Aluguel de carro na Europa: como funciona e quanto custa

Viajar pela Europa  / 

Já pensou em arrumar as malas e sair viajando sem destino certo, ou optar pelo aluguel de carro na Europa e aproveitar sem se prender a roteiros prontos?

O Velho Continente é conhecido pela facilidade de circular de trem e de ônibus entre um país e outro e até pelas conexões de voos e, por isso, viajar de carro pode não ser a primeira opção dos turistas.

Ainda assim, dirigir pelas estradas europeias é uma experiência deslumbrante e que permite visitar locais e visualizar paisagens que outros meios de transporte não permitiriam.

Veja como funciona o aluguel de carro na Europa e comece a organizar sua road trip.

O aluguel de carro na Europa vale a pena?

O transporte público europeu é excelente e são poucas as reclamações a respeito. Mas quem opta por uma viagem fora do comum, cujos destinos e atrações não são os tradicionais e se encontram em meio a vilarejos, cidades do interior e natureza pode ter alguma dificuldade. Para chegar nesses pontos mais inacessíveis, é preciso ir de carro.

O aluguel de automóvel na Europa, além de ser fácil, é também barato. É uma boa opção para viagens de férias, principalmente para quem busca maior flexibilidade em destinos nacionais e também internacionais.

Outros pontos positivos são a qualidade das estradas que são excelentes e a possibilidade de ir a locais onde existe uma carência de transporte público.

Como alugar carro na Europa

Há centenas de locadoras espalhadas pelo continente e dá para fazer o aluguel de carro na Europa online e com antecedência para garantir um veículo que se adeque às suas necessidades.

Basta entrar no site da locadora de veículos ou numa plataforma comparadora. Sempre sugerimos utilizar uma plataforma que agrega inúmeras locadoras, comparando os preços e identificando os mais baratos, como a Rentcars.

Só precisa completar os campos mencionando a cidade/aeroporto onde pretende pegar o automóvel, assim como as datas preferenciais.

Não deixe de usar os filtros localizados no lado esquerdo da página, caso o viajante tenha uma predileção por uma marca, modelo, tamanho ou preço.

Antes de efetuar a reserva, leia as condições de locação, geralmente está escrito “Informações Importantes” (isso pode variar entre as plataformas), informando valor da franquia, seguro adicional, valor para um segundo motorista, etc.

Ciente das condições e regras, basta confirmar a reserva, inserindo os dados solicitados pela página.

dirija com cuidado na europa

Road Trip na Europa: planeje sua viagem de carro com as melhores dicas.

Documentos necessários para o aluguel de carro na Europa

Para alugar um veículo é preciso ter, no mínimo, 21 anos (embora alguns países aceitem idade mínima de 18 anos) e apresentar passaporte, documento de identificação e Permissão Internacional para Dirigir (PID).

No caso dos brasileiros, é preciso apresentar também Carteira Nacional de Habilitação (CNH), sendo que ela é válida nos países europeus apenas para viagens – por isso a necessidade do PID.

PID e CNH

De acordo com o site do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), para dirigir nos países citados a seguir, será necessário portar a PID (Permissão Internacional para Dirigir). São eles:

  • Alemanha;
  • Áustria;
  • Bélgica;
  • Bulgária;
  • Croácia;
  • Dinamarca;
  • Eslováquia;
  • Eslovênia;
  • Estônia;
  • Finlândia;
  • França;
  • Grécia;
  • Holanda;
  • Hungria;
  • Itália;
  • Letônia;
  • Lituânia;
  • Luxemburgo;
  • Mônaco;
  • Noruega;
  • Polônia:
  • Portugal;
  • Reino Unido (Inglaterra, Irlanda do Norte, Escócia e País de Gales);
  • República Tcheca;
  • Romênia;
  • Rússia;
  • Suécia;
  • Suíça;
  • Ucrânia.

Em caso de dúvida, consulte o site do consulado do país. Independente do PID não ser obrigatório em alguns países, recomenda-se providenciá-lo mesmo assim.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Como a própria sigla já diz, é um documento que possui tradução certificada das informações que constam na carteira de motorista em sete idiomas: inglês, alemão, árabe, português, chinês, russo e espanhol.

Ainda que em posse da PID, o viajante terá que apresentar também a CNH do Brasil junto com este documento no exterior.

