Como evitar o jet lag: 9 dicas que podem ajudar em viagem

Dicas e Planejamento  / 

Como evitar o jet lag? Esta é a pergunta de um milhão de dólares que qualquer turista tenta responder. Apesar de cada viajante possuir uma receita e os seus próprios métodos para ultrapassar o desafio e poder aproveitar a viagem sem precisar tirar uma soneca à hora do almoço ou combater aquela fome incontrolável bem no meio da madrugada, a verdade é que não há uma receita mágica.

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

Porém, saber como evitar o jet lag é mais simples do que pode parecer, e algumas dicas simples podem sempre auxiliar o corpo a responder melhor à mudança de fuso horário. Há até aplicativos que lhe ajudam a gerir com jet lag.

9 dicas para saber como evitar o jet lag

Entender como o corpo funciona é crucial para saber como evitar o jet lag e aproveitar a viagem. O corpo humano é programado para cumprir determinadas tarefas em prazos específicos, essa combinação é designada pela ciência como ritmo circadiano, ou ciclo circadiano, que caracteriza o período de 24 horas sobre o qual se baseia o ciclo do corpo.

Ao andar de avião, a mudança de fuso horário acaba por atrapalhar o funcionamento deste ciclo e é esta alteração que confunde o organismo e pode causar problemas como indigestão, perda de apetite, problemas intestinais, confusão mental e perda de memória.

Infelizmente, não existe uma receita única para saber como evitar o jet lag, pois essa alteração afeta cada pessoa de um jeito específico e cada organismo precisa de um tempo diferente para se recuperar.

A única coisa que parece ser consenso entre os especialistas é que o corpo parece se adaptar mais facilmente a um dia mais longo do que a um dia mais curto, e alguns estudos sugerem que é preciso um dia inteiro para se recuperar de cada hora alterada no fuso horário do viajante.

Listamos algumas dicas que podem ser colocadas em práticas, para ajudar.

1. Tenha uma boa noite de sono

Apesar de ser complicado aguentar a excitação antes das férias, ou deixar tudo organizado a tempo, ter uma boa noite de sono antes de um voo é essencial para evitar os efeitos negativos do jet lag. Ter o corpo e a mente descansados é importante para uma boa recuperação.

2. Hidrate-se

Essa dica de como evitar jet lag é antiga, mas é uma das mais importantes segundo os comissários de bordo. Manter-se hidratado é o primeiro passo para que tudo funcione melhor no organismo: faz bem para a pele, para o intestino, para os rins e para a circulação.

Apesar de ser chato ter que levantar a todo momento para ir ao banheiro, garanta um assento no corredor e beba muita água.

3. Evite bebidas alcoólicas

Para complementar a dica anterior: é para tentar beber água, e não bebidas alcoólicas! Apesar de ser tentador repetir aquela taça de vinho ao jantar, ou alguns drinks antes do embarque. No entanto, o álcool causa desidratação e isso piora consideravelmente os sintomas do jet lag.

Se não conseguir evitar, tente consumir apenas um copo durante o voo e até dois copos antes do embarque.

4. Tente chegar durante o dia

Preferir voar a noite pode ser melhor para ajudar o corpo a se adaptar ao novo fuso horário. Apesar de ser mais desconfortável dormir num avião, ter um dia inteiro pela frente ajuda a organizar as refeições e atividades à luz do dia, além de permitir que a hora de ir para cama seja antecipada e garantir assim mais horas de sono e descanso.

evitar jet lag no aeroporto

5. Remédios para dormir não são uma boa ideia

Evitar os fármacos mais pesados para conseguir dormir pode ser uma boa ideia para evitar o jet lag. Isto porque os remédios podem interferir no ritmo circadiano, atrapalhando a recuperação e causando uma ressaca química que pode ser até pior.

Para quem não consegue dormir no avião, ou não tem outra opção a não ser voar durante o dia, a melatonina, um hormônio regulador do sono, pode ser uma aliada. É encontrada em cápsulas ou em gotas e ajuda na indução do sono sem maiores problemas. Porém, antes de comprar e utilizar indiscriminadamente, consulte o seu médico e faça um teste de utilização em casa.

6. Ajuste o seu relógio (ou telefone, computador, tablet…)

Mal possa, ainda dentro do avião mesmo, altere os horários dos dispositivos que tenha consigo. Apesar de parecer inofensivo, pode ajudar a mente a se adaptar ao fuso horário dos próximos dias.

7. Faça as refeições normalmente

Tente fazer as refeições nos horários designados no local de destino. Mesmo que isso signifique tomar o café da manhã quando o seu corpo acha que já é o meio do dia. Comer na hora correta ajuda a avisar ao corpo que o ciclo circadiano está alterado e precisa ser regulado.

8. Durma o suficiente

Caso tenha a possibilidade, e goste da alternativa, tirar algumas sonecas pode ajudar a tratar os sintomas do jet lag. Elas descansam o corpo, melhoram o humor, e garantem mais energia.

Mas atenção: não use esta dica se achar que ela pode atrapalhar o sono noturno. Para quem não se sente bem após uma soneca, ou apresenta mais dificuldade para dormir depois, é melhor pular esse processo e tentar as outras ferramentas.

9. Deixe o sol entrar

Ao dormir, tente deixar alguma luz entrar no quarto. Para os mais sensíveis à claridade, isto pode auxiliar o momento de despertar, já que o ciclo circadiano baseia-se na luz solar.

No caso de como evitar o jet lag, a luz do sol também é importante durante os primeiros dias: quanto mais exposto à luz ambiente, mais rápido o corpo se acostuma com os novos horários.

3 aplicativos que podem ajudar a evitar o jet lag

Existem já alguns aplicativos, gratuitos e pagos, que ajudam a preparar uma espécie de plano de ação para ajudar o viajante a saber como evitar o jet lag. Os planos costumam ser apresentados em gráficos e muitos indicam inclusive a quantidade necessária de exposição a luz solar.

Timeshifter

Já disponível para iOS e Android, o Timeshifter ajuda a criar planos de preparação que levam em conta o destino, a hora do voo, as conexões necessárias, o clima, entre outros detalhes. O primeiro plano é gratuito, a partir deste, cada plano custa, 9,99 dólares.

Jet Lag Rooster

Muito parecido com o anterior, o Jet Lag Rooster funciona apenas na web e ainda não possui nenhum aplicativo disponível. Apesar de menos detalhado do que os concorrentes, ele é gratuito e o plano, após concluído, pode ser enviado para o e-mail.

Uplift

Disponível para iOS e Android, o Uplift custa 9,99 dólares e não utiliza os ritmos circadianos, como os outros programas, e baseia-se nos pontos de acupressão. Isto é, é baseado numa terapia alternativa de alívio para dor e tratamento de outros sintomas, que pode ajudar a abreviar ou eliminar os sintomas do jet lag.

Descubra outros aplicativos de viagem gratuitos que lhe podem ser muito úteis.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
COMPARTILHE
Autor

Tatiana é brasileira e vive em Portugal desde 2013. Mestre em Estudos Culturais e Interartes pela Universidade do Porto, atualmente cursa o mestrado em Estudos Editoriais na Universidade de Aveiro. Copywriter e revisora, brinca que a sua principal especialidade é atender as dúvidas e ajudar aqueles que desejam conhecer Portugal e a Europa.