Bucareste: guia para conhecer a capital da Romênia

Viajar pela Europa  / 

Bucareste é a sexta cidade mais populosa da União Europeia, ficando atrás somente de Londres, Berlim, Madri, Roma e Paris. Além disso, é a capital e a maior cidade da Romênia.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Muitos brasileiros nunca ouviram falar da região e o destino não é um dos seus preferidos. Mas há muitos pontos turísticos interessantes em Bucareste. E, o melhor, sua moeda oficial não é o supervalorizado Euro – é o Leu (no plural, Lei) –, o que torna mais acessível sua visita à cidade.

Caso você tenha se interessado em viajar para Bucareste ou queira saber mais sobre a região, fique conosco! Neste artigo, vamos te contar, entre outras coisas, onde fica a cidade, qual é a sua história, como chegar até Bucareste e informações sobre os principais pontos turísticos da região.

Além disso, vamos te dar sugestão de roteiro em Bucareste, assim como dicas de onde se hospedar e sobre a gastronomia na cidade.

Onde fica Bucareste

Bucareste fica na parte sudeste da Romênia, na região histórica da Muntênia (parte da Valáquia), nas margens do Rio Dâmbovita, a aproximadamente 60 km ao norte do Rio Danúbio e da fronteira com a Bulgária.

Como ir e como se locomover na cidade

Como ir a Bucareste

A melhor maneira de chegar em Bucareste saindo do Brasil é procurar por voos até Dublin, na Irlanda, e de lá pegar um voo direto até o aeroporto da capital da Romênia, a 17 km do centro da cidade.

Você pode fazer simulações de voos no comparador Kayak, que mostra as melhores opções de passagens aéreas.

Como se locomover em Bucareste

A melhor maneira de se locomover em Bucareste é por meio do transporte público, que custa barato e geralmente confiável.

O metrô é o meio mais comum e a melhor forma de se locomover pelo centro, pois nem tantas rotas de ônibus e bondes passam pela zona central.

No entanto, há bairros e locais específicos onde é mais fácil chegar pegando um ônibus.  Bucareste é bem servida de meios de transportes públicos e os ônibus são seguros. Algumas linhas são 24 horas.

História de Bucareste, na Romênia

Bucareste foi fundada em 1459. No século XVII, a cidade era uma das mais ricas da parte oriental europeia. No início do século XX, a capital da Romênia atingiu seu auge, e nesse período, foram erguidas centenas de palácios e parques neoclássicos.

Com a Segunda Guerra Mundial, dois terremotos e a estética comunista, grande parte da beleza remota de Bucareste foi destruída.

Na década de 1980, a capital foi reorganizada em volta do edifício do parlamento, o Palatul Parlamentului, com 300 mil m². O monumento entrou para a história por causa do ex-ditador comunista Nicolae Ceaușescu, que governou a Romênia de 1967 até 1989, quando houve a queda do regime comunista no país.

A população de Bucareste, em 2019, era de 2,01 milhões de habitantes. A capital do segundo país mais pobre da União Europeia tem uma renda per capita de 25.250€ (estimativa 2018), um indicador de poder de compra baixo e um custo de vida considerado muito baixo.

A cidade possui uma taxa de criminalidade relativamente baixa e uma vida noturna bastante agitada.

10 pontos turísticos de Bucareste que devem constar no seu roteiro

Há muitas atrações interessantes em Bucareste, e o melhor é que você pode visitar diversas delas em poucos dias. Conheça as 10 principais, que devem fazer parte do seu roteiro.

1. Carol Park

É um parque público em Bucareste. Inicialmente, o parque era uma área de exibição ao ar livre para o 40º aniversário da família real na Romênia em 1906.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

É monumento histórico desde 2004 e hoje em dia o Carol Park está sempre cheio de atividades em família.

Endereço: cruzamento da Rua 11 de Junho com a Marasesti
Como chegar: bonde: 7, 47 da Piata Unirii
Horário de funcionamento: aberto 24 horas
Preço: entrada gratuita

Bucareste Carol Park

Veja também dicas sobre o que fazer na Romênia.

2. Palácio do Parlamento

O Palácio do Parlamento é um edifício com várias funcionalidades e símbolo dos delírios de grandeza do ditador Ceaucescu, onde estão instaladas ambas as câmaras do Parlamento Romeno.

O monumento, que possui 350 mil m², é o maior palácio do mundo e o terceiro maior edifício, depois do New Century Global Centre e do Pentágono.