Cartão de crédito internacional

Algumas locadoras até aceitam cartão de débito, mas não compensa o risco, pois o cartão de crédito é a principal garantia da empresa de que você não vai fugir com o carro – uma franquia é bloqueada nele no momento da retirada e desbloqueada apenas após a devolução.

Nota: para alugar carro em Portugal, o condutor deverá ter idade mínima de 25 anos. Se a idade for entre 21 e 24 anos, estarão sujeitos a taxa locais adicionais e não poderão realizar a locação de veículos das categorias Premium, Especial, SUV, Minivan, Van, Conversível, Utilitário e Luxo, de acordo com a Rentcars.

Checklist de documentos para alugar carro na Europa

Em resumo, o aluguel de carro na Europa exige os seguintes documentos:

  • Carteira Nacional de Habilitação (CNH);
  • Permissão internacional para Dirigir (PID) conforme regulamentação do país para o qual vai viajar.
  • Documento com foto (Passaporte);
  • Cartão de crédito internacional;
  • Comprovante de reserva gerado pelo site (enviado por e-mail).

Locadoras de carros na Europa

Existem inúmeras locadoras de carro na Europa. A maioria opera em diversos países, sendo possível alugar um carro em um país e devolver em outro. Em caso de dúvidas, busque informações diretamente no site deles.

Para mostrar como funciona o aluguel de veículos, nos baseamos em duas das principais locadoras com filiais na Europa: Sixt e Avis.

Sixt

Presente em mais de 1.500 filiais pela Europa, a Sixt é uma das mais famosas locadoras da Europa e oferece diversos modelos de veículos, desde econômicos até minivans, SUVs e carros de luxo. Todos com, no máximo, seis meses de uso e opção de extras, como seguro contra roubos e acidentes e quilometragem livre.

A locadora oferece também atendimento 24 horas ao cliente, cancelamento e alterações sem custo ao pagar no destino e programa de milhas.

Quanto mais dias o cliente alugar o carro, mais baixo será o valor diário. A locadora dá desconto entre 5% e 15% ao pagar online no momento da reserva, sendo que os valores variam de acordo com o país, cidade, número de dias e veículo.

Avis

Presente em 175 países e com frota de carros dividida em 10 categorias, a Avis exige idade mínima de 21 anos e carteira de habilitação válida na categoria B. Não é das mais conhecidas, mas possui um dos sistemas mais simples e fáceis de aluguel de carro na Europa.

Os preços devem ser consultados por veículo, mas a Avis permite parcelamento em até 10 vezes sem juros.

Outras locadoras de carros na Europa

Além dessas, existem outras locadoras conhecidas, com boas avaliações e reconhecidas pela prestação de serviços. Algumas delas são:

Sites comparadores para alugar carro na Europa

Entre grandes e pequenas empresas, a Europa conta com uma infinidade de locadoras de veículos, o que sem dúvidas deixa qualquer viajante perdido e em dúvida sobre quais as melhores opções.

Os sites de comparação de preços ajudam na tarefa de encontrar os preços mais baixos e os melhores serviços. Dentre os vários comparadores que existem na internet, no Euro Dicas Turismo recomendamos a Rentcars.

RentCars

A RentCars é a plataforma mais conhecida e trabalha com mais de 100 locadoras de veículos em todo o mundo de forma prática, rápida e segura. As ofertas para quem se cadastra chegam a 30% de desconto.

Como funciona

Para usar o buscador de aluguel de carro é o mesmo procedimento citado anteriormente. Basta selecionar a cidade e data em que deseja pegar o veículo e escolher se irá devolvê-lo na mesma localidade ou em outra.

O viajante também pode filtrar os resultados através de seções como preço, categorias (mini, econômico, standard), capacidade de passageiros, característica do carro, entre outros.

A plataforma compara os preços de inúmeras empresas, exibindo as melhores ofertas. Ao escolher uma opção, clique em “Continuar”, e preencha os dados solicitados.

