Pontos turísticos da Suécia: saiba quais é que valem mesmo a pena visitar

Visitar Suécia  / 

Geralmente quando os brasileiros decidem passear na Europa a maioria pensa em Itália, Portugal, Inglaterra, Espanha, Alemanha e outros destinos já bem conhecidos e explorados por muita gente que vai fazer turismo. Mas sabia que o norte do continente também guarda grandes surpresas e lugares incríveis? Hoje vou te contar alguns pontos turísticos da Suécia que todo mundo deveria visitar!

Pontos turísticos da Suécia e em Estocolmo

Estocolmo é a capital na Suécia e a área conhecida como “a grande Estocolmo” é a região onde se concentra a maior parte da população, então é normal que você encontre muitas opções de diferentes coisas para fazer por lá.

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

Mas quais são os principais pontos turísticos da Suécia?

Eu te digo. Vamos à lista!

Museu do Vasa – Vasamuseet

Vasamuseet na Suécia
O Museu do Vasa é o museu mais conhecido e mais visitado de toda a Suécia. Aqui está o Vasa, navio de guerra do século VXII que acabou naufragando em 1628 quando deixada o porto de Estocolmo pela primeira vez.

O navio foi resgatado mais de 300 após o naufrágio e hoje é uma peça única no mundo todo, passando por um processo constante de restauração e manutenção.

  • Entrada: adultos: 130kr (R$53) / crianças e jovens de até 18 anos: grátis / estudantes: 110kr (R$44);
  • Endereço: Ilha de Djurgården, Galärvarvsvägen 14, Estocolmo;
  • Saiba mais no site Vasamueet.

Museu da banda ABBA – ABBA Museum

A banda ABBA com certeza é um dos símbolos suecos mais conhecidos no mundo todo, e em Estocolmo existe um museu onde você pode conhecer de perto a história da banda.

Lá você poderá ver instrumentos e fantasias originais que foram usadas pela banda, uma coleção imensa de vários tipos de produtos e discos e até mesmo uma réplica de como era um camarim das estrelas!

A oportunidade de falar com um dos membros da banda ABBA

Lá também tem um telefone exclusivo cujo o número só é conhecido pelos integrantes da banda, então não perca a oportunidade de atender se ele tocar enquanto você estiver por perto!

  • Entrada: adultos: 250kr (R$101) / crianças e jovens de 7 a 15 anos anos: 95kr (R$38) / ingresso-família (até 2 adultos e 4 crianças entre 7 e 15 anos);
  • Endereço: Ilha de Djurgården, Djurgårdsvägen 68 , Estocolmo;
  • Saiba mais no site oficial (em inglês).

Skansen

Skansen é o museu a céu aberto mais antigo do mundo, e você vai se sentir dentro do cenário de um filme de época quando estiver por lá.

O lugar foi inaugurado em 1891 e até hoje se mantém um lugar fundamental para quem quer conhecer a história da Suécia, já que lá é possível conhecer diferentes tradições de diferentes partes do país e até mesmo fazer parte das celebrações que acontecem no local todos os anos.

O Skansen é um dos melhores pontos turísticos da Suécia.

Eventos e shows

A programação em si é diferente em cada parte do ano, sendo que no verão acontecem shows, eventos de dança e canto, e na época de natal é possível apreciar os tradicionais mercados de natal, por exemplo.

Mas fique tranquilo porque no site deles é possível encontrar uma lista detalhada de todos os eventos que acontecem em diferentes épocas do ano. Ah, no Skansen também existem atividades para crianças e também um jardim zoológico!

  • Entrada: adultos: 125kr (R$50) / crianças e jovens entre 4 e 15 anos anos: 60kr (R$24) / estudantes, aposentados e grandes grupos: 105kr (R$ 42);
  • Endereço: Ilha de Djurgården, Djurgårdsslätten 49-51, Estocolmo;
  • Saiba mais no site oficial (em inglês).

Veja tudo sobre a Suécia que você precisa saber.

Gamla Stan

Gamla Stan em Estocolmo
Outro dos principais pontos turísticos na Suécia é o Gamla Stan.

