Estocolmo: conheça a capital sueca, berço da Escandinávia

Visitar Suécia  / 

A cada ano que passa, a Suécia é reconhecida como um dos melhores lugares do mundo para morar. Se sua intenção não é viver no país, mas conhecê-lo, não deixe de visitar Estocolmo.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

A capital do país, com origens nórdicas, oferece atrações seculares, de arquiteturas tradicionais, junto aos modernos dias de hoje. Estocolmo foi passando por renovações ao longo dos séculos e é, atualmente, um lugar para quem gosta de história.

Vamos conhecer mais sobre a cidade, seus principais pontos turísticos, onde se hospedar e um mini-roteiro para guiar-se em seu passeio.

Onde fica a cidade de Estocolmo

Considerada uma das 5 melhores cidades do mundo para se viver, Estocolmo é a capital e maior cidade da Suécia. É a sede do governo, além de residência oficial dos membros da monarquia sueca.

Fica localizada na parte da costa oriental do país, situada em um arquipélago de 14 ilhas e ilhotas. Essas são unidas por 53 pontes. A região fica onde o Lago Malar encontra-se ao Mar Báltico.

A língua oficial é o sueco. Porém, facilmente é possível se comunicar em alemão e inglês. A moeda local é a Coroa Sueca (SEK ou kr).

Saiba quais são os principais pontos turísticos da Suécia.

Como ir à Estocolmo

Uma das maneiras mais fáceis de chegar à cidade é de avião. São três os aeroportos que servem a região: Aeroporto Internacional Arlanda-Estocolmo, o mais utilizado, e o Aeroporto de Bromma, para voos domésticos.

O Aeroporto Internacional ed Skasva é menor, mas se você for em companhia aérea low cost deve chegar por lá.

Saindo do Brasil, porém, não existem voos diretos. Para achar a melhor opção, e os preços mais baixos, sugerimos fazer uma comparação utilizando o comparador do site Kayak. Ainda é possível colocar alertas de passagens, para receber sempre a baixa ou o aumento dos preços.

Se preferir, também chega-se à cidade pelo mar, de balsa, saindo da Estônia ou da Finlândia. Por vias terrestres, saia de Oslo, Copenhague e outras cidades suecas a partir da companhia ferroviária sueca Sveriges Järnvag.

Estocolmo é um dos melhores lugares para viajar com crianças. Veja uma lista de outras cidades.

Como se locomover em Estocolmo

O transporte público da cidade é eficiente, com ônibus, trem, metrô e ônibus elétrico. No entanto, a maior parte das atrações turísticas estão em uma região central e o ideal é locomover-se a pé.

Além disso, a cidade conta com várias estações de bicicleta espalhadas pela cidade, chamadas de CityBikes. O aluguel por três dias, com utilização das 6h às 22h, sai por uma média de SEK 250.

Se preferir, os ônibus turísticos são sempre boas opções para quem tem pouco tempo na cidade. O Ônibus Turístico Vermelho Hop-On Hop-Off oferece passe de 24 horas, parando em 20 pontos da cidade, ou a opção de Ônibus Turístico com Passeio de Barco Incluso.

Conheça uma breve história de Estocolmo

De acordo com teorias e evidências arqueológicas, acredita-se que a região onde fica Estocolmo é muito antiga e foi fundada no final da Idade do Gelo, em 8.000 a.C.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

No começo da Idade Média, a cidade foi dominada. Foi a essa época em que algumas construções surgiram, como sua Catedral. Muitas delas ainda continuam de pé.

Mas foi no século XX que a Suécia se tornou um Estado social moderno, escolhendo a neutralidade diante às duas Guerras Mundiais.

Estocolmo, então, tornou-se, hoje, reconhecidamente uma cidade de diversidade, ganhando o título de Cidade Europeia da Cultura.

Estocolmo Cidade Velha

A Suécia também é um dos melhores lugares para viajar sozinho.

Lista de 10 passeios que devem estar no seu roteiro em Estocolmo

Além de ser uma das melhores cidades para se viver, Estocolmo está recheada de pontos turísticos para os visitantes. Edifícios, monumentos e parques estão entre os locais mais visitados.

Veja 10 locais imperdíveis para a sua viagem:

1. Gamla Stan

O centro velho de Estocolmo é a zona mais antiga da cidade. E também tem muita relevância para a história do país. Data de 1252 e suas ruelas, bem conservadas, ainda guardam recordações da era medieval.

