Croácia: guia para o país das praias, dos lagos e da história

Visitar Croácia  / 

Água clara, cristalina, perfeita para um banho de mar, ou passeio de barco no verão. Poderia ser Grécia, ou a italiana Costa Amalfitana. Mas estamos falando da Croácia, que tem chamado atenção de turistas do mundo inteiro e, agora, dos brasileiros.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

A localização é perfeita: a Croácia é banhada pelo no Mar Adriático. Suas cidades mais atrativas, como Dubrovinik e Split, foram adaptadas para receber os turistas europeus. O país fica ao sul da Europa, junto à Eslovênia e Hungria, ao nordeste da Sérvia e, ainda, próximo da Bósnia e Herzegovina.

Possui fronteira marítima com a Itália, o que facilita uma ótima viagem de verão, unindo os dois destinos. Além do mar, um parque nacional e a rica cultura de Zagreb, fazem da Croácia uma ótima dica para a sua próxima viagem.

Se você vai viajar para Europa, precisa saber mais sobre o turismo na Croácia!

Saiba mais sobre a história da Croácia

Independente desde 1991, a Croácia é uma das repúblicas mais desenvolvidas da ex-Iugoslávia. O processo de independência, que aconteceu através de um plebiscito, desencadeou uma guerra civil com a minoria sérvia que ainda habita na região. O que ocasionou um grande movimento separatista.

Mas a história do país começou ali pelo ano de 925, quando o então duque Tomislav foi coroado Rei dos Croatas, criando um reino que compreendia as terras desde o rio Drava até o mar Adriático.

Após o fim da Primeira Guerra Mundial, em 1918, quando a Croácia se tornou parte do Estado dos Eslovenos, Croatas e Sérvios, também conhecido como Iugoslávia.

Os conflitos decorrentes de sua independência duraram até meados de 1995, quando a Croácia se recupera. O governo de Franjo Tudjman foi responsável por recuperar os territórios ocupados e ajudar, ainda, na independência da Bósnia e Herzegovina.

Hoje, a Croácia é uma das economias mais fortes, a maior de toda a região dos Bálcãs, atrás apenas da Grécia. E um pólo de turismo mundial.

Mochilão econômico: viajando pelos Bálcãs.

Veja quais são as principais cidades da Croácia

A Croácia é famosa pelo seu mar de águas cristalinas e belas praias. O país possui 1.185 ilhas e recebe mais de 800 cruzeiros durante a temporada de verão europeia.

Aproveite a sua ida à Croácia e dê uma volta pelo país. Além da capital Zagreb, é possível conhecer as atrativas Dubrovnik e Split.

E se você for às praias, saiba que, na maioria, não existe areia. Sim, alguns terrenos podem ser mais pedregosos. Você escolhe onde quer “montar” o seu acampamento para aproveitar o banho de mar.

Veja quais são as principais cidades para a sua viagem:

1. Zagreb

É a capital do país e pode ser um bom ponto de partida na sua viagem pela Croácia. Suas construções remetem ao antigo império austro-húngaro.

Zagreb também é uma cidade com muita cultura. Muitas galerias de arte se misturam a locais descolados, recebendo muitos turistas jovens vindos, em sua maioria, da Europa Ocidental.

Suas influências são renascentistas e barrocas. Destaque para o Palácio Episcopal. Afrescos do século XIII juntam-se às construções da época medieval.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Além disso, Zagreb é uma das cidades da Europa mais baratas para viajar.

teatro nacional em zagreb

Dica: para conhecer melhor, faça o passeio no Ônibus Hop On Hop Off em Zagreb.

2. Dubrovnik

Se estiver buscando as praias paradisíacas da Croácia, Dubrovnik é quase que parada obrigatória. O mar Adriático abraça praticamente toda a cidade, que fica situada na Costa da Croácia, na região da Dalmácia.

Além de ser conhecida por sua beleza, Dubrovnik recebe muitos jovens, por conta de suas universidades. Isso faz com que a cidade seja animada, com muitos bares, restaurantes e bastante agitação noturna.

