O Museu Van Gogh é uma atração que não pode ficar de fora da lista de lugares para visitar em Amsterdam. O local abriga a maior coleção no mundo de obras de Vincent van Gogh, um dos artistas mais famosos da história da arte ocidental.

Uma visita ao museu significa fazer uma imersão na história e na alma de Van Gogh, o homem que virou artista aos 27 anos e que sempre esteve em busca de melhorar a sua arte. E foi esse desejo que rendeu a produção de centenas de obras, atualmente expostas no museu.

Ao todo, são mais de 400 pinturas e quase 800 desenhos para ver, desde autorretrato a natureza morta e representação de paisagens. Confira as nossas dicas no artigo abaixo e saiba como visitar o museu.

O que ver no Museu Van Gogh?

O Museu Van Gogh é uma parada obrigatória para quem visita Amsterdam e recebe mais de 2 milhões de visitantes anualmente, por isso, é importante comprar ingresso para o Museu Van Gogh com antecedência.

A visita é uma oportunidade única de entender também a tristeza de Vicent que mudou a história da arte para sempre, mas que antes da sua morte não teve o reconhecimento que esperava. O museu possibilita uma viagem na história pessoal do artista e no seu ápice do encontro com a arte. Tudo é reproduzido nos detalhes das pinturas e no traço único nos desenhos.

Reserve ao menos 1 hora e meia para explorar a coleção permanente do Museu Van Gogh e para mergulhar na vida do artista. Além de pinturas famosas, como Sunflowers, Almond Blossom e The Potato Eaters, a coleção também é composta por cartas escritas por ele e endereçadas ao irmão, Theodorus (Theo).

Pinturas

As obras do artista concentram paisagens, naturezas, retratos e autorretratos marcados por cores dramáticas e vibrantes. A expressão de Van Gogh na suas telas contribuiu para as fundações da arte moderna.

Uma das mais famosas é a tela de girassóis amarelos, Sunflowers. Van Gogh pintou um total de cinco grandes telas com a imagem de girassóis em um vaso e usou três tons de amarelo, demonstrando que era possível criar uma imagem com inúmeras variações de uma única cor. Para o artista, as telas comunicavam o sentimento de gratidão.

Outra obra bastante lembrada é a Almond Blossom, um quadro com grandes galhos de flores de amendoeiras contra um céu azul. Essa tela foi um presente dado ao irmão quando o sobrinho do artista nasceu. Para Van Gogh, era símbolo de uma vida nova.

A tela The Potatoes Eaters, na qual o artista pintou figuras de camponeses com rostos ásperos em cores terrosas, também chamou a atenção do mundo. A pintura representa a dificuldade presente na vida no campo.

Atenção: o famoso quadro Noite Estrelada não está nesse museu, mas sim no MoMa (The Museum od Modern Art), em Nova York.

Desenhos

Em lápis sobre papel, Van Gogh também retratou muitas pessoas, várias delas figuras da classe trabalhadora, um dos temas preferidos do artista. Na coleção exposta no museu, há quase 800 desenhos disponíveis.

Cartas

Além das telas e os desenhos, as cartas enviadas ao irmão de Van Gogh, Theo, pelo próprio artista, também foram herdadas pela família. E na tentativa de fazer o mundo conhecer a arte de Vicent Van Gogh, esse material foi publicado.

As cartas apresentam os planos e anseios do artista que recebeu grande apoio do irmão durante toda a vida para seguir com a sua arte.

Exposições temporárias

Quem for visitar o museu também pode acompanhar exposições temporárias que acontecem no decorrer do ano. Todas as atividades podem ser conferidas no site oficial do Museu Van Gogh.

Telas em reprodução 3D

O museu também conta com o programa Feeling Van Gogh, um tour interativo e workshop que incentivam o uso dos sentidos. Nesta atração, é possível sentir as pinceladas de Van Gogh em reprodução 3D da tela dos girassóis. Além disso, também é possível tocar em outros objetos, sentir cheiros e ouvir as palavras de Van Gogh.

Na verdade, o espaço é bem interativo, conta com quatro andares, áudios, vídeos e também é possível fazer visitas guiadas e ter explicações de cada obra com guia multimídia em português, o guia tem valor de 3,50€.