É aqui que também fica o agito, com muitos turistas e locais, em bares, restaurantes e lojas. Também estão em Gamla Stan alguns dos edifícios icônicos de Estocolmo, como a Catedral, o Palácio Real, a Prefeitura e o Museu do Prêmio Nobel, assim como a Sede do Parlamento Sueco.

Faça uma excursão pela vida noturna de Gamla Stan, andando por bares em um grupo animado.

Localização: Gamla Stan, Estocolmo
Como chegar: Metrô: estação Gamla Stan
Horário: todos os dias, 24 horas
Ingresso: gratuito

2. Museu Vasa (Vasa Museet)

É uma das principais paradas em Estocolmo. O Museu mostra uma exposição da lendária embarcação chamada de Vasa. Construída no século XVII, o projeto era para ser o maior navio de guerra da marinha sueca.

No entanto, a história não foi das melhores: após dois anos, o barco naufragou no dia de sua inauguração, apenas 20 minutos depois de partir. Muitos tripulantes morreram e seu resgate aconteceu 3 séculos depois, virando item de exposição.

O impressionante navio está no centro do museu. O Museu Vasa fica na Ilha de Djurgården, conhecida como a ilha dos museus.

Localização: Galärvarvsvägen 14, 115 21 Estocolmo
Como chegar: Metrô: estação Karlaplan; Ônibus 67 de Karlaplan até a estação Nordiska Museet
Horário: todos os dias, das 10h às 17 horas (às quartas-feiras, o museu fecha às 20h)
Ingresso: SEK 130

3. Catedral de Estocolmo (Storkyrkan)

A mais antiga igreja da cidade, a Catedral de Estocolmo data de 1279. A visita vale pelo que ela guarda. Entre os objetos, uma escultura de São Jorge e o Dragão, de 1489.

A igreja segue a tradição luterana e abriga, inclusive, concertos. Fica próxima ao antigo Castelo Real e ao Palácio Real e é sede de importantes eventos da história da Suécia, como coroações, casamentos e funerais reais.

Localização: Trångsund 1, 111 29 Estocolmo
Como chegar: Metrô: estação Gamla Stan
Horário:
De janeiro a abril e de outubro a dezembro: das 9h às 16h
De maio a setembro: das 9h às 17h
Entre junho e agosto: das 9h às 18h
Ingresso: SEK 60

4. Palácio Real (Kungliga Slottet)

É no Palácio Real de Estocolmo que fica a residência oficial do Rei da Suécia. É lá que acontecem as recepções oficiais e outros eventos representativos do Rei.

Antes um castelo, destruído em um incêndio, o Palácio Real atual só terminou de ser construído em 1760.

palacio real estocolmo noite

São mais de 600 cômodos, distribuídos em 7 andares, porém nem todos são abertos a visitação. Se quiser adentrar o Palácio Real, os visitantes podem ver os salões de Estado, o Rikssalen, trono de prata da rainha Kristina, e o Salão da Ordem da Cavalaria, o Ordenssalarna. O Tesouro, com as jóias da coroa, também estão para exposição.

A visita segue pelo Museu Tre Kronor, uma Capela, o Museu de Antiguidades de Gustavo III, Armaduras e Armas medievais e as carruagens de coroação.

Localização: Kungliga Slottet, 107 70 Estocolmo
Como chegar: Metrô: estação Gamla Stan
Horário:
De terça a domingo
Outubro a abril: das 10h às 16h
Maio, junho e setembro: das 10h às 17h
Julho e agosto: das 9h às 17h
Ingresso: SEK 160

5. Prefeitura de Estocolmo (Stadshuset)

Outro local de visita obrigatória em sua visita à capital sueca é a Prefeitura de Estocolmo. Isso porque é lá, por exemplo, que acontece a cerimônia de entrega dos prêmios Nobel.

Mas não só por isso: o interior da Prefeitura impressiona com salas grandiosas e mosaicos dourados, além da sala de banquetes. Sua torre de 106 metros de altura também pode ser visitada.

A visita à prefeitura só pode ser feita com tour guiado. Os ingressos são vendidos apenas no dia da visita e na própria bilheteria.

