Londres: tudo o que você precisa saber para curtir a cidade

Visitar Londres  / 

Londres é uma cidade muito simbólica. Mesmo quem nunca a viu ao vivo, está no imaginário coletivo, principalmente daqueles que gostam de viajar. São vários os símbolos que falam sobre o destino.

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

Desde seus ônibus de dois andares vermelhos, até a cabine de telefone público que, mesmo pouco utilizada ultimamente, é uma lembrança da cidade. Além disso, outras representações como a própria Rainha da Inglaterra, e os casamentos reais, os monumentos como o Big Ben e o Palácio de Buckingham.

Mas Londres é ainda mais do que isso. É, além de muita história a partir do Velho Continente, um lugar moderno, contemporâneo. Recebe pessoas de todo o mundo, fala diversas línguas, virou um centro comercial e uma cidade de muitas oportunidades.

Tem diversos museus: são mais de 240 museus e galerias de arte, tendo grande parte com entrada gratuita. Londres respira cultura. Se seu próximo destino for a cidade, conheça um pouco mais dela aqui.

Onde fica a cidade de Londres?

Londres é uma cidade com mais de 2 mil anos de idade. Antiga, é a capital da Inglaterra e do Reino Unido. Desde o século XIX, o nome “Londres” se refere à metrópole desenvolvida em torno de sua fundação pelos romanos.

No centro, fica a antiga City of London, ou Cidade de Londres, ou The City, que mantém suas fronteiras medievais.

Como ir à Londres?

Saindo do Brasil, são diversas as companhias aéreas que fazem voos para Londres, seja direto ou com escalas em cidades europeias.

É possível fazer uma comparação entre as diversas empresas utilizando o comparador do site Kayak, que apresenta os melhores preços, de acordo com as datas possíveis. Ainda é possível colocar alertas de passagens, para receber sempre a baixa ou o aumento dos preços.

Como se locomover na cidade

Londres é uma cidade enorme, porém recheada de transporte público, o que facilita muito a locomoção. Uma forma fácil de saber como sair de um ponto para o outro da cidade é utilizando o site Plan a Journey.

Basta inserir de onde vai sair e para onde vai, e ele dá dicas de transporte. Além de dicas de transporte, o site informa o valor atual da tarifa local.

Metrô de Londres

O metrô é uma das melhores opções. São 11 linhas que circulam pela cidade, todos os dias. Os horários mudam:

  • De segunda a sábado: das 5h às 0h30;
  • Aos domingos: das 7h30 às 23h30.

São 9 zonas no total. As mais turísticas são as zonas 1 e 2. É fácil encontrar o mapa, seja nas próprias estações, que são servidas de rede wi-fi gratuita, seja pela internet. O bilhete pode ser adquirido nas máquinas instaladas nas próprias estações.

Ônibus de Londres

As rotas principais dos ônibus londrinos circulam das 5h até meia-noite e meia. A cidade, porém, oferta frotas noturnas, que circulam da meia-noite às 5h da manhã.

São os famosos ônibus vermelhos de dois andares. Se o tempo estiver bom e firme, faça alguma rota neles para entrar no verdadeiro clima inglês.

Trens de Londres

Também é possível circular nos trens de Londres. Eles partem das estações Tower Gateway e Band, com destino ao leste e ao sudeste da cidade e a Docklands.

Para quem vai visitar o centro financeiro em Canary Wharf, ou quer visitar o veleiro Cutty Sark em Greenwich, é uma boa alternativa. Além disso, é o transporte utilizado para ir e vir do aeroporto London City.

Viaje sempre com internet no celular

Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia.

O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

VER PLANOS »

Os horários de funcionamento são:

  • Segunda a sábado: 5h30 às 0h30;
  • Domingos: 6h30 às 23h30.

Veja como ir de trem de Londres até Paris.

Outros meios de transporte em Londres

A cidade também é muito bem servida de táxis, os famosos black cabs. Além disso, Londres é um bom lugar para explorar a pé, principalmente em dias de clima mais ameno, no verão e na primavera.