Pessoas na porta do Museu Van Gogh
O Museu Van Gogh abre diariamente e recebe milhares de pessoas anualmente.

Após a visita, prepare-se para se apaixonar e querer comprar lembranças da loja do museu. Há de tudo: camisetas, cadernos, canetas, canecas, guarda-chuvas e até lenços do Van Gogh. Os souvenirs são muito bem-feitos e estampam as obras mais famosas do artista.

Confira também como visitar a Casa da Anne Frank.

Onde comprar o ingresso para o Museu Van Gogh?

Você pode comprar o ingresso para o Museu Van Gogh através do site oficial ou através de sites de atrações turísticas como o Get Your Guide. Ambos os locais de compra são confiáveis e cada um apresenta as suas vantagens.

Cabe ressaltar que o Museu Van Gogh não faz parte das atrações oferecidas pelo I Amsterdam City Card. Ele deixou de ser um afiliado do cartão desde o dia 1 de junho de 2022. Portanto, para visitar o museu, você tem as duas opções listadas: Get Your Guide ou no site oficial.

Preço do ingresso para Museu Van Gogh

Depende de onde você vai comprar o seu ingresso. Os valores podem ir de 10€ (para estudantes) a 250€ no caso de atrações combinadas ou tours guiados. Segundo a informação no site oficial, a entrada é gratuita para visitantes até 18 anos.

Comprar ingressos do Museu Van Gogh pelo Get Your Guide

O Get Your Guide permite que você adquira o seu ingresso com mais antecedência e no conforto da sua casa. Além do bilhete comum, também é possível adquirir bilhetes combinados com outras atrações ou visitas com guias exclusivos.

Preços e tipos de ingressos

Os preços variam de acordo com o tipo de ingresso desejado, se será apenas o do museu ou combinado com outras atrações. Veja alguns exemplos e a média dos preços:

Vantagens de comprar pelo Get Your Guide

As principais vantagens de comprar o ingresso pelo Get You Guide são:

  • Compra com antecedência e online;
  • Bilhete cronometrado, ou seja, você escolhe o melhor horário para visitá-lo;
  • Acesso a toda exposição permanente e temporária;
  • Contratação adicional de audioguia em 11 idiomas, incluindo o português;
  • Possibilidade de realizar compras combinadas do Museu Van Gogh com outras atrações turísticas.

Comprar ingressos para o Museu pelo site oficial

A outra forma de comprar ingressos é através do site oficial do Museu Van Gogh com até dois meses de antecedência da sua visita.

Preços e tipos de ingressos

Os preços variam entre gratuitos a 20 euros por pessoa, conforme a tabela a seguir:

Ingresso Valor
Visitantes até 18 anos gratuito
A partir de 18 anos 20€
Estudantes mediante comprovação* 10€
Cartão do museu gratuito
Amigos de Vicent gratuito
FriendsLottery VIP Card gratuito
Cartão ICOM gratuito
Cartão Rembrant gratuito
Guia Multimídia para adulto 3,50€
Guia Multimídia para visitantes de 13 a 17 anos 2€

*O bilhete de estudante é válido apenas para visitas de segunda a sexta-feira, com exceção dos feriados holandeses e feriados escolares. E não custa reforçar: o I Amsterdam City Card (IACC) não inclui a entrada no Museu Van Gogh.

Vantagens e desvantagens de comprar o ingresso no site oficial

As vantagens de comprar ingresso para o Museu Van Gogh pelo site oficial são:

  • Pode comprar com antecedência de 2 meses;
  • O valor é um pouco mais baixo do que nos sites de atrações turísticas;
  • Estudantes mediante comprovação de matrícula ou com carteirinha internacional pagam 50% do valor;
  • Possibilidade de contratar um Guia Multimídia no local, que inclui o português.

Já as desvantagens são:

  • Em caso de cancelar a viagem ou a visita, o valor não será reembolsado (o mesmo vale para o ingresso adquirido na Get Your Guide);
  • Pagamento realizado com cartão de crédito internacional, no qual precisa considerar um adicional da taxa de câmbio e IOF.