Além da praia, visite os fortes, os monastérios, museus e sinagogas. É próximo da cidade que fica Stari Grad, o centro antigo enclausurado por uma muralha que atinge os 2 quilômetros de extensão. Caminhe por passarelas para ter uma das melhores vistas do mar Adriático.

De lá, se for fã, faça a Excursão a Pé Game of Thrones e Trono de Ferro, com guias que trabalharam no set da série.

3. Korcula

Cidade costeira, é uma das que mais chamam atenção no verão. Korcula é uma pequena ilha da Croácia, também cercada pelo Mar Adriático.

Pequena, tem entre suas atrações as ruínas de uma casa que, dizem, ter pertencido ao navegador Marco Polo, conhecido como um grande viajante. O local hoje é um museu sobre ele.

4. Split e Hvar, na Costa da Dalmácia

Situada na costa Dálmata, outras duas cidades principais, além de Dubrovnik, merecem ser conhecidas. A primeira é Split, famosa por seu Palácio de Diocleciano, o imperador romano que governou a região entre os anos de 284 e 305 d.C.

A segunda é Hvar, que com sua marina glamourosa, sedia algumas das melhores festas noturnas da Europa. Veja o que fazer em Hvar.

Além delas, vale destacar a ilha de Korcula, que já falamos, e Trogir, todas rodeadas pelas águas cristalinas do Mar Adriático.

5. Pula

Pula é a milenar cidade croata. Antes dominada pelo Império Romano, hoje tem como um de seus principais monumentos um Anfiteatro.

Parecido com o Coliseu da capital da Itália, a versão da Croácia é um pouco menor, chamado de Arena. Mas, mesmo assim, bastante imponente, com capacidade para mais de 20 mil pessoas.

A cidade de Pula também fica na zona costeira, na região portuária de Istria, à beira do mar Adriático. É conhecida de um grande clássico da literatura – seu enorme cemitério foi mencionado por Dante em sua grande obra “A Divina Comédia” -, além de casas decoradas com mosaicos e mármores.

Pula é, hoje, um polo cultural e econômico da Croácia.

6. Zlatni Rat

É conhecida como a praia mais charmosa da Croácia. Situada na cidade de Bol, Zlatni Rat é, também, a mais famosa da região.

A cidade de Bol está localizada na ilha de Brac, uma das mais antigas do país. Ela é conhecida por um fenômeno natural, onde a faixa de areia fica em formato triangular, formando uma espécie de “língua” que se estende sobre o mar. Depende da maré e da época do ano.

Zlatni Rat Croácia

É bastante procurada por praticantes de windsurf e é, também, uma das únicas praias que tem areia. Mesmo assim, mais grossa do que a que conhecemos no Brasil.

Saiba quais são as praias da Croácia mais famosas.

Principais pontos turísticos da Croácia

O país oferece belos cenários e já foi o set de gravações da série Game of Thrones. Confira alguns dos pontos turísticos da Croácia que você precisa conhecer:

1. Parque Nacional dos Lagos de Plitvice

O Parque Nacional dos Lagos de Plitvice é conhecido como a principal atração turística da cidade. Ficam na região central do país, entre a capital Zagreb e o litoral.

Os lagos compõem o mais antigo e maior parque nacional do país, sendo também Patrimônio Mundial da Unesco. Ele é formado por 16 lagos em tons de azul e verde, além de cascatas de vários tamanhos, e coberto com vegetação florestal.

É possível chegar de carro ou de ônibus, principalmente saindo das cidades de Zagreb, Zadar e Split. Lá dentro, você anda por passarelas que cruzam os lagos, além de poder se locomover de barco em um trecho do trajeto. Infelizmente não é possível nadar nos lagos.

Faça a Excursão ao Parque dos Lagos de Plitvice saindo de Zagreb, com duração de 10 horas, traslado de ida e volta e guia fluente em inglês.

2. Stari Grad ou Cidade Murada

O centro antigo Stari Grad, também conhecido como Cidade Velha ou Cidade Murada, é uma pequena região portuária. Situado na Ilha de Hvar, parte de Dubrovnik, é uma das mais antigas cidades da Croácia, fundada por Gregos. É, também, o coração histórico de Hvar.