Endereço: Rua Izvor no.2-4, seção 5, Bucareste
Como chegar: metrô: Izvor, linhas M1 e M3 / ônibus: linhas 136 e 385
Horário de funcionamento: de março a outubro: todos os dias, das 9h às 17h / de novembro a fevereiro: todos os dias, das 10h às 16h
Preço: 40 lei

Você também pode adquirir seu Ingresso Sem Fila para o Palácio do Parlamento no Get Your Guide, por a partir de 78 lei (16€).

3. Templo Coral

É a maior sinagoga da Romênia, cópia da Grande Sinagoga de Viena, Leopoldstadt-Tempelgasse. O templo foi construído entre os anos 1857 e 1867 e é uma das poucas sinagogas de Bucareste que resistiu aos anos.

O exterior do monumento é marcado por uma fachada decorada com azulejos amarelos e avermelhados em estilo arabesco. Já seu interior impressiona por seus reflexos dourados e pela beleza de sua decoração.

Endereço: Strada Sfânta Vineri 9
Como chegar: metrô: Universitate, linha M2 e Piața Unirii, linhas M1, M2 e M3
Horário de funcionamento: de segunda a quinta-feira, das 9h às 15h / sextas e sábados, das 9h às 13h
Preço: 10 lei

4. Avenida da Vitória

A Calea Victoriei é a mais importante e a mais antiga de Bucareste. Sua construção tem início em 1692, quando o príncipe Constantin Brâncoveanu fez o planejamento de um caminho que ligasse a corte real (localizada no centro histórico) e seu palácio em Mogoşoaia (um vilarejo situado ao norte da capital).

Uma dica é percorrer a capital a partir do seu ponto principal, no centro histórico e ir até à Praça da Vitória.

Endereço: Avenida da Vitória
Como chegar: percorra o centro histórico até a Praça da Vitória
Horário de funcionamento: aberta 24 horas
Preço: entrada gratuita

bucareste arco do triunfo

Descubra como viajar pela Europa gastando pouco.

5. Palácio de Cotroceni

Sua história teve início em 1679 com a forma de um mosteiro, que, em 1862 se tornou a residência de verão do príncipe. Em 1888, o local foi demolido e ali foi construído o palácio, que seria a residência oficial dos monarcas.

Em 1989, ao finalizar a Revolução Romena, o palácio se tornou a residência oficial do presidente da Romênia, até os dias de hoje.

Trata-se de uma bela mansão, refletindo o admirável passado de Bucareste. Ao conhecer o local, os visitantes podem adentrar o coração da cidade.

Endereço: Bulevardul Geniului 1
Como chegar: metrô: Politehnica, linha M3 e Eroilor, linhas M1 e M3
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h30 às 17h30 (é necessário reservar com antecedência)
Preço: 55 lei

6. Corte Antiga

Ao visitar o local, você tem como ver a antiga região da Valáquia. A Corte Antiga é o monumento medieval mais antigo da capital romena.

Os restos arqueológicos da Corte, fundada pelo famoso Vlad, o Empalador, compõem o monumento medieval mais antigo conservado na cidade.

Endereço: Franceza Street, 21-23
Como chegar: metrô: Piata Unirii, linhas M1, M2 e M3 / ônibus: linhas 14, 21, 40, 232, 104 e 178
Horário de funcionamento: fechada para reformas

7. Museu Nacional de Arte da Romênia

O Museu Nacional de Arte da Romênia fica no imponente Palácio Real de Bucareste e abriga as coleções de arte romena medieval e moderna, bem como uma vasta coleção de arte europeia.

Por causa de sua localização central em frente à Praça da Revolução, o monumento sofreu graves danos no período da revolução de 1989 e suas instalações foram fechadas durante uma década para restauração.

Endereço: Calea Victoriei, 49-53
Como chegar: metrô: Piata Romana, linha M2 / ônibus: linhas 162, 133, 178, 300, 368 e 381
Horário de funcionamento: de quarta a domingo, das 10h às 18h
Preço: Galeria Nacional: 15 lei / Galeria de Arte Europeia: 15 lei / Ingresso combinado: 25 lei

Você também pode fazer um Passeio a Pé pela Cidade Velha em Bucareste, com duas horas de duração. Para isso, basta comprar seu ingresso pelo Get Your Guide, por a partir de 78 lei (16€).

8. Praça da Revolução

Nela está um imponente edifício de concreto com semblante comunista. A praça é famosa porque ali foi o local onde os romenos ouviam os discursos triunfantes de seu líder Ceaușescu. Atualmente, é possível ver dois monumentos em homenagem à revolução.

