertinho do Palazzo Pepoli – Museu de História de Bolonha. O queridinho do Instagram tem ótimas avaliações para o clássico.

O tagliatelle al ragù do Sfoglia Rina é bem servido, custa 10€ e faz parte do menu tradicional. Contudo, para se esbaldar com tranquilidade, planeje-se e chegue cedo, pois as filas podem ser longas. Isso porque o restaurante não aceita reservas. Por outro lado, a cozinha funciona todos os dias das 11h30 às 20h. Então, basta se programar.

Tagliatelle ao ragu em restaurante na Bolonha, Itália
O tagliatelle ao ragu à bolonhesa é tão importante que tem sua receita oficial registrada na Câmara de Comércio de Bolonha

Além do ragu, lá você encontra uma variedade de outros pratos. E ainda, pode adquirir guloseimas, como bolos e rosquinhas caseiras com gosto de infância para levar para casa. Ah, e todos os dias, a partir das 9h, é possível saborear café da manhã e curtir o local.

Curiosidade sobre o tagliatelle à bolonhesa

O famoso prato tagliatelle al ragù alla bolognese ganhou as versões brasileiras mais presentes dos almoços de domingo. Mas em Bolonha a tradição se mantém viva. Muito se discute sobre a data de criação do prato. E quem somos nós para tratar disso aqui, não é mesmo? Mas uma curiosidade é que a cidade se orgulha tanto do tagliatelle que existe até um documento registrado na Câmara de Comércio de Bolonha para garantir a autenticidade da receita e da massa.

De acordo com a Biblioteca Salaborsa, o documento da Accademia Italiana della Cucina, diz que a largura do tagliatelle deve ter 8 mm de largura quando cozido e aproximadamente 7 mm quando crua. A medida corresponderia a 12.270 milésimos da altura da Torre degli Asinelli, símbolo de Bolonha. Certamente, você vai se lembrar disso quando comer.

Qual a diferença entre molho ragu e molho à bolonhesa?

A principal diferença entre molho ragu e molho à bolonhesa, de maneira geral, é que o ragu é um termo mais amplo que engloba vários tipos de molhos de carne cozidos lentamente, enquanto o molho à bolonhesa é uma variedade específica de ragu originária da região da Bolonha.

A receita exata pode variar, mas tradicionalmente o molho bolonhesa inclui carne moída (geralmente uma combinação de carne de vaca e porco), cebola, cenoura, aipo, tomate, vinho tinto, leite, sal, pimenta e caldo. É cozido lentamente por um longo período para desenvolver sabores profundos.

Você pode consultar a receita do verdadeiro ragù alla bolognese, no site da Accademia Italiana della Cucina.

O documento, inscrito na Câmera de Comércio de Bolonha em 1982, foi atualizado em 2023, e está disponível em italiano e inglês. Uma boa sugestão para o próximo almoço em família.

Onde comer mortadela em Bolonha?

Para comer a mortadela em Bolonha, você pode optar pela modera Mò Mortadella Lab, ou pela clássica Salumeria Simoni.

Ao começar pela Mò Mortadella, você vai encontrar um contemporâneo take away de sanduíche de mortadela, sucesso na internet.

Muito popular e bem avaliada pelos clientes, está localizada em dois endereços na região central de Bolonha: na Via de’ Monari n°1/C, e na Via San Vitale n°4/F. O cardápio é bastante variado, mais de 20 opções diferentes de recheio, como burrata, pesto, trufas, pistache e muito mais.

Os preços vão de 4€ a 6€ por sanduíche. Estão abertos de terça a sábado, das 12h às 21h30, e aos domingos, das 12h às 18h. O espaço não tem mesas, então você pode comer na rua ou levar para outro lugar.

Mesa de restaurante, sanduíches de mortadela e taças de vinho
Dos modernos aos clássicos restaurantes, a mortadela é item presente na maioria dos cardápios de Bolonha

Já na Salumeria Simoni, você encontrará tradição. Afinal, desde 1960, é conhecida pela qualidade dos produtos de charcutaria.

Ela está na Via Drapperie n°5/2A, centro histórico de Bolonha. Como um empório, são conhecidos pela produção artesanal dos seus produtos. Desde salames, queijos, tortellini e claro, a mortadela! A faixa de preço é de 5€ a 20€, que variam de acordo com o consumo.

Além disso, pode comprar os produtos e levar para casa ou degustar no local. Consulte horário de atendimento no site da loja.

A mortadela do mercado em Bolonha

Eu não poderia terminar essa lista sem falar dos mercados. Sim, tanto os supermercados como os Mercados Municipais. Então anota aí a menção honrosa:

  • Mercato di Mezzo: uma área com várias opções gastronômicas, lá você pode encontrar ótimos sanduíches de mortadela e mergulhar no dia a dia dos italianos;
  • Mercato delle Erbe: é mais focado em barracas de alimentos de hortifruti, como frutas e verduras. No entanto, é possível explorar produtos embutidos, como mortadela.

No geral, qualquer supermercado, como os que estamos acostumados no Brasil, oferece opções de mortadelas saborosíssimas. Das mais baratas às mais caras. E eu, se fosse você, não perderia a oportunidade de comer mortadela bolonhesa em Bolonha, em qualquer lugar!

Onde tomar sorvete em Bolonha?

Para tomar sorvete em Bolonha vá a Cremeria Santo Stefano. Ela fica na Via Santo Stefano, n°70/C, a 500m do Santuário di Santo Stefano.

O preço médio é de 5€, a depender do tamanho do sorvete. Você vai encontrar desde sabores tradicionais até combinações perfeitas. Destaque para o sabor crema libanese, uma mistura de flor de laranja, amêndoas e pistache. O local é take away, tem opções veganas, sem glúten e também outros doces, como chocolates. Funciona de terça a domingo, das 11h às 23h.

Agora, sim, do café da manhã à sobremesa, a lista está pronta. Arrume a malas, pause a dieta, aproveite e buon viaggio!