Park Guell: como visitar, horários, transporte e ingressos

Visitar Barcelona  / 

Patrimônio Mundial da Unesco, o Park Guell (também chamado de Parque Guell ou Parc Güell) é um grandioso jardim com elementos arquitetônicos peculiares feitos pelo arquiteto (ímpar) Antoni Gaudí.

Se você tem vontade de conhecer essa bela atração turística, fique conosco neste artigo, pois vamos te contar todas as informações importantes sobre esse parque.

Informações sobre o Park Guell

LOCALIZAÇÃO

08024, em Barcelona, Espanha

COMO CHEGAR

Metrô: Lesseps, linha L3;
Ônibus: linhas H6 e D40;
Bus Guell e Ônibus turístico: linha vermelha

HORÁRIO

Muda de acordo com a estação do ano, confira abaixo

TICKET

Inteira: 10€;
Reduzida: 7€ (crianças de 7 a 12 anos; maiores de 65 anos);
Gratuita: crianças até 6 anos de idade

Conheça mais sobre o Park Guell

O Park Guell tem esse nome por causa do conde de Güell e empresário catalão, Eusebi Güell, que era apaixonado pelas obras de Antoni Gaudí.

O arquiteto Gaudí foi escolhido para dar vida ao projeto, junto de colaboradores como Josep Maria Jujol, Francesc Berenguer e Joan Rubió. O empreiteiro Josep Pardo i Casanovas assinou as obras e o parque foi construído a partir de 1900.

Apesar de a ideia principal ter sido construir um conjunto residencial luxuoso, com o tempo, essa ideia foi abandonada e foi construído um parque digno do cenário de um conto.

O projeto foi um fracasso de vendas

Apesar dos grandes nomes, da proposta ambiciosa e dos preços razoáveis, o projeto foi um verdadeiro fracasso de vendas. Apenas duas das 60 parcelas triangulares para construção de moradias foram vendidas, uma delas para Gaudí e outra para o advogado Martí Trias i Domènech, amigo de Güell e do arquiteto.

Para compensar minimamente os custos do projeto, Güell permitiu visitas pagas ao parque pelo público geral e abriu o local para eventos sociais, como o Primeiro Congresso Internacional da Língua Catalã, em 1906.

O Parque foi vendido ao Município de Barcelona

O conde faleceu em 1918 e o Parque foi vendido ao Município de Barcelona em 1922. O Park Guell foi então inaugurado em 1922 e, desde aí, se tornou uma das principais atrações turísticas da cidade.

Em 1968, o local foi classificado como Monumento Histórico Artístico da Espanha e, em 1984, foi declarado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO.

Também já falamos sobre como planejar a viagem para Espanha. Confira quanto custa, como comprar passagem e outras dicas.

O que ver no Park Guell

São mais 17 hectares, cobertos por formas onduladas, colunas com aspectos de árvores, figuras de animais e formas geométricas. Grande parte das superfícies é decorada com mosaicos coloridos feitos pedaços de cerâmica.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

O ponto central do Park Guell é uma praça que tem um grande banco, parecendo uma serpente, coberta por pedacinhos de cerâmica.

Park Guell vista

Uma escadaria monumental, com três fontes e pavilhões característicos do estilo de Gaudí, também se destaca sobre a praça.

No desnível de 60 metros da montanha, o arquiteto aproveitou para criar um caminho de elevação espiritual e, no alto, tinha o planejamento de construir uma capela, mas acabou substituindo pelo Monumento ao Calvário, um promontório localizado na parte mais alta do parque, que oferece uma vista panorâmica da cidade.

A Casa Museu Gaudí fica no mesmo ambiente do parque. Nela, Gaudí o residiu entre 1906 e 1925 e é no local que é exposta uma coleção de obras do arquiteto.

Além disso, juntamente com a entrada principal do Parque, ficam duas casinhas semelhantes às de contos de fadas: uma funciona como loja e a outra, a Casa do Guarda, reúne exposições audiovisuais sobre o Parque.

Se você gosta de museus, confira tudo sobre o Museu Picasso de Barcelona e aproveite a sua viagem para conhecer pontos turísticos interessantes da cidade.

Onde fica

O Park Guell fica distrito de Grácia, em Barcelona, perto da Sagrada Família de Barcelona.

Confira sua localização no mapa.

Como chegar no Park Guell

Comprando o ingresso, você tem direito a utilizar o ônibus da atração para visitá-la, a partir da estação de metrô Alfons X (metrô L4). Em apenas 15 minutos você chegará ao Parc Güell. Da mesma forma, está inclusa a viagem de volta a Alfons X com o ônibus Güell.

Você também pode ir ao local de metrô (Lesseps, linha L3), de ônibus (linhas H6 e D40) ou de ônibus turístico (linha vermelha).

Que tal aproveitar o Barcelona Express Card, poder utilizar por 2 dias o transporte público e ter descontos em museus, centros culturais, atrações, casas noturnas, lojas, restaurantes e muito mais?! O ticket é vendido por 20€ no Get Your Guide.

Entradas

São três entradas: a principal, na Carrer de Larrard; uma na Carretera del Carmel, nº 23, onde também ficam os ônibus turísticos; e a última na Passatge de San Josep de la Muntanya, na qual os visitantes entram por uma escada rolante.

O Park Guell atenta para o fato de que pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida podem ter dificuldades para se locomover pelo local devido às características arquitetônicas, com lances de escadas e caminhos irregulares, e oferece um itinerário adaptado a essas necessidades.

