Praça da Concórdia: onde fica, o que visitar e dicas essenciais

Visitar Paris  / 

A Praça da Concórdia é a segunda maior praça da França e mesmo que sem querer, você com certeza vai visitá-la. Localizada na capital da França, em Paris, a praça está bem no centro da cidade, é extremamente bem cuidada, limpa e praticamente um ponto de encontro dos parisienses.

Hoje vamos falar mais sobre a Praça da Concórdia e os motivos que fazem com que ela seja uma parada obrigatória em Paris. Confira tudo!

Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil.


Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem. Faça uma cotação online sem compromissos e confira as várias opções de seguro para a sua viagem.

FAZER COTAÇÃO »

Onde fica a Praça da Concórdia

Logicamente que ao visitar Paris você vai querer conhecer o Arco do Triunfo, a Avenida Champs-Élysées e, claro, o Museu do Louvre. Certo? Pois é, no dia que você for aos pontos turísticos que eu disse, você também vai, obrigatoriamente, conhecer a Praça da Concórdia.

Ela fica entre o Arco do Triunfo e o Museu do Louvre, no pé da Champs-Élysées. Por estar bem no centro de Paris, a Praça da Concórdia recebe eventos o ano todo e nela, geralmente, tem um parque de diversões bastante grande instalado.

O lugar é lindo em qualquer estação do ano. Eu a visitei no outono e o fim de tarde com o pôr-do-sol estava belíssimo, um pouco frio, mas com sol e muito agradável.

Museu do Louvre sem fila: confira nossas dicas para visitar.

Como chegar na praça?

A melhor maneira para visitar e conhecer a Praça da Concórdia é a pé. Depois de chegar no centro de Paris (de carro, táxi, metrô, bicicleta e etc.), você pode ir ao Arco do Triunfo e descer a Avenida Champs-Élysées em direção ao Museu do Louvre. Bem no final da Champs-Élysées estará a Praça da Concórdia. Simples e fácil. Aliás, a praça pode ser um excelente ponto de encontro!

Na minha opinião a melhor forma de se locomover por Paris é de metrô. Os táxis são bem caros e não valem a pena (a menos que você esteja disposto a gastar bem).

O que fazer em Paris: dicas para planejar o seu itinerário pela Cidade Luz.

O que fazer na região

A Praça da Concórdia está no centro de Paris e quando você descer a Champs-Élysées poderá aproveitar, antes de chegar na praça, para comer o delicioso doce macaron na lendária Ladurée Paris da Avenida Champs-Elysées. A loja é tradicional em Paris e é lindíssima. Além do macaron, existem diversas opções de bolos e tortas que parecem mais obras-de-arte.

Outra loja sensacional para conhecer em Paris é a da Louis Vuitton que fica na avenida, além da Chanel, Prada, Givenchy, Dior, entre outras grandes grifes mundiais.

Não esqueça que você estará na principal avenida de Paris e onde “tudo acontece”, ou seja, você terá muito que fazer, ver e fotografar quando conhecer a Praça da Concórdia. Sem falar que ela está no caminho para o Museu do Louvre e para a Torre Eiffel.

Lojas na champs-elysees

Comprar passagem para Paris: quanto custa e como economizar.

História da Praça da Concórdia

A construção da Praça da Concórdia iniciou em 1748 e terminou somente em 1772. Palco de dezenas de acontecimentos históricos, foi nela que durante a Revolução Francesa mais de mil pessoas foram guilhotinadas na então conhecida Praça da Revolução.

Atualmente, a Praça da Concórdia é um local de encontro de multidões e tem sido muito utilizada pelos Coletes Amarelos durante as violentas manifestações que acontecem na capital da França. Sua história é constituída por sangue, lágrimas e também gritos de vitória.

Vale a pena visitar a Praça da Concórdia?

Vale muito. Especialmente porque nela está uma fonte linda (fonte de Jacques Hittorff), o Obelisco e luminárias charmosas. Além disso, muito provavelmente você verá blogueiras do mundo todo por lá fazendo fotos e noivos que optaram pelo Destination Wedding, que é quando o casamento acontece em alguma cidade escolhida pelo casal e Paris está entre as favoritas, pelo seu romantismo.

Nos últimos 3 anos, você teve uma passagem aérea que se atrasou ou foi cancelada?

Se você passou por atraso, cancelamento ou superlotação em um dos seus voos para a Europa, solicite uma compensação de até R$ 2700 por passageiro.

REINVIDICAR »

Comida francesa: conheça os principais pratos e especialidades.

o que visitar praca da concordia

Dicas e curiosidades

Se você sonha em conhecer Paris, mas a grana não está sobrando, uma dica é passar num dos supermercados da cidade antes de ir para o centro da cidade. Sim, não é mentira, tudo é caro em Paris. Especialmente se você estiver na Avenida Champs-Élysées.

Para você ter uma ideia, uma garrafinha de 290 ml de Coca-Cola ronda os 7€ (sete euros), um copo de chope (200 ml) os 8€ (oito euros) e um café 5€ (cinco euros). Então, passe no supermercado, faça umas comprinhas e uma mochila pra que te quero.

Nem o McDonalds escapa e o menu na Champs-Élysées é mais caro que o normal (mas compensa em relação aos restaurantes).

Além disso, você precisa ter em mente que Paris foi a sexta cidade mais visitada do mundo em 2017 e que milhões e milhões de pessoas passam pelas ruas da cidade todos os dias. Portanto, tenha atenção aos seus pertences, não se distraia com mochila e mantenha o seu passaporte em um local seguro (doleira é sempre uma boa opção).

Outra dica que posso dar é: conheça o centro de Paris a pé. Calma, leia “centro de Paris” como Praça da Concordia, Arco do Triunfo, Avenida Champs-Élysées, Museu do Louvre e Torre Eiffel. Escolha um tênis bastante confortável e caminhe pelas ruas adjacentes aos monumentos que você quer conhecer e, assim como eu, babe com as lojas e construções maravilhosas da cidade luz.

Paris é uma cidade linda e que vale a pena visitar, mas paciência é a chave para que a sua viagem seja perfeita. Muita gente, tudo cheio. Eu confesso que esperava mais de Paris, mas também criei muita expectativa e isso atrapalhou um pouco. A capital francesa é romântica, mas também é uma mega cidade com milhões de habitantes.

Além disso, é importante tentar aprender algumas frases básicas em francês para pedir informação (ou comprar um chip para ter internet liberada no celular). Porque eles não gostam de falar inglês e isso me atrapalhou um pouco. Os parisienses não foram muito simpáticos comigo. Mas torço para que a sua experiência seja melhor que a minha! Boa viagem!

Galerias Lafayette em Paris: vá as compras nos luxuosos edifícios (ou apenas conheça esse emblemático edifício).

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai viajar em breve? Tenha sempre internet no celular

    Viajar com internet é fundamental para acessar o Google Maps, para chamar um Uber, para ver o horário do transporte público ou para tirar qualquer dúvida. Nós recomendamos o chip SIMPREMIUM. Basta encomendar e você recebe em sua casa antes de viajar.

    PEDIR CHIP »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
COMPARTILHE
Autor

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.