Real Alcázar de Sevilha: ingressos, horário e como chegar

Visitar Espanha  / 

Declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco, o Real Alcázar de Sevilha (Real Alcácer de Sevilha) é um complexo de palácios, composto por diversos edifícios de diferentes épocas.

Encontre as melhores experiências turísticas na Europa

Na Get Your Guide você encontra os melhores tours guiados, entradas para atrações turísticas e atividades únicas em todos os destinos europeus.

VER ATRAÇÕES»

É um dos palácios mais antigos do mundo ainda em uso atualmente e também um dos monumentos mais visitados de Sevilha.

E neste artigo você vai conhecer informações importantes sobre o Alcázar de Sevilha e saber como visitá-lo.

Informações sobre o Alcázar de Sevilha

Endereço: Patio de Banderas, s/n | Patio de Banderas, 41004 Sevilha, Espanha

Horário: de outubro a março: de segunda a domingo, das 9h30 às 18h00 / de abril a setembro: de segunda a domingo das 9h30 às 20h

Como chegar: metrô: Puerta de Jerez, linha 1 ou ônibus, linhas C4, C3, 5, 41, 42, C1 e C2

Ingressos: inteira: 11,50€; reduzida: 3€ (idosos e estudantes de 17 a 25 anos); gratuita: pessoas com deficiência, crianças menores de 16 anos e residentes da cidade de Sevilha [Comprar online]

História do Real Alcázar de Sevilha

Ao visitar Sevilha, na Espanha, existem alguns pontos turísticos que você definitivamente não pode deixar de conhecer e um deles é justamente o Palácio Real Alcázar de Sevilha.

A construção do monumento se dá em dois períodos: o islâmico e o cristão. No período islâmico, a construção dos palácios foi iniciada desde quando os árabes conquistaram Sevilha e, posteriormente, em 720, passaram a usar o local como residência de seus líderes.

O Real Alcázar de Sevilha foi construído pelos árabes durante o período da Alta Idade Média, em torno do ano 700, a partir das ruínas de um palácio da dinastia almóada. Em 884, criaram a muralha, com o objetivo de evitar uma invasão viking.

Já em 1248, Sevilha foi tomada pelo Rei Fernando III, quando se inicia o período cristão.

Alcazar de Sevilha palacio

Desde quando o Rei tomou os palácios, o local foi transformado em residência real e, posteriormente, seu filho Afonso X, iniciou as primeiras reformas, adicionando diversas salas, capelas e jardins.

Desde a sua inauguração e como residência real, o palácio já foi palco de diversos acontecimentos importantes para a história tanto do país quanto das Américas. Desde nascimentos e casamentos dos membros da realeza até reuniões com Cristóvão Colombo após suas navegações, muitos momentos importantes aconteceram por ali.

Patrimônio Mundial pela Unesco

Em 1987, o Alcázar de Sevilha foi declarado Patrimônio Mundial pela Unesco. Isso significou o reconhecimento da sobrevivência de um complexo harmônico de culturas e civilizações, no qual estão presentes todos os seus elementos.

Destaque

Um dos grandes atrativos do Alcázar de Sevilha é que ainda foram conservadas diferentes etapas da história em suas instalações. Com o tempo que levou até a sua finalização e as reformas que se sucederam, o palácio possui diferentes traços e características de cada uma dessas épocas.

É possível ver vestígios de arte islâmica, além de restos de estilo mudéjar (estilo muito comum na região de artes cristãs com elementos estéticos do islamismo) e gótico e elementos renascentistas, maneiristas e barrocos.

Ele permanece sendo residência oficial da família real em Sevilha até os dias atuais, o que faz dele o Palácio Real em uso mais antigo da Europa.

Já pensou em alugar uma mala para viajar?

A GetMalas tem a solução ideal para quem busca malas premium sob medida para cada viagem.

ALUGAR MALA »

Além disso, o local também foi utilizado em diversos filmes e séries de televisão, entre eles: 1492 A Conquista do Paraíso, Lawrence da Arábia, Reino dos Céus e a aclamada série Game of Thrones.

Melhores lugares para viajar com crianças: confira nossa lista.

O que ver no Real Alcázar de Sevilha

Vale muito a pena conhecer tanto o palácio em si quanto seus famosos jardins e, claro, saber um pouco mais sobre os povos que ali viveram e a importância do local para a história da humanidade.

