Uma região conhecida mundialmente pelas suas belas praias de água cristalina, falésias e areias douradas, cavernas marítimas, vida noturna agitada e repleta de atividades para todos os gostos e idades. Há muito o que fazer no Algarve e se este é o seu próximo destino, apresentamos um guia completo para aproveitar ao máximo a região de praias mais badalada de Portugal.

Confira nosso roteiro de até sete dias e saiba como preparar sua viagem para o Algarve. Confira!

O que fazer no Algarve?

Se tem uma tarefa difícil é escolher as melhores praias e atrações turísticas para visitar no Algarve. Todas as mais de 100 praias, distribuídas em quase 200 quilômetros de litoral, guardam belezas únicas e encantos a serem percorridos. Por isso é tão difícil montar um roteiro de poucos dias do que fazer no Algarve.

Além de toda a beleza do litoral todo recortado por falésias envoltas de água esverdeada cristalina, são inúmeras as atrações para aproveitar e se divertir ainda mais durante as férias de verão no Algarve. Passeios de barco a jato, cruzeiro, stand up paddle, caiaque, parasail, parapente, parque aquático, entre tantas outras!

Confira o que fazer no Algarve em até sete dias e acredite: você vai querer voltar muitas vezes porque nunca vai ser tempo suficiente para curtir tudo que este paraíso do sul português oferece.

O que fazer em 3 dias no Algarve?

Apesar de o Algarve não ser uma região muito extensa, sua área reserva uma série de paisagens, cidades e atrações para conhecer. Para quem vai ficar até 3 dias, começamos com um roteiro que contempla das praias a belas cidades. Confira!

Dia 1

O dia começa visitando as Grutas de Benagil. O acesso é feito apenas pela água e você pode optar pelos passeios de barco e lancha a partir da própria praia de Benagil ou de outras praias da cidade.

E se você preferir parar dentro da gruta para conhecer e fotografar o local, o que eu altamente recomendo, a maneira é optando pelos passeios de caiaque ou stand up paddle. Nadar também é uma opção, porém não muito recomendada, já que o mar é bastante agitado pelas ondas e especialmente pela alta circulação de barcos.

Os passeios, geralmente, têm duração de duas horas. E se for de caiaque, um guia acompanha o grupo às outras cavernas da praia também para terminar o passeio na belíssima Gruta de Benagil. Garanto que vale a pena cada remada das mais de duas horas para passar uns minutos lá dentro.

Siga para a cidade de Albufeira, aproximadamente 24 quilômetros de Benagil Caves. Lá há uma série de atividades para todos os perfis. Escolha a que preferir ou passe o dia aproveitando uma (ou várias!) das suas aproximadamente trinta praias. Algumas opções são: Praia dos Pescadores, Praia do Peneco, Praia da Falésia e Praia São Rafael.

À noite aproveite o que Albufeira tem de melhor: diversos e animados bares e restaurantes, além, claro, de muitas casas e atrações noturnas para os jovens que procuram curtição.

Dia 2

Considerando que estamos seguindo um roteiro de carro, pela proximidade, aproveite o segundo dia no Zoomarine. O parque temático e aquático se localiza em Albufeira e é necessário pelo menos um dia para poder usufruir de todas as atividades e serviços.

Compre seu bilhete antecipado para o Parque Zoomarine. Essa é uma das melhores paradas do roteiro do que fazer no Algarve para quem está planejando uma viagem para Portugal com crianças.

E se você quiser deixar a experiência ainda mais incrível, o parque oferece a possibilidade de nadar com golfinhos! No Get Your Guide você encontra o ingresso Zoomarine Algarve e Dolphin Emotions Experience, com duração de pouco mais de uma hora, incluindo supervisão de treinadores profissionais, a partir de 125€ por pessoa.