Este local histórico é cheio de ruas e praças pitorescas, com suas casas e igrejas tradicionais do Mediterrâneo. Stari Grad também é considerada Patrimônio Mundial da Unesco.

Stari Grad Croácia

Para ir até lá, é possível fazer uma Excursão Guiada pela Cidade Velha de Dubrovnik, visitando os principais marcos locais.

3. Teleférico de Dubrovnik

No teleférico, você terá uma vista deslumbrante da cidade de Dubrovnik, com certeza uma atração imperdível pela cidade histórica.

Veja onde se hospedar em Dubrovnik e confira nossas dicas.

4. Arena de Pula

Se a cidade de Pula estiver no seu roteiro pela Croácia, coloque o Anfiteatro Romano na sua lista. O coliseu croata, a Arena de Pula, é o anfiteatro dos tempos do Império Romano.

Diferente do grande “irmão” italiano, fica à beira-mar e foi construído no primeiro século, seguindo as técnicas de arquitetura clássica. As mesmas utilizadas na Antiga Roma.

É um dos seis maiores anfiteatros romanos pelo mundo que ainda podem ser visitados. Na Croácia, é a construção desses tempos que ainda melhor conserva sua estrutura, como a altura original e suas quatro torres.

A Arena de Pula foi palco de jogos entre os gladiadores, em batalhas sangrentas, mas também recebeu espetáculos artísticos. Hoje, recebe shows, festivais, concertos e cinemas ao ar livre em um menor espaço.

5. Esportes de aventura

Se você gosta de esportes radicais e de aventura, fazer turismo na Croácia é uma ótima opção. Dentre os mais populares, estão a escalada, esqui alpino, o snowboarding, windsurf e kitesurf.

Durante o verão, um local indicado são os arredores do Lago Jarun, próximo à Zagreb. Para quem gosta de caminhada nas montanhas e escaladas, a Ístria é uma das regiões mais populares para a prática, assim como o Parque Nacional Paklenica e a região de Split.

Para os esportes do mar, o litoral é uma boa pedida. Se quiser um esporte mais leve, em Dubrovnik é possível fazer uma Excursão de Caiaque no Mar ao Pôr do Sol.

6. Catedral de Zagreb

O edifício mais famoso da capital da Croácia é, também, o mais alto do país. A Catedral de Zagreb no Kaptol é dedicada à Assunção de Maria, ao Santo Estéfano e São Ladislau.

Construído em estilo gótico, no início do século XI, o interessante é observar as torres, que podem ser avistadas de vários pontos da cidade. No final do século XV, o Império Otomano invadiu a Bósnia e a Croácia. Por conta disso, foram feitos muros de fortificação em torno da Catedral.

Entre e veja o interior da igreja, com toda sua imponência artística e arquitetônica. Neste passeio a pé por Zagreb, os visitantes aprendem sobre a história da cidade com uma visita à Catedral. Você pode reservar no Get Your Guide.

7. Península de Verudela

A Península de Verudela possui ótimos hotéis, bares e restaurantes e é perfeita para quem quer descansar e curtir as praias e caminhar pelo calçadão.

8. Praias da Croácia

A Croácia possui algumas das mais belas praias da Europa. Por isso, leve na mala biquíni, protetor solar, chapéu e óculos de sol.

Confira algumas das melhores e mais famosas praias da Croácia:

  • Stiniva (ilha de Vis), considerada a praia mais bonita da Europa;
  • Banje (Dubrovnik);
  • Brela (Split);
  • Srebrna (Rukavac);
  • Zlatni Rat (Bol);
  • Punta Rata (Brela);
  • Bacvice (Split);
  • Uvala Porat (ilha de Bisevo);
  • Hawaii (Verudela);
  • Pakleni Otoci (ilha de Hvar).

