Está planejando sua viagem para a cidade luz e quer saber onde ficar em Paris? Chegou ao artigo certo! A capital francesa é uma joia repleta de opções para todos os gostos e contas bancárias. É possível gastar muito ou pouco, dependendo do que se busca.

O que importa é que, independente da profundidade do seu bolso, saiba que encontrar uma estadia surpreendente é possível, quer você busque luxo, praticidade ou custo-benefício!

Entenda onde ficar em Paris

Paris, capital da França, é uma das cidades francesas divididas no que é chamado de arrondissements que, em português, podemos chamar de distritos.

Essa divisão que a olhos estrangeiros pode parecer confusa, data do século XIX e permite que nos localizemos com facilidade. Os arrondissements de Paris formam uma espiral que se organiza no sentido horário: do centro da cidade às extremidades.

Mas, sejamos francos, o que você realmente deseja saber é onde ficar em Paris. E, pra isso, será necessário olhar com lupa para os arrondissements e, neles, encontrar as atrações que mais lhe apetecem visitar em Paris.

Ao se hospedar nas proximidades dos principais monumentos e pontos de interesse você poderá se deslocar a pé ou de metrô.

Entenda os arrondissements de Paris

Na tabela interativa abaixo você pode brincar com as colunas e ordenar os resultados seguindo o que é prioridade para você. Prefere ter atrações culturais por perto? O Paris 3 (3ème arrondissement de Paris), o “Le Marais“, pode ser o mais adequado. Este quartier também é considerado um dos mais amigáveis ao público LGBT.

Agora, atenção! Não se deixe influenciar pelos dados arbitrários desta tabela!

Por exemplo, o 18º arrondissement (Montmartre) aparece na lista com uma classificação relativamente baixa para a categoria cultura mesmo sendo o local que abriga, entre outras coisas, a espetacular basílica de Sacré-Cœur. Montmatre foi também cenário de Amélie Poulain.

Tudo isso também é cultura. E das boas! E cada cantinho da cidade tem museus, atrações, monumentos, pontos turísticos, ruas charmosas, brasseries e outras delícias que poderão te fisgar pelo coração. Você não conhecerá Paris em uma viagem, então prepare-se para voltar muitas vezes!

Melhores bairros para ficar em Paris

Se você busca um pouco mais de sossego durante sua estadia parisiense, parta para o 5ème arrondissement, o mais antigo distrito da cidade luz.

O “quinto” tem vida agitada? Tem, é verdade, mas também se caracteriza pela quantidade de famílias que ali habitam. Isso traz um ar mais calmo à região, mas não se engane: não há calmaria em Paris. Nunca!

Como saber em que arrondissement fica o hotel?

Como adiantado, Paris é dividido em 20 arrondissements. Os códigos para se localizar na cidade iniciam pelo prefixo 750 seguido pelo algarismo que representa o distrito.

Do arrondissement 1 a 9, acrescenta-se, além do prefixo 750, um 0 à esquerda do número do distrito. Para os arrondissements do 10 ao 20, acrescenta-se apenas o prefixo 750. Deste modo:

  • Arrondissements 1 ao 9: prefixo 750 + 01, 02, 03 e assim por diante;
  • Arrondissements 10 ao 20: prefixo 750 + 10, 11, 12 e assim por diante.

É deste modo que você irá se localizar em Paris. O endereço do seu hotel, hostel ou AirBnb será grafado no seguinte formato: XX (número do imóvel), Rue YYY (nome da rua), 750XX (número do arrondissement) Paris, França. Vejamos um exemplo de endereço verdadeiro em Paris:

Entendendo como os endereços são apresentados e sabendo como “ler” os arrondissements corretamente você não passará apuros para se localizar!

Onde ficar no coração de Paris?

O coração de Paris pode ser representado pelos arrondissements 1, 2 e 3. Esses arrondissements são extremamente requisitados por turistas em razão de suas atividades culturais pujantes, da facilidade para se deslocar por todas as regiões de Paris e por oferecer opções que, a depender de onde você está hospedado, poderão ser feitas a pé.

Nessa macrorregião você estará a poucos minutos do Museu do Louvre, do Centro Pompidou, da agitadíssima região de Les Halles, do Marais, do imperdível Jardin des Tuileries e de tantas e tantas outras atrações deliciosas!

Não é à toa que os turistas simplesmente amam se hospedar no coração de Paris, entre o 1º e o 3º arrondissement. Mas, claro, dá para ser feliz também em outros locais. Especialmente porque esse perímetro acima delineado é um verdadeiro “inferninho” de pessoas. Prepare-se para se acotovelar!

Facilidade de transporte nos melhores bairros para ficar em Paris

Se essa será a sua primeira vez em Paris, acho que vale a pena mergulhar no furdúncio do coração parisiense. Não será a coisa mais sossegada do mundo, mas você estará cercado de grande parte do que acontece na cidade. Falta do que fazer? Nunca!