Dia 3

No terceiro dia, é hora de partir em direção à cidade de Lagoa. Siga direto para a Praia da Marinha, considerada uma das mais bonitas de Portugal e conhecida por sua beleza rústica e singular de tons dourados, que lhe renderam o apelido de Praia Dourada. A partir daqui, faça o percurso dos Sete Vales Suspensos, que leva até a Praia do Vale de Centeanes.

Essa é uma trilha considerada uma das melhores caminhadas pelas praias do Algarve. No caminho, de cerca de seis quilômetros, se tem uma vista panorâmica incrível dos vales do alto da costa.

Você pode optar por passar parte do dia aproveitando essas ou qualquer das outras fascinantes praias da cidade, tais como as Praias da Albandeira, Praia do Carvalho e Praia do Carvoeiro. Antes de seguir em direção da nossa próxima parada: Portimão.

Vista da praia de Portimão, no Algarve, em dia ensolarado de verão em Portugal.
A Praia da Rocha, em Portimão, é uma das mais procuradas por turistas no Algarve. Foto: Fê Fassina

Sugiro parar na Praia da Rocha, aproveite o resto do dia na beira do mar. Para jantar e aproveitar a noite no Algarve, a Praia da Rocha oferece uma noite repleta de opções de bons restaurantes, bares com rooftop e casas noturnas. São também diversos bons hotéis de frente para o mar.

O que fazer em 5 dias no Algarve?

Para os dias 4 e 5 continue seguindo em direção oeste. A primeira parada é a badalada cidade de Lagos e um passeio fascinante à Ponta da Piedade.

No quinto dia, chegue ao extremo norte do Algarve, nas praias de surfe de Odeceixe. E depois se dirija para o extremo sudoeste onde poderá apreciar o pôr do sol mais incrível do país, no Farol do Cabo de São Vicente.

Dia 4

A cidade de Lagos é uma das mais procuradas por turistas que buscam o que fazer no Algarve. Reserve o quarto dia de roteiro conhecendo seu centro histórico com igrejas, museus, muralhas e o Castelo dos Governadores. E, claro, algumas das melhores praias da região.

Em Lagos, visite a Avenida dos Descobrimentos, a Igreja de Santa Maria de Lagos, a Praça do Infante e o Forte da Ponta da Bandeira. Com falésias e mar esverdeado, percorra algumas das mais belas praias do sul do país: Praia do Camilo, Praia do Pinhão, Praia da Batata e Praia Dona Ana, que já foi considerada a praia mais bonita do mundo.

É também em Lagos que se localiza a Ponta da Piedade: uma das paisagens mais famosas do litoral português. Uma região cheia de grutas, cavernas e pequenas praias. Para visitar escolha entre os passeios guiados de barco, caiaque ou veleiro.

Lagos conta com uma boa infraestrutura. São várias boas opções de hotéis, resorts e restaurantes. Aproveite para passar a noite pela cidade.

Dia 5

O quinto dia inicia em Odeceixe, aproximadamente 48 quilômetros de Lagos, na costa do Alentejo. Essa é a cidade mais ao norte do Algarve e o local faz parte das listas de melhores praias para o surfe, já tendo sido reconhecida como uma das sete maravilhas de Portugal em 2012.

O vilarejo de Odeceixe tem como característica as casas branquinhas e um ar pitoresco e o centro fica a quatro quilômetros da praia que se divide entre mar e rio. Uma enorme duna separa as pacatas águas da Ribeira de Seixe das ondas de mar azul agitado do Oceano Atlântico.

Depois de chegar no topo do Algarve, volte para o sul, em Sagres, na cidade de Vila do Bispo. A área faz parte do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina e é a região mais preservada do Algarve. Combinadas com algumas construções históricas, a maioria das praias dessa região do Algarve, se localizam entre grandes falésias e são ideais para quem procura mais contato com a natureza.

O Farol do Cabo de São Vicente se localiza em uma ponta formada por altos penhascos, no extremo Sudoeste de Portugal. Programe-se para chegar a tempo de ver o pôr do sol. É um dos mais espetaculares do país.

