Viena: guia completo da cidade que é o berço da música clássica

Visitar Viena  / 

Não é à toa que grandes nomes da música clássica como Strauss, Beethoven e Mozart viveram por lá. Viena é o tipo de destino que mistura história, música, arte, dentre monumentos antigos e modernos. É de lá que sai a mais famosa ópera mundial.

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

Viena é cultura, mas também é deliciosa gastronomia. Encanta seus visitantes e atrai ainda outros turistas de todo o mundo. Vamos conhecer mais essa cidade onde o passado está vivo e caminha junto ao presente.

Onde fica a cidade de Viena

A Áustria faz fronteira com a Itália, a Alemanha, República Tcheca, Eslováquia, Hungria e Eslovênia. Viena fica no nordeste do país, na extensão leste dos Alpes, na chamada Bacia de Viena.

A cidade ainda abrange os dois lados do Rio Danúbio e geralmente entra no roteiro de quem pretende conhecer o Leste Europeu.

Viena é um dos nove estados austríacos e também tem o título de capital da Áustria. Com quase 2 milhões de habitantes, é a cidade mais populosa do país e a sétima maior da União Europeia.

Se você gosta de viajar e respirar cultura, você vai adorar Viena, uma das cidades mais bonitas da Europa. A cidade europeia é um importante centro econômico, político e financeiro da Europa.

Nela estão a sede da OPEP (Organização dos Países Exportadores de Petróleo), da OSCE (Organização para a Segurança e Cooperação na Europa), uma das quatro sedes mundiais da ONU, entre outros.

Como ir à Viena

Ainda não existem voos diretos entre o Brasil e a Áustria. Mas é fácil chegar de avião à cidade, com escalas em cidades europeias próximas. O Aeroporto de Viena, conhecido como Aeroporto de Schwechat, fica a 18 quilômetros da cidade.

Para encontrar o melhor voo, é mais prático fazer a busca em comparadores de passagens aéreas. Você poderá visualizar os melhores valores na época em que deseja fazer a viagem. Sugerimos fazer uma comparação utilizando o comparador do site Kayak. Ainda é possível colocar alertas de passagens, para receber sempre a baixa ou o aumento dos preços.

Também é possível chegar à cidade de trem, saindo de cidades como Paris, Praga, Budapeste e Veneza. Isso, logicamente, vai depender do seu roteiro de viagem para Europa. Confira tarifas, trechos e horários no site da ÖBB.

Se preferir, vá de ônibus. Confira nosso artigo sobre países do Leste Europeu para visitar de ônibus.

Como se locomover em Viena

Viena tem um transporte público bastante eficiente. Parte das atrações está no entorno do “Ring”, o que facilita a locomoção, principalmente a pé. Mas, se precisar ir mais longe, utilize o transporte da cidade.

Metrô

O metrô de Viena (U-Bahn) é muito bem distribuído e se pode chegar a praticamente todos os pontos turísticos da cidade. Suas 5 linhas funcionam das 5h da manhã até 00h30, todos os dias.

As linhas U1, U2, U3 e U4 são as que percorrem parte dos pontos mais visitados de Viena. Já a linha U6, marrom, conecta os arredores de Viena e é pouco útil para quem está na cidade à passeio.

Bondes

Mesmo com o uso contínuo do metrô, os bondes vermelhos e brancos continuam circulando na cidade. As linhas 1 e 2 são as mais utilizadas por turistas, passando por alguns locais de interesse, como a Ópera e o Palácio Hofburg.

Os bondes circulam em horário similar ao metrô, das 5h até meia-noite. Além dos normais, é possível utilizar os Ring Tram, bondes turísticos, que funcionam todos os dias, das 10h às 18h. No verão, nos meses de julho e agosto, prolongam um pouco mais, e vão até às 19h.

Viaje sempre com internet no celular

Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia.

O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

VER PLANOS »

Sugestão: faça um passeio de bonde em Viena com guia e áudio.

Ônibus

É o meio de transporte menos utilizado pelos turistas. Se precisar, utilize os ônibus noturnos, que circulam entre 00h30 e 5h da manhã.