Leia mais sobre o Barcelona Card: como funciona, quanto custa e quais as vantagens.

Como comprar ingressos para o Park Guell

O Parque está dividido em duas áreas: o Núcleo Monumental, para o qual é necessário pagar entrada, e a área de acesso gratuito, que é aberta a todos os visitantes. Mas vale a pena visitar o Núcleo Monumental!

Você pode comprar seu ingresso para o Park Guell diretamente no Núcleo Monumental da atração, mas recomenda-se que sejam adquiridos com antecedência para garantir a entrada e evitar perder viagem (principalmente porque o Parque fica afastado do centro).

Você pode comprar online, pelo site do Park Guell ou pelo Get Your Guide.

Tipos de ingressos

São dois tipos de ingressos, o individual e para grupos, e é possível optar pela tour simples, completa, com guia e privada.

Entrada individual com ônibus Güell incluído

  • Geral: 10€;
  • Crianças de 0 a 6 anos de idade: entrada gratuita;
  • Crianças de 7 a 12 anos de idade: 7€;
  • Maiores de 65 anos de idade: 7€.

Bilhete individual + visita guiada ou privada com ônibus Güell incluído

  • Geral: 22€;
  • Crianças de 0 a 6 anos de idade: entrada gratuita;
  • Crianças de 7 a 12 anos de idade: 19€;
  • Maiores de 65 anos de idade: 19€.

Você também pode adquirir seu ingresso para o Parque Guell por a partir de 13€, no Get Your Guide.

Outra sugestão é comprar a excursão a pé para o Parque Guell com entrada prioritária, por a partir de 27€ por pessoa.

Fila de espera

O número de visitantes é limitado por horário, portanto se você chegar sem o ingresso comprado com antecedência corre o risco de precisar esperar. O ticket informa qual seu horário de visitação e você entrar até, no máximo, meia hora depois.

Em média, um visitante demora entre uma hora e uma hora e meia para visitar as duas áreas do parque. Programe-se para gastar pelo menos três horas apreciando as obras do local, o intenso verde e as vistas deslumbrantes de Barcelona.

escadaria monumental no park guell

Veja todos os detalhes sobre o ingresso para o Parque Guell em nosso artigo.

Horário de funcionamento

O Park Guell está aberto todos os dias, mas seu horário muda de acordo com a estação do ano.

Confira os horários de 2020:

  • De 7 a 14 de fevereiro de 2020: das 8h30 às 17h30;
  • De 15 de fevereiro de 2020 a 28 de março de 2020: das 8h30 às 18h;
  • De 29 de março de 2020 a 26 de abril de 2020: das 8h às 19h30;
  • De 27 de abril de 2020 a 23 de agosto de 2020: das 7h30 às 20h30;
  • De 24 agosto de 2020 a 24 outubro de 2020: das 8h às 19h30;
  • De 25 de outubro de 2020 a 31 de dezembro de 2020: das 8h30 às 17h30.

Dicas e curiosidades sobre o Park Guell

Veja algumas dicas e curiosidades sobre o Park Guell.

1. O Park Guell, em Barcelona, é um lugar fantástico, que pode ser visitado em qualquer época do ano,

2. Não deixe de apreciar a arquitetura e a vista incrível da atração;

3. A entrada para a zona monumental é paga e geralmente há grandes filas (entram 400 pessoas a cada meia hora). Por isso, compre seu ingresso pela internet e visite a atração com mais comodidade;

4. É preciso planejar sua visita ao Park Guell, já que a atração fica afastada do centro;

5. O Parc Güell, como se escreve em catalão, é uma mata na encosta do Monte Carmelo;

6. Atente-se ao simbolismo nas construções e nas obras, em assuntos como a religião católica, mitologia, política catalã, história e alquimia;

7. O local foi pensado para ser um grandioso projeto imobiliário, um condomínio de luxuosas casas em meio a mata em uma parte alta da cidade.

Veja quais são os principais pontos turísticos da Espanha.

O que ver por perto

O Park Guell fica afastado da cidade. Por isso, você deve planejar bem a sua visita à atração. Mas pode aproveitar o dia de sua visita para conhecer as seguintes atrações, que ficam próximas:

Dica: conheça a vida e a obra de Antoni Gaudí no Tour Gaudí com Ingressos para Sagrada Família e Parque Guell. Por 139€, você conhece o Park Güell, a Sagrada Família, a Casa Batlló e a Casa Milá com um guia.

Preparando sua viagem à Espanha

A Espanha é um dos países que compõem o Tratado de Schengen. Por isso, se você pretende visitar o Park Guell e outras atrações do país, deve saber que o seguro viagem é obrigatório para turistas.

Recomendamos que você confira os valores no comparador de seguro viagem do Euro Dicas Turismo e escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade.

Com nossa indicação, você escolhe um dos melhores planos de uma seguradora renomada e ainda pode pagar mais barato.

Para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, na hora do pagamento insira o nosso cupom de desconto EURODICASTURISMO (para ganhar 5% de desconto) e, para ganhar mais 5%, é só efetuar o pagamento por boleto bancário.

Confira quanto custa viajar para Barcelona e programe sua trip de turismo na Espanha.

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autores

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.

Clara é natural do interior de São Paulo e tem muito orgulho do sotaque caipira. Jornalista que adora gatos, tatuagens e livros, vê o mundo de cabeça para baixo e tem como vícios memes da internet e soltar piadas inesperadas no meio de uma conversa.