O palácio, como já citamos, além de sua vista surpreendente também é muito rico em detalhes e histórias, por isso pode ser interessante saber de alguns pontos importantes a respeito dele para aproveitar ainda mais a sua visita.

Então, se você está preparando seu roteiro pela Espanha, saiba mais sobre o que ver nessa atração.

  • Belos mosaicos e murais do Alcázar de Sevilha;
  • Pátio das Donzelas, situado no Palácio do Rei Dom Pedro, com uma grande fonte central, onde é possível observar refletidas as lindas construções ao redor;
  • Salões de Carlos V;
  • Pátio de Gesso;
  • Pequeno Pátio das Bonecas;
  • Antiga Casa da Contratação, local onde se levavam a cabo a burocracia entre a Espanha e o continente americano;
  • Jardins do Alcácer, que mais parecem jardins de contos de fadas, com muitas fontes, laranjeiros e palmeiras. São um verdadeiro e exuberante paraíso de paz e frescura, ideais para relaxar e fugir do ruído e das pressas da cidade.

Roteiro de visitação

A entrada acontece pela Porta do Leão, construída em estilo almóada, e dá para o Pátio da Montaria. Ao continuar, você irá se deparar com o Pátio do Leão, o Palácio de Pedro I, considerada uma das mais belas construções, o Quarto do Almirante, a Capela e o Salão de Carlos V, o Pátio das Donzelas, Sala dos Reis, Salão do Imperador, Salão dos Embaixadores, Pátio das Bonecas e o Pátio das Bandeiras.

Claro que sua visita não precisa necessariamente seguir esse roteiro à risca, o ideal é levar o seu tempo para conhecer cada ambiente e explorar os corredores do palácio da maneira que lhe agradar.

O Palácio

O palácio conta com dois andares. O primeiro é onde ficam os principais pátios citados e no segundo estão os aposentos que a família real utiliza quando se encontra na região.

Em relação a esse segundo andar é possível conhecer apenas o Salão de Audiências e o quarto de Pedro I. Porém, é preciso comprar um ingresso “extra” para isso.

Os Jardins

Na área externa é impossível não conhecer os famosos jardins. São os jardins mais antigos da cidade e sofreram influência islâmica, renascentista e moderna. Em conjunto com as suas mais de 20 mil plantas e labirintos, o resultado impressiona.

São diversos jardins separados em terraços, com fontes, pavilhões e outros aspectos que os diferenciam. Entre os ambientes mais interessantes estão os Jardins do Príncipe e a Fonte de Mercúrio, os Jardins do Laranjal e a Fonte do Leão e o Pavilhão de Carlos V.

Vale a pena conferir também os pátios internos naturais e prestar atenção em toda a arquitetura dos ambientes, principalmente nos mosaicos e murais. O fato do palácio ter pouquíssima moldura contribuiu para essa observação.

Se tiver interesse em conhecer mais sobre o Real Alcázar de Sevilha e os detalhes da sua história, pode solicitar um áudio-guia no momento da compra do ingresso, que já está incluso no valor.

Onde fica o Alcázar de Sevilha

Localizado na região da Andaluzia, o Alcázar de Sevilha fica no seguinte endereço: Patio de Banderas, s/n, 41004 Sevilla, Espanha, bem no coração da capital hispalense, em frente aos atrativos da cidade, próximo à Catedral de Sevilha.

Confira sua localização no mapa.

Sul da Espanha: conheça os 10 melhores destinos a visitar.

Como chegar ao Alcázar de Sevilha

As melhores maneiras para chegar ao Alcázar de Sevilha são:

  • Metrô: Puerta de Jerez, linha 1;
  • Ônibus: linhas C4, C3, 5, 41, 42, C1 e C2.

Ingressos para o Real Alcázar de Sevilha

Os ingressos podem ser comprados antecipadamente pela internet – no site oficial ou no Get Your Guide – ou na bilheteria do local, na Porta do Leão (Puerta de León), a entrada principal.

  • Entrada geral no térreo e jardins: 11,50€;
  • Entrada no térreo para idosos e estudantes de 17 a 25 anos: 3€ (mediante comprovação na bilheteria);
  • Entrada especial para visitar o quarto real: 4,50€;*
  • Entrada para pessoas com deficiência, crianças menores de 16 anos e residentes da cidade de Sevilha: grátis (identificação válida deve ser apresentada na bilheteria).

*Caso queira conhecer um dos quartos da família real, é possível adquirir o ingresso que custa 4,5€ e participar de uma das visitas guiadas que acontecem a cada 30 minutos até às 14h.