O nome, “Gamla Stan“, significa cidade velha, e é exatamente isso que esta parte de Estocolmo é, e foi lá que a capital da Suécia começou a ser construída por volta do século XIII (13).

Prepare-se para andar em ruas e becos medievais e ver à sua volta uma arquitetura gótica alemã que vai de fazer viajar no tempo. Se você procura os pontos turísticos da Suécia, saiba que nesta parte da capital sueca existem muitos e outros tipos de lugares que valem uma visita. Aqui estão alguns exemplos:

Museu Nobel (Nobelmuseet)

Museu dedicado ao Prêmio Nobel (sabia que Alfred Nobel era da Suécia?). Mais informações sobre o Museu Nobel (em inglês).

Stortorget (A Grande Praça)

Este lugar que deu origem à cidade já que a mesma cresceu em volta desta praça, e que também foi palco de eventos históricos como o Banho de Sangue de Estocolmo em 1520). Ah, o Museu Nobel fica aqui!;

Palácio Real de Estocolmo (Stockholms slott)

Palácio real de Estocolmo
A residência oficial e o local de trabalho do rei da Suécia. É possível visitar várias áreas do palácio e também assistir à Troca da Guarda Real e a apresentação da banda militar, que acontece diariamente de 23 de abril até 31 de agosto;

Aifur

Um restaurante onde a comida, o ambiente, os trajes e as apresentações musicais irão te fazer se sentir em meio aos vikings!

Mais informações sobre o restaurante vikings de Estocolmo (em inglês).

Prefeitura de Estocolmo (Stadshuset)

A prefeitura de Estocolmo vai bem além de ser um prédio administrativo, este é um dos prédios mais conhecidos de toda a Suécia e é aqui que acontece o famoso jantar do Prêmio Nobel.

É possível visitar o lugar, mas apenas em grupo e com um guia. Se você não puder entrar, vale a pena conhecer pelo menos do lado de for a e apreciar a majestosa arquitetura.

  • Entrada: o preço da entrada varia de acordo com a época do ano;
  • Endereço: Hantverkargatan 1, Estocolmo;
  • Saiba mais no site oficial (em inglês).

Bar de Gelo – Ice bar

Bar de Gelo em Estocolmo
Que tal aproveitar sua visita a Estocolmo e conhecer um bar feito 100% de gelo? Lá até os copos, as mesas e as cadeiras são feitas do material inusitado, e o frio é tanto que os visitantes recebem uma capa especial que os mantém aquecidos durante a visita (mas aconselho já ir bem agasalhado mesmo assim!).

Para garantir a visita é aconselhavel fazer reserva, já que o número diário de visitantes é limitado. Se você lida bem com o frio, esse é um dos pontos turísticos da Suécia a visitar!

  • Entrada: 199kr (R$81) para reservas online e 215kr (R$87) para entradas sem reserva. Crianças e jovens entre 3 e 17 anos pagam sempre 99kr (R$40). O preço não inclui nenhuma bebida, que deverá ser comprada a parte.
  • Endereço: Vasaplan 4, Estocolmo (próximo a Estação Central do metrô)
  • Saiba mais do site oficial (em inglês)

Gröna Lund

Gröna Lund é um parque de diversões de Estocolmo onde, além dos brinquedos (obviamente), é possível assistir a shows de grandes bandas (durante o verão). O local fica fechado durante boa época do ano, então consulte o site oficial quando estiver planejando a sua visita.

  • Entrada: os preços são (muito) variados;
  • Endereço: Ilha de Djurgården, Lilla Allmänna Gränd 9, Estocolmo.
  • Saiba mais no site oficial (em inglês).

Skyview / Globen

Quer ver uma vista única de Estocolmo direto do topo da maior construção em formato esférico do mundo? Então você tem que visitar o Globen. Além de ser palco de grandes shows e competições esportivas que acontecem na capital sueca, o Globen tem um serviço chamado Skyview, onde os visitantes sobem até o topo da construção de elevador parorâmico para apreciar uma vista singular da cidade.

  • Entrada: os preços são variados;
  • Endereço: Globen, Globentorget 2, Estocolmo;
  • Saiba mais no site oficial (em inglês);

Vikingaliv

Vikingaliv
Se você gosta de história e se interessa por vikings você não pode deixar de visitar o Vikingaliv, um museu viking totalmente baseado em fatos históricos e em muita pesquisa.