Se quiser utilizar ônibus de circuito turístico, veja a opção do ônibus hop-on hop-off. Ele oferece bilhetes de 1, 2 ou 3 dias. Ele custa a partir de £34, por pessoa.

Londres Telephone

Conheça mais a história da cidade

Muito conhecida por sua história envolvendo realeza, e monarquia, Londres tem muito o que contar no Velho Continente. Os livros contam que a cidade esteve sob domínio romano desde o século I d.C até o século V. Depois disso, foi arruinada pelas invasões anglo-saxãs do século V e no século VII se tornou a capital do pequeno reino Essex.

Apenas em 1067 a cidade teve os mesmos direitos que um condado, só dependendo da autoridade real. É desta época, por exemplo, que data a Torre de Londres, uma das atrações turísticas londrinas.

Sua história ainda passa por epidemias, devastação pelo fogo, guerra civil, bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial, mas reviveu e é considerada uma das maiores cidades do mundo.

Lista de 10 pontos turísticos que devem constar no seu roteiro

São diversas as atrações em Londres. Vamos listar os 10 principais, para que façam parte do seu roteiro.

1. British Museum

O primeiro de Londres, o British Museum, ou Museu Britânico, é considerado um dos mais importantes do mundo. Sua coleção vai desde múmias do Egito até obras de arte.

A entrada é gratuita mas, se você quiser conhecer em detalhes, pode fazer uma excursão guiada no Museu Britânico com entrada sem fila de 2 horas a partir de £22,43 por pessoa

Endereço: Great Russell Street London WC1B 3DG
Como chegar: Metrôs Holborn, Russel Square, Goodge Street, Tottenham Court Road
Horário de funcionamento: todos os dias, das 10h às 17h30 e nas sextas das 10h às 20h30
Ingressos: gratuito

2. London Eye

A famosa roda gigante de Londres, a London Eye foi inaugurada no ano 2000, se tornando um dos ícones emblemáticos da cidade. Conhecida também como Millenium Wheel (Roda do Milênio), ela foi construída ao longo de sete anos. Foi considerada a maior roda-gigante do mundo até 2006, sendo superada em 2008 por uma em Singapura.

Endereço: Lambeth, Londres SE1 7PB
Como chegar: utilize as linhas Waterloo (linhas Bakerloo, Jubilee, Northern e Waterloo & City)
Horário de funcionamento: todos os dias. Os horários mudam de acordo com o dia e mês do ano. Veja o calendário completo no site oficial.
Ingressos:
– Inteira: A partir de £27;
– Dos 3 aos 15 anos: £22;
– Entrada gratuita para crianças até 3 anos;
– Excursão VIP Sem Fila com Guia: a partir de £38.

3. Abadia de Westminster

Os mais de 700 anos de existência fazem da Abadia de Westminster passeio obrigatório. Durante o passeio, conheça mais a história da Inglaterra e do Reino Unido. É o lugar que guarda o túmulo de grandes rainhas, reis, poetas e cientistas, como Isaac Newton e Charles Darwin, dentre as cerca de 3300 pessoas enterradas na igreja.

Além disso, é neste prédio gótico, do século X, que estão muitas obras de arte valiosas. Considerada patrimônio histórico mundial pela Unesco, é lá onde fica o lendário trono da coroação de grandes reis e rainhas da Inglaterra.

Desde 2019, também é possível visitar as Galerias do Jubileu de Diamante da Rainha, um espaço medieval.

Endereço: 20 Deans Yd, Westminster.
Como chegar: utilize as linhas estações Westminster (Linhas Jubilee, District e Circle) ou St. Jame’s Park (linhas District ou Circle);
Horário de funcionamento:
– Segunda a sexta: 9h30 às 15h30
– Às quartas funciona até mais tarde: 18h
– Sábados: de maio a agosto, das 9h às 15h; de setembro a abril, das 9h às 13h
– Fecha aos domingos, funcionando apenas para missas
Por ser uma Igreja, pode ter outros horários de funcionamento em eventos especiais. Confira no site oficial.
Ingressos:
– Inteira: comprando antecipado £21; direto na Abadia £23;
– Crianças de 6 a 16 anos: £10;
– Estudantes e pessoas com mais de 60 anos: £20;
– Para visitar as Galerias do Jubileu de Diamante da Rainha: mais £5.