A título informativo, confira o tempo, percorrido em metrô, entre os arrondissements 1, 2 e 3 e a Torre Eiffel:

  • 1º arrondissement até Torre Eiffel: 24 minutos a partir da Concorde;
  • 2º arrondissement até Torre Eiffel: 27 minutos a partir de Grands Boulevards;
  • 3º arrondissement até Torre Eiffel: 32 minutos a partir da République.

Observe que as distâncias são relativamente grandes para se chegar a uma das principais atrações parisienses a partir do coração de Paris. No entanto, tenha em mente que você não está indo para a capital apenas para ver a Torre Eiffel!

Toma-se tempo para chegar até lá, mas economiza-se para visitar outras atrações. E tem mais: cada um desses passeios pela cidade, em transporte público, seja tram, ônibus ou RER, são maravilhosos. Você vai se divertir vendo gente diferente, ouvindo os mais diversos idiomas, se apaixonar pelos looks dos habitantes e muito mais. Viajar é isso!

Indicações de hospedagem no coração de Paris

Garimpei quatro opções a partir do Booking. Sendo duas opções de hospedagem bon marché (acessíveis) e duas opções haut de gamme (sofisticadas). As simulações a seguir levam em conta uma viagem em casal e com duração de dez dias. Os dados foram coletados no dia 12 de outubro.

Tradicional fachada de hotel parisiense, na França
Hotéis situados entre o 1º e o 3º arrondissement oferecem comodidades, como transportes rápidos para todos os cantos

Como alguns parágrafos acima indicamos que vale a pena se aventurar pelos arrondissements 1 ao 3 (e imediações), as opções a seguir levam em conta essa região. Vamos juntos ver algumas opções?

1. Les Temps de Jeanne

Ligeiramente deslocado do coração parisiense, mais precisamente situado no 4ème, encontramos o Les Temps de Jeanne com nota 8,8 no Booking. Com wi-fi gratuito e um café da manhã extremamente elogiado pelos hóspedes, o hotel encontra-se estrategicamente localizado a menos de 2 minutos a pé da estação de metrô Saint-Paul.

A linha que por ali passa facilita o acesso ao Museu do Louvre e a Champs-Élysées. Além disso, a partir do hotel você está a 300 metros das margens do Sena e a míseros 10 minutos a pé da Catedral de Notre-Dame.

2. Turenne Le Marais

Mais uma opção no quarto arrondissement, o Turenne leva o Marais no nome pela proximidade com essa região super cool da capital. Sua nota 8,1 o coloca entre as boas opções custo-benefício do coração parisiense.

Os quartos do Turenne Le Marais têm banheiros individuais e dotados de banheiras: excelente para relaxar um pouco antes de prendre un verre (tomar umas!) pelas imediações badaladas.

Tal qual a opção anterior, o Turenne também situa-se próximo à estação de metrô Saint-Paul: são apenas 160 metros de distância do hall até o metrô. Por meio dela, além do Museu do Louvre e Champs-Élysées, já mencionados, você chega facilmente ao Château de Vincennes e ao distrito comercial da La Defense.

3. Hotel Marais Grands Boulevards

Este hotel très bien, com nota 8,1 no Booking, é charmosíssimo! O Marais Grands Boulevards tem a seu favor, tal como as outras opções, uma excelente localização. Seus hóspedes são servidos pela estação de metrô Strasbourg-Saint-Denis, localizada a meros 60 metros do estabelecimento.

Por ela, chega-se facilmente a Saint-Michel, Trocadéro e Bastille. A estação de metrô e RER Gare de l’Est fica a 5 minutos a pé do hotel. A região é tranquila para ser percorrida a pé e é adequada até mesmo a pessoas com idade um pouquinho mais avançada.

Se tiver a sorte de se hospedar num quarto com sacadinha, aproveite para desfrutar de um café da manhã para começar o dia com o pé direito, ou de um bom vinho no fim de um dia cheio de passeios.

4. Hôtel Regina Louvre

Você chegou à conclusão de que quer ter uma experiência parisiense de fino trato. Afinal, essas serão as férias da sua vida! Se esse for seu objetivo, olhe com carinho para o Hôtel Regina Louvre. Classificado como esplêndido no Booking, o hotel ostenta 8,9 pontos na plataforma.

Vista da pirâmide do Museu do Louvre em Paris
Há hotéis sofisticados que dão vista para pontos turísticos da cidade luz, como o Regina Louvre, impecável

Não por menos, esse maravilhoso hotel situa-se no 1º arrondissement e oferece vista para o Louvre. Isso, meus amigos, por si só já vale a experiência. O Hotel Regina Louvre abriu suas portas em 1900 para a Exposição Universal, e está localizado em frente ao Jardin des Tuileries do qual já falamos.