Apesar do rigor que eles tem em manter tudo historicamente correto, as informações são passadas de maneira bem dinâmica e leve. Durante a visita você poderá ver não só exposições convencionais sobre os vikings.

Saga de Ragnfrid

Você poderá mergulhar completamente na história deles através da Saga de Ragnfrid: uma viagem no tempo que leva os visitantes para o ano de 963 através da história de Ragnfrid e seu marido Harald.

A experiência é intensa devido ao fato de que uma pessoa vestida a caráter que conta toda a história e também pelo uso de sons e efeitos especiais.

  • Entrada: adultos: 150kr (R$61) / crianças até 6 anos: grátis / crianças e jovens entre 7 e 15 anos: 120kr (R$49) / aposentados e estudantes: 130kr (R$53);
  • Endereço: Djurgårdsvägen 48, Estocolmo;
  • Saiba mais no site oficial (em inglês).

Você pode ver também qual é a moeda da Suécia e quanto vale.

Pontos turísticos da Suécia, fora de Estocolmo

A Suécia vai muito além de “apenas” Estocolmo. Para conhecer o país de verdade é preciso sair da capital e visitar outras regiões. Aqui estão algumas sugestões de lugares interessantes e outros pontos turísticos da Suécia que você pode visitar fora da capital sueca.

Confira 20 coisas que brasileiros pensam ao chegar na Suécia.

Sigtuna

Sigtuna foi a primeira cidade da Suécia, fundada em 980 pelo rei Érico VI. Por séculos a cidade teve grande relevância por ter sido o maior centro comercial e também por ser onde o rei morava. Após ser invadida por guerreios estrangeiros a cidade foi perdendo a relevância que tinha para outras cidades, como por exemplo Uppsala e Estocolmo.

Hoje em dia a cidade medieval atrai turistas por causa dos castelos e igrejas medievais, ruínas de antigas construções que ficaram como lembrança do passado e também por suas charmosas cafeterias. Se você estiver visitando Estocolmo vale a pena esticar a visita até Sigtuna, já que o local fica a apenas 45 minutos da capital.

Saiba mais sobre Sigtuna aqui (em inglês).

Hotel de gelo em Jukkasjärvi

Hotel de gelo em Jukkasjärvi
Achou o bar feito de gelo impressionante? Pois saiba que no extremo norte da Suécia existe um hotel feito todo de gelo! Sim, um hotel! E não é qualquer hotel de gelo não. Estou falando do primeiro hotel de gelo do mundo, criado em 1989!

A apenas 200km do Círculo Polar Ártico, no hotel você não apenas dorme em quartos e camas feitas de gelo: lá você participa de diversas atividades como escultura com gelo, caça à Aurora Boeral com motos de neve, dog sled, e muito mais.

Saiba mais aqui.

Um hotel bem diferentão em Harads

Aqui na Suécia existe um hotel onde os quartos não são nada convencionais. Além de serem construídos em árvores, eles tem certas particularidades que chamam a atenção: um é revestido de espelhos (o que possibilita que ele fique “invisível” no meio da floresta), outro tem formato de um disco voardor e tem até um que tem o formato de um ninho.

Lá também é possível participar de várias atividades, como por exemplo explorar a floresta que rodeia a área do hotel, vista a uma fazenda de alces, participar de um autêntico jantar Sami e muito mais. Os preços variam de acordo com o quarto escolhido, da atividade e também da temporada.

Saiba mais aqui (em sueco).

Kiruna

Kiruna e a Aurora Boreal

Kiruna é a cidade mais ao norte da Suécia, localizada na Lapônia sueca. Lá é possível ver o sol da meia-noite da metade de maio até a metade de julho, já que essa época do ano o sol nunca se põe completamente.

Além disso, a região de Kiruna e Abisko é um lugar perfeito para aumentar as suas chances de ver a Aurora Boreal! Aproveite a visita e conheça a cultura dos Sami, povo nativo da região e um dos maiores grupos indígenas da Europa. Esse é um dos pontos turísticos da Suécia que vão fazer você apaixonar-se pelo país nórdico.

