Trem panorâmico Bernina Express: dos passeios mais incríveis da Europa

Viajar pela Europa  / 

O trem Bernina Express não é apenas um transporte que leva o passageiro até um local turístico, ele é a própria atração turística. Seja no inverno ou no verão, o viajante vai contemplar paisagens sensacionais onde a natureza foi generosa.

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

Um dos passeios de trem panorâmico mais belos da Suíça, o Bernina Express é muito mais do que uma viagem ferroviária agradável, é uma experiência memorável.

Bernina Express: a origem de um dos trens mais fantásticos da Europa

No final do século XIX, o transporte de mercadorias entre Cantão dos Grisões (Suíça) e o Vale de Valtellina (Itália) era feito pelo Passo del Bernina. Contudo, a população necessitava de um meio de transporte mais rápido e seguro, pois no inverno o comércio e o deslocamento ficavam suspensos em função da baixa temperatura.

Já no início do século XX, dava início a construção da linha férrea que levou 4 anos para ficar pronta. A obra possibilitou um desenvolvimento tecnológico e progresso na região, tanto que, em 1942, a linha se tornou parte do Sistema da Ferrovia Rética oficialmente.

A cor vermelha define esse icônico trem panorâmico que parte da bela St. Moritz, na Suíça, até Tirano, no extremo norte da Itália, realizando também o trajeto oposto.

Dedicado essencialmente ao turismo, a linha férrea foi construída entre 1906 a 1910, mas somente décadas depois, em 2008, a rota foi considerada Patrimônio Mundial da Unesco. Tendo apenas um conjunto de trilhos, ele é o único trem a fazer esta rota fantástica.

Observações: o Bernina Express percorre 122 km ligando Thusis, St. Moritz e Tirano, passando por cerca de 25 lugares.

como funciona o trem na europa entre paises

Viagem de trem pela Itália: dicas de ouro sobre o meio de transporte.

Bernina Express: uma viagem inesquecível

Uma das facilidades de se viajar no Bernina Express é que a passagem tem validade de 2 anos a partir da data da compra, e o site Rhaetian Railway para efetuá-la é simples (em comparação a outros). Além disso, o cliente pode escolher a cidade de partida, a classe e se é um bilhete de ida/volta ou apenas ida.

No Get Your Guide, você pode comprar o ingresso de ida e volta no Bernina Express por 66€ e conferir as avaliações de outros usuários, com a vantagem de contar com assistência 24 horas por dia, todos os dias.

O site também informa o trajeto que o trem panorâmico faz, além de mostrar a localização dele em tempo real em 2D. O valor da passagem é em francos-suíços e os vagões da 1ª e 2ª classe possuem janelas panorâmicas (maiores), oferecendo um visual muito mais amplo.

No interior do Bernina Express, o ambiente é climatizado e os passageiros podem comprar bebidas e alimentos se desejarem.

O trem parte de Tirano pela manhã, logo o ideal é estar na cidade já na noite anterior, para evitar qualquer imprevisto em relação a horários.

Dica: não use flash ao tirar fotos das paisagens pela janela do trem.

Não seja tímido, ao longo da viagem, ande pelo vagão e fotografe as belas paisagens cinematográficas em ambos os lados. Através do auto falante é informado a localização (cidade) que o trem está passando, sendo em 2 idiomas (inglês e alemão).

Muitos viajantes afirmam que o trecho mais belo da viagem é quando o Bernina Express se aproxima do Viaduto Circular de Brusio, mas é difícil escolher o local mais fascinante.

Viaje sempre com internet no celular

Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia.

O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

VER PLANOS »

Outro lugar incrível que surpreende os turistas é o Lago Poschiavo, situado no meio do Vale de Poschiavo, na Suíça. De fato, é difícil escolher o local mais esplêndido ao longo do passeio.

Curiosidade: ao longo do trajeto, o Bernina Express passa por 55 túneis e 196 pontes e viadutos.

Alguns pontos de interesse durante a viagem do Bernina Express (St. Moritz – Tirano)

  • Stazerwald Moorland (represa criada em função das mudanças glaciais);
  • Pontresina (festivais de música clássica e jazz);
  • Lago Branco (Lago Bianco);
  • Lago Negro (Lej Nair);
  • Ospizio Bernina (estação e montanha a 2.253 metros acima do nível do mar);
  • Alp Grum (parada de 15 minutos em uma estação no alto de uma montanha);
  • Palu e a usina hidrelétrica Cavaglia;
  • Poschiavo;
  • Viaduto Circular de Brusio (viaduto espiral com 110 metros de comprimento);
  • Viaduto Landwasser (com pilares de 65 metros de altura);
  • Tirano (rica gastronomia e tesouros históricos).

Conheça as rotas

  • Chur – Tirano: trajeto realizado diariamente (vice-versa);
  • St. Moritz – Tirano: trajeto realizado de maio a outubro (vice-versa);
  • Landquart – Davos – Tirano: idem acima;
  • Tirano – St. Moritz: trajeto realizado de abril a outubro (vice-versa);
  • Tirano – Lugano: trajeto realizado pelo ônibus Bernina Express, de meados de fevereiro a outubro.

São 2h30 de Tirano a St. Moritz entre paisagens que parece terem saído de um conto de fadas, passando também por florestas, montanhas cobertas de neve, cidadezinhas adoráveis, desfiladeiros, entre caminhos sinuosos nos Alpes Suíços até chegar a St. Moritz.