Localização: Hantverkargatan 1, 111 52 Estocolmo
Como chegar: Metrô: estação Gamla Stan
Horário:
Tour guiado a cada meia hora a partir das 9h30
Visitas à Torre somente de maio a setembro, a cada 40 minutos, a partir das 9h10
Ingresso:
Tour:
De abril a outubro: SEK 110
De novembro a março: SEK 90
Torre: SEK 50

6. Stortorget

A principal praça da região fica no coração da cidade velha, em Gamla Stan. Aqui também é conhecida como a área medieval de Estocolmo.

É em Stortorget que acontecem as manifestações artísticas, feitas de artesanato local e comidas típicas. Preste especial atenção nos edifícios de números 14 a 22, com suas pinturas coloridas.

O prédio mais famoso localizado ali é o Museu do Prêmio Nobel. No mesmo edifício fica a Academia Sueca e a Biblioteca do Nobel.

Localização: Stortorget, Estocolmo
Como chegar: Metrô: estação Gamla Stan
Horário: todos os dias, 24 horas
Ingresso: gratuito

7. Museu do Prêmio Nobel (Nobel Museet)

Essa visita é especialmente recomendada para quem tiver interesse na história do prêmio com Estocolmo e a Suécia.

O Museu do Prêmio Nobel é uma homenagem a alguns dos vencedores do prêmio, que tem mais de 100 anos de existência. É uma forma de criar interesse e discussão em torno da cultura, das ciências naturais, da tecnologia moderna e do design.

Localização: Stortorget 2, 103 16 Estocolmo
Como chegar: Metrô: estação Gamla Stan
Horário:
Junho a agosto: todos os dias, das 9h às 20h
Setembro a maio: terças, das 11h às 20h; quartas às sextas, das 11h às 17h; sábados e domingos, das 10h às 18h
Fecha às segundas
Ingresso:
SEK 120
Gratuito às terças, das 17h à 20h

Estocolmo Gamla Stan

8. Parque Central da Cidade (Kungsträdgården)

O Kungsträdgården é o parque mais central de Estocolmo. Datado dos idos de 1400, se tornou um dos locais mais importantes da cidade, principalmente pela sua localização.

É nele que acontecem festivais de comida, de música e de artes, além de eventos esportivos. Ótima parada no meio dos passeios, seja para conhecer, fazer um picnic ou descansar.

Localização: Jussi Björlings allé 5, 103 91, Estocolmo
Como chegar: Metrô: estação Kungsträdgarden
Horário: todos os dias, 24 horas
Ingresso: gratuito

9. Museu de História Sueca (Historiska Museet)

Também na ilha de Djurgården está outro dos museus mais interessantes da cidade, o Museu de História Sueca.

Fundado em 1866, ele cobre a história arqueológica do país, desde o período Mesolítico, na Idade da Pedra, até os dias atuais. A coleção ainda mostra objetos históricos da monarquia sueca, uma galeria sobre os Vikings e a Sala de Ouro.

Localização: Narvavägen 13-17, 114 84 Estocolmo
Como chegar: Metrô: estação Karlaplan; Ônibus 67 de Karlaplan até a estação Nordiska Museet
Horário:
De terça a domingo, das 11h às 17h. Na quarta, funciona até às 20h
Fechado às segundas
Ingresso: gratuito

10. Museu ao Ar Livre (Skansen)

E se tiver sozinho ou, especialmente, se tiver com a família, aproveite a ida à ilha de Djurgården e visite o Museu ao Ar Livre, uma verdadeira imersão na cultura nórdica.

Com 300 mil metros quadrados, o Skansen é o primeiro museu ao ar livre, junto com zoológico, da Suécia e existe desde 1891. Uma das atrações mais famosas de Estocolmo, ele tem uma pequena réplica de uma cidade do século XIX, com atores de trajes típicos mostrando elementos da cultura sueca.

O zoológico, também ao ar livre, abriga animais escandinavos, como urso marrom, lontra, lince e raposa vermelha. Um passeio imperdível.

Localização: Djurgårdsslätten 49-51, 115 21, Estocolmo
Como chegar: Metrô: estação Karlaplan; Ônibus 67 de Karlaplan até a estação Nordiska Museet
Horário:
De janeiro a março e de outubro a dezembro: das 10h às 15h (vai até às 16h nos fins de semana)
Em Abril, das 10h às 16 horas
De maio a junho, setembro e dezembro: das 10h às 18h
Julho e agosto, das 10h às 20h
Ingresso:
Entre SEK 120 a SEK 180, dependendo da época do ano

Veja mais sobre o que fazer em Estocolmo em nosso artigo.

