Quando se trata de planejar uma viagem, especialmente para um país estrangeiro, é essencial estar atualizado sobre os requisitos de entrada e documentação necessária. A Inglaterra está prestes a introduzir um novo requisito para viajantes que desejam explorar as maravilhas deste país encantador: a ETA Inglaterra.

Entenda o que é a Autorização Eletrônica de Viagem, quem vai precisar dela, como solicitar, quanto custa e muito mais.

O que é a ETA Inglaterra?

A ETA Inglaterra, sigla para Autorização Eletrônica de Viagem para a Inglaterra, é um sistema de autorização de viagem implementado pelo governo do Reino Unido. Ela foi criada para melhorar a segurança nas fronteiras e facilitar o processo de entrada de viajantes em território britânico.

A ETA é um documento eletrônico que permite que cidadãos estrangeiros viajem para a Inglaterra a turismo, negócios ou outras finalidades permitidas, desde que atendam aos requisitos estabelecidos pelo Reino Unido. É importante destacar que a ETA é exclusiva para viagens ao Reino Unido, o que inclui a Inglaterra, mas também Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte.

Então se você está planejando a sua viagem e organizando o seu roteiro com o que fazer na Inglaterra, dependendo da data da viagem, precisará incluir este documento em seus planos. Esta iniciativa visa simplificar o processo de entrada no país, agilizando os procedimentos de controle de fronteiras e, ao mesmo tempo, garantindo maior segurança para todos os envolvidos. Com a ETA, os viajantes podem solicitar sua autorização de viagem online.

É importante notar que a ETA é uma autorização de viagem separada de um visto. Portanto, é fundamental compreender a diferença entre esses dois tipos de documentos antes de planejar sua viagem à Inglaterra.

Quando a autorização de viagem do Reino Unido entra em vigor?

A implementação da ETA Inglaterra está entrando em vigor e será obrigatória para cidadãos do Catar a partir do dia 15 de novembro de 2023, segundo site oficial. Ou seja, depois dessa data, todos os catarianos precisarão desta autorização para entrar no país.

Em fevereiro de 2024 ela entra em vigor para mais 6 países: Bahrein, Jordânia, Kuwait, Omã, Arábia Saudita e Emirados Árabes Unidos.

Outros países também vão entrar nesta lista, inclusive o Brasil, pois o Reino Unido possui um projeto de digitalizar completamente todas as suas fronteiras até o final de 2025.

Qual objetivo da ETA Inglaterra?

A ETA Inglaterra tem como principal objetivo aprimorar a segurança nas fronteiras do Reino Unido, controlando o fluxo de viajantes que desejam entrar no país.

Ela é uma ferramenta que vai ajudar as autoridades britânicas a verificar a elegibilidade e a intenção dos viajantes que desejam visitar a Inglaterra. Isso contribui para a proteção do país contra possíveis ameaças à segurança e garante que os visitantes cumpram as leis e regulamentos locais.

A ETA Inglaterra também é uma ferramenta que vai permitir ao governo monitorar o fluxo de visitantes e coletar informações importantes sobre o turismo e outras atividades relacionadas a viagens. Isso ajuda as autoridades a tomar decisões informadas sobre políticas de imigração e turismo.

Quem deve solicitar a ETA Inglaterra?

No momento, somente os cidadãos de Catar, mas em breve cidadãos de todos os países que não fazem parte do Reino Unido precisarão fazer esta solicitação.

Os seguintes grupos de viajantes precisarão solicitar a ETA:

  • Viajantes de turismo;
  • Viajantes de negócios;
  • Outras finalidades temporárias: além do turismo e negócios, a ETA Inglaterra pode ser exigida para outras finalidades permitidas, como visitas a familiares, tratamentos médicos, cursos de curta duração e participação em eventos culturais.

Cidadãos europeus também precisam solicitar a ETA Inglaterra?

Para cidadãos da União Europeia e do Espaço Econômico Europeu, a ETA Inglaterra ainda não é obrigatória para viagens a turismo e negócios com duração inferior a 6 meses. No entanto, é necessário apresentar um passaporte válido para entrar no Reino Unido.

