Crazy Horse Paris: conheça o autêntico cabaré parisiense

Visitar Paris  / 

Quais são os pontos turísticos clássicos que passam pela sua cabeça ao planejar uma viagem à Paris? Louvre, Torre Eiffel e Catedral de Notre Dame já são tão populares que conhecemos mesmo sem ir à Paris. No entanto, você já cogitou incluir o cabaré Crazy Horse Paris na lista de lugares a conhecer?

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

Considerado pelos parisienses como o melhor e mais autêntico cabaré da cidade, ele foge do clichê Moulin Rouge e nos transporta para um universo completamente teatral e sensual. Se você irá aterrissar em breve na Cidade Luz, saiba mais sobre este lugar que merece fazer parte de sua viagem.

O que é o Crazy Horse Paris?

Localizado no arrondissement – coração de Paris, – próximo à icônica avenida Champs Élysées e à Torre Eiffel, está o cabaré inaugurado em 1951.

Fundado pelo artista vanguardista Alain Bernardin, o empresário desenvolveu uma verdadeira assinatura artística, combinando bailarinos clássicos com corpos perfeitos e figurinos cuidadosamente planejados, com as influências musicais e de moda do momento.

Admirador das mulheres, sua marca é rapidamente reconhecida por artistas e designers de todo o mundo, atraídos pela reputação da casa. Por lá já passaram David Bowie, Francis Ford Coppola, Gerard Depardieu, Sting, Madonna e, ainda mais recentemente, Rihanna.

História do Crazy Horse Paris

Localizado em uma antiga cave de vinhos, talvez a característica mais marcante da casa seja o pé direito baixo. Isto, inclusive, é impedimento para que dançarinas com mais de 1,73 façam parte da equipe, pois com sapatos de salto alto elas bateriam a cabeça no teto.

O nome é uma homenagem ao líder nativo americano Sioux Crazy Horse, já que o idealizador era fã assumido dos Estados Unidos e do estilo texano.

A ideia de Alain era oferecer um show de striptease americano, no qual misturasse erotismo com uma estética sofisticada. Após a morte do fundador, em 1994, seus três filhos, Didier, Sophie e Pascal, herdaram o Crazy Horse Paris.

Em março de 2006, o cabaré foi comprado por um grupo liderado pelo empresário belga Philippe Lhomme.

visitar cabaret crazy horse em paris

Como visitar o Crazy Horse Paris

Para visitar o Crazy Horse, é necessário comprar o ingresso com uma certa antecedência. Para isto, você pode utilizar o próprio site do Le Crazy Horse Paris.

Nós sugerimos também o Get Your Guide, que oferece várias opções de entradas a partir de 87€, como ingresso para um show de cabaré Crazy Horse e ainda um cruzeiro com jantar e entrada para o espetáculo.

Paris é a cidade mais visitada do mundo, então não deixe para comprar tudo na hora.

Espetáculos e bilhetes

Com mais de um espetáculo por dia, de domingo à sexta-feira, os shows acontecem às 20h30 e 23h e, aos sábados, às 19h, 21h30 e 24h.

É recomendado chegar entre 30 e 45 minutos antes do início do show. O lugar é pequeno (não se esqueça que antes era uma cave!), então é mais do que necessário reservar com antecedência. Não espere chegar 15 minutos antes e conseguir um lugar.

O Crazy Horse Paris aceita crianças maiores de 10 anos, desde que estejam acompanhados dos pais.

Apesar de não oferecer jantar, a casa possui convênio com diversos restaurantes das redondezas, se planeja jantar antes do show. Dentre estes restaurantes estão o Chez Andre, Ladurée e até mesmo um jantar nos inesquecíveis Bateaux-Mouches. Entretanto, se a ideia não for esta, uma extensa carta de vinhos e bebidas ajuda a deixar o ambiente ainda mais original.

Com 4 diferentes tipos de espetáculos, os bilhetes variam de 87€ a 250€, sendo que o ingresso mais caro inclui uma garrafa de champagne, aperitivos, caviar e um presente.

Localização

Endereço: 12 Avenue George V, 75008 Paris, France

Como chegar

Acessível por diferentes transportes públicos de Paris, você possui algumas opções para chegar ao Crazy Horse:

  • Metrô linha 9 – Estação Alma Marceau
  • Metrô linha 1 – Estação George V
  • Ônibus – linhas 72, 4, 80, 63 ou 92. Parada Alma Marceau

Entretanto, por estar localizado no conhecido como “triângulo de ouro” de Paris, o cabaré está perto dos principais pontos turísticos da Cidade Luz. E, nada melhor do que andar a pé quando estamos viajando. Ainda não inventaram uma maneira mais eficaz de se conhecer uma cidade!

O que ver por perto do Crazy Horse Paris

Se você pretende passear antes de conhecer o Crazy Horse Paris, não se esqueça que ele fica próximo a diversos passeios turísticos. Por isso, separamos alguns dos principais para você:

É impossível fazer todos estes passeios no mesmo dia. Você pode escolher duas ou três atrações, assistir o show e depois andar até a Torre Eiffel para apreciá-la iluminada.

O Crazy Horse Paris fica próximo às maiores atrações turísticas de Paris. Não será preciso ir muito longe para conhecer um verdadeiro show de cabaré como antigamente.

Curiosidades sobre o Crazy Horse Paris

O Crazy Horse Paris sempre foi um local de inspiração para diversos artistas. Os estilistas Roberto Cavalli e Azzedine Alaïa já fizeram desfiles na famosa casa. Cantoras como Kylie Minogue, Christina Aguilera e até mesmo Beyoncé já cantaram naquele palco. Dita Von Teese e Pamela Anderson também já fizeram apresentações pra lá de exclusivas.

De tempos em tempos, a casa recebe exposições fotográficas e oferece saraus e coquetéis para convidados VIP. Reformado em 2007, suas poltronas foram inspiradas nos anos 30 e estofadas em veludo vermelho escuro. Dizem também que os icônicos escarpins com solado vermelho – criação do designer Christian Louboutin – foram inspirados na casa.

As dançarinas do Crazy Horse Paris passam por um exaustivo processo de seleção, do qual apenas 20 são selecionadas. Elas chamam Crazy Girls. No mesmo local encontra-se a boutique Crazy Horse, que vende souvenirs do icônico cabaré, assim como lingeries e objetos sensuais.

Onde ficar

Paris é uma das cidades mais caras do mundo, equiparada com Hong Kong e Singapura. Entretanto, não faz sentido se hospedar longe de tudo e gastar dinheiro com transporte, sendo que podemos fazer quase tudo a pé.

Escolher um hotel ou Airbnb bem localizado é um dos itens mais fundamentais em uma viagem, seja ela para qualquer lugar. No caso de Paris, você não precisa ficar necessariamente no meio mais turístico – mesmo porque é muito caro, mas escolha algo entre os 2º, 3º, 6º ou 7º arrondissement.

Confira nossas sugestões de hotéis e ainda de hostels em Paris.

Dica extra: não deixe de viajar sem fazer um bom seguro viagem. Para entrar na França, parte do Tratado de Schengen, é obrigatório ter um em mãos. Para cotar, dê uma olhada no nosso comparador seguro viagem.

Boa viagem!

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
COMPARTILHE
Autor

Gabriela é brasileira, jornalista e vive na França, onde faz mestrado em comunicação. Apaixonada pelo país desde sempre, foi na França que ela se encontrou e aproveita este espaço para dar dicas e contar histórias e curiosidades sobre este país que vive no imaginário de muita gente. Com um gosto particular por cultura e viagens, ela é nômade digital e nunca mais pretende deixar de ser.