O que fazer em 7 dias no Algarve?

Para encerrar nosso roteiro do que fazer no Algarve, se dirija a outra ponta do litoral português, já na divisa com a Espanha. Os sexto e sétimo dias são reservados para conhecer a Vila Real de Santo Antônio, Tavira e Faro.

Dia 6

O sexto dia inicia em Vila Real de Santo Antônio, a última cidade de Portugal na fronteira com a Espanha. Os países estão separados pelo Rio Guadiana, que deságua no mar. Você pode até fazer um cruzeiro para atravessar a fronteira de um país ao outro.

Ao caminhar pelas margens do rio é possível ver a Espanha do outro lado. Aproveite também para andar até as praias da Ponta de Areia e a de Santo Antônio.

Na pequena Vila Real de Santo Antônio admire, ainda, a impressionante arquitetura clássica e geométrica de construções brancas. A Praça do Marquês de Pombal é o centro da vila, onde estão localizados os três principais pontos turísticos da cidade: a igreja Nossa Senhora da Encarnação, a Câmara Municipal e a antiga Casa da Guarda.

A próxima parada é a histórica cidadezinha de Tavira, que é inclusive considerada Patrimônio Histórico da Humanidade. Na Rua da Liberdade, você verá os famosos azulejos portugueses e uma arquitetura tradicional da época das explorações marítimas ao longo de toda a cidade. Não deixe de visitar ainda as igrejas da Misericórdia e do Carmo, a Ponte Romana e admirar as vistas das muralhas a partir do Castelo de Tavira.

A cidade tem a pesca e a agricultura como principais fontes de economia. E grande parte de suas atrações históricas se concentram às margens do Rio Gilão. Suas praias ficam em uma estreita faixa de areia entre o rio e o mar.

Um passeio de tuk-tuk, com duração de uma hora, é uma ótima maneira de conhecer melhor essa cidadezinha encantadora. Há ainda a possibilidade de um passeio de barco para observar golfinhos.

Dia 7

Propositalmente, reserve o sétimo dia para conhecer Faro, a capital do Algarve, e a cidade em que se localiza o aeroporto internacional, de onde provavelmente partirá seu voo para voltar ou seguir sua viagem para outros países europeus.

Faro tem um belo centro histórico, bem preservado com suas muralhas, igrejas e fortes, que é a maior atração da cidade. Visite as igrejas de Nossa Senhora do Carmo e de São Francisco, o Arco do Repouso (onde dizem que o Rei D. Afonso III descansou após a conquista de Faro) e o pequeno Museu Municipal, que fica dentro do Convento da Nossa Senhora da Assunção.

Por ser a capital do Algarve, é em Faro também que se encontram as maiores áreas comerciais e até shopping. Há muitas opções de lojas, restaurantes e espaços culturais, além de museus e igrejas históricas.

Durante o verão, a vida noturna de Faro também é bastante animada, contando inclusive com uma feira noturna que acontece no centro. Os bares são animados, com música ao vivo, por entre as ruelas estreitas de Faro.

Apesar disso, não é uma cidade reconhecida pela beleza paradisíaca de suas praias. Faro é banhada pela Ria Formosa, uma transição entre o rio e o mar. O Parque Natural da Ria Formosa é considerado uma das 7 Maravilhas Naturais de Portugal.

São aproximadamente 18 mil hectares de uma grande diversidade de ecossistemas: ilhas, praias, dunas, bancos de areia, salinas, lagoas e canais. E há ainda duas praias de areia que completam o parque: a Praia de Faro e a Ilha Deserta.

Faça um passeio de barco pelo Parque Natural da Ria Formosa. São diversas opções para você escolher: passeio de barco com parada na Ilha Deserta, passeio de barco ao pôr do sol na Ria Formosa e observação de golfinhos.

Quantos dias são suficientes no Algarve?

Reserve no mínimo 4 dias para visitar o Algarve.