Como chegar ao Museu Van Gogh?

O Museu Van Gogh está localizado no endereço Museumplein 6, 1071 DJ Amsterdam.

Já a sua rota vai depender de onde você estiver e de como vai se locomover pela cidade: transporte público, carro, a pé ou pela forma mais típica da Holanda: a bicicleta.

De transporte público, as paradas mais próximas ao Museu Van Gogh são intituladas como:

  • Van Baerlestraat: parada das linhas de Tram 2, 5 e 12;
  • Museumplein: parada das linhas de Tram 3, 5 e 12 e parada dos ônibus 347 e 357;

Tendo a Estação Central de Amsterdam como ponto de referência, você pode pegar as seguintes linhas:

  • Tram 2 ou 12;
  • Ônibus 347 – direção Uithoorn:
  • Ônibus 357 – direção Kudelstaart.
Ficar conectado na Europa nunca foi tão fácil

Com a America Chip você tem internet 4G ilimitada durante toda a viagem. Escolha entre o chip e o eSIM e aproveite a Europa com a melhor conexão a partir de USD 40.

Ver Planos →

Outras informações do Museu Van Gogh

Você precisa ter em mente que o Museu Van Gogh abre diariamente das 9h às 18 horas. Não é permitido entrar com mochilas e bolsas no local, portanto, antes de entrar, procure pelo guarda volumes localizado na bilheteria.

Atenção com as fotografias. Os flashes danificam a pintura, por mais que isso não seja visível a olho nu. Se quiser fotografar no Museu Van Gogh, procure pelos painéis específicos para “selfies” que são feitos especialmente para isso.

Um ponto interessante é que o Museu Van Gogh se preocupa com visitantes com sensibilidade sensorial e dispõe de um quarto disponível para um momento de descanso. Há também a possibilidade de solicitar o Cordão de Girassol para Visibilidade, para pessoas cuja deficiência não é visível, como autismo, demência, Alzheimer, entre outros. Esse cordão indica para a equipe do museu que você pode precisar de um apoio adicional.

Além disso, cães-guia são bem-vindos, podendo transitar por todo o museu. E quem deseja visitar o museu sem apoio da equipe interna, pode levar um acompanhante gratuitamente.

O Museu Van Gogh vale muito a pena visitar e é realmente uma das joias de Amsterdam. E se não acredita, confere esse vídeo e me diz como não visitá-lo.

Saiba quanto custa viajar para Amsterdam.

Curiosidades sobre o Museu Van Gogh

Agora que já sabe que o Museu Van Gogh vale a pena visitar e o que você vai encontrar nele, que tal algumas curiosidades?

  • A estrutura arquitetônica em vidro é a maior de toda a Holanda, são 12 metros dando vida ao Museu Van Gogh;
  • Depois do Rijksmuseum, o Museu Van Gogh é o segundo mais visitado da Holanda e está entre os 30 mais visitados do mundo;
  • O melhor horário para visitar o museu é das 9h às 11h. Após 11 horas, vem o horário de pico e você não terá a tranquilidade para observar as suas obras com calma;
  • Existem outras obras para além de Van Gogh sendo exibidos no museu, como Odilon Redon, Paul Gauguin, Pierre Bonnard e vários outros artistas;
  • O acervo do Museu Van Gogh conta com 418 pinturas, 792 desenhos, 251 esboços, 95 cartas e dezenas de outras coleções e objetos do artista;
  • O irmão de Van Gogh foi o seu maior incentivador;
  • Existem milhares de publicações científicas sobre o artista e o Museu tem tudo catalogado e pode ser acessado na biblioteca online;
  • Apesar do Museu Van Gogh abrigar a maior coleção do mundo com as obras do artista, algumas exposições temporárias ocorrem ao redor do mundo;
  • Em 2021, os brasileiros representaram 0,9% dos visitantes do Museu Van Gogh entrando entre os 10 países com maior número de visitantes;
  • Van Gogh tornou-se famoso só após a sua morte. Em vida, ele vendeu apenas 1 quadro – o The Red Vineyard.

Descubra os principais pontos turísticos de Amsterdam para programar o seu roteiro.