Porém, em breve, todo o cidadão que não for britânico e nem irlandês precisará desta autorização, incluindo os que vem de outras partes do continente europeu.

ETA ou ETIAS, qual solicitar?

Depende do seu destino, mas em alguns casos pode ser necessário solicitar os dois.

Nos últimos anos, a política de imigração do Reino Unido passou por mudanças significativas, em parte devido ao processo do Brexit, que resultou na saída do país da União Europeia. Como resultado, os viajantes agora enfrentam requisitos distintos para entrar na União Europeia (UE) e no Reino Unido, incluindo a Inglaterra.

Por isso, se você tiver a ETA Inglaterra, terá a autorização necessária para entrar no território britânico. Este território inclui o País de Gales, a Irlanda do Norte e a Escócia.

Mulher passando pela imigração
Certifique-se de solicitar a autorização com pelo menos duas semanas de antecedência

Por outro lado, o ETIAS (Sistema Europeu de Informações e Autorização de Viagem) é uma autorização semelhante, mas exclusiva para viagens ao Espaço Schengen, do qual o Reino Unido nunca fez parte.

Portanto, se você está planejando uma viagem pelo Território Schengen e no Reino Unido, será necessário obter ambas as autorizações: a ETA para a Inglaterra e o ETIAS para os demais países.

Além das autorizações, não esqueça de verificar que você tem todos os documentos necessários para viajar para a Europa.

ETA ou Visto?

A ETA e o visto são dois conceitos relacionados à entrada na Inglaterra, mas eles têm diferenças significativas em relação a como são obtidos, sua finalidade e duração.

Como mencionamos acima, a ETA é um documento eletrônico que permite que viajantes entrem no Reino Unido e permaneçam por um período específico. O processo de inscrição do ETA é mais simples e é feito online, pois é destinada a viagens de turismo, negócios ou trânsito de curto prazo.

Já o visto é um documento oficial concedido por um país que permite que um estrangeiro entre, permaneça e realize atividades específicas dentro desse país, como trabalhar ou estudar mais de seis meses, por exemplo.

Como vai funcionar o sistema ETA?

A ETA Inglaterra funciona de forma semelhante ao ETIAS da União Europeia, atuando como uma medida de segurança para aqueles que viajam para o Reino Unido e não necessitam de visto.

Um dos objetivos dessa nova autorização de viagem é fornecer ao governo dados mais precisos sobre o número de viajantes que ingressam no país e suas origens, melhorando a precisão em relação às informações atuais que eles recolhem.

Além disso, a ETA contribuirá para reforçar a segurança, permitindo a detecção antecipada de possíveis ameaças ao rastrear os passageiros antes de sua chegada.

Quanto tempo posso permanecer na Inglaterra com a ETA?

A duração da estadia permitida pode variar com base no motivo da viagem e nas regulamentações em vigor. Após aplicar para a autorização e ser aprovado, você poderá:

  • Permanecer no Reino Unido por até seis meses para fins de turismo, visitas a amigos e familiares, negócios ou estudo;
  • Permanecer no Reino Unido por até três meses com a concessão do visto de Trabalhador Criativo;
  • Fazer conexão de voo no Reino Unido.

Uma ETA aprovada será válida por dois anos e poderá ser usada para múltiplas visitas ao país. Porém, se você precisar tirar um novo passaporte nesse período, será necessário obter uma nova ETA Inglaterra.

Documentos necessários para a ETA Inglaterra

Para solicitar a ETA Inglaterra, os viajantes devem fornecer as seguintes informações e documentos:

  • Passaporte válido e biométrico: o passaporte do viajante deve ser válido por pelo menos seis meses a partir da data de entrada na Inglaterra. É fundamental garantir que o passaporte esteja em boas condições e que não expire durante a estadia, além de ser biométrico;
  • Cartão de crédito e/ou débito válido: para pagar a taxa obrigatória do visto;
  • E-mail atual: os candidatos também devem fornecer um endereço de e-mail atual para receber a ETA aprovada para entrar no Reino Unido.

Na hora de embarcar para o Reino Unido, o titular do ETA eletrônico deve garantir o uso do mesmo passaporte utilizado para preencher a inscrição online do ETA do Reino Unido, pois os detalhes do passaporte devem corresponder aos da ETA aprovada.