A região é repleta de atrações e atividades, além de ser cercada por uma beleza natural ímpar. Mais do que apenas passar turistando por todos os principais pontos, o Algarve é uma daquelas viagens para reservar alguns dias a mais para poder aproveitar relaxando em uma ou várias das belíssimas praias da região.

O que não pode deixar de conhecer no Algarve?

As Grutas de Benagil certamente são a atração imperdível do Algarve. Conhecida como “janela do céu”, a gruta é uma caverna com duas “portas” para o mar e uma “janela” voltada para o céu com uma praia de aproximadamente 100 metros dentro.

A beleza do lugar é singular e esse certamente é um dos principais cartões-postais de Portugal. A cavidade foi escavada devido à ação erosiva do mar e pelo movimento das ondas na rocha que compõem estas falésias.

Grupo de caiaques no mar para acessar a Gruta de Benagil, no Algarve, durante verão português.
Acessar a Gruta de Benagil remando um caiaque parece assustador, mas a experiência é incrível. Foto: Fê Fassina

Só é possível acessá-la a partir da água, portanto, escolha entre passeios de barco ou lancha e se preferir descer na praia interna da gruta, nade ou opte pelos aluguéis de paddle ou caiaque. São aproximadamente 15 minutos da beira da praia de Benagil até a parte interna da gruta, mas considere que o mar pode ser bastante agitado, especialmente pela grande movimentação de barcos.

Confesso que no início fiquei apreensiva com a excursão de caiaque, mas foi surpreendentemente tranquila e uma experiência incrível. Valeu a pena cada minuto das quase duas horas remando o caiaque.

O guia acompanhou nosso grupo pelo tour em caiaques de duplas. Primeiro, ele nos levou para o lado contrário da famosa Benagil Cave. Entramos em outras grutas fechadas localizadas do lado direto da praia. Depois, nos conduziu para a “janela do céu” e o mais difícil foi descer do caiaque na praia interna. São muitos barcos movimentando o mar já agitado do local. Passamos um tempo por lá, fotografando e admirando a beleza da gruta e voltamos para curtir o sol de agosto na praia.

O que fazer à noite no Algarve?

A região do Algarve tem uma das melhores vidas noturnas de Portugal no verão. Tornando-se um dos principais destinos de festa da Europa durante a estação mais quente do ano.

As movimentadas cidades resort transformam-se em zonas bastante atrativas para os amantes de balada. As ruas são movimentadas e alegres, especialmente em Albufeira e na Praia da Rocha, na cidade de Portimão. São diversos restaurantes, bares com rooftop e música ao vivo para você escolher e aproveitar.

Qual é a melhor época para conhecer o Algarve?

A melhor época para conhecer o Algarve é no verão, durante os meses mais quentes. Pode considerar ir entre maio e setembro, mas durante o pico do verão, na alta temporada europeia e especialmente durante as férias escolares, o número de turistas aumenta muito, tornando o local bastante lotado e mais caro.

Indicaria programar suas férias para o Algarve entre maio e início de junho ou a partir de agosto, quando ainda é bastante quente para aproveitar as praias e atividades oferecidas na região.

Quando visitei o Algarve, fui durante a primeira semana de agosto. As praias não estavam tão lotadas, as temperaturas estavam bastante altas — acima de 30ºC — e não choveu em nenhum momento dos sete dias que passamos pela região.

Parasail no fim de tarde de verão Albufeira, no sul de Portugal.
Além das atrações naturais, são diversas atividades para aproveitar o verão no Algarve, inclusive parasail. Foto: Fê Fassina

O Algarve é um dos principais destinos de verão na Europa. Aproveitar as praias e todas as atividades que elas proporcionam é a principal programação para fazer na região do Algarve na estação mais quente do ano. Isso porque as águas do mar do sul de Portugal são geladas o ano todo, ficando suportáveis para nadar apenas no verão.

Aproveite o verão para nadar, tomar sol na beira da praia, praticar esportes no mar: surfe, parasail, canoagem, stand up paddle, jet ski, entre tantas outras atividades oferecidas apenas durante esse período.

