Documentos para viajar para Europa: veja os principais

Dicas e Planejamento  / 

Para visitar o Velho Continente, certamente é preciso providenciar todos os documentos para viajar para Europa. Com eles, você pode explorar os países europeus com tranquilidade, sem ser barrado pela imigração no desembarque ou gastar muito com os imprevistos da viagem.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Veja aqui quais são os documentos obrigatórios e como providenciá-los antes da viagem. Vamos lá?

Lista de documentos para viajar para a Europa

Providenciar os documentos para viajar para a Europa é o primeiro passo do seu planejamento. De modo geral, os documentos exigidos para os estrangeiros com destino a Europa são:

  • Passaporte válido;
  • Visto para viagens com duração maior de 6 meses;
  • Seguro viagem;
  • Comprovante de hospedagem;
  • Passagem de retorno;
  • Comprovante financeiro.

Apesar de o procedimento parecer burocrático, ele se torna mais fácil quando você sabe como e onde solicitá-los.

Inspire-se: veja aqui os 5 melhores lugares para viajar na Europa.

Passaporte válido

O passaporte é um documento obrigatório para viajar para os países europeus e não pode faltar no seu checklist de viagem. O Tratado de Schengen exige que ele tenha uma validade de, no mínimo, três meses após a data de retorno da viagem.

Na prática, se o retorno está marcado para o dia 22/12/2019, o passaporte deve ter validade após o dia 22/03/2020. Caso o passaporte vença antes desse prazo, você pode solicitar um novo.

Mas para evitar dores de cabeça, indicamos que o seu passaporte tenha mais de seis meses antes de vencer. No site da Polícia Federal você pode obter informações sobre os requisitos, prazos e taxas para emissão.

passaporte é um dos documentos para viajar para europa

Precisa de visto para viajar para a Europa?

Segundo o Tratado de Schengen, o visto não é obrigatório para os brasileiros que irão permanecer até 90 dias nos países europeus que fazem parte do acordo. Isso torna o processo menos burocrático e oneroso.

Caso contrário, o viajante precisa solicitar um visto especial para a atividade que irá fazer na Europa por mais de três meses. Para tanto, basta solicitar o visto no Consulado do país de destino da viagem no Brasil.

Atenção!

A partir de 2023, o ETIAS para Europa começará a ser exigido para cidadãos de países que atualmente não precisam de visto para entrar na Europa, incluindo o Brasil.

Descubra aqui como viajar pela Europa por mais de 90 dias.

Seguro viagem

O Seguro Viagem Europa também está na lista dos documentos para viajar para o Velho Continente que você deve providenciar.

Segundo o Tratado de Schengen, os viajantes com destino aos países signatários do acordo devem obrigatoriamente contratar um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros para despesas médicas.

Essa assistência de viagem garante mais segurança e tranquilidade no exterior. Afinal, caso aconteça algum imprevisto na Europa, o segurado pode ser atendido em hospitais de qualidade.

Assim como, ter assessoria caso ocorra problemas como extravio de bagagem, cancelamento de voo e perda de documentos durante sua viagem para o exterior.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Para fazer a cotação e contratação, você pode acessar o nosso comparador de seguro viagem ou o Seguros Promo. Nessas plataformas, é possível comparar planos de seguradoras como Assist Card, Travel Ace e Intermac que oferecem coberturas completas, por um preço acessível.

Uma dica é não comprar visando somente o preço, e sim os benefícios que o plano lhe oferece. Para economizar, insira o nosso cupom de desconto EURODICASTURISMO (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

Saiba aqui quanto custa um seguro viagem para Europa e como escolher o seu.

Comprovante de hospedagem

O comprovante de hospedagem também pode ser um documento para viajar para a Europa exigido no desembarque pelos agentes da imigração no aeroporto. Ele serve para certificar que o estrangeiro não pretende ficar ilegalmente no país e como controle da imigração.

Os documentos válidos como comprovante de hospedagem são as reservas em hotéis, hostels ou pousadas. Mesmo que você não saiba onde vai se hospedar, faça reserva em sites como a Kayak e depois cancele, caso você mude os planos, e não pague por isso.

A carta convite também serve como comprovante de hospedagem. Ela deve ser emitida caso você se hospede na casa de amigos ou familiares, que residam legalmente no país.

Viagem marcada para o Velho Continente? Confira se o hostel na Europa é seguro.