Importante saber que a maioria das praias da Croácia têm pedrinhas e não areia. Por isso, é bem comum as pessoas andarem com meias especiais para conseguir pisar e entrar no mar. Mas, todo sacrifício compensa pelas praias de águas azul claro e quase transparentes.

Se achar alguma boia para comprar, aproveite. Com certeza, vale a pena mergulhar nesse mar incrível com temperatura da água que varia entre 20º e 24º graus.

9. Palácio de Diocleciano

Localizado em Split, o Palácio de Diocleciano foi residência imperial da Croácia. O monumento é Patrimônio Mundial da Unesco.

hotéis em dubrovnik

Descubra mais sobre o que fazer em Dubrovnik.

Como preparar sua viagem

Com tantas atrações de diversos tipos, desde passeios urbanos, até idas a algumas das praias mais bonitas do mundo, o primeiro passo para preparar sua viagem ao país é saber o que você deseja visitar.

O país não existe vistos de brasileiros, e oferece bons preços, além de grande infraestrutura turística. Com transporte local eficiente, é fácil se locomover entre as cidades.

Apesar da língua oficial ser a croata, é fácil comunicar-se em inglês. O país não trabalha com a moeda Euro, a mais facilmente encontrada em outros destinos do continente europeu. Mas é fácil encontrar caixas eletrônicos para saque, casas de câmbio e cartões de crédito são aceitos.

Precisa de visto para fazer turismo na Croácia?

A boa notícia é que brasileiros não precisam de visto para visitar a Croácia. É possível fazer turismo na Croácia por até 90 dias sem visto, para isso, basta ter um passaporte com validade superior a seis meses.

E não esqueça do seu Seguro Viagem Europa. Se for praticar esportes, escolha um plano que tenha essa cobertura específica.

Quanto custa fazer turismo na Croácia?

A Croácia ainda tem preços menores do que outros grandes países europeus. Veja quanto custa uma média de valores dos principais gastos que você terá em uma viagem ao país.

Passagens aéreas

Não existem voos diretos para a Croácia, saindo do Brasil. Mas é possível chegar facilmente à Zagreb, com escalas já no continente europeu.

Fizemos uma simulação de passagens aéreas, utilizando a área de voos do site Kayak, saindo de São Paulo para a capital do país. Colocamos o mês de junho de 2020 como previsão. Ainda não é alta temporada, mas já está com bom clima para quem deseja curtir a praia.

O melhor valor, com menos tempo de viagem, seria com a companhia aérea Latam Airlines. O voo faz escala em Frankfurt e sai por R$ 4.490.

Saiba quais são as dicas para adquirir passagens aéreas baratas.

Seguro Viagem para Croácia

A Croácia, diferente da maioria dos países europeus, não faz parte do Tratado de Schengen. Ou seja, o seguro viagem não é obrigatório, mas altamente recomendável. Você não vai querer passar por apuros e desembolsar dinheiro extra caso aconteça alguma emergência, certo?

Em uma simulação de custos, utilizamos o nosso comparador seguro viagem, uma parceria com o portal Seguros Promo. É possível encontrar planos com valores desde R$12 a R$60, por dia.

Ganhe desconto no seguro viagem

Ganhe desconto. Para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICASTURISMO (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

Hospedagem

Para demonstrar uma média de valores de hospedagem na Croácia, separamos preços em Zagreb e Dubrovnik, dois dos destinos mais procurados, com opções baratas e mais caras:

Hotel Cidade Estrelas Localização Preço médio
Esplanade Zagreb Hotel Zagreb 5 estrelas Centro 258€
Hostel Centar Zagreb 2 estrelas Centro 31€
Hotel Adria Dubrovnik 4 estrelas Perto da Praia 89€
Hostel Sol Dubrovnik 2 estrelas Perto da Praia 79€

 

Veja outras opções e compare preços de hospedagem na área de hotéis do site Kayak.