Uma vez aprovada, é necessário imprimir uma cópia da autorização de viagem eletrônica do Reino Unido para apresentar às autoridades no controle de fronteira britânico, juntamente com seu passaporte, para obter entrada no país.

Outros requisitos de imigração para a autorização eletrônica podem ser anunciados após a expansão do ETA para cidadãos de outras nacionalidades.

Como solicitar a ETA e viajar para Inglaterra?

Solicitar a ETA Inglaterra é um processo relativamente simples e conveniente, graças à plataforma online. Aqui estão os passos gerais que você deve seguir para obter sua autorização de viagem:

  1. Para iniciar o processo, acesse o site oficial do governo do Reino Unido dedicado à ETA;
  2. Você também pode baixar o aplicativo oficial que está tanto na App Store, como no Google Play. Certifique-se de usar a plataforma oficial e confiável para evitar fraudes;
  3. No site, você encontrará um formulário de solicitação online. Preencha o formulário com informações precisas e corretas, certificando de fornecer detalhes exatos do seu passaporte, motivo da viagem e outros dados relevantes;
  4. O processo de solicitação da ETA envolve o pagamento de uma taxa de processamento que deve ser feito usando os métodos aceitos no site que são através de um cartão de crédito e/ou débito;
  5. Após preencher o formulário e pagar a taxa, envie sua solicitação de ETA. Você receberá uma confirmação da solicitação por e-mail;
  6. Aguarde a análise da solicitação. O governo do Reino Unido se compromete a processar a maioria das solicitações de ETA em até 72h. No entanto, o tempo de processamento pode variar, caso algum número, ou informação não esteja correto. Portanto, é aconselhável solicitar a ETA com antecedência para evitar transtornos na sua viagem;
  7. Quando sua solicitação for aprovada, você receberá uma confirmação por e-mail com a ETA vinculada ao seu passaporte. Certifique-se de verificar sua caixa de entrada regularmente, incluindo a pasta de spam, para não perder a confirmação;
  8. Imprima uma cópia da confirmação da ETA para apresentar nas fronteiras, juntamente com seu passaporte válido. Certifique-se de ter todos os documentos necessários prontos para inspeção na chegada;
  9. Com sua ETA aprovada e documentos prontos, você estará pronto para viajar para a Inglaterra. Desfrute de sua estadia no país e explore todas as maravilhas que ele tem a oferecer.

Como preencher o formulário ETA?

O formulário de solicitação da ETA Inglaterra é um passo essencial no processo de obtenção da autorização de viagem. Preenchê-lo corretamente é fundamental para garantir que sua solicitação seja processada com êxito.

Confira algumas recomendações gerais sobre como preencher o formulário:

  • Forneça informações pessoais precisas, como nome completo, data de nascimento, gênero e nacionalidade. Certifique-se de que essas informações correspondam às do seu passaporte;
  • Preencha os detalhes do seu passaporte, incluindo número do passaporte, data de emissão e data de validade. Verifique se o passaporte tem pelo menos seis meses de validade a partir da data de chegada prevista à Inglaterra;
  • Selecione o motivo da sua viagem, que pode ser turismo, negócios, visita a familiares, tratamento médico ou outros fins permitidos. Forneça detalhes adicionais, se necessário;
  • Informe seu endereço de e-mail e número de telefone atuais. É por meio desses contatos que o governo do Reino Unido comunicará a decisão sobre sua solicitação;
  • Especifique a data de chegada prevista à Inglaterra e a duração da estadia. Se tiver planos de viagem, como reservas de acomodação, forneça informações adicionais, se solicitarem essas informações adicionais;
  • Esteja preparado para comprovar que possui meios financeiros suficientes para cobrir suas despesas durante a estadia na Inglaterra.

Quanto vai custar a autorização de viagem para Inglaterra?

O custo da aplicação é de £10.

Todos os viajantes, inclusive bebês e crianças, precisam obter uma ETA e é possível fazer a inscrição em nome de outras pessoas, caso você esteja fazendo a inscrição para algum familiar, amigo, ou cliente. Após a aplicação, não é possível solicitar reembolso do valor pago.