Vantagens de alugar um carro com a Rentcars

1. Os preços exibidos no site da Rentcars serão sempre mais baixos ou iguais em comparação aos preços das locadoras (caso pesquise individualmente cada uma);

2. O pagamento da reserva pode ser feito na moeda brasileira, sem cobrança de IOF e outras taxas “obscuras” no cartão de crédito;

3. Parcela em até 12 vezes no cartão de crédito ou com 5% de desconto no pagamento via boleto bancário;

4. Não há cobrança de taxa por alterações na reserva;

5. Sendo uma empresa brasileira, o atendimento ao cliente é em português, já que o SAC é do Brasil;

6. A vantagem de pesquisar em uma única plataforma os valores de várias locadoras diferentes, economizando tempo.

Confira se a Rentcars é confiável em nosso artigo.

Quanto custa o aluguel de carro na Europa

A resposta a essa pergunta é muito relativa, pois depende do modelo do veículo, do período da locação (alta ou baixa temporada), quantos quilômetros o viajante planeja rodar, por quanto tempo (dias ou meses) ficará com o automóvel e, não menos importante, o preço do combustível, que varia entre países.

Como referência, apresentamos o resultado de cotações para diferentes modelos, cidades e épocas:

Modelo Local Período Preço (diária)
Ford Fiesta Lisboa, Portugal Março 2020 14€ (R$ 75)
Fiat 500 Berlim, Alemanha Junho 2020 42€ (R$ 204)
Lancia Y Roma, Itália Outubro 2020 26€ (R$ 127)

Faça sua cotação no comparador da Rentcars:

Nota:

  • A tabela baseia-se na busca e devolução do veículo no aeroporto principal da cidade;
  • O modelo do automóvel e o período de locação (baixa e alta temporada) influenciam bastante no valor;
  • Foi utilizado como referência na pesquisa, o primeiro final de semana dos meses citados na tabela;
  • Os valores em Real são aproximados (variando de acordo com a cotação do Euro).

Alternativas para aluguel de carro barato na Europa

Turo, o Airbnb dos carros

Com o sucesso do Uber, não ia demorar muito até que surgisse um aplicativo que numa comparação simples seria considerado o Airbnb dos carros.

O app chamado Turo, criado em 2009, possibilita que você alugue o automóvel de uma outra pessoa de forma rápida e fácil. Basta baixar o app, escolher a cidade e o veículo dentre as opções disponíveis, as datas e em seguida aguardar que o proprietário aceite ou recuse o pedido.

Assim como ocorre no Uber, o locador pode comentar sobre sua experiência a bordo da viatura, inclusive com pontuação.

Entretanto, a grande dúvida que logo vem a mente é: se o locatário danificar ou bater o carro, de que forma o aplicativo assegura em relação a isso? Neste caso, é possível fazer um seguro do automóvel (valores diversos) através de um plano oferecido pelo app ou, se preferir, pode utilizar apenas o seguro em vigor do veículo, caso o proprietário já possua um.

A Turo não possui frota própria, sendo apenas um intermediário entre locador e locatário. No início, o app só atuava em um único país (Alemanha), mas não demorou muito para se expandir para o mundo inteiro.

road trip na europa

Veja também como funciona o aluguel de carro na Itália em maior detalhe.

DriiveMe, aluguel de veículos por 1€

É possível alugar um automóvel por apenas 1€ na Europa? Sim, é possível. No entanto, isso implica seguir algumas regras essenciais para obter essa facilidade.

O DriiveMe é um site (e também aplicativo) francês que permite conduzir automóveis de locadoras de veículos de um canto a outro, cujo itinerário é determinado pela empresa.

Não entendeu? É simples! Diariamente, milhares de veículos precisam ser movimentados (geralmente por caminhões de transportadoras). Para reduzir o custo desses transportes, a DriiveMe oferece a opção de deslocar os veículos através de motoristas particulares. Esse sistema recebe o nome de “one-way-rental”.

A vantagem acaba sendo para ambas as partes, pois as empresas de aluguel de carros reduzem seus custos de transporte de automóveis na hora de distribuí-los entre suas filiais e o cliente paga um valor bem mais barato pela locação.

Os automóveis são geralmente alugados por um período de 24h e, através de um buscador, o usuário escolhe a cidade e a data onde o carro deverá ser recolhido e a localidade onde ele será entregue. No entanto, pode ocorrer de não haver disponibilidade na data ou destino selecionado.