Tours no Alcázar de Sevilha

A melhor maneira de conhecer qualquer local é participar de excursões guiadas. Confira as nossas sugestões da Get Your Guide:

No Get Your Guide você pode comprar uma Excursão Guiada com Entrada Prioritária para o Alcázar de Sevilha por a partir de 29€ por pessoa.

Você também pode adquirir seu Ingresso Sem Fila e Excursão para o Real Alcázar de Sevilha por a partir de 32€.

Outra alternativa é comprar a Excursão Guiada a Alcázar, Catedral e Giralda por a partir de 32,80€.

jardins do alcázar de sevilha

O tempo recomendado para a visita é de no mínimo 3 horas, podendo variar conforme o estilo de cada um. Além de explorar os jardins e os pátios do palácio, lá dentro também existe um café e um restaurante.

Horário de funcionamento

A atração está aberta para visitação nos seguintes dias e horários:

  • De outubro a março: de segunda a domingo, das 9h30 às 18h;
  • De abril a setembro: de segunda a domingo das 9h30 às 20h.

Ela está aberto todos os dias da semana para visitação, com exceção dos feriados de sexta-feira santa e de 25 de dezembro e entre os dias 1° e 6 de janeiro.

Dicas locais e curiosidades sobre o Alcázar de Sevilha

Dicas

1. Aproveite os belos Jardins do Alcázar de Sevilha, local com muita paz e ar fresco, ideal para quem quer relaxar e fugir do barulho da cidade;

2. No local, também é possível conferir uma série de atividades culturais e educativas, como: conferências, concertos (durante o verão), o Teatro de Primavera e Noites nos Jardins do Alcázar;

3. Compre seu ingresso antecipadamente pela internet. Como a atração é uma das principais de Sevilha, é comum haver fila na bilheteria, principalmente nos meses de verão;

4. Reserve, pelo menos, 3 horas para visitar o grandioso Alcázar de Sevilha e seus belos e extensos jardins;

5. Aproveite para lanchar na cafeteria e comprar lembrancinhas na lojinha de souvenir.

O que conhecer na Espanha: as 9 cidades que valem a pena visitar.

Curiosidades

1. O Alcázar Sevilha é um fortificado palácio, que abriga áreas construídas em diferentes épocas da história;

2. A fortificação sobre a qual são construídos os Alcázares foi construída sobre um assentamento romano e mais tarde visigodo;

3. Durante o reinado de Felipe II, o artista italiano Vermondo Resta transformou a parede muçulmana em uma galeria. Nela, é possível conferir os jardins do palácio. Na galeria dos Grutescos, a arquitetura foi fundida com a natureza, com o objetivo de imitar uma caverna;

4. O conhecido “Pátio das Bonecas” tem esse nome porque há nove faces de boneca esculpidas nas colunas dos arcos. De acordo com a tradição, quem os diz encontrar terá sorte;

5. Hoje em dia, o Alcázar de Sevilha é usado ​​para acomodar membros da Casa Real ou personalidades importantes que visitam a cidade.

No Sul da Espanha, conheça também a cidade Málaga.

O que ver por perto do Real Alcázar de Sevilha

Você pode aproveitar o dia de visita ao Alcázar de Sevilha para visitar Catedral de Sevilha, a terceira maior igreja do mundo e um dos principais pontos turísticos da cidade.

Aproveite também para conhecer a Giralda, que antes era um minarete da mesquita e depois foi convertida em campanário da Catedral – o monumento mais emblemático e também um dos mais visitados de Sevilha. Uma boa dica para aproveitar as atrações de Sevilha sem se preocupar com o deslocamento é o Sevilha Pass, veja como funciona o cartão de viagem aqui.

Quer visitar o Real Alcázar de Sevilha e programar sua viagem para a Espanha? Então não se esqueça de contratar seu Seguro Viagem Espanha.

Já sabemos que quando o assunto é seguro viagem, ofertas não faltam. A melhor forma de escolher é fazer uma cotação online. O nosso comparador de seguro viagem vai ajudá-lo a encontrar o melhor seguro de viagem ao melhor preço.

Boa viagem!

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da Mobility que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autores

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Evellyn Lima é brasileira e atualmente não tem endereço fixo. Resolveu viver uma vida de nômade digital. É jornalista, redatora, revisora e compartilha detalhes e surpresas das suas viagens no Instagram @ninguemcontadaviagem.