Então é importante ter em mente este valor quanto estiver separando o seu orçamento para saber quanto custa viajar para a Inglaterra.

Ficar conectado na Europa nunca foi tão fácil

Com a America Chip você tem internet 4G ilimitada durante toda a viagem. Escolha entre o chip e o eSIM e aproveite a Europa com a melhor conexão a partir de USD 40.

Ver Planos →

Quanto demora para solicitar a ETA Inglaterra?

O governo do Reino Unido se compromete a processar a maioria das solicitações em um prazo curto de até 72 horas, ou 3 dias úteis.

No entanto, pode haver variações dependendo da situação, por isso, solicitar a ETA com antecedência oferece uma margem de segurança para garantir que você tenha a documentação necessária em mãos antes da sua viagem.

Qual a validade da autorização de viagem?

Sua ETA é válida por 2 anos, então você pode viajar para o Reino Unido quantas vezes desejar durante esse período, respeitando o limite de 180 dias (6 meses) de estadia continua.

Vale reforçar que se você obtiver um novo passaporte, será necessário obter uma nova ETA, pois a Autorização está ligada ao seu documento. Vale lembrar, ainda, que a ETA não garante a entrada no Reino Unido, pois você ainda precisa passar pelo controle migratório ao chegar no país.

A ETA Inglaterra pode ser negada?

Sim, é possível que uma solicitação de ETA Inglaterra seja negada, e isso pode ocorrer por vários motivos.

Quando você solicita a ETA, seu pedido é analisado pelas autoridades do Reino Unido para garantir que você atenda a todos os requisitos de entrada.

Alguns dos motivos comuns para a negação da ETA podem incluir:

  • Informações incorretas ou incompletas: erros no preenchimento do formulário de solicitação, como informações incorretas ou ausentes, podem levar à recusa da ETA;
  • Problemas com o passaporte: se o seu passaporte não atender aos requisitos de validade e condições estabelecidos, sua solicitação de ETA pode ser negada;
  • Problemas de elegibilidade: se você não atender aos requisitos de elegibilidade da ETA, como nacionalidade ou finalidade da viagem, sua solicitação poderá ser recusada;
  • Antecedentes criminais: certos antecedentes criminais podem resultar na negação da ETA;
  • Violação de termos anteriores: se você tiver violado os termos de uma ETA anterior, sua nova solicitação pode ser negada.

Se sua solicitação de ETA for negada, você receberá uma notificação explicando os motivos da recusa. Nesse caso, você pode considerar a possibilidade de corrigir os problemas que levaram à negação e, em seguida, solicitar novamente.

Por isso é fundamental preencher o formulário de solicitação da ETA com precisão e fornecer informações corretas e completas, pois isso aumentará suas chances de obter a aprovação da ETA.

E se eu esquecer de pedir a ETA, o que pode acontecer?

Como ela ainda não é mandatória para brasileiros, não vai acontecer nada. Porém, quando esta medida for implementada, esquecer de solicitar a ETA Inglaterra antes de viajar pode resultar em complicações e inconveniências antes mesmo de você sair do país onde está.

Como a ETA será um requisito para entrada no país, pode ser que você nem consiga embarcar no seu voo e já seja recusado antes mesmo de pisar no avião. Caso você consiga embarcar, os agentes de fronteira verificarão a ETA e seu passaporte na chegada. Se você não tiver a ETA válida, terá sua entrada recusada no país. Ou seja, você será impedido de entrar na Inglaterra e terá que retornar ao seu destino de origem.

Além de ser recusado na entrada, você pode enfrentar atrasos e custos adicionais associados à sua viagem de retorno que incluem perda de reservas, consequências legais e multas.

Portanto, coloque no seu checklist de viagem a necessidade de solicitar a ETA antes de viajar. A minha recomendação é que você inicie o processo de solicitação com antecedência, com pelo menos 2 semanas, para que tenha tempo de ter a ETA aprovada a tempo antes de embarcar no voo para a Inglaterra.

Agora que você já sabe tudo o que precisa antes de iniciar o processo de solicitação da ETA, te desejo uma viagem maravilhosa à Inglaterra e que aproveite ao máximo tudo o que este país fascinante tem a oferecer!