Outros meios de transporte em Viena

Além dos táxis e bicicletas, você irá se deparar com carroças guiadas por cavalos em Viena, chamadas de Fiaker. É um passeio com cocheiro, com sua vestimenta típica, que explica detalhes e curiosidades da cidade. O menor passeio dura 20 minutos e custa 55€, e o maior dura 1 hora e custa 110€.

A cidade também oferece os ônibus turísticos chamados de Hop-on Hop-off Viena. Os bilhetes podem ser válidos por 1, 2 ou 3 dias e custam a partir de 30€ por pessoa.

Catedral de Viena

Se você quer conhecer uma Europa diferente, leia nosso roteiro pelo Leste Europeu.

Conheça uma breve história de Viena

Os primeiros a povoarem a cidade de Viena, ou a zona onde ela está situada agora, foram os celtas, 5 séculos a.C. Mas a história local começa mesmo na Dinastia Babenberg quando, enquanto localização estratégica na rota do Danúbio, atraiu a família com este sobrenome.

Em 881, Viena teve papel importante nas guerras das Cruzadas, e foi aí que surgiu o seu nome. Em 1237, Viena foi declarada cidade imperial. Anos depois, em 1246, Frederico II recebeu a Áustria do imperador como um reino hereditário.

Depois de sua morte, a família se extinguiu e Rodolfo de Habsburgo disputou o trono, dando início a uma nova dinastia, a que durou mais tempo: de 1278 a 1918. É dessa época que saem algumas das mais imponentes construções da cidade. Nesse ínterim, em 1867, nasceu o Império Austro-Húngaro.

Depois da Guerra Fria, nasceu a República da Áustria e Viena tornou-se a sua capital. É, hoje, a sede de diversos congressos internacionais e de organismos da ONU.

Você sabe onde guardar dinheiro na viagem? Veja nossas dicas.

Lista de 10 passeios que devem estar no seu roteiro em Viena

Viena é daquelas cidades do Leste Europeu que nos remetem aos contos de fada, cheia de tradição, cultura e história. Separamos aqui 10 das atrações imperdíveis que para a sua viagem.

Sugestão: faça uma excursão guiada a pé pelo centro de Viena e confira os principais pontos turísticos da cidade. A partir de 17€ no Get Your Guide.

1. Catedral de Viena (Stephansplatz)

Como toda cidade europeia histórica, a Stephasplatz, Catedral de Viena, fica localizada bem no seu coração. É o símbolo religioso mais importante: foi construída sobre as ruínas de uma igreja românica dedicada a São Estevão.

A primeira construção data de 1147 e dela restam a Porta dos Gigantes e as Torres dos Pagãos. Entre na Catedral e observe os estilos arquitetônicos de diversas épocas, como a nave central, as capelas laterais e o coro.

Dentro ainda tem o Museu da Catedral, com pinturas religiosas do século XVIII, além de esculturas medievais.

Endereço: Stephansplatz 3, 1010 Wien, Austria
Como chegar: Metrô: Stephansplatz, linhas U1 e U3. Ônibus: Stephansplatz, linhas 1A, 2A e 3A
Horário de funcionamento:
De segunda a sábado, das 6h às 22h
Domingos e feriados: das 7h às 22h
Ingressos:
Visitas guiadas à Catedral:
Adultos: 5,50€
Estudantes de 14 a 18 anos: 3€
Crianças de 6 a 14 anos: 2€
Visitas guiadas às Catacumbas:
Adultos: 5,50€
Estudantes de 14 a 18 anos: 3€
Crianças de 6 a 14 anos: 2€
Visitas guiadas à Torre Sul:
Adultos: 5,40€
Estudantes de 14 a 18 anos: 2€
Crianças de 6 a 14 anos: 1,50€
Visitas guiadas à Torre Norte:
Adultos: 5,50€
Crianças de 6 a 14 anos: 2€
Tudo incluído com audioguia:
Adultos: 14,50€

2. Palácio Schönbrunn

O Palácio Schönbrunn é a residência de verão utilizada nos tempos de família imperial. Na visita, dê especial atenção ao interior do palácio, com seus cômodos decorados em estilo rococó, a Grande Galeria, onde aconteciam os banquetes imperiais, e as Sala Chinesa Circular e Sala Chinesa Azul, palco de importantes eventos.