Veja mais sobre como comprar ingressos para a Abadia de Westminster.

4. National Gallery

A National Gallery (Galeria Nacional) é outro museu em Londres considerado um dos maiores e melhores do mundo. São mais de 2300 quadros em toda a sua coleção. O museu de arte mais visitado do mundo reúne obras de pintores renomados, como Van Gogh, Boticelli, Caravaggio, Michelangelo, Raphael e, claro, Pablo Picasso.

Também tem entrada gratuita. O Get Your Guide oferece uma visita guiada pela National Gallery a partir de £70,08 por pessoa.

Endereço: Trafalgar Square, London WC2N 5DN
Como chegar: Metrôs Charing Cross, Leicester Square, Westminster, Embankment, Piccadilly Circus
Horário de funcionamento: todos os dias, 10h às 18h e nas sextas das 10h às 21h
Ingressos: gratuito

5. Tower of London

A Tower of London (Torre de Londres) é um complexo de torres, edifícios e muralhas. Construído nos idos de 1066, já foi residência real. Mas, também, prisão, fortaleza e, até, local de decapitação de 3 rainhas. É, ainda, Patrimônio Mundial da Unesco.

Porém, se transformou em uma das atrações mais visitadas da Inglaterra. Por isso, compre ingressos antecipados e evite as filas que são, normalmente, bem grandes. Aproveite e compre o ingresso para Torre de Londres com exposição Jóias da Coroa a partir de £24,75, por pessoa, e evite a fila.

Quando estiver na Torre de Londres, preste atenção nas inscrições feitas nas paredes pelos prisioneiros na Beauchamp Tower. Também é possível conhecer alguns apartamentos reais que datam da Idade Média. Ou seja: um passeio pela história medieval da Inglaterra.

Endereço: Tower of London, London, EC3N 4AB
Como chegar: Estação Tower Hill (linhas Circle e District do metrô)
Horário de funcionamento:
Terça a sábado: das 9h às 17h40
Domingo e segunda: das 10h às 17h30
Última entrada às 17h
Ingressos: £24.70

6. Victoria and Albert Museum

E se você tem curiosidade de ver artes decorativas e design de todo o mundo, o museu Victoria and Albert possui uma coleção permanente com mais de 4 milhões de objetos.

Eles vão desde pinturas e esculturas, até gravuras, acessórios de moda, roupas, joias e fotografias. O museu ganhou esse nome em homenagem à Rainha Victoria e ao Príncipe Albert.

Endereço: Cromwell Road London SW7 2RL
Como chegar: Metrôs South Kensington, Knightsbridge
Horário de funcionamento: todos os dias, das 10h às 17h45. Às sextas-feiras, o funcionamento vai até às 22h
Ingressos: gratuito. Porém, caso tenha alguma mostra especial, o valor pode ser cobrado e muda de acordo com a temporada

7. Piccadilly Circus

A praça mais conhecida de Londres é, também, um ponto de encontro dos londrinos, principalmente na parte da noite. É conhecida pelos seus painéis luminosos e por uma fonte de Eros bem ao centro.

Para quem busca uma região com boa oferta de lojas, cinemas, teatros e restaurantes, ou apenas um passeio, tem que passar por lá.

Endereço: Piccadilly Circus
Como chegar: estação Piccadilly Circus, linhas Piccadilly e Bakerloo

8. Natural History Museum

E para os que gostam de museu com obras que mostram curiosidades sobre o nosso planeta, o Natural History Museum, ou Museu de História Natural, é um dos museus em Londres que deve constar no roteiro.

Ele existe desde 1881. Suas duas principais exposições mostram mamíferos e dinossauros, com esqueletos e réplicas em tamanho real. Programa para se fazer em família.

