Onde comer em Paris: 12 lugares para se sentir como um local

Visitar Paris  / 

Uma das grandes dúvidas de qualquer turista que vai pela primeira vez à capital francesa é: onde comer em Paris? O que acaba sendo um paradoxo, pois a cada esquina há diversas opções.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

O cheirinho das boulangeries e dos pães frescos está sempre presente. Sem contar a quase infinita oferta de bistrôs, cafés e as espertas formules (pronuncia-se formüle, que são os menus do dia com preços mais baixos, incluindo entrada, prato principal e sobremesa).

Pode ter certeza, será uma das tarefas mais deliciosas se lançar a esta busca e descobrir os seus favoritos entre os milhares de restaurantes que se concentram nesta pequena e intensa cidade.

Para ajudar você a construir seu próprio roteiro em Paris, selecionamos algumas dicas que são bons pontos de partida.

Onde comer em Paris: sugestões para vários estilos de gastronomia

Melhores restaurantes

Epicure

Simplesmente com três estrelas no Guia Michelin, o Epicure é um representante da mais alta gastronomia francesa. Quem busca uma experiência de gastronomia elevada, pode pedir sem medo o menu degustação. Há também menus executivos na hora do almoço, que também valem o investimento.

Avaliação: 4,7 no Google;
Localização: 112 Rue du Faubourg Saint-Honoré, 75008;
Faixa de preço: $$$$ (Google).

Pink Mamma

Uma das melhores culinárias ítalo-mediterrâneas que você vai provar em Paris. Massas e pizzas valem cada centavo, assim como a burrata, o polvo, os pratos com trufas. O ambiente do Pink Mamma é lindo e, se puder, peça uma mesa no terceiro andar.

Avaliação: 4,4 no Google;
Localização: 20bis Rue de Douai, 75009;
Faixa de preço: $$ (Google).

Kong

Um dos pontos altos do restaurante Kong, além do menu fusion asiático, é sua arquitetura. Assinado por Philippe Starck, o espaço fica localizado em um prédio com telhado de vidro nos Les Halles, no centro de Paris, e tem uma vista panorâmica maravilhosa do Rio Sena. Lugar de gente descolada que não dispensa boa gastronomia.

Avaliação: 3,7 no Google;
Localização: 1 Rue du Pont Neuf, 75001;
Faixa de preço: $$$$ (Google).

Veja também este artigo sobre restaurantes na Torre Eiffel.

Restaurantes com bom custo-benefício

Bouillon Chartier

O Bouillon Chartier é um clássico que cabe no bolso de quem procura onde comer em Paris. Com mais de 100 anos de história, oferece uma verdadeira experiência parisiense e pratos simples, mas muito bem executados. O steak au poivre (filé com molho de pimenta) é um dos carros-chefe. Pode ter filas, mas vale muito a pena.

Avaliação: 4,0 no Google;
Localização: 7 Rue du Faubourg Montmartre, 75009;
Faixa de preço: $ (Google).

Maison Sauvage

A pequena e movimentada rua de St. Germain-des-Prés esconde este restaurante que chama a atenção pela fachada repleta de plantas e flores – daí o nome de selvagem. O Maison Sauvage é frequentado por turistas e jovens descolados, com disputadas mesinhas na calçada.

O menu é eclético e sazonal, com opções que vão de massas e saladas, passando por sanduíches, drinks e outras boas escolhas.

Avaliação: 3,8 no Google;
Localização: 5 Rue de Buci, 75005;
Faixa de preço: $$ (Google).

Le Petit Poucet

Pertinho de Montmartre e do boêmio Pigalle, o Le Petit Poucet oferece deliciosos almoços e jantares. A salada morna com queijo de cabra é deliciosa e perfeita para o verão, assim como o simples e delicioso croque monsieur, para quem busca uma refeição mais rápida. Sem contar a experiência de sentar nas tradicionais mesas parisienses, com vista para a efervescente Place de Clichy.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Avaliação: 3,3 no Google;
Localização: 5 Place de Clichy, 75017;
Faixa de preço: $$ (Google).

Onde comer Paris

Melhores tours em Paris: descubra o que fazer na Cidade Luz

Restaurantes mais baratos

MamThai

Se procura onde comer em Paris sem gastar muito dinheiro, tome nota desta opção. Um achado é este pequeno restaurante tailandês na região da Ópera.

A comida do MamThai é saborosa, barata e o atendimento, muito cordial. Cuidado apenas com a quantidade de pimenta, que pode ser forte para muita gente.

Avaliação: 4,5 (Google);
Localização: 8 rue Cadet, 75009;
Faixa de preço: $ (Google).