Não deixe de apreciar os infinitos jardins do Palácio, com uma colina e uma vista de todo o monumento. Lá também fica o Museu de Carruagens Imperiais e o Tiergarten, o zoológico mais antigo do mundo.

entrada principal do palacio de schönbrunn

Faça uma Excursão Guiada ao Palácio Schönbrunn e Jardins e entre sem fila. Reserve no Get Your Guide, por 34€.

Endereço: Schönbrunner Schloßstraße 47, 1130 Wien, Austria
Como chegar: Metrô: Schönbrunn, linha U4. Bonde: Schönbrunn, linhas 10 e 58. Ônibus: Schönbrunn, linha 10A
Horário de funcionamento:
Abril a junho: das 8h30 às 17h30
Julho até agosto: das 8h30 às 18h30
Setembro até outubro: das 8h30 às 17h30
Novembro até março: das 8h30 às 17h
Ingressos:
Grand Tour
Adultos: 20€
Crianças de 6 a 18 anos: 13€
Imperial Tour
Adultos: 16€
Crianças de 6 a 18 anos: 11,50€
Labirinto
Adultos: 6€
Crianças de 6 a 18 anos: 3,50€
Glorieta
Adultos: 4,50€
Crianças de 6 a 18 anos: 3,20€

3. Casa de Mozart em Viena

Visita para quem gosta de música, principalmente clássica. Durante os anos de 1784 e 1787, Mozart, considerado o maior compositor de todos os tempos, morou em um apartamento com a família, que se transformou em museu.

Situada na rua Domgasse, são 4 andares de visita no edifício, que inclui informações sobre a vida do compositor em Viena, além de detalhes de como era o lar do artista.

Adquira o ingresso antecipado para a Casa de Mozart com guia de áudio.

Endereço: Mozarthaus, Domgasse 5, 1010 Wien, Austria
Como chegar: Metrô: Stephansplatz, linha U1; Stubentor, linha U3. Bonde: Stubentor, linha 2. Ônibus: Zedlitzgasse/Riemergasse, linha 1A
Horário de funcionamento: todos os dias, das 10h às 18h
Ingressos:
Adultos: 7€
Estudantes até 27 anos, maiores de 65 anos e pessoas com Vienna Card: 5€
Menores de 19 anos: 4,50€
Entrada geral gratuita no primeiro domingo do mês

4. Museu da História da Arte de Viena

O museu mais visitado de Viena merece ser conferido, tanto por suas obras, pelo que representa ao longo de sua história.

No Museu da História da Arte de Viena estão obras de arte reunidas pela família Habsburgo ao longo de séculos. Sua construção data de 1891 e tem salas projetadas em função do conteúdo exibido. A coleção abrange desde antiguidades orientais, gregas e romanas, até do Egito.

Se quiser conhecer outros museus da cidade, compre o ingresso combinado: Museu de História da Arte e Museu Leopold.

Endereço: Maria-Theresien-Platz, 1010 Wien, Austria
Como chegar: Metrô: Volkstheater, linhas U2 e U3; Museumsquartier, linha U2
Bonde: Schmerlingplatz, linha 46; Dr.Karl Renner Ring, linhas 1, 2, 46, 49 e D
Ônibus: Heldenplatz, linha 2A, Burgring, linha 57A; Dr.Karl Renner Ring, linha 48A
Horário de funcionamento:
De junho a agosto
Todos os dias, das 10h às 18h
Quintas, das 10h às 21h
De setembro a maio
De terça a domingo, das 10h às 18h
Quintas, das 10h às 21h
Ingressos:
Adultos: 16€ (Combinado com Tesouros dos Habsburgo)
Estudantes e maiores de 65 anos: 11€

5. Ópera de Viena

É a Ópera mais conhecida do mundo, sem dúvida. A Ópera Estatal de Viena é a companhia de ópera mais importante e conhecida a nível mundial. Seu teatro foi inaugurado em 1869 com a apresentação de uma obra de Mozart.