Alimentação de rua

Utilizamos Zagreb como referência, por ser a principal cidade do país. Nos destinos menores, os valores podem variar um pouco mais ou para menos. O preço médio para alimentação de rua é:

Alimentação de rua Preço
Cerveja (570ml) 2,02€ | 15.00 kn
Almoço em restaurante barato 6,72€ | 50.00 kn
Refeição para 2 pessoas, em restaurante mediano, com 3 pratos 33,60€ | 250.00 kn
Cappuccino 1,50€ | 11.13 kn
Água 1,31€ | 9.73 kn

 

Kn é o símbolo da Kuna, a moeda local.

Supermercado

Uma boa dica de economia é aproveitar para comprar itens básicos no supermercado. Vale a pena para algumas coisas. Veja o preço médio de alguns produtos na capital da Croácia, Zagreb:

Item Preço
Garrafa de vinho 5,38€ | 40.00 kn
Água (garrafa de 1,5 litro) 0,94€ | 7.00 kn
Sanduíche de frango 6,95€ | 51.68 kn
Cerveja local 1,02€ | 7.57 kn

Passeios e ingressos

Os valores dos ingressos e passeios vão depender de que lugares você pretende visitar no país.

No entanto, fizemos uma média de valores das principais atrações:

  • Stari Grad (Muralhas de Dubrovnik): 20€;
  • Parque Nacional dos Lagos de Plitvice: 20€, por 1 dia (os valores podem variar, de acordo com a época do ano);
  • Arena de Pula: 7€;
  • Catedral de Zagreb: entrada gratuita.

É sempre possível economizar comprando tours e excursões antecipadamente. Confira todas as opções para a Croácia no site Get Your Guide.

Os valores são bem mais baixo que importantes cidades da Europa, como Paris, Milão, Madri, Londres. Por isso, mesmo que a passagem esteja um pouco mais alta, os baixos custos do país com alimentação, transporte e hospedagem compensam.

Split Croácia

Cruzeiros pela Europa: como são, rotas principais, preços e dicas.

Pacotes de viagem para Croácia

Você também pode optar por contratar pacotes turísticos para a Croácia. Por um lado, você ficará preso a um itinerário pronto, mas, por outro lado, sua viagem fica mais organizada e segura. Só você vai saber se vale a pena comprar um pacote de viagem ou planejar a viagem sem “ajuda”.

Se escolher viajar com um pacote de viagem, é muito importante que o viajante contrate numa agência confiável. Nós, no Euro Dicas Turismo, recomendamos os pacotes de viagem vendidos pela Logitravel. A reserva e o check-in são feitos online, de maneira rápida e fácil.

Confira as ofertas da Logitravel para a Croácia, que incluem:

  • De Zagreb a Dubrovnik e Praias Croatas, 12 dias;
  • Croácia e Parques Nacionais, 9 dias;
  • Montenegro e Croácia: Do Sul ao Norte, com Dubrovnik, 9 dias.

Os pacotes normalmente incluem passagens aéreas, traslados, hospedagem e refeições.

Quando ir à Croácia?

Se você quiser aproveitar as praias (e a nossa sugestão é que sim, aproveite para conhecer), o ideal é ir entre os meses de junho a setembro, no verão.

Julho e agosto são os meses de alta temporada e as atrações devem estar mais cheias. Mas são os meses mais recomendados, pois é o período em que as águas do Mar Adriático estão mais quentes.

Caso não tenha interesse em ir às praias, as estações de primavera e outono são sempre as mais recomendadas para destinos europeus.

Dica: opte por fazer turismo na Croácia no final do verão, no mês de setembro, com certeza você vai se surpreender com as belas praias de água azul-turquesa.

Melhores lugares para viajar com crianças: confira nossa lista.

Como ir à Croácia?

Como já avisamos, não há voos diretos entre Brasil e Croácia. No entanto, facilmente se chega à Zagreb, Dubrovnik e Split através de conexões em grande parte das capitais europeias. As companhias aéreas Latam, Lufthansa, British, TAP, KLM e Turkish são algumas das opções.

Para facilitar a busca na melhor passagem, sugerimos fazer uma comparação utilizando o comparador do site Kayak. Os viajantes terão acesso aos melhores preços, de acordo com as datas possíveis. Ainda é possível colocar alertas de passagens, para receber sempre a baixa ou o aumento dos preços.