Endereço: Piața Revoluției, București, ao norte do centro antigo da cidade
Como chegar: metrô: Piata Romana, linha M2
Horário de funcionamento: aberta 24 horas
Preço: entrada gratuita

9. Igreja Kretzulescu

É um monumento pequeno, construído com um estilo brâncovenesc. Trata-se de um dos templos mais chamativos de Bucareste, com grandes pinturas nas paredes, de uma autêntica sobrevivente e uma das principais testemunhas do fim do período comunista do país.

A igreja foi construída 1720 (demorou 2 anos) e reconstruída em 1940, pois o monumento estava muito danificado devido aos muitos ataques sofridos na cidade. Aproveite para assistir a uma missa na igreja; vale muito a pena!

Endereço: Avenida da Victoria, 45
Como chegar: metrô: Universitate, linha M2
Horário de funcionamento: não informado
Preço: entrada gratuita

10. Parque Cismigiu

É o parque mais antigo da cidade e também o maior do centro de Bucareste, com 17 hectares de extensão. Inaugurado em 1860, o local é ideal para fazer e relaxar em meio à vegetação e às esculturas.

Endereço: Bulevardul Regina Elisabeta
Como chegar: caminhando pela Avenida da Vitória
Horário de funcionamento: aberto 24 horas
Preço: entrada gratuita

Não deixe de aproveitar sua visita a Bucareste e conhecer o Castelo de Bran, o famoso Castelo do Drácula, que fica a cerca de 2h30min da capital.

Sugerimos a Excursão de 1 Dia ao Castelo do Drácula saindo de Bucareste, disponível no Get Your Guide por 385,16 lei por pessoa.

Roteiro de 2 dias em Bucareste

A seguir, veja uma sugestão de roteiro que você pode fazer em 2 dias em Bucareste.

Primeiro dia

Inicie seu passeio conhecendo o Carol Park, parque público com estilo francês, que homenageia o Rei Carol I.

Não deixe de visitar o Parlamento, o segundo maior edifício administrativo do mundo, perdendo apenas para o Pentágono, nos Estados Unidos. É um dos principais pontos turísticos da cidade.

Vá também ao Jardim Botânico da cidade e ao AFI Palace Controceni.

Percurso: 1h 35min (7,4 km)

Segundo dia

Vá ao Parque Herastrau, o maior parque da capital romena. Este parque é muito bonito e repleto de paisagens verdes e fica ao redor do lago Herastrau, ao norte da cidade.

Em frente a uma das saídas do Parque fica o Arco do Triunfo, uma cópia do tão famoso arco de Paris. Passe pelo Parque Kiseleff.

Próximo a ele está o Museu Nacional de Arte Contemporânea. Conheça os Jardins Cismigiu, o parque mais antigo de Bucareste, o Museu Nacional de Geologia e o centro histórico da cidade.

Percurso: 1h 30min (7,1 km)

Caso fique mais tempo na cidade ou tenha disposição e sobre tempo para fazer outras programações, não deixe de incluí-las no seu roteiro!

Conheça também o Castelo de Peles, o majestoso palácio na Transilvânia.

Quando ir a Bucareste

A melhor época para viajar para Bucareste entre abril e outubro. Normalmente, julho e agosto são os meses mais quentes e também mais cheios na cidade, por conta das férias escolares na Europa.

Janeiro é o mês mais frio do ano. Já maio e junho são os mais chuvosos.

Descubra quais são as melhores épocas do ano para visitar cidades europeias e poupar dinheiro.

Quanto custa uma viagem para Bucareste

Viajar para Bucareste partindo do Brasil não custa barato, principalmente por conta do valor da passagem aérea para a Europa. No entanto, o valor para viajar para a capital romena é bem menor do que para cidades europeias caras, como Londres, Paris e Roma, mais escolhidas pelos brasileiros.

Fizemos uma simulação com o custo médio dos principais serviços necessários para uma viagem a Bucareste. Confira.

Passagens aéreas

O ideal para encontrar os melhores preços de passagens aéreas é utilizar os comparadores, pois assim você consegue visualizar o preço em diversas companhias aéreas.

Em janeiro de 2020, fizemos uma simulação de voos para Bucareste no site Kayak, saindo do Rio de Janeiro. O voo mais em conta encontrado foi da KLM, com escala em Amsterdam, por R$ 3.625.

Seguro viagem

Recomendamos a compra de seu seguro viagem pelo nosso comparador seguro viagem, que, em parceria com o portal Seguros Promo, oferece os melhores planos de seguro viagem pelos menores preços.

Por a partir de R$ 10 por dia de viagem já é possível ficar protegido.