O que fazer além do óbvio no Algarve?

Há diversas atividades do que fazer no Algarve e eu altamente recomendo escolher as que mais combinam com você e aproveitar todas elas, mas há algumas programações que se tornam únicas no Algarve.

Alugar um iate privado para uma viagem durante o pôr do sol é simplesmente fascinante. E bem além do óbvio no Algarve, já que a atividade é bastante romântica e a região é reconhecida especialmente por suas festas e curtição.

A grande maioria dos visitantes opta pelas badaladas boat parties ou passeio com churrasco, que também não deixam de ser uma experiência incrível. E é a partir de Vilamoura, ou de Albufeira, que você pode, inclusive, alugar o iate por uma noite para um programa completamente extraordinário no Algarve.

Quanto custa viajar para o Algarve?

Uma viagem para o Algarve pode custar em média R$ 9.087. Levamos em consideração uma viagem de 7 dias, entre 5 e 11 de agosto de 2024.

O cálculo de quanto custa viajar para o Algarve pode variar muito dependendo do seu perfil, das atrações e atividades que você escolher, cidade e tipo de hotel onde vai se hospedar, a alimentação e o período do ano que pretende viajar.

Levamos em consideração preços médios para cada gasto. Veja a descrição abaixo.

Item Preço médio
Hospedagem em hotel 3 estrelas para casal em Albufeira R$ 6.200
Atrações turísticas R$ 1.113
Alimentação R$ 1.197
Seguro Viagem R$ 82
Transporte (aluguel de carro) R$ 495
Total R$ 9.087

Qual o gasto diário no Algarve?

Em média, você vai gastar o equivalente a R$ 412 por dia no Algarve.

Em uma rápida pesquisa em menu de restaurante do Algarve, é possível encontrar valores de prato principal a partir de 15€. Em uma média, levando em conta almoço e jantar, seu gasto diário pode ser de R$ 171.

Nas atrações, ao somar os valores de todas as sugestões do artigo, dividindo pelos sete dias de viagem, reserve aproximadamente R$ 159. Para os gastos com transportes, consideramos o valor do aluguel de um carro, R$ 82 por dia, entre 5 e 11 de agosto de 2024.

Quantos euros levar para o Algarve?

Considere levar entre 700 e 850 euros para uma viagem de 7 dias para o Algarve. Para cobrir os gastos médios com alimentação, transporte e passeios, calculamos entre 100€ e 120€ por dia.

A moeda usada no Algarve é o Euro. No dia 31 de maio de 2024, 1 euro era equivalente a R$ 5,69. Nossa dica é adquirir um cartão de débito internacional. Essa é certamente a opção mais segura e econômica para sua viagem. O cartão Wise você faz a conversão do câmbio em poucos minutos e com as taxas mais econômicas e o câmbio comercial.

O que não deixar de comer no Algarve?

Portugal é famoso pela culinária deliciosa. As especialidades do Algarve, baseadas na gastronomia mediterrânea, incluem muitos frutos do mar. Prove as sardinhas, pratos com chocos, lula e conquilhas (mariscos) à algarvia e as amêijoas.

Confira uma lista com pratos típicos de Portugal e do Algarve. A maioria das receitas é à base de peixes e frutos do mar, já que os ingredientes são extremamente frescos e abundantes no Algarve.

Cataplana de amêijoas

Um dos principais pratos do Algarve é a cataplana de amêijoas. A receita composta por amêijoas, toucinho e chouriço, leva mariscos e peixes. E sua particularidade é a de ser cozinhada a vapor em uma cataplana (panela de cobre com uma tampa fixa).

O Humberto’s Tapas Restaurante, na Praia da Rocha, serve excelentes pratos típicos da região, inclusive uma deliciosa cataplana, que é especialidade da casa.