Le Symposium

O Le Symposium Fica em uma das ruas mais animadas e com a maior concentração de restaurantes baratos da cidade, na região de Saint Michel, pertinho da Notre-Dame e das universidades.

Um dos atrativos são as formules (menus para jantar) que reúnem vários clássicos franceses, como entrada de escargot e sopa de cebola, pratos principais como bouef bourguignon e steak au poivre e sobremesas como crème caramel (parecido com o pudim brasileiro).

Honesto e com bom atendimento. Para economizar ainda mais, peça a água da casa, de graça, e o pichet de vinho da casa, que tem um bom preço.

Avaliação: 3,7 no Google;
Localização: 22 rue de la Huchette, 75005;
Faixa de preço: $ (Google).

La Creperie de Josselin

Creperia antiga e bem tradicional na região de Montparnasse, fica em um local bastante charmoso. Há um bom número de opções doces e salgadas, incluindo vegetarianas. A sidra da La Creperie de Josselin completa muito bem a experiência.

Avaliação: 4,3 no Google;
Localização: 67 Rue du Montparnasse, 75014;
Faixa de preço: $ (Google).

restaurantes em paris

2 dias em Paris: veja o que visitar, onde comer e onde ficar.

Onde comer em Paris na rua e refeições rápidas

L’As du Falafel

L’As du Falafel. Essa dica não falta em nenhuma lista de onde comer em Paris. As filas no Marais em frente a este restaurante já são um clássico. A Rue des Rosiers é um reduto da culinária judaica, e os sanduíches de falafel muito bem servidos, entre outros pratos, são um representante à altura.

Avaliação: 4,3 no Google;
Localização: 32-34 rue des Rosiers, 75004;
Faixa de preço: $ (Google).

Au P’tit Grec

A concorrência entre o melhor crepe de Paris é acirrada, mas certamente o Au P’tit Grec é um dos melhores. Recheio farto, massa crocante na medida, muitas opções de sabores e atendimento simpático tornam este restaurante “à emporter” (para levar) um dos obrigatórios para quem visita o Quartier Latin.

Avaliação: 4,5 no Google;
Localização: 68 Rue Mouffetard, 75005;
Faixa de Preço: $ (Google).

Da Graziella

Uma das melhores pizzas em estilo napolitano que você vai comer em Paris. O vinho é um pouco mais caro, mas você pode comprar apenas uma taça. Sem contar o charme do espaço do Da Graziella, que antigamente era uma loja de pássaros e preserva ainda hoje os lindos azulejos em estilo Art Nouveau.

Avaliação: 4,4 no Google;
Localização: 43 Rue des Petites Écuries, 75010;
Faixa de preço: $$ (Google).

Aproveite e confira 8 dicas para economizar em Paris.

Onde comer em Paris: dicas para observar na cidade

A culinária francesa é referência de excelência por seus processos minuciosos e pela tradição dos pratos. Nem tudo se reduz a chefs estrelados e restaurantes caríssimos. Em comum, todos os pratos franceses têm a simplicidade e o respeito aos ingredientes. Queijos, pães, carnes e vinhos são sempre de primeira linha.

Para os tradicionais, os demorados boeuf bourguignon (carne bovina cozida no vinho tinto) ou coq au vin (frango ao vinho tinto) estão entre os famosos. Há quem prefira escargots ou ostras, presentes nos bares descolados de toda a cidade.

Até os sanduíches ganham um toque gourmet em Paris e são encontrados em qualquer esquina. Entre eles, o jambon beurre (presunto com uma excelente manteiga na baguete), o croque monsieur e o croque madame – ambos com queijo e molho branco, sendo que no croque madame, ele inclui um ovo frito ou pochê.

Visitar uma boa padaria já é um passeio maravilhoso e você pode provar croissants, pain au chocolat (parecido com um croissant, mas com gotas de chocolate), pain au raisin (o mesmo pão, mas com passas).

Sem contar os doces, como macarons, financiers, tartelettes e uma infinidade de outras preparações que atravessaram séculos – e consagraram Paris como um dos principais destinos de viagem para quem adora gastronomia.

Você não precisa pagar caro para conhecer alguns clássicos da culinária local. Por isso, a resposta à pergunta de onde comer em Paris é simples. Apenas siga a intuição e ande pela cidade.

Ficou inspirado? Também fizemos uma lista de top 10 bares em Paris, veja.

Seguro viagem é obrigatório

Isso mesmo. A França é um dos países europeus que integra o Tratado de Schengen, instituído em 1985. Ele facilita o trânsito de pessoas e turistas entre os países, mas ao mesmo tempo instituiu a exigência de apresentar na entrada um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros.

Uma boa notícia é que um bom plano não custa caro, principalmente se você utilizar o nosso comparador de seguros viagem para encontrar o melhor preço.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.