Hotéis baratos em Paris

Está com o dinheiro um pouco apertado, e quer fazer essa viagem acontecer gastando menos? É possível, mas isso tem muito a ver com a época do ano em que você vai viajar, fique de olho.

1. Best Western Plus

Um hotel que costuma ter preços razoáveis ao longo do ano é o Best Western Plus, localizado no 8º arrondissement. Mas, se estiver buscando onde ficar em Paris durante a alta temporada, saiba que talvez nem ele seja necessariamente acessível.

2. Hôtel de Roubaix

O Hôtel de Roubaix é bem avaliado e estava aplicando tarifas descontadas no momento de publicação deste artigo. Situado no coração parisiense, mais precisamente no 3º arrondissement, é uma excelente opção de hospedagem custo-benefício. Mas, uma vez mais: tudo depende do período do ano.

3. The People

Agora, se você abrir mão do conforto do hotel é possível encontrar opções ainda mais acessíveis. O hostel The People – Paris Marais é aclamado por ser um hostel mais ‘chique’ e bem frequentado.

Além disso, está no Marais, o que por si só já é motivo para considerá-lo durante sua busca. Difícil mesmo é encontrar datas em que o The People tem quartos vagos! Se achar, reserve o quanto antes.

Hotéis de Luxo em Paris

Luxo em Paris é muito fácil! Conheçamos duas opções entre as centenas da cidade. A escolha se dá pela localização e pela sofisticação dos serviços praticados.

1. Le Burgundy

Se você quer uma hospedagem acima da média na cidade luz, vale a pena dar uma olhada no sofisticado Le Burgundy. O hotel fica situado no 1º arrondissement e conta com piscina, serviço louvável, excelente café da manhã e uma localização fora da curva de tão boa.

O restaurante do hotel é o Le Baudelaire que, obviamente, por ser uma opção de alto luxo, conta com uma estrela Michelin.

2. Marignan Champs-Elysées

Um pouco mais barato, mas igualmente sofisticado, o Hotel Marignan Champs-Elysées fica no 8º arrondissement e é reconhecido pela qualidade do serviço e pela localização. Seu bar, que opera a partir das 18 horas, também é bem falado e serve drinks e coquetéis que convidam a uma noitada ali mesmo.

A depender da opção de hospedagem escolhida, você pode ser agraciado com um transporte do aeroporto para o hotel e vice-versa. Nada de passar aperto no trem até Paris com malas. O luxo tem suas vantagens, e no caso do Marignan, vai além de uma localização primorosa.

Melhores hotéis em custo benefício em Paris

Preparei um balanço de todas as opções que apontei ao longo deste artigo. Confira os melhores hotéis onde ficar em Paris de acordo com a categoria.

  • Dinheiro curto? Fique no agradável The People;
  • Um pouco mais de conforto? Escolha o Best Western Plus;
  • Baixa temporada? Vá para o Turenne Le Marais gastando pouco;
  • Quartos confortáveis, sem cobrar os olhos da cara? Fique no Le Temple De Jeanne.

Agora, se você tiver dinheiro sobrando, nem perca tempo e vá direto para o Hôtel Regina Louvre ou ao Le Burgundy!

Ficar conectado na Europa nunca foi tão fácil

Com a America Chip você tem internet 4G ilimitada durante toda a viagem. Escolha entre o chip e o eSIM e aproveite a Europa com a melhor conexão a partir de USD 40.

Ver Planos →

Bairros mais descolados, boêmios e gay friendly de Paris para hospedar

Paris como um todo pode ser considerada uma cidade gay friendly. De modo geral, os quartiers situados intramuros transmitirão segurança e irão reverberar identificação entre você e os demais cidadãos e visitantes.

1. Le Marais

Se você busca realmente se sentir em casa em Paris, sem medo de ser feliz, sem julgamentos de conservadores e não quer procurar demais os melhores bairros onde ficar em Paris, pode saltar direto para o Marais.

Moderno e histórico ao mesmo tempo, amigável à comunidade LGBT (todo lugar deveria sê-lo, mas essa é uma outra história), no 3º arrondissement você encontrará elegância e arte no lado do Marais.

Ali se reúnem as tendências da arte moderna e contemporânea com suas galerias intimistas, lojas de moda que são tendência entre os cools de Paris, barzinhos para bebericar e terrasses onde petiscar. Por ali você também encontrará clubes, casas noturnas e bazares famosos para renovar o guarda-roupa.

2. Pigalle

Pigalle também é um local em que a boemia convive em harmonia com a comunidade LGBT. É verdade, Pigalle tem a fama de ser um quartier associado a sex shops. Bom, se você se deixar levar pelas aparências não sairá de casa, não é mesmo?

