Museu do Louvre: guia de entrada no museu mais visitado do mundo

Visitar Paris  / 

Se você conhece Paris, provavelmente visitou o Museu do Louvre, um dos monumentos mais imponentes da cidade e também do mundo. E se você adora exposições de arte, quer saber mais sobre o local ou não conhece e quer se programar para visitá-lo, nos acompanhe neste artigo.

Aqui, você verá tudo sobre o Museu do Louvre: sua história, como ir até ele, sua localização, bilhetes, o que visitar e dicas para planejar direitinho a sua visita ao monumento.

Museu do Louvre: o museu mais importante da França

É um dos muitos museus em Paris, o museu mais importante da França e também um dos mais visitados do mundo. Foi inaugurado no final do século XVIII e recebe mais de oito milhões de visitantes de diferentes nacionalidades todos os anos.

Você vai se sentir um grão de areia em uma praia diante de tamanha diversidade de culturas, línguas e de pessoas dos mais diversos e remotos países do mundo!

O Museu do Louvre foi criado com base nas coleções da monarquia francesa e também nas espoliações feitas no decorrer do Império de Napoleão Bonaparte. Antes de se tornar um museu, alguns monarcas, como Carlos V e Felipe II, usaram o palácio como uma residência real. Ali, acumulavam suas coleções artísticas.

Em 1989, a Pirâmide do Louvre, foi construída em cristal, o que rompeu a monotonia dos grandes blocos cinzas do museu e que serve hoje em dia como porta de entrada para o monumento.

A grandiosidade do Louvre

São mais de 60 mil metros quadrados e sempre lotado de pessoas querendo conhecer as belas obras de arte desse grandioso e lindo museu. Por isso, uma dica é visitá-lo sem pressa e com paciência, pois mesmo nos dias menos concorridos, ele fica cheio.

É possível passar muitos dias passeando pelo Museu do Louvre e não conhecer todas as belas obras de arte ali expostas. Para você ter uma noção da dimensão do local e visualizar as obras de destaque, precisa dedicar, pelo menos, uma manhã ou uma tarde completa para o passeio.

Caso você se interesse pela arte e queira conhecer melhor as obras do museu, o Louvre disponibiliza para seus visitantes um audioguia, contendo comentários sobre cada obra. É possível fazer o download em seu celular.

dias horários e valor louvre

Como visitar o Museu do Louvre

Endereço: Place du Palais Royal, próximo ao Museu d’Orsay e à Praça Vendôme

Horário de funcionamento: segunda-feira (9h às 18h), terça-feira (fechado), quarta-feira (9h às 22h), quinta-feira (9h às 18h), sexta-feira (9h às 22), sábado (9h às 18h) e domingo (9h às 18h)

Ingressos: a partir de 15€

Onde fica o Museu do Louvre e como chegar ao local

O Museu do Louvre fica no Palácio do Louvre, uma fortaleza do século XII que foi ampliada e reformada diversas vezes.

Você pode chegar ao museu de metrô ou de ônibus:

  • Metrô: Palais-Royal: Musée du Louvre, linhas 1 e 7;
  • Ônibus: linhas 24, 63, 68, 69, 73, 83, 84 e 94.

Veja também informações sobre aluguel de carro em Paris, caso queira se locomover de carro pela cidade.

Dias e horários para entrar no Museu do Louvre

Você pode visitar o Museu do Louvre todas as segundas, quintas, sábados e domingos, das 9h00 às 18h00 e quartas e sextas, das 9h00 às 22h00. O monumento não funciona às terças-feiras.

Ingressos com e sem filas

Você tem a opção de comprar seu bilhete para a Museu do Louvre no local, por 15€, e enfrentar as grandiosas filas para entrar, ou de forma online, no site do Museu do Louvre ou na plataforma Get Your Guide, por 17€.

Além disso, no site do Get Your Guide é possível comprar uma visita mais exclusiva no museu. Confira como fazer um tour guiado no Museu do Louvre.

E, se você vai viajar com a família, uma cômoda alternativa é comprar um tour particular para famílias, com duas horas de duração.

Para quem gosta de história e arte, uma boa alternativa é comprar um ingresso para uma visita guiada de três horas com direito a cortar a fila, para ver os detalhes de mais destaque das obras do Louvre.