Se a viagem for de Chur – Tirano, o tempo de viagem será de 4 horas no Bernina Express, em ambos itinerários, o visual é sensacional, com lagos, geleiras e até jardim alpino. Dessa forma, o turista tem a opção de 2 rotas a escolher.

Dica: estando em território Suíço, é possível fazer compras usando euros, entretanto o troco muito provavelmente será em francos suíços.

mapa de linhas de trem da europa

Mapa de linhas de trem da Europa: principais rotas do velho continente.

Quando viajar no Bernina Express

Isso depende das preferências de cada um, algumas pessoas gostam mais do inverno devido à neve, e outras das estações mais quentes como o verão. De todo modo, paisagens magníficas não irão faltar, independente da época do ano.

O Bernina Express funciona o ano inteiro (exceto algumas rotas), sendo que quem for viajar em um período mais frio, irá se deparar com lagos congelados, montanhas cobertas de neve, esquiadores locais, etc. É uma excelente oportunidade para ver neve na Europa.

Já quem preferir uma estação mais quente, irá ver campos verdejantes, jardins cobertos de flores e um pouco de neve no cume dos Alpes. E não espere rapidez na viagem, pois o Bernina Express é lento (velocidade média de 30 km/h), justamente para que os passageiros possam admirar as paisagens e tirar fotos.

A Suíça tem fama de ser um país caro (e é de fato), entretanto, podemos dizer que o valor da tarifa do Bernina Express é um pouco acima da média. De todo modo, isso também varia de acordo com o itinerário e classe escolhida pelo passageiro. Para ter acesso aos preços, acesse o site Glaciar Express.

Dica: é necessário reservar com antecedência se quiser viajar no vagão panorâmico.

É possível também fazer um bate volta no Bernina Express, basta pegar o trem que parte pela manhã de Tirano e retornar de St. Moritz no meio da tarde. Porém, o ideal são 2 dias, pernoitando em uma das cidades.

Não é possível descer em todas as paradas do Bernina Express, entretanto o trem faz uma pausa na estação Alp Grum, sendo assim viável. E não esqueça de levar o passaporte, afinal, é uma viagem que cruza uma fronteira internacional.

Em St. Moritz (conhecida pelas suas águas termais), o viajante pode caminhar sem rumo pela charmosa cidade, visitar as lojinhas, observar o belo lago e porque não pegar o teleférico que leva até a montanha ou visitar uma estação de esqui. São coisas interessantes para se fazer nessa cidadezinha encantadora, bastante badalada no inverno.

Importante

  • Para conseguir desconto, reserve com antecedência ou no último minuto (fora da alta temporada), é um risco mas pode funcionar;
  • Evite os meses de julho e agosto, devido ao volume de turistas;
  • Em termos de visibilidade, os assentos no primeiro e último vagão dão um panorama melhor da paisagem;
  • Não é proibido levar lanche, até porque o valor dos alimentos/bebidas no Bernina Express não deve ser barato;
  • Uma vez que o passageiro desembarque, não é possível pegar o próximo trem para completar o trajeto. Se isso ocorrer, terá que pagar uma nova tarifa do Bernina Express;
  • No verão, existe uma rota alternativa que pode iniciar em St. Moritz ou em Davos;
  • Aqueles que possuem o Swiss Travel Pass ou EurailPass podem embarcar no Bernina Express, apenas terão que reservar o assento antes;
  • Mesmo na primavera, pode ocorrer de alguns trechos da rota estarem cobertos de neve ainda.

Curiosidades

  • A linha férrea do Bernina Express foi a primeira do gênero a ser mostrada no Google Street View;
  • Trata-se da maior travessia ferroviária da Europa, alcançando uma altura de 2.253 metros acima do nível do mar;
  • A publicação National Geographic considerou a viagem no Bernina Express como sendo uma das 10 melhores viagens de trem na Europa;
  • Existem 3 rotas clássicas de passeios em trens panorâmicos na Suíça, sendo eles: Glacier Express, Bernina Express e Goldenpass.

De Tirano a Lugano de ônibus

No verão, existe uma opção a mais: o ônibus Bernina Express, que parte de Tirano a Lugano, onde o passageiro também irá ver lugares incríveis, como vilas de pescadores, baías, lagos, etc.

Assim como no trem, o ônibus Bernina Express também tem janelas panorâmicas, embora não se compare ao transporte ferroviário. Durante o trajeto, ocorre apenas uma parada de alguns minutos.

Ao longo da viagem, o ônibus passa por paisagens excepcionais, como o Lago de Como e no final do trajeto, o Lago de Lugano. A jornada leva em torno de 3 horas, e o ideal é ficar alguns dias em Lugano para conhecer melhor a cidade.

Nunca é demais lembrar: é obrigatório ter seguro de viagem para visitar a Europa. Sugerimos que faça uma simulação no comparador de seguro viagem do Euro Dicas Turismo para conferir as várias opções de seguro para a sua viagem à Suíça e a Itália.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
COMPARTILHE
Autor

Jornalista, vive no Brasil e ama Portugal, tem passagens pela África, Europa e América do do Norte/Sul. Além da paixão por viagens, também adora animais e apoia projetos de conservação de vida selvagem na África do Sul e Brasil.