Caldeirada

A caldeirada é um prato típico da culinária portuguesa que consiste em um ensopado de peixes e frutos do mar. Diz-se que a receita foi criada por pescadores do Algarve para cozinhar as suas refeições em alto-mar com os peixes que lhes vinham à rede.

Os principais ingredientes são peixes variados, como o robalo, pargo, camarão, lula e mexilhões; batatas, tomates, cebolas e pimentões. E é servido com pão e vinho branco seco.

Frango à Guia

Mas nem só de frutos do mar é composta a culinária típica do Algarve. O Frango da Guia, teve origem na vila de Guia, no município de Albufeira, na década de 1960. Atualmente, é considerado um dos melhores frangos assados de Portugal. O grande segredo é o molho secreto.

O restaurante Ramires, criador da famosa receita, está aberto até hoje na freguesia de Guia, em Albufeira.

Frutos de amêndoa

E claro que não podia faltar um docinho para a sobremesa na nossa lista, não é mesmo? Os frutos de amêndoa são pequenos doces tradicionais feitos manualmente com massa de amêndoa e recheio de ovos moles, com formas variadas e pintados com corante.

Onde se hospedar no Algarve?

A região do Algarve é dividida em dezesseis municípios, sendo Faro, onde se localiza o terceiro maior aeroporto de Portugal, a capital da região. Os mais famosos municípios são Lagos, Portimão, Albufeira e Faro. E também são estas as melhores cidades para se hospedar no Algarve.

São nestes municípios ou bastante próximo deles que estão localizadas as principais atrações e praias do Algarve. A partir da boa localização dessas cidades também é mais fácil ter acesso a todos os pontos da região. Sem contar na infraestrutura que elas oferecem, incluindo diversas opções de hospedagem para todos os perfis.

Qual é o melhor transporte para explorar o Algarve?

O melhor transporte para aproveitar ainda mais tudo que tem para fazer no Algarve é alugar um carro em Portugal. Há uma quantidade grande de praias, espalhadas por toda a costa. A partir de Albufeira, a estrada A22 percorre toda a região litorânea e o carro certamente será a melhor opção para programar seu roteiro do que fazer no Algarve.

O transporte por meio de aplicativos e táxi também servem como opção na região.

Há ainda um trem que faz o percurso entre Faro e Albufeira e algumas linhas de ônibus que circulam pela região, mas com certa limitação na frequência. Por isso, se optar por percorrer a região usando apenas transportes público, planeje seu roteiro com minúcia. Calculando as distâncias e tempo de deslocamento entre cada ponto a ser visitado.

No GetYourGuide, há ainda muitas opções de excursões entre as praias e atrações da região, inclusive hop-on hop-off em Faro ou Tavira que pode ser considerado como opção de transporte turístico em ambas as cidades.

Como se planejar para visitar o Algarve?

Agora que você já sabe o que fazer no Algarve, é hora de começar a planejar a viagem.

Para isso, selecionamos algumas dicas para você começar a organizar o seu roteiro. Confira o nosso checklist de viagem para auxiliar seus preparativos:

Seguro viagem obrigatório

O seguro viagem do Espaço Schengen é obrigatório em 29 países da Europa, incluindo Portugal. É preciso contratar uma apólice de seguro para cobertura de despesas médicas e hospitalares de pelo menos 30 mil euros durante suas férias no Algarve.

Faça uma cotação com o Seguros Promo para saber mais sobre as diferentes coberturas e definir qual se encaixa melhor nas suas preferências. Você pode usar o comparador para comparar os benefícios de cada um dos planos oferecidos.

Fique conectado com chip internacional

Atualmente, é imprescindível manter-se conectado, especialmente durante uma viagem para a Europa. Para maior comodidade, adquira um chip internacional, antes mesmo de sair do Brasil.

A nossa recomendação é a America Chip, que oferece cobertura por toda Europa e também internet ilimitada pelo melhor custo-benefício.

Dicas anotadas, roteiro do que fazer no Algarve definido, desejamos que tenha uma ótima viagem!