Além de pagar apenas 1€, o serviço inclui seguro e alguns quilômetros extra em caso de necessidade de desvio ao longo do trajeto. Contudo, o combustível e os pedágios são de responsabilidade do motorista.

Observação:

  • Não é possível escolher a marca ou modelo, sendo uma decisão da locadora de automóveis;
  • Exige idade mínima de 21 anos;
  • Pagamento de uma quantia como caução;
  • A condição de ter duas pessoas com carteira de habilitação na ocasião da viagem (condição relativa).

Esse serviço é vantajoso?

Depende, principalmente, da flexibilidade de tempo do usuário. Se ele tiver um compromisso, ou mesmo a intenção de fazer turismo na cidade onde o automóvel será entregue e a sua disponibilidade combinar com a data disponível no app ou site é algo certamente vantajoso.

Contudo, conciliar as datas nem sempre é uma tarefa fácil. Neste tipo de segmento abordado, o usuário precisa se adequar às demandas (datas e percursos) da locadora de veículos.

Dica: outras empresas que trabalham com esse sistema one way rental são a Imoova e Transfercar.

Como economizar no aluguel de automóvel na Europa

1. Alugue por mais tempo: quantos mais dias você usar o carro, mais baixo será o valor diário do aluguel. A maioria das locadoras recomenda, no mínimo, 7 dias para garantir os melhores preços, mas algumas já trabalham com valores mais baixos a partir de 5 dias de reserva;

2. Alugue na época baixa: os valores são melhores durante a baixa temporada, entre outubro e março (exceto dezembro e início de janeiro);

3. Atenção ao tipo de combustível: fique esperto ao tipo de combustível, pois muitas vezes o veículo sai barato na locadora, mas o tipo de gasolina ou o diesel compatível não compensa o preço;

4. Dê preferência para carros econômicos: lembre-se que carros automáticos não são comuns na Europa e o aluguel de um pode sair bem caro;

5. Use comparadores: a melhor forma de alugar um automóvel por um preço super acessível na Europa é através de um buscador de preços. Ele compara os valores de dezenas de locadoras de veículo ao mesmo tempo, inclusive aquelas empresas menores e bem menos conhecidas que as gigantes do mercado como a Hertz e Avis.

Aluguel de carros de luxo na Europa

O mercado de aluguel de carros de luxo na Europa tem crescido de forma gradativa no continente. Destinado a clientes com um alto poder aquisitivo, é um tipo de negócio voltado exclusivamente para um nicho específico de público, que geralmente inclui motorista.

As marcas dos veículos de luxo são de alto nível, tais como: Ferrari, Porsche, Rolls-Royce, Range Rover, Maserati, Bentley, Lamborghini, BMW e Mercedes Benz. A frota pode variar de sedans de luxo a SUVs e modelos esportivos mais exóticos.

Na empresa Rent Luxe Car, o cliente pode receber o automóvel escolhido em qualquer cidade na Europa, com assistência 24 horas por dia inclusive. Além de contar com funcionários bilíngues e consultores à disposição do locatário de luxo.

A principal diferença entre alugar um carro de uma locadora comum para uma de luxo é que nesta última os veículos são seminovos e de classe luxo premium.

Seu destino na Europa é França? Veja como alugar carro na França.

9 dicas essenciais no aluguel de carro na Europa

1. Opte por um automóvel com quilometragem ilimitada e evite o oposto, pois, se extrapolar o limite de quilômetros diário, irá acarretar um valor extra;

2. Escolha a opção de pegar com o tanque cheio e devolvê-lo também com o tanque cheio. Existem outras alternativas em relação ao combustível, como pegá-lo com o tanque cheio e devolvê-lo vazio, porém isso irá gerar uma cobrança extra que não vale a pena;

3. Alugue com antecedência de pelo menos um mês. Dessa forma, encontrará ótimas tarifas e também maior variedade de modelos de automóveis;

4. Alugar um veículo por um período longo (duas semanas ou um mês, por exemplo) torna-se mais viável financeiramente do que somente por alguns dias;

5. Dê preferência para devolver o automóvel na mesma cidade que o recolheu. Isso influencia bastante no valor das tarifas;

6. Não inclua GPS ao reservar o carro no site. É um custo extra alto e desnecessário, levando em consideração que o celular já possui GPS. Confira nossa lista dos melhores aplicativos GPS sem internet;