Fica próximo ao Museu de Ciências e ao Victoria & Albert Museum: dica para visitar mais de um no mesmo dia.

Se tiver com crianças, faça o Tour Familiar Dinossauros, com duração de 2 horas, por £185,95, em grupo de até 5 pessoas.

Endereço: Cromwell Road London SW7 5BD
Como chegar: Metrôs South Kensington, Gloucester Road
Horário de funcionamento: todos os dias, das 10h às 17h50 – última entrada às 17h30
Ingressos: gratuito

9. Palácio de Westminster

Conhecido como Casas do Parlamento, o edifício gótico abriga, hoje, as duas Câmaras que compõem o Parlamento Britânico. Foi construído após um incêndio que destruiu o antigo palácio, em 1834.

Do antigo, salvaram-se poucas partes, que fazem parte do Westminster Hall, os claustros e a cripta de St Stephen’s Chapel, além da Jewel Tower, construção do século XIV.

Ele só pode ser visitado aos sábados e durante os meses de verão. Os ingressos são adquiridos no próprio local. Por isso, é recomendável chegar mais cedo.

Endereço: Westminster, London SW1A 0AA
Como chegar: Estação Westminster, linhas Circle, District e Jubilee.
Horário de funcionamento: apenas aos sábados e durante os meses de verão, das 9h15 às 16h30
Ingressos: a partir de £18

10. Tate Modern

O Tate Modern fica em uma localização dentre os museus em Londres: às margens do Rio Tâmisa. Com instalações novas, desde do ano 2000, ele conta com uma coleção de arte moderna e contemporânea e, por isso, é famoso em todo o mundo.

Dentre as obras do Tate Modern, é possível conferir Chagall, Francis Bacon, Matisse e Picasso.

Endereço: Bankside, London SE1 9TG
Como chegar: Metrô Southwark
Horário de funcionamento: de domingo a quinta, das 10h às 18h; sextas e sábados das 10h às 22h
Ingressos: gratuito

Londres turista Big Ben

Também vale a pena visitar o Sea Life London, especialmente se viajar com crianças.

Mini roteiro de Londres: o que fazer em 2 dias

São muitos os lugares para conhecer em Londres. Mas, se você tem pouco tempo na cidade, veja um mini roteiro do que fazer em 2 dias:

Primeiro dia em Londres

Tire uma manhã para passear pela cidade e apreciar as atrações a céu aberto. Aproveite para apreciar como Londres de movimentar. Dê um passeio pela região do Palácio de Buckingham, o Big Ben, a London Eye e a Abadia de Westminster. Fica tudo próximo.

Se o tempo estiver bom e céu aberto, uma subida na London Eye vale a pena. Se o tempo estiver bom, faça a sua primeira parada na London Eye. Já parte da paisagem londrina, a atração é parada obrigatória para quem visita a cidade.

De lá, faça uma caminhada de uns 20 minutos, ou desça na estação Westminster do metrô (linhas Circle, District e Jubilee) e conheça a Abadia de Westminster, uma das mais icônicas atrações londrinas, a Abadia de Westminster (Westminster Abbey).

Com mais de 700 anos de existência, você poderá conhecer mais a história da Inglaterra e do Reino Unido. É o lugar que guarda o túmulo de grandes rainhas, reis, poetas e cientistas, como Isaac Newton e Charles Darwin, dentre as cerca de 3300 pessoas enterradas na igreja. Desde 2019, também é possível visitar as Galerias do Jubileu de Diamante da Rainha, um espaço medieval. Compre ingresso antecipado para a Westminster Abbey, com áudio guia, por £21.

Na saída da Abadia, dê uma passada na Catedral de Westminster, hoje a maior igreja católica da Inglaterra. Construída depois da Abadia, a catedral é toda de mármore, na área interna, cheia de mosaicos.

Se estiver caminhando, faça um passeio de 20 a 30 minutos e conheça o Hyde Park, um dos principais parques de Londres. Depois de pertencer à Abadia de Westminster, ele se abriu como parque público a partir do século XVII.