Hospedagem

É possível encontrar hotéis de variados preços e tipos em Bucareste. Mas é possível encontrar boas hospedagens, bem localizadas na cidade, por bons preços.

O valor da diária vai depender da localização e da quantidade de estrelas no hotel. Por R$ 200 por dia, é possível ficar em bom local e hotel em Bucareste.

Compare preços de hospedagem no site da Booking.

Alimentação de rua

Para economizar, uma das principais dicas é comprar produtos nos supermercados e se alimentar na sua acomodação. No entanto, outros custos surgirão durante o dia.

Veja o preço médio dos principais itens:

Item Preço
McMenu no McDonalds (ou refeição equivalente) 20 lei
Almoço executivo 30 lei
Pão branco fresco (500g) 2,73 lei
Leite (1 litro) 4,85 lei
Cola/Pepsi (330 ml) 6,67 lei

Transporte

Se você gosta de caminhar, pode economizar bastante com transporte público em Bucareste. Para isso, basta se hospedar próximo ao centro.

Mas com menos de R$ 10 por dia de viagem você consegue se locomover para conhecer diversos pontos turísticos.

Atrações

É possível fazer várias programações gratuitas na cidade. No entanto, um turista gasta cerca de 40€ (cerca de R$ 190, de acordo com a cotação da moeda em janeiro de 2020) por dia de viagem conhecendo as principais atrações em Bucareste.

No Get Your Guide você também pode verificar quais são as principais atrações em Bucareste.

Onde se hospedar em Bucareste

Para sua maior comodidade, as melhores opções de hospedagem estão no centro da cidade, setor 1, pois você está perto de bares, restaurantes e dos principais pontos turísticos de Bucareste.

Os preços podem variar bastante em função da comodidade e da localização da acomodação.

Veja algumas opções de hospedagens, pesquisadas no site Kayak em janeiro de 2020, para uma hospedagem em março de 2020, na cidade.

Hotel Categoria Estrelas Localização Preço médio
Sheraton Bucharest Hotel Luxo (melhor hotel) 5 estrelas 5-7 Calea Dorobantilor, District 1, Setor 1, 010551 Bucareste, Romênia 453 lei
Ramada Hotel & Suites by Wyndham Bucharest North Melhor custo benefício 4 estrelas Daniel Danielopolu 44A, Setor 1, 014134 Bucareste, Romênia 316 lei
Ave Hotel Victoriei Mais barato 3 estrelas Maltopol 22, Setor 1, 011048 Bucareste, Romênia 117 lei
Friends Hostel Hostel 2 estrelas Str Mircea Vulcanescu nr 114, corp A, sector 1, Setor 1, 010826 Bucareste, Romênia 36 lei
George&Dragon Rooms Alojamento 2 estrelas Cuza Voda 46, sector 4, Setor 4, 040284 Bucareste, Romênia 114 lei

Gastronomia em Bucareste

Onde comer

Confira a seguir algumas sugestões de locais para comer em Bucareste e aproveitar a cozinha local.

No TripAdvisor você pode conferir o ranking dos restaurantes mais bem avaliados em Bucareste, de acordo com suas especialidades.

Comidas típicas de Bucareste

Assim como grande parte do leste europeu, a gastronomia romena sofre influência dos países vizinhos. Conheça alguns pratos típicos da região:

  • Sarmale: carne de porco moída e misturada com arroz e erva, enrolada em folhas de repolho;
  • Tochitura: carne cozida com cebola, normalmente acompanhada por outra tradição – como um ensopado de carne;
  • Mici: fast foodtípico romeno. É uma carne bem temperada e moída, servida grelhada, em formato de linguiça;
  • Fasole cu carne: feijão com carne;
  • Mamaliguta ou Mamaliga: polenta.

Dicas para visitar Bucareste na Romênia

Agora que você já sabe todas as informações essenciais para programar sua viagem a Bucareste, não deixe de conferir dicas para facilitar a sua programação:

1. Não se esqueça de contratar seu seguro viagem para viajar protegido quanto aos riscos aos quais estará exposto na cidade;

2. Programe sua viagem com antecedência;

3. Busque os preços de passagem, hospedagem e seguro viagem em comparadores de seguro viagem, pois comparam diversas empresas e apresentam os melhores preços para você, fazendo com que economize tempo e dinheiro;

4. Monte seu roteiro com antecedência;

5. Utilize os transportes públicos;

6. Opte por viajar para Bucareste entre abril e outubro.

Leia também sobre Sófia, a capital da Bulgária, que faz fronteira com a Romênia.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.