Mini roteiro de Estocolmo: o que fazer em 2 dias

Se você tiver pouco tempo na cidade, concentre-se no básico e em atrações próximas. Assim, perde-se menos tempo entre os deslocamentos e aproveita-se ao máximo o que Estocolmo tem a oferecer.

Separamos um mini-roteiro de 2 dias. Veja o que fazer.

Primeiro dia em Estocolmo

No seu primeiro dia em Estocolmo, vá direto para a região central, a cidade velha, em Gamla Stan. Se perca pelas ruelas e aproveite os principais pontos turísticos.

Comece pela Prefeitura de Estocolmo, um dos locais obrigatórios na visita. Depois, siga para a praça Stortorget e veja as casinhas coloridas.

De lá, siga para a Catedral de Estocolmo e veja o local onde acontecem os principais eventos reais da monarquia sueca.

Na sequência do passeio, vá até o Palácio Real e faça a visita guiada. Se tiver curiosidade sobre o Museu do Prêmio Nobel, ele fica próximo à Praça Stortorget.

Esse passeio deve durar o dia todo. Se tiver tempo, vá até o Parque Central da Cidade e aproveite o fim do dia por ali.

Segundo dia em Estocolmo

No segundo dia em Estocolmo, sugerimos que você vá direto até a Ilha dos Museus, em Djurgården. A primeira parada deve ser o Museu de História Sueca, para entender como se deu a construção da capital e da própria Suécia.

Siga caminho e, no início da tarde, não deixe de visitar o Museu Vasa. Interessantíssimo ver o navio de guerra feito de madeira, naufragado na viagem inaugural. Ele foi resgatado praticamente intacto e você o verá quase 100% de sua estrutura original.

Termine o segundo dia na cidade passeando pelo Museu ao Ar Livre, as Casas Históricas, o próprio parque e o zoológico.

Você ainda pode fazer o Cruzeiro pelo Canal Real, ao longo do canal de Djurgården. Ele sai de Strömkajen, no centro da cidade, e passa por parte das atrações da cidade. O passeio dura 50 minutos e custa SEK 230, cerca de 22€.

Quando ir à Estocolmo?

A Suécia faz bastante frio no inverno, com temporadas de neve. Se você não é adepto às temperaturas baixas, a melhor época para ir à Estocolmo é entre os meses de maio a setembro, quando já está mais calor.

Se puder ir no verão, de junho a meados de setembro, as noites costumam ser mais longas, o que é ótimo para o passeio. Principalmente caso tenha pouco tempo na cidade.

Conheça também os encantos de Helsínquia, a capital da Finlândia.

Quanto custa uma viagem para Estocolmo?

A cidade não é das mais baratas. No entanto, a Coroa Sueca tem câmbio melhor do que o Euro, o que favorece viajantes brasileiros.

Veja quanto custa uma viagem para Estocolmo com os valores dos principais itens importantes para turistas.

Passagens aéreas

Não existem voos diretos para Estocolmo, mas é possível chegar à cidade com um pequeno número de escalas. A melhor maneira de pesquisar é usando os sites comparadores de passagens aéreas.

Utilizamos a área de voos do site Kayak, para uma simulação. Colocamos o mês de maio de 2020 como previsão, por ser um dos melhores meses para viajar à cidade. A melhor passagem é com a SWISS. Com 1 escala em Zurich, tanto na ida como na volta, as passagens aéreas para Estocolmo custam R$ 3.907.

Veja essas e outras dicas de como comprar passagens aéreas baratas.

Seguro Viagem

A Suécia faz parte do Tratado de Schengen. Isso quer dizer que é obrigatório ter um seguro viagem quando for à Estocolmo.

Para avaliar o melhor custo-benefício, utilizamos o nosso comparador seguro viagem, uma parceria com o portal Seguros Promo. Lá, você pode encontrar opções de seguro viagem Europa com valores desde R$12 a R$60, por dia, dependendo da cobertura.

Tire todas as suas dúvidas sobre seguro de viagem internacional em nosso artigo.

Hospedagem

Os valores para hospedagem em Estocolmo não são muito baratas. Os hotéis de luxo, com bonitas vistas, podem chegar a mais de 300 euros.

Mas existe opções de barco ou hostel, por uma média de 40 euros. Compare preços de hospedagem na área de hotéis do site Kayak.