A história conta que esta apresentação não agradou aos vienenses, que acharam o design do edifício renascentista uma decepção. Isso levou o arquiteto ao suicídio, tamanha desolação. Depois de uma bomba atingi-la, em 1945, as portas voltaram a abrir 10 anos depois.

Ópera de Viena

A visita deve ser feita apenas de maneira guiada. Nela, o visitante verá o hall de entrada, o cenário, a sala de chá, dentre outros ambientes.

Há, também, o Museu da Ópera, que fica abrigado dentro do edifício. E, claro, também é possível assistir a um concerto. Com ingressos, desde os mais baratos por 3€ ou 4€, até os mais caros, dependendo do lugar.

Para se encantar, veja a Orquestra Hofburg de Viena na Ópera Estatal de Viena.

Endereço: Kärntner Str. T, 1010 Wien, Austria
Como chegar: Metrô: Karlsplatz, linhas U1 e U2. Bonde: Wier Oper, linhas 1, 2, 62 e D. Ônibus: Wier Oper, linhas 3A, 59A, 360 e L
Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 13h e 15h. É preciso marcar a hora da visita guiada no momento de compra do ingresso
Ingressos:
Visita guiada + Museu da Ópera
Adultos: 7,50€
Terceira idade: 6€
Estudantes: 3,50€
Museu da Ópera
Adulto: 3€
Terceira idade: 2,50€
Estudantes: 2€

6. Ringstrasse

A avenida circular chamada de Ringstrasse rodeia o centro de Viena e é a mais importante da cidade. Foi construída no mesmo lugar em que antes estava uma antiga muralha.

É na Ringstrasse que estão os edifícios mais famosos da cidade como o Palácio Real Hofburg, o Parlamento e o Museu de História da Arte. As duas melhores maneiras de passear pela avenida para ver todos os seus edifícios majestosos e arquitetônicos é a pé ou de bonde.

Localização: Ringstrasse

Dica: aproveite para conhecer no centro de Viena a roda gigante mais antiga do mundo ainda em funcionamento. Ela foi construída em 1897 e é uma atração incrível.

7. Palácio Hofburg

O Palácio de Hofburg foi o local de residência dos Habsburgo durante mais de 500 anos. Atualmente, é um dos locais mais visitados da cidade pelo seu enorme conjunto arquitetônico.

Na visita, veja os antigos apartamentos imperiais, museus, capela e, até, uma igreja. A Biblioteca Nacional Austríaca e a Escola de Inverno de Equitação, além do escritório do Presidente da Áustria, estão também no Palácio Hofburg.

Endereço: Michaelerkuppel, 1010 Wien, Austria
Como chegar: Metrô: Herrengasse, linha U3. Bonde: Burgring, linhas 1, 2 e D. Ônibus: Burgring, linhas 2A e 57A
Horário de funcionamento:
Setembro a junho, das 09h às 17h30
Julho a agosto, das 09h às 18h
Ingressos:
Adultos: 5€
Estudantes de 19 a 25 anos: 14€
Crianças de 6 a 18 anos: 9€

8. Museu Albertina

Um dos museus de arte mais conhecidos e importantes da Europa está em Viena: é o Museu Albertina. Em sua coleção estão artistas como Monet, Renoir, Cézanne, Matisse, Miró e Picasso, entre outros.

Além deles, o Museu Albertina abriga uma das maiores coleções gráficas do mundo, com mais de 65 mil desenhos. Seu edifício também é imponente: o museu está instalado em um palácio que pertenceu a Maria Cristina e seu marido, o Duque Alberto Von Sachsen-Teschen.