Por terra, é possível chegar de trem a partir de cidades como Budapeste, Viena e Munique, com uma média de 6 a 8 horas de trajeto. Veja horários e tarifas no site da DB Bahn.

Se preferir, vá pelas boas estradas europeias. Veja preços no comparador de preços RentCars e verifique as condições para locação.

Além disso, se estiver fazendo uma Euro Trip pelo continente europeu, pode ir de ônibus. Ou ainda, conhecer a Croácia de navio, fazendo um cruzeiro.

Como locomover-se

São várias as opções de locomoção dentro do país. A Croatian Airlines é a companhia aérea local com mais voos internos. De trem, confira com a empresa ferroviária nacional.

Também é fácil ir de um ponto a outro dentro do país de ônibus. São 3 as principais empresas que fazem os circuitos internos: Croatia Bus, Autotrans Rijeka e Autobusni promet Varazdin.

visitar dubrovnik na croácia

Saiba mais sobre como é viajar de ônibus pela Europa.

Gastronomia na Croácia

A gastronomia croata é uma atração à parte. A Croácia é um país com uma gastronomia muito rica e diversificada. Com influência dos países vizinhos, é possível encontrar goulash, apfelstrudel, gelatos italianos, entre outras delícias. Os pratos incluem desde frutos-do-mar até carnes.

Não deixe de provar os pratos típicos de cada região. Dentre os mais famosos, estão pratos com mariscos, camarões e amêijoas. Os queijos e presuntos defumados estão sempre presentes, assim como peixe, sopa e salada de frutos-do-mar. As trufas, famosas principalmente na região de Ístria, completam a fama da boa gastronomia local.

Você vai encontrar, na Bahía de Ston, as melhores ostras e mexilhões do país. Experimente também o Crni rižot, um risoto negro de lulas, maravilhoso.

Além disso, o país tem produzido bons vinhos. Com muita variedade de uvas nativas, uma nova geração de vinicultores começou a produzir a bebida, em meados dos anos 90. Não deixe de provar: os brancos são ainda melhores e combinam principalmente com a praia.

A Croácia é um dos 15 melhores lugares para viajar sozinho. Veja outros.

Cultura e povo da Croácia

Pela sua história de diversas etnias, inclusão e separação, além dos croatas, sérvios, húngaros e romenos fazem parte da população local. O que faz com que a cultura seja uma junção de vários povos. Talvez seja esse o motivo de serem bastante receptivos, sobretudo com turistas.

A maioria da população segue a religião católica romana, sendo a Igreja um espaço de grande influência na sociedade, ainda nos dias de hoje.

Os croatas são pessoas orgulhosas de seu país, com orgulho de sua herança cultural, mantendo a cultura muito viva, por meio da música, dos contos folclóricos, dos costumes e de suas danças e rituais.

Informações úteis sobre a Croácia

  • Idioma: Croata
  • Moeda: Kuna
  • Horário local: + 5 horas (horário de Brasília)
  • Indicativo do país: 385
  • Eletricidade: 230v

Dicas locais

Já recomendamos aqui, mas não custa repetir: as praias croatas devem constar no seu roteiro pelo país. Mesmo que você não goste de mar, a vista e os passeios já valem a pena.

E a última dica é para você que é fã da série Game of Thrones: foram 13 as locações no país que fizeram parte de diversos episódios. Todas elas filmadas na cidade de Dubrovnik.

Na sua ida, preste especial atenção nos seguintes locais, e relembre momentos históricos da série:

  • Cidade Velha;
  • Jesuit Staircase;
  • St. Dominic Street;
  • Ploče Gate;
  • Rector’s Palace;
  • Muralhas de Dubrovnik;
  • Minčeta Tower;
  • Fort Lovrijenac;
  • Pile Bay;
  • Tresteno Arboretum;
  • Ilha de Lokrum;
  • Palácio Dioclesiano de Split;
  • Klis Fortress.

Veja também como organizar sua primeira viagem para o exterior.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autores

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.