À noite, faça um passeio pelo Piccadilly Circus e jante em algum dos restaurantes do Soho.

Segundo dia em Londres

No segundo dia, escolha um dos museus de Londres sugeridos aqui para visitar. Tanto o Museu Britânico, como a National Gallery e o Victoria and Albert Museum são tradicionais em uma visita à capital inglesa.

Depois, vá conhecer duas das atrações mais clássicas de Londres. A primeira, Tower of London é, na verdade, um complexo de torres, edifícios e muralhas. Construído nos idos de 1066, já foi residência real. Mas, também, prisão, fortaleza e, até, local de decapitação de 3 rainhas. É, ainda, Patrimônio Mundial da Unesco. Por ser uma das atrações mais visitadas de Londres, compre ingressos antecipados e evite as filas.

Depois, suba na Tower Bridge ali do lado. É possível só ver de fora, mas também tem visita interna, onde é contada a história da construção da ponte. Funciona todos os dias, das 9h30 às 17h30 e a entrada custa £9,80.

São 5 minutos de caminhada da torre até a ponte. Ou, se preferir, veja só a vista da cidade de cima da ponte, que já vale a pena.

Ou, se preferir fugir do roteiro turístico e conhecer uma parte mais londrina, se aventure pelo bairro Camden Town. Famoso por abrigar a morada da cantora Amy Winehouse, ele ficou conhecido pelo seu mercado e pela vida alternativa dos moradores de lá.

À noite, uma boa é ir conhecer a East London e o bairro de Shoreditch, a parte “cool”, e moderna da cidade. E se tiver mais tempo na cidade: veja o que fazer em Greenwich, um dos bairros afastados de Londres.

Quando ir à Londres?

Londres é uma cidade ideal a ser visitada em qualquer época do ano. No entanto, como na maior parte da Europa, as estações de primavera, verão e outono possuem temperaturas mais amenas e agradáveis.

Então, se puder escolher quando ir, de abril a outubro é o mais recomendável. Na primavera e no outono, por serem estações de baixa temporada, o custo é um pouco menor. No verão, a Europa inteira fica mais cara, e não é diferente na Inglaterra.

tower bridge

Quanto custa uma viagem para Londres?

Londres é sim uma cidade cara. Não apenas pelo preço do consumo mas, principalmente, da libra esterlina. Para os brasileiros, é uma das moedas mais caras na hora da conversão.

No entanto, tem um outro lado bom da cidade: muitas atrações gratuitas. Fizemos uma simulação com custo médio dos principais serviços necessários para uma viagem à Londres. Veja:

Passagens aéreas

O ideal é utilizar os comparadores, pois assim você consegue visualizar o preço em diversas companhias aéreas.

Fizemos uma simulação de viagem para abril de 2020, uma época boa de visitar mas ainda na baixa estação. Utilizamos o site Kayak para comparar os preços. Saindo de São Paulo a passagem mais barata é da Air Europe, com escala em Madri, por R$2.992.

Seguro Viagem

Mesmo não sendo obrigatório para a Inglaterra, um seguro viagem é sempre bastante recomendável. Para ter uma ideia de custo, utilizamos o nosso comparador seguro viagem, uma parceria com o Portal Seguros Promo. Os planos com melhor custo benefício custam uma média de R$9,55 a R$13.

Hospedagem

É possível encontrar hotéis de variados preços e tipos em Londres. O valor da diária vai depender da localização e da quantidade de estrelas no hotel. Se seu estilo de viagem for mais simples, um hotel com quarto compartilhado pode sair com a diária por £20.

Porém, se quiser uma hospedagem mais sofisticada, os melhores hotéis podem ter valores até £416. Outros tipos de hospedagem podem variar, mas é possível encontrar hotéis por £129, por exemplo.

Compare preços de hospedagem no site Kayak, na área de Hotéis e Pousadas.