Compre o ingresso combinado do Museu Albertina e dos Apartamentos Imperiais no Palácio Hofburg. Reserve no Get Your Guide por 17,90€

Endereço: Albertinaplatz 1, 1010 Wien, Austria
Como chegar: Metrô: Herrengasse, linha U3. Bonde: Oper, linhas 1, 2 e D. Ônibus: Albertinaplatz, linha 3A
Horário de funcionamento: Todos os dias, das 10h às 18 horas (quartas e sextas até as 21h)
Ingressos:
Adultos: 16€
Estudantes até 26 anos: 11€
Maiores de 65 anos: 11€
Menores de 19 anos: entrada gratuita

9. Hundertwasserhaus

O Hundertwasserhaus é um conjunto residencial que vale ser visto de fora: ele foi construído pelo austríaco Friedensreich Hundertwasser, bem parecido no estilo catalão de Gaudí.

A arquitetura da obra parece um colorido quebra-cabeça, com formas inusitadas, e já virou patrimônio cultural austríaco.

Endereço: Kegelgasse 36-38, 1030 Wien, Austria
Como chegar: Bonde: Hetzgasse, linha 1

10. Parlamento de Viena

Situado na Ringstrasse, o Parlamento de Viena, ou Parlamento da Áustria, foi construído dentro do projeto de renovação da avenida. Em estilo neoclássico, sua construção começou em 1874 e foi finalizado 10 anos depois.

O Parlamento conta com suas grandes salas de sessões unidas por um grande pórtico central. Passou a ser um dos monumentos mais importantes da cidade após a queda do Império dos Habsburgo, em 1918. Chegou a ser destruído em parte durante a Segunda Guerra Mundial, e reconstruído logo depois.

As visitas em seu interior são guiadas em inglês, alemão, espanhol, inglês, francês e italiano.

Endereço: Dr.-Karl-Renner-Ring 3, 1017 Wien, Austria
Como chegar: Metrô: Volkstheater, linhas U2 e U3. Bonde: Stadiongasse/Parlament, linhas 1, 2 e D; Dr. Karl Renner-Ring, linhas 46 e 49. Ônibus: Dr. Karl Renner-Ring, linha 48A
Horário de funcionamento:
Setembro a julho (visitadas guiadas em inglês e alemão)
De segunda a quinta: 11h, 14h, 15h e 16h
Sextas: 11h, 13h, 14h, 15h e 16h
Sábados: 11h, 12h, 13h, 14h, 15h e 16h
Julho a setembro (Visitas guiadas em espanhol, inglês, francês, italiano e alemão):
De segunda a sábado: 11h, 12h, 13h, 14h, 15h e 16h
Ingressos:
Adultos: 5€
Estudantes menores de 25 anos e terceira idade: 2,50€
Menores de 6 anos: entrada gratuita

Leia mais sobre o que fazer em Viena: cidade da elegância e do charme.

Mini roteiro de Viena: o que fazer em 2 dias

Separamos um pequeno roteiro para quem terá apenas 2 dias em Viena. Aproveite para conhecer o principal da cidade, o que de melhor ela oferece.

Confira os principais pontos turísticos em nosso mini-roteiro de viagem.

Primeiro dia em Viena

Comece seu primeiro dia na cidade pelo Palácio Hofburg, a residência da família imperial. É a melhor forma de entender a história da cidade e de como viviam nessa época.

De lá, siga para a avenida Ringstrasse e siga até a Ópera de Viena. Deixe sua visita guiada marcada para o início da tarde, entre 13h e 15h: são os horários em que funcionam normalmente.

Na sequência, pegue os bondes 1 e 2 para percorrer a avenida e ver os edifícios mais importantes da cidade, incluindo o bonito residencial Hundertwasserhaus e o Parlamento de Viena. Se quiser visitar algum dos museus da cidade, sugerimos uma visita ao Museu de História da Arte.

À noite, saia para jantar e provar a deliciosa gastronomia austríaca.

Veja 5 destinos incríveis para passar a lua de mel na Europa.

Segundo dia em Viena

No segundo dia de passeio por Viena, siga direto para o Palácio Schönbrunn, a antiga residência de verão da família Habsburgo.