Menores de 18 anos de idade e pessoas que têm o Paris Pass não pagam para entrar.

Já escrevemos um artigo que mostra todas as formas de entrar no Museu do Louvre sem fila. Confira e saiba como aproveitar melhor o seu tempo na cidade Luz.

O que visitar no Museu do Louvre

Há cerca de 300 mil obras de arte de antes de 1948. Dessas, são expostas aproximadamente 35 mil. Em um dia, não tem como passear pelo museu e conhecer tudo o que está exposto ali, a não ser que seja somente passando pelos principais locais.

A coleção é organizada por temas, conforme as áreas: antiguidades egípcias, orientais, romanas, gregas e etruscas, história do Louvre e o Louvre medieval, escultura, pintura, objetos de arte, artes gráficas e arte do Islã.

Estão entre as esculturas que mais se destacam no Louvre:

  • Vênus de Milo;
  • O Escriba Sentado;
  • Vitória de Samotrácia.

Já as pinturas que têm mais destaque no museu são:

  • Mona Lisa, de Leonardo da Vinci: um dos (se não o maior) motivos pelos quais a maioria das pessoas quer conhecer o Museu do Louvre;
  • Bodas de Caná, de Veronese;
  • Liberdade Guiando o Povo, de Delacroix.

Confira quais são as obras do Museu do Louvre que você precisa ver.

Por que o monumento não pode ficar de fora do seu roteiro

O Museu do Louve é um dos locais essenciais para você conhecer em Paris – você sempre irá se lembrar da imagem e das obras de arte do monumento.

Ele está localizado no centro da cidade, perto do Arco do Triunfo, ao final da Champs-Élysées, a avenida mais famosa de Paris, e próximo ao Rio Sena e da Torre Eiffel. Ou seja, mesmo que você não esteja tão interessado em entrar, ele estará próximo de você lhe convidando para uma visita.

Você vai mudar depois que conhecer o Museu do Louvre

Depois que você tem a oportunidade de conhecer o Museu do Louvre, sua perspectiva de mundo normalmente muda. A chance de ver a história da arte do mundo diante dos seus olhos lhe fará uma pessoa diferente, você verá pessoalmente uma coisa que você estudou durante a sua vida.

visitar o museu do louvre

Por isso, não deixe de ir! Desfrute do Louvre, tire fotos, leia os folhetos, tome um café e deixe esse museu fantástico fazer parte da história da sua vida!

Notre Dame: saiba o estado das relíquias da bela catedral parisiense.

Dicas para planejar sua visita ao Museu do Louvre

Como dissemos, o Louvre é um museu fantástico e gigantesco. Por isso, é praticamente impossível conhecer todas as suas obras de arte em apenas um dia – são necessários uns cinco dias para isso, com calma.

Então, veja algumas dicas para otimizar melhor o seu tempo:

  • Compre seu ingresso antecipadamente pela internet, para evitar as grandiosas filas;
  • Dedique, pelo menos, uma manhã ou uma tarde inteira para o passeio;
  • Visite cada ala de uma vez. Assim, você conhece as principais pinturas, exposições e antiguidades e evita se perder no museu;
  • Monte um roteiro com as principais obras de arte que pretende conhecer e não deixe de colocar a Mona Lisa na sua lista;
  • Adquira um audioguia, disponibilizado pelo Louvre.

museu do louvre sem fila vista

Seguro viagem para Paris

Se está planejando viajar para Paris e conhecer o Museu do Louvre, é importante saber que é obrigatório ter um seguro viagem. Faça uma cotação no nosso comparador de seguro viagem e descubra qual o melhor e mais barato para você.

Então, vale a pena visitar o Museu do Louvre?

Claro que sim, você vai ter um encontro maravilhoso com a Mona Lisa, obra de Leonardo da Vinci. Mas o gigantesco museu não é só isso. Nele você vai se deparar com a Vênus de Milo, poderá ficar frente a frente com uma obra de Rembrandt ou de Goya, vai fazer um passeio pelo Egito antigo e ser apresentado para, no mínimo, oito mil anos de história e cultura das civilizações oriental e ocidental.

Ir para Paris e não conhecer o Museu do Louvre é, mais ou menos, como passar alguns dias no Rio de Janeiro e não conseguir ver o mar: impossível.

COMPARTILHE
Autores

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.