Sacré Coeur: guia de visita a uma das igrejas mais famosas do mundo

Visitar Paris  / 

Para muitos dos viajantes que vão para a França, uma das maiores vontades é visitar a Torre Eiffel em Paris. Mas além dela existe um lugar, dentre tantos outros, que não pode ficar de fora do seu roteiro na cidade Luz: a Sacré Coeur.

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

A Sacré Coeur

A Basilique du Sacré Coeur, teve sua construção iniciada em 1875 e demorou mais do que 30 anos para ficar pronta. Símbolo do bairro Montmartre, a basílica é um dos monumentos mais procurados por turistas, sendo uma das igrejas mais famosas em todo o mundo.

Além da Sacré Coeur, veja outros monumentos de Paris.

interior basilica sacre coeur

História

Sacré Coeur (Sagrado Coração) teve a construção baseada na crença dos católicos de que tudo o que estava acontecendo depois da guerra franco-prussiana tinha relação com a questão do espiritualismo na França, e não com a política.

A igreja foi projetada pelo arquiteto Paul Abadie, que faleceu pouco tempo depois que as obras da igreja tiveram início. A basílica tem uma grande influência da arquitetura romana, contrastando com outras construções religiosas da época.

A construção foi realizada com mármore branco e o sino da basílica é um dos mais pesados do mundo. Durante a Segunda Guerra Mundial, parte dos vitrais foram destruídos, sendo reformados posteriormente a guerra.

Veja também museus em Paris.

Arquitetura

A basílica possui estilo romano-bizantino, com estrutura revestida de mármore travertino, o que proporciona uma tonalidade branca em suas paredes, uma peculiaridade que destaca a igreja entre os prédios da região.

Outra característica interessante são as suas quatro cúpulas que, juntas, formam a imagem de uma cruz grega. A cúpula central é a mais alta e possui 80 metros de altura. Para completar a magnitude da construção, no tomo da basílica está o sino de Sabóia, que tem 19 toneladas (o mais pesado do mundo) e foi construído para celebrar a anexação do território de Sabóia a França em 1860.

Onde fica e como chegar a Sacré Coeur

A Basílica de Sacré Coeur está localizada no bairro de Montmartre, cujo nome significa “monte dos mártires”, a 129 metros acima do nível do mar. Esta elevação permite que os visitantes visualizem toda a cidade.

O acesso para quem pretende fazer turismo religioso na Basílica de Sacré-Coeur pode ser feito por escadas rolantes. Um outro jeito é subir pela parte de trás da colina, por suas ruas curvas e mais inclinadas. Para chegar à Basílica, é preciso subir 234 degraus. É cansativo, mas tem várias plataformas para descansar e apreciar a vista à medida que se vai subindo.

O endereço é: 35, Rue du Chevalier de La Barre- 75018 Paris.

Uma opção para aqueles que não têm tanta disposição para a caminhada é o Funicular de Montmartre, uma espécie de bonde que conecta a parte baixa com a parte alta do bairro. O preço da condução pode variar conforme o tipo de passagem utilizada, sendo elas a passagem simples, chamada ticket t+, além do Paris Visit e o passe Navigo.

Atualmente, o funicular é elétrico e transporta mais de 2 milhões de passageiros por ano. O trajeto dura pouco mais de um minuto e é totalmente automatizado, já que os veículos não contam com condutores.

O meio mais fácil para se pegar o Funicular é pela estação de Metro Anvers o Abbesses e funciona 6h às 00h45. Saiba mais sobre os transportes públicos na França.

Como visitar a Sacré Coeur

A Sacré Coeur está aberta aos visitantes durante o ano todo.

Os horários de visitação são:

  • Cúpula: todos os dias das 8h30 às 20h (de maio a setembro) e de 9h às 17h (de outubro a abril). O acesso ao Domo se dá pelo lado esquerdo na parte exterior da basílica.
  • Cripta: 9h às 17h45; o acesso a Cripta se dá por uma porta lateral, do lado esquerdo, em nível inferior na Basílica.

Se você quer saber horários das missas e algumas datas importantes para a igreja, não deixe de conferir os horários do Santuário.

basilica sacre coeur em montmartre

Quanto custa?

A entrada na basílica de Sacré Coeur é gratuita. Agora, se você subir com o bondinho (funicular), você paga o valor da passagem, que é o mesmo de um ticket de metrô.

Saiba mais sobre as tarifas de entrada no Domo e na Cripta.

Descubra qual a melhor época para visitar a França.

Tour guiado

Para quem gosta de aprender mais ainda sobre a história e exclusividades que só um passeio guiado oferece, há excursões guiadas disponíveis para conhecer a Sacré-Coeur.

Vale a pena visitar?

Certamente. Além de ter uma história muito interessante, a Sacré Coeur é um dos monumentos mais bonitos da França. Por estar no ponto mais alto da cidade, além de tudo, você consegue ter uma magnífica vista de Paris. E quem não quer apreciar cada detalhe da Cidade Luz, certo?

Uma dica é ir bem cedo, pois por ser um dos pontos turísticos mais famosos, costumar lotar bastante, e no verão isso pode ser um pequeno problema.

Não se esqueça de levar todos os documentos necessários para viajar para a França. Confira o checklist de documentos para viagem.

Sacré Coeur já está no seu roteiro para a viagem a Paris? Não deixe de ver nosso guia de turismo em Paris.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
COMPARTILHE
Autor

Yara é brasileira, tem 22 anos e estuda Farmácia. Paulista que se encantou pelo Porto, pretende chamar essa cidade de lar em breve. Totalmente apaixonada por viagens (principalmente intercâmbio) e conhecer novas culturas, adora compartilhar tudo o que vê por aí, através da escrita.