Comprovante financeiro

Demonstrar que você tem condições financeiras de permanecer no país é algo importante para a imigração. Por isso, o comprovante financeiro é um dos documentos para viajar para a Europa que podem ser exigidos pela imigração.

O valor diário varia de acordo com a região que você vai visitar. No entanto, a média cobrada é de 70€ por dia. Essa quantia pode ser comprovada através do extrato bancário, dinheiro em espécie ou cartão recarregável.

Mas atenção. Se você pretende gastar mais de R$10 mil reais, ou valor equivalente em moeda estrangeira, precisa declarar esse valor à Receita Federal.

Quanto custa uma viagem para a Europa de 30 dias? Descubra aqui!

Passagem de retorno

Também é preciso apresentar a passagem de retorno no desembarque em qualquer um dos países integrantes do Espaço Schengen. Com esse comprovante, você garante a imigração que pretende sair do país e não deseja morar ilegalmente na Europa.

Aprenda a comprar passagens aéreas no Kayak e economize muito.

Documentos para dirigir na Europa

Uma das maiores dúvidas de quem deseja dirigir na Europa diz respeito a documentação. De modo geral, os condutores podem usar a sua carteira de habilitação brasileira no exterior.

Mas para evitar multas, alugar carros e receber seguro em caso de acidente, é recomendado solicitar a PID (Permissão Internacional para Dirigir). Ela é uma habilitação internacional reconhecida na Europa e traduzida em oito idiomas.

Para solicitá-la, você deve visitar uma agência do DETRAN ou acessar o site da instituição do seu estado. Basicamente, são solicitados documentos como:

  • Comprovante de residência (original e cópia);
  • CNH – Carteira Nacional de Habilitação (original e cópia).

A taxa custa cerca de R$300e o documento é liberado em cerca de três dias. No entanto, o PID tem a validade de até 180 dias no exterior.

documentos para viajar para europa de carro

Planejando uma road trip pela Europa? Confira quanto custa o aluguel de carro em Portugal e na Itália.

Dúvidas frequentes sobre documentos para viajar para a Europa

É comum surgirem dúvidas no momento de providenciar os documentos para viajar para a Europa. Para não atrasar a viagem, é importante que elas sejam esclarecidas o quanto antes.

Por isso, selecionamos abaixo algumas das dúvidas frequentes desse processo:

Menores desacompanhados precisam de documentação especial para viajar?

Sim. Além dos documentos que citamos acima, é preciso providenciar uma autorização de viagem para o menor. Ela deve ser assinada pelos responsáveis legais, autenticada em cartório e apresentada no momento do embarque.

Saiba como emitir a declaração para menor poder viajar sozinho.

Qual o prazo de contratação do seguro viagem para Europa?

O seguro viagem deve ter cobertura para todos os dias da sua estadia no exterior. Mas, recomendamos que você estenda mais 1 dia do seu regresso, para caso ocorra algum atraso no voo ou problema no dia do embarque.

Quem vai trabalhar ou estudar no exterior precisa algum outro documento?

Quem vai trabalhar ou estudar no exterior por mais de seis meses, precisa solicitar o visto específico para essas atividades. Geralmente, o Consulado solicita documentos como carta convite da faculdade ou do trabalho.

Veja as diferenças entre viajar pela Europa e viajar pela União Europeia.

Recomendações

Providenciar os documentos para viajar para a Europa é algo que exige muito planejamento. Para não esquecer nenhum detalhe, confira nossas recomendações em prática:

  • Compre suas passagens aéreas de ida e volta com antecedência;
  • Certifique-se que o passaporte tem prazo de validade maior que 6 meses;
  • Faça a reserva nos hotéis através da Kayak, de preferência com cancelamento gratuito;
  • Contrate um seguro viagem com a cobertura ideal para as suas necessidades;
  • Faça um planejamento financeiro para sua viagem. E caso o valor supere R$10 mil reais ou valor equivalente em moeda estrangeira, declare na Receita Federal;
  • Caso se hospede na casa de um amigo ou familiar, providencie a carta convite com antecedência.

Além desses documentos, confira aqui outros itens que você nunca deve esquecer numa viagem a Europa.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Andrea é uma jornalista curitibana que uniu a paixão pela profissão e pelas viagens e fez disso sua vida. Viajou por todos os cantos do Brasil e também se aventurou pelos Estados Unidos, África e Ásia. Ao lado do filho e do marido foi morar no Sri Lanka e no Vietnã. Desde 2018 vive na Inglaterra e divide seu tempo entre a produção de conteúdo e os passeios pelo Reino Unido.