Depois, vá conhecer a Catedral de Viena e seus tesouros no interior. Se tiver interesse em conhecer a Casa de Mozart, siga para lá depois.

Na parte da tarde, visite o Museu Albertina. Termine o seu segundo dia de visita retornando para a Ópera e vendo um concerto com os clássicos de Mozart e Strauss. Compre os ingressos antecipados.

Quando ir à Viena?

Com seu clima oceânico continental, a temperatura anual média em Viena é de 9,5ºC, ou seja, você precisa levar casaco quando viajar pra lá. É importante saber que os invernos são muito frios.

Já o verão, o clima já está mais suave e amigável. Os meses mais quentes são entre junho e agosto, mas também são os mais chuvosos.

No entanto, é no verão a melhor época para conhecer a cidade. Se quiser economizar nos custos, a baixa temporada na Europa, na primavera e no outono, também são épocas recomendadas para viajar à Áustria.

Porém, se você gosta do frio e quer ver neve na Europa, pode visitar a cidade nos meses mais frios e se encantar com a neve que cobre toda a cidade europeia.

Centro Viena

Veja uma lista de melhores lugares para viajar com criança.

Quanto custa uma viagem para Viena?

Viena, como outras capitais europeias, não é uma cidade barata. A moeda é o Euro, o que já aumenta o custo para os brasileiros. No entanto, é possível economizar comprando as passagens aéreas com antecedência e pesquisando hospedagens.

Veja o custo detalhado de quanto custa viajar para Viena:

Passagens aéreas

Como falamos inicialmente, o mais recomendado é ir à Viena a partir de outra cidade e de trem. No entanto, caso queira ir direto para a cidade, é possível, mas os voos terão escala.

Para sabermos uma média de quanto custa, fizemos uma simulação de passagens aéreas, utilizando a área de voos do site Kayak. Colocamos o mês de maio de 2020 como previsão, por ser um dos meses mais baratos para ida à Europa.

A melhor passagem, com escala em Amsterdã na ida e na volta, é com a companhia aérea KLM. Saindo de São Paulo, a passagem ida e volta está custando R$ 3.571.

Seguro Viagem

A Áustria é um dos destinos do Tratado de Schengen que exigem seguro viagem. Isso quer dizer que, para ir à Viena, é necessário ter um seguro com cobertura mínima de 30 mil euros.

Com os melhores valores e custos benefícios, utilizamos o nosso comparador seguro viagem, uma parceria com o portal Seguros Promo. É possível encontrar planos com valores desde R$12 a R$60, por dia.

Hospedagem

É possível encontrar hospedagem em Viena pagando desde 16 euros em quartos compartilhados, até 200 euros em hotéis de luxo. Compare preços de hospedagem na área de hotéis do site Kayak.

Alimentação de rua

Quando for à Viena, tenha em mente, e no seu planejamento, os valores dos principais itens de custo de alimentação de rua. Veja quanto custa, de acordo com o site Numbeo:

Alimentação de rua Preço
Cerveja (570ml) 4€
Almoço em restaurante barato 10€
Refeição para 2 pessoas, em restaurante mediano, com 3 pratos 45€
Cappuccino 3,22€
Água 2,12€

Supermercado

Dica para economizar em viagens: compre itens básicos no supermercado, como água, garrafa de vinho ou lanches rápidos. Veja o preço médio de alguns produtos nos supermercados em Viena:

Item Preço
Garrafa de vinho 6,50€
Água (garrafa de 1,5 litro) 0,57€
Sanduíche de frango 9,10€
Cerveja local 0,97€

Transporte

Os valores dos bilhetes variam, entre o simples e os abonos que valem desde 24 horas de uso até 72 horas, ou semanal. Veja os preços:

  • Bilhete para 24 horas: 8€
  • 48 horas: 14,10€
  • 72 horas: 17,10€
  • Semanal: 16,20€ (Válido de segunda a segunda)

Outra boa opção é o Viena City Card: ele dá acesso gratuito e ilimitado a todos os transportes da cidade, além de descontos em atrações, museus, lojas e mais. A partir de 17€, por pessoa, para 24 horas de uso. Para 2 dias, sai por 25€, por pessoa. 