7. Se for solicitar um seguro que abrange todos os riscos (seguro completo), esteja ciente que será necessário deixar na locadora de automóveis um valor caução (bloqueado no cartão de crédito), no momento que for buscar o veículo. Caso ocorra um acidente (sem culpa), será preciso pedir o reembolso ao seguro;

8. Ao alugar um veículo, é normal que a empresa responsável “bloqueie” uma determinada quantia no cartão de crédito no momento do levantamento. Este procedimento é conhecido como “Franquia de Danos”, cujo valor bloqueado é devolvido no ato da devolução do automóvel;

9. Leia com atenção todas as condições e regulamentos do automóvel selecionado, pois as regras podem variar muito de um veículo para o outro, e o que era barato pode no final sair caro.

Conheça os 10 apps para viagem que são fundamentais.

Dispositivos úteis para ter no seu carro

Sensor de estacionamento: ideal na hora de estacionar em espaços pequenos, inclui uma câmera para facilitar a visão;

Alcoolímetro: se beber, não dirija. Esta é a regra essencial, porém, se não bebeu tanto assim mas está na dúvida em relação ao teor alcoólico ingerido, é melhor fazer um teste antes. Se por acaso apitar, vá de táxi;

Mesa para volante: acoplada à direção, permite fazer um lanche ou mesmo escrever, estando parado no estacionamento ou preso no trânsito.

6 cuidados que você deve ter ao dirigir na Europa

1. Existem auto-estradas com portagens (pedágios) normais e eletrônicas. Para evitar qualquer estresse, alugue o automóvel junto com o dispositivo adequado. Ao entregar o veículo na loja, o viajante efetua o pagamento dos pedágios ao longo da viagem;

2. A maioria dos postos de combustíveis na Europa funcionam no estilo selfservice. Isto é, o próprio motorista abastece o carro e em seguida vai até à loja de conveniência para efetuar o pagamento. Não há segredo: nas bombas há uma explicação de como proceder. Apenas se certifique do tipo de combustível do automóvel;

3. Sempre pare o carro quando uma pessoa atravessar a rua (faixa de pedestre). A prioridade é sempre deles;

4. Use o GPS (do celular) e selecione “ ida por estradas não pedagiadas”. Além da economia, o dispositivo vai indicar caminhos por cidades menores e charmosas;

5. Muitas locadoras de automóveis não permitem o cruzamento de fronteiras entre países no Leste Europeu. Verifique antes a obrigatoriedade de portar o selo-pedágio, que pode ser comprado nas fronteiras, em postos de gasolina, lojas de conveniência e outros locais. Este selo é obrigatório na Eslováquia, República Tcheca, Hungria e Áustria;

6. Conheça a legislação do país onde irá dirigir.

Não esqueça o Seguro Viagem Europa

Não se esqueça que para visitar a Europa é obrigatório fazer um seguro de viagem. Se você ainda não contratou e está planejando sua viagem, recomendamos que faça uma simulação no comparador de seguro viagem do Euro Dicas Turismo para conferir as várias opções de seguro para a sua viagem.

O Seguros Promo é um comparador de seguro viagem. Além de prático, os preços são bons e as empresas são confiáveis. De forma rápida, podemos comparar as opções de seguros e as coberturas. Algumas seguradoras conhecidas no mercado são:

  • Assist Card Seguro Viagem;
  • Travel Ace Assistance;
  • GTA Seguro Viagem;
  • Intermac Assistance;
  • Assist Trip;
  • Affinity Seguro Viagem;
  • Allianz/Mondial;
  • April Seguro Viagem;
  • Ita Travel.

Agora que você já sabe tudo sobre aluguel de carro na Europa, que tal conhecer os pontos turísticos na Europa para planejar sua EuroTrip? Boa viagem!

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autores

Jornalista, vive no Brasil e ama Portugal, tem passagens pela África, Europa e América do do Norte/Sul. Além da paixão por viagens, também adora animais e apoia projetos de conservação de vida selvagem na África do Sul e Brasil.

Clara é natural do interior de São Paulo e tem muito orgulho do sotaque caipira. Jornalista que adora gatos, tatuagens e livros, vê o mundo de cabeça para baixo e tem como vícios memes da internet e soltar piadas inesperadas no meio de uma conversa.