Alimentação de rua

Para economizar, uma das principais dicas é começar a alimentação no hotel, ou comprar no supermercado. No entanto, outros custos surgirão durante o dia. Veja o preço médio dos principais itens:

Item Preço
Cerveja (570ml) £4-5
Sanduíche (bacon, alface e tomate) £7,95
Almoço executivo (massa, refrigerante e café) £16,62
Preço médio de refeições em geral £15 a £20
3 refeições completa £40 a £50, por dia

 

Transporte

Se você gostar de caminhar, Londres é uma cidade perfeita para isso. Por ser praticamente plana, entre um local e outro é sempre uma boa opção.

Um passe de ônibus (“1-day-bus-and-tram-pass”) que permite viagens ilimitadas em ônibus e bondes (“trams”) durante um dia em todas as zonas de transporte de Londres custa £5.

Se quiser utilizar todo o sistema de transporte em Londres, que inclui além dos ônibus, o metrô, o DLR, o Overground, bondes e outros, o preço será a partir de £7 com o cartão de pagamento de transportes Oyster Card. Com ele, você poderá para circular na zona central da cidade (zonas 1 e 2 de transporte).

Se preferir utilizar os ônibus de turismo, eles podem custar £34, por dia, com diversas paradas e descontos para atrações incluídos.

Atrações

Como já falamos, são muitas as atrações gratuitas na cidade. Se não quiser fazer os tours guiados pagos sugeridos aqui neste artigo, você conseguirá entrar de graça em vários dos principais museus de Londres.

Dentre eles: Museu Britânico, Museu de Londres, Museu de História Natural, Museu da Ciência, Museu Victoria & Albert), galerias de arte (Tate Britain, National Gallery, Tate Modern) e os parques (Hyde Park, Regent’s Park, Kensington Gardens).

Porém, se quiser incluir uma atração paga durante a sua estadia, o preço médio seria de £20 por atração.

Quanto custa viajar para Londres? Veja um artigo completo.

Onde ficar em Londres?

São vários os bairros com boas opções de hospedagem em Londres. Os preços podem variar bastante, dependendo da localização do hotel. Veja algumas opções:

Hotel Categoria Estrelas Localização Preço médio
The Henrietta Hotel Luxo (melhor hotel) 4 estrelas 14-15 Henrietta St, Charing Cross, London WC2E 8QG – Westminster £416
Holiday Inn Express London City Melhor custo benefício 3 estrelas 275 Old St, Hackney, London EC1V 9LN – Shoreditch £207
Hotel Edward Paddington Mais barato 3 estrelas 1A Spring St, Paddington, London W2 3RA – Westminster £119
Sohostel Hostel 2 estrelas 91 Dean St, Soho, London W1D 3SY – Soho £20 (quarto compartilhado)
Chelsea Guesthouse Alojamento 1 estrela 68 lots road, Londres, SW10 0QD – Lambeth £84 (p/pessoa)

 

Onde comer?

Quando for à Londres, algumas dicas de restaurantes e bares precisam constar na sua lista: não deixe de ir à um pub, à um mercado de rua e de provar as famosas fish and chips.

Veja uma lista com bons locais na cidade:

Confira uma lista com 7 pubs em Londres.

Dicas finais

E para os fãs dos Beatles, Abbey Road

E para os fãs dos Beatles em uma ida à Londres, refazer a clássica foto da capa do 12° álbum da banda deve constar no roteiro. A Abbey Road serviu de locação para a fotografia e você provavelmente vai ver alguém reproduzindo o mesmo enquadramento.

Se quiser aproveitar ainda mais o passeio, faça uma excursão de 2 horas a pé pelas ruas onde eles tocavam. Certamente será uma experiência memorável da viagem.

O que fazer de graça em Londres? Veja uma lista de passeios para aproveitar a cidade.

Não deixe de levar um seguro viagem

Sugerimos que você confira os valores no comparador de seguro viagem do Euro Dicas Turismo e escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade.

Ganhe desconto. Para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICAS5 (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
COMPARTILHE
Autor

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.