Saiba mais sobre Kiruna aqui (em inglês).

Quantos dias você deve ficar na Suécia

É impossível saber quantos dias você irá precisar para conhecer bem o país. Tudo vai depender das atividades que você quer fazer, dos lugares que você quer visitar, etc. A minha dica para quem quer fazer turismo na Suécia (e na verdade em qualquer ouro lugar do mundo) é a seguinte: faça uma lista de todos os pontos turísticos da Suécia que você gostaria de visitar.

Depois disso veja onde fica cada coisa, e dependendo de quanto tempo você tem disponível, escolha focar ou não em uma só região ou cidade. Aproveite as dicas dos pontos turísticos da Suécia que eu já te dei até aqui e também visite o site oficial de turismo na Suécia.

Não fique apenas em Estocolmo

Como eu te falei ali em cima: se você quer conhecer o país de verdade e os melhores pontos turísticos da Suécia, não fique apenas em Estocolmo. Vale a pena visitar as outras regiões porque cada uma tem a sua particularidade, e muitas vezes parecem até que não fazem parte do mesmo país.

Aliás, aproveite para clicar aqui e conferir como funciona o clima da Suécia, já que as temperaturas podem variar muito de região para região.

Como se locomover na Suécia

Mais uma vez: depende da sua disponibilidade e também dos lugares onde você irá. Em cidades grandes como Estocolmo, Gotemburgo e Malmö a dispobilibidade de diferentes meios de transporte público é grande, mas em cidades menores (principalmente no norte) fica bem difícil fazer turismo sem alugar um carro.

Táxi aqui na Suécia costuma ser algo extremamente caro, então não dependa deste serviço a não ser que você venha com muito dinheiro para gastar.

Além disso, é possível se locomover de uma cidade para outra com ônibus, trens e avião. Confira alguns sites:

Entretanto, veja quem são e como vivem os brasileiros na Suécia

Visto para fazer turismo na Suécia

Se você quer vir conhecer os principais pontos turísticos da Suécia, saiba que brasileiros não precisam de visto préveio para visitar a Suécia como turistas por até 90 dias, porém é preciso estar atento ao fato de que turistas tem que fornercer alguns documentos e provar que tem dinheiro suficiente para a viagem.

Funciona da seguinte forma: talvez você venha para cá e o(a) oficial de imigração não peça para ver nada, mas se ele(a) pedir um documento ou um dado que você não puder apresentar a sua entrada poderá sim ser barrada.

De acordo com o site da embaixada sueca no Brasil, brasileiros que queiram visitar a Suécia devem ter.

  • Passaporte: Validade superior a 90 dias à duração da estada prevista;
  • Recurso financeiro equivalente a 450,00 coroas suecas (cerca de 50 euros) por pessoa e por dia, ou carta convite com garantia de alimentação e alojamento do viajante durante a sua estadia. Entenda-se por recurso financeiro: dinheiro em espécie, travellers check, cartões pré-pago (travel money, moneycard, etc) e cartões de crédito;
  • Seguro-saúde/viagem: Cobertura de € 30.000,00 com validade nos países Schengen.

Além da lista acima eu aconselho que você tenha mais algumas coisas:

  • Comprovante da reserva do hotel onde você irá ficar ou uma carta convite caso alguém que more aqui for te hospedar;
  • Passagem de volta para o país onde você mora;
  • Tenha em mãos o seu roteiro. Os oficiais de imigração poderão te perguntar sobre isso em qualquer lugar do mundo, e se você não souber responder eles poderão pensar que você está mentindo sobre o motivo da sua ida ao país.

Você tem alguma dica de outros pontos turísticos da Suécia valem a pena serem visitados ou atividades interessantes aqui na Suécia? Que tal deixar um comentário?

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
COMPARTILHE
Autor

Taís é natural do Espírito Santo e mora na Suécia há mais de 6 anos. Criou o Aqui no Exterior, um canal no YouTube, página no Facebook e perfil no Instagram onde ela mostra tudo sobre a vida no exterior, sobre viagens, sobre intercâmbio e tudo que tem a ver com esses temas.