Atrações

A melhor opção para pagar as atrações de Viena é utilizar o Vienna Pass. O cartão turístico inclui livre acesso a diversos locais, entradas prioritárias e ainda inclui o ônibus turístico da cidade. O valor varia de acordo com a quantidade de dias de uso:

  • 1 dia: 70€
  • 2 dias: 95€
  • 3 dias: 125€
  • 6 dias: 155€

O Vienna Pass tem várias atrações populares incluídas no seu preço. Entre eles, estão alguns sugeridos em nosso roteiro, como a Catedral de Viena, o Palácio Schönbrunn, o Palácio Hofburg, o Museu de História da Arte, o Museu Albertina e a Casa de Mozart, entre outros.

Onde ficar em Viena?

Quando for buscar a sua hospedagem em Viena, procure nos arredores da Catedral. É uma das zonas mais animadas da cidade, com boa oferta de restaurantes e bares, além de ser de fácil locomoção para outros pontos turísticos.

Também é recomendado o distrito de Hofburg, mais central. A partir de lá, é fácil ir caminhando para outros locais da cidade.

Veja algumas sugestões de hospedagem em Viena:

Hotel Categoria Estrelas Localização Preço médio
Grand Ferdinand Vienna Luxo (melhor hotel) 4 estrelas Centro histórico 180€
Mercure Secession Wien Melhor custo benefício 4 estrelas Próximo ao metrô Karlsplatz. / Centro 118€
Riess City Hotel Mais barato 3 estrelas Centro 113€
CH-Hostel Hostel 1 estrela Centro 34€ | Quarto compartilhado
Do Step Inn Central Hostel mais barato 1 estrela Próximo à Catedral de Santo Estevão 16€ | Quarto compartilhado

Onde comer?

Os doces austríacos são conhecidos mundialmente. Você certamente já ouviu falar dos strudel e das tortas Sacher, as mais famosas em Viena. Acompanhadas de um bom café, são perfeitas em qualquer ocasião.

Se você gosta de doces, aproveite a visita para provar um tichy, que é uma bola de sorvete recheada com pedaços de damasco. Também pode adoçar mais ainda a viagem e comer uma sachertorte (torta de chocolate) ou o famoso apfelstrudel (torta quente de maçã com canela e suspiro).

Mas também não deixe de provar alguns pratos típicos, com influências de países vizinhos como Hungria, Alemanha e República Tcheca.

Conheça o Wiener Schnitzel, um escalope de carne empanada. E a Rindsuppe, uma sopa de carne, boa opção para entrada, sobretudo no frio. O Wienerbrød, pão vienense, também é bastante recomendado, assim como as almôndegas feitas de sêmola de trigo, a Knödel.

Acompanhe com vinho ou cerveja. Em Viena, as mais conhecidas são as cervejas de malta. Veja dicas de onde provar tudo isso:

  • Naschmarkt: o mercado mais conhecido de Viena;
  • Amerling Beisl: cozinha austríaca e alemã;
  • Café Central: para provar os doces e os cafés de Viena;
  • Steirereck: considerado um dos melhores restaurantes do mundo;
  • Salm Braeu: bom custo-benefício para experimentar a culinária local.

Planejando sua viagem para Viena

É exigido um seguro viagem para entrar na Áustria. Por isso, quando for à Viena, recomendamos que confira os valores de seguros de viagem no nosso comparador do Euro Dicas Turismo. Escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade.

Ganhe desconto. Para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICAS5 (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

Vale a pena visitar Viena?

Vale e muito. Com certeza você levará Viena no seu coração para sempre, já que poderá desfrutar de comidas deliciosas e respirar cultura por todo lado.

Não é por nada que a capital da Áustria recebe mais de 12 milhões de turistas todos os anos e é uma das cidades mais ricas do mundo.

Veja também quais são os 7 melhores destinos para aposentados na Europa e programe sua viagem pela Europa.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
COMPARTILHE
Autores

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.