2 dias em Praga: roteiro na medida para conhecer o coração da Europa

Visitar Praga  / 

Certamente Praga está entre as três cidades mais lindas da Europa. Talvez 2 dias em Praga seja pouco para descobrir todos os seus segredos, mas são suficientes para se encantar com a arquitetura medieval, alguns museus originais, estátuas públicas bastante interessantes e um pôr do sol que inspirou o apelido de Cidade Dourada.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Praga é também chamada de Coração da Europa, por sua localização bem ao centro do continente.

A capital e a maior cidade da República Tcheca concentra uma quantidade impressionante de histórias e construções que dão a imediata sensação de estar em um conto de fadas ou no mínimo uma viagem ao tempo. E isso não é exagero.

Essa vai ser uma de suas viagens mais especiais, que pode começar com algumas sugestões do nosso roteiro de 2 dias em Praga. Confira.

2 dias em Praga: por onde começar

Antes de mais nada, quem tem apenas 2 dias em Praga pode contar com uma rede de transporte eficiente, com metrô, ônibus e bonde.

Também o ônibus de turismo em Praga será uma boa alternativa para passar pelos principais pontos turísticos da cidade.

Como as distâncias são bem curtas, entretanto, o nosso meio de locomoção preferido é a caminhada, sem pressa. Afinal, muitas atrações são ruas, prédios, pontes e outras construções pela cidade.

Só assim você conseguirá captar a atmosfera de Praga e todos os detalhes da arquitetura medieval que ela guarda. Fica a dica!

Primeiro dos 2 dias em Praga: da Cidade Velha ao circuito de museus

Dia 1: Manhã

Vá ao Bairro Judaico (Josefov). Na sinagoga Pinkas, compre o Prague Jewish Town, um passe que dá acesso a todas as sinagogas da região.

A mais imperdível é, sem dúvida, a Sinagoga Espanhola, com um interior fantástico. Se conseguir, entre na Sinagoga Velha Nova, uma das mais antigas da Europa. O passeio ainda pode incluir o Velho Cemitério Judaico.

Siga na caminhada por uns 5 minutos até a Praça da Cidade Velha (Staroměstské náměstí), que é o grande centro de Praga e onde se concentram várias atrações.

Entre elas, a Igreja de Nossa Senhora de Týn, a Igreja de São Nicolau e a Prefeitura da Cidade Velha. Vale conhecê-las e saber se existe algum concerto clássico mais tarde em alguma delas.

Na praça também fica a famosa Torre do Relógio Astronômico de Praga, construído em 1410, com representações dos meses do ano, dos signos do zodíaco, dos doze apóstolos.

Fique até ele marcar uma hora cheia, como 10h, para conferir seu mecanismo em movimento. É fascinante! Você pode subir na torre e ter uma das vistas mais famosas da cidade.

No Get Your Guide, você tem a opção de participar de uma Excursão a Pé pela Cidade Velha e Bairro Judeu. As avaliações dos usuários são muito boas! Pode reservar facilmente online, por 15,70€, com possibilidade de cancelamento.

Dois dias em Praga

Dia 1: Tarde

Ande 15 minutos e chegue até a Praça da República, onde fica a Casa Municipal. Ali fica a Torre de Pólvora, construção gótica de 1475 que fazia parte da muralha que cercava a cidade. Se quiser, pode subir nela e ter um outro ângulo maravilhoso da cidade nestes seus 2 dias em Praga.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Perto dali, a cerca de 10 minutos de caminhada, você tem duas opções de museus bem diferentes e pequenos – dá até para visitar os dois, dependendo da sua disposição.

Um deles é o Museu do Comunismo, que recupera a história do regime na República Tcheca, entre 1848 e 1989.

No Get Your Guide, você pode comprar o ingresso para o Museu do Comunismo por 15€ e conferir as avaliações de outros usuários, com a vantagem de poder cancelar a reserva com até 24 horas de antecedência e contar com assistência 24 horas por dia, todos os dias.

Outro é o Museu Mucha, dedicado a Alfons Mucha, artista de Praga responsável por alguns dos desenhos mais famosos da Belle Époque e da Art Nouveau. Você vai reconhecê-los assim que os vir!

Segundo dos 2 dias em Praga: do Castelo de Praga a Charles Bridge

Dia 2: Manhã

Guarde o segundo dia para conhecer o Castelo de Praga – um dos maiores do mundo! – e as várias atrações que ele oferece. Há a opção de uma visita gratuita, passeando pelas áreas externas – o que já rende belas fotos – ou pagar para acessar as salas históricas, torres, museus, igrejas e a Rua de Ouro.

É um passeio que vale muito. O conjunto ainda inclui a principal igreja da cidade, a Catedral de São Vito, onde é possível subir e admirar mais uma vez a cidade do alto.

Dica: você pode evitar as filas de entrada, que costumam ser longas na alta temporada, comprando o ingresso antecipado para o Castelo de Praga através do site Get Your Guide.

Dia 2: Tarde

Quando sair do castelo, você vai encontrar placas que indicam o Mosteiro de Strahov. Ele reserva uma biblioteca incrível com livros e manuscritos da Idade Média e a galeria de arte, que na verdade é uma pinacoteca, com algumas das obras de arte mais importantes do país.

Pegue o ônibus 22 para descansar um pouco! Em cerca de meia hora você chega a uma via de acesso a Charles Bridge, que é um dos cartões postais mais conhecidos de Praga. Cruzar esta ponte é um programa obrigatório, para observar as vistas, os músicos e outros artistas de rua.

Há uma torre gótica lindíssima que você também pode subir – como você deve ter percebido, ver a cidade de cima é uma das atrações favoritas nestes 2 dias em Praga!

Conheça ainda alguns dos melhores lugares para viajar com a família.

Onde ficar nos 2 dias em Praga?

A capital é dividida em 22 distritos, que ganham o nome de Praha 1, Praha 2 e assim por diante. O centro turístico fica principalmente nas regiões 1 e 2.

Para quem vai ficar apenas 2 dias em Praga, é mais prático buscar hospedagens nas áreas mais próximas das atrações turísticas.

Você pode focar sua pesquisa na Cidade Velha (Staré Město), no Bairro Judeu (Josefov), na Cidade Nova (Nové Město) e em Malá Strana.

Se desejar regiões fora da cena turística, procure em Smíchov (Praga 5) e Holešovice (Praga 7). Karín é um bairro mais distante e recentemente revitalizado, que pode ser outra opção interessante.

Eu já fiquei hospedada na região de Vršovice (Praga 10) e fiz praticamente todos os passeios a pé, acredite. A cidade é pequena, muito agradável de andar e fácil de se localizar.

Veja algumas sugestões bem avaliadas:

Hospedagem Categoria Estrelas Valor da diária
President Hotel Prague Melhor hotel (luxo) 5 estrelas 249€
Palac U Kocku Melhor custo-benefício 3 estrelas 55€
Czech Inn Mais Barato 2 estrelas 6,84€
Sophie’s Hostel Hostel 2 estrelas 35€
Brix Hostel Outros alojamentos 2 estrelas 29€

 

*Mesmo fazendo parte da União Europeia, a moeda local de Praga é a Coroa Tcheca. Aqui utilizamos o valor em Euros por ser uma referência mais próxima da maioria dos viajantes.

Como você viu, alguns hotéis são muito baratos – a hospedagem onde fiquei está na lista e custa menos de 10