Moulin Rouge em Paris
Montmartre pode ser o local ideal para se hospedar se você busca clima boêmio e amigável à comunidade gay

Pigalle é vibrante! E ponto. Sim, tem um punhado de lojas de artigos adultos com seus letreiros neons que, à noite, dão um clima quase cyber punk às ruas bem servidas de kebabs, redes de fast food conhecidas, barzinhos amigáveis e o Moulin Rouge!

3. Bastille

Situado no carrefour (cruzamento) dos arrondissements 4, 11 e 12, Bastille é chique, popular e tem um pezinho na arte que os endinheirados de Paris, Roma e Pequim amam visitar e torrar preciosos euros durante suas compras em Paris!

Há opções para todos os gostos, mas o público LGBT vai curtir a boa recepção e a segurança de andar pelas ruas repletas de cafés, bares e restaurantes. Bastille é delicioso e relativamente seguro para passear e se hospedar. Há boas opções de Airbnb por lá, além de hotéis.

4. Quartier Latin

Encerro a minha lista de sugestões trazendo o imperdível Quartier Latin. Situado na rive gauche do Rio Sena, o bairro é um dos mais antigos de Paris! Hoje, é ponto de encontro de locais e turistas que se acotovelam pela charmosa rue de la Huchette em busca de bebidinhas e pratos para comer à noite.

Gay friendly e boemio-chique, o Quartier Latin é um dos meus favoritos. É bem cuidado, cheio de jardins, prédios bonitos, ruas gostosas de se passear, além de ser cheio de cantinhos adoráveis para tomar café ou uma tacinha de chardonnay.

Hospede-se e viva a experiência de cruzar com jovens estudantes todos os dias, além de gente bem vestida e de bem com a vida, os bon vivants! Quartier Latin é um dos melhores bairros onde se hospedar em Paris.

Dicas de quem mora em Paris para se hospedar da cidade

Agora que você já descobriu lugares deliciosos onde ficar em Paris, vou deixar ainda outras três sugestões. Desse jeito, você terá uma série de opções de hospedagem em Paris de acordo com suas preferências!

Hospedando-se no 13º arrondissement

Naturalmente multicultural, o 13º tem bares e casas noturnas bastante badaladas! O local também é conhecido por ser um dos principais distritos asiáticos de Paris. É no 13º que localiza-se a Pont de Bercy, a Place d’Italie e a Passerelle Simone de Beauvoir, ambos locais bastante visitados por turistas de todos os cantos.

A bela Torre Eiffel em Paris, França, vista entre prédios
A Torre Eiffel situa-se no 7º arrondissement; porém, de transporte chega-se facilmente a ela a partir do 13º

O 13º também é recheado de opções de transporte e chega-se facilmente a todos os cantos de Paris a partir de metrô. A região, embora tenha apelo turístico, oferece menos opções de hospedagem. Mas existem, e são agradáveis!

Hospedando-se no 14º arrondissement

Recheado de vida, o 14º caracteriza-se por ser uma região com muitos estudantes, sobretudo por ser o arrondissement onde se localiza a Cité Internationale Universitaire de Paris (CIUP). É um lugar legal onde se hospedar em Paris.

Prepare-se para cruzar com gente de todos os locais do mundo, inclusive muitos brasileiros. Tem quem goste, tem quem prefira uma distância da língua materna.

Mas, felizmente, o 14º não é só CIUP! Você encontrará por ali as Catacombes de Paris, o agradável Parc Montsouris, o Cimetière du Montparnasse e, o melhor, hospedagens mais em conta do que no coração de Paris. A região é bem servida de transporte público e há um punhado de bicicletas compartilhadas para alguar.

A região próxima ao Parc Montsouris é adequada para estadias como as que temos proposto nesse artigo.

Hospedando-se no 20º arrondissement

É um dos meus favoritos dessa lista. Histórico, calmo, bem preservado, com cara de vila. Tão legal e (felizmente) ainda pouco explorado pelo furdúncio turístico, o 20º é uma delícia de lugar onde se hospedar em Paris, em especial porque ainda está ligeiramente fora do radar.

Por ali você terá à disposição o belo e enorme Parc de Belleville, além de acesso aos túmulos de Oscar Wilde e Jim Morrison (se isso for de seu interesse, claro). As hospedagens são muito mais familiares no 20º, então não espere por luxo, mas sossego.

Ah, e prepare-se: é o meu favorito, mas chegar a outros pontos da cidade a partir dessa região exige tempo. É tudo bem longe, mas digo que vale a pena. Sobretudo se você estiver visitando Paris a partir da segunda vez!

Com esse “top 3”, encerro as dicas de onde ficar em Paris com o sentimento que ofereci uma porção de boas opções de onde se hospedar na cidade. Espero que essas dicas tornem sua estadia por aqui mais fácil, divertida e agradável.

Bon voyage!