Alimentação de rua

Para ajudar no seu planejamento, é interessante saber o custo médio de alimentação de rua em Estocolmo. Veja os valores de alguns itens, usando como base o site Numbeo:

Alimentação de rua Preço
Cerveja (570ml) SEK 65 | 6,16€
Almoço em restaurante barato SEK 120 | 11,38€
Refeição para 2 pessoas, em restaurante mediano, com 3 pratos SEK 700 | 66,38€
Cappuccino SEK 37,79 | 3,58€
Água SEK 20,49 | 1,94€

Supermercado

Em qualquer viagem, certamente economiza-se mais comprando itens básicos no supermercado. Veja o preço médio de alguns produtos nos supermercados de Estocolmo:

Item Preço
Cerveja (570ml) SEK 19,41 | 1,84€
Garrafa de vinho SEK 100 | 9,48
Água (garrafa de 1,5 litro) SEK 16,99 | 1,61€
Sanduíche de frango SEK 104,14 | 9,88€

Transporte

As tarifas de transporte público da cidade incluem metrô, ônibus, trams, trens e barcas. Para os turistas, o ideal é o bilhete de viagem única. Os valores são:

  • Bilhete simples: SEK 45;
  • 24 horas: SEK 130;
  • 72 horas: SEK 260;
  • 7 dias: SEK 335.

Todos com viagens ilimitadas dentro do período.

Atrações

Para turistas, a cidade oferece o Stockholm Pass, um cartão de transporte público, que inclui ônibus e barcos turísticos e entrada em todas as atrações. Se você quiser entrar em todas elas, é uma boa opção.

Os valores dependem do dia de utilização:

  • 1 dia: SEK 719 | 69,49€;
  • 2 dias: SEK 1.019 | 98,48€;
  • 3 dias: SEK 1.250 | 120,80€;
  • 5 dias: SEK 1.619 | 156,46€.

Estocolmo Stortorget

Onde ficar em Estocolmo?

O melhor local para se hospedar em Estocolmo é no centro, na região da cidade velha, nos arredores de Gamla Stan.

Próximo à Estação Central de Trem, de onde saem os trens que fazem o trajeto até o aeroporto, também são oferecidas algumas opções de hospedagem. Para os boêmios, a sugestão é o bairro de Södermalm.

Se preferir, veja hotéis em Norrmalm, a parte moderna da cidade, com lojas e opções de lazer.

Veja algumas opções:

Hotel Categoria Estrelas Localização Preço médio
Radisson Blu Royal Viking Hotel Luxo (melhor hotel) 4 estrelas Próximo à Prefeitura de Estocolmo 333€
First Hotel Reisen Melhor custo benefício 4 estrelas Gamla Stan 210€
Generator Stockholm Mais barato 3 estrelas Norrmalm 155€
The Red Boat Barco 2 estrelas Baía de Riddarfjärden do Lago Mälaren 45€
Old Town Lodge Hostel 2 estrelas Gamla Stan 52€

A moeda local é a Coroa Sueca. No entanto, optamos por mostrar os valores em Euros por ser a moeda mais utilizada em destinos europeus.

Onde comer?

A gastronomia nórdica é rica e diferente da nossa. Por estar em uma região de ilhas, você irá encontrar muitas opções de pratos típicos com frutos-do-mar e peixe. Os hábitos na Suécia preservam a alimentação mais saudável, então prepare-se para comer bem.

Experimente a especialidade da região chamado de Gravlax, com salmão cru marinado com temperos, servido com pão ou batatas e molho de mostarda.

Os lanches suecos, conhecidos por räksmörgås, são feitos com camarão cru e acompanham queijo, maionese e limão. Em algumas versões, completados com ovos e abacates.

Caso não goste de frutos-do-mar, prove as almôndegas tradicionais suecas de vários tipos. De sobremesa, a Torta da Princesa é uma das mais famosas e existe desde 1920.

Veja onde experimentar essas iguarias:

Planejando sua viagem para Estocolmo, na Suécia

Lembre-se que é exigido ter seguro viagem quando for à Estocolmo. Item obrigatório que deve constar no seu planejamento.

Para encontrar as melhores opções de custo benefício, confira os valores de seguros de viagem no nosso comparador do Euro Dicas Turismo.

Ganhe desconto. Para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICASTURISMO (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

Confira a lista de requisitos para viajar para a Europa e veja como planejar sua viagem em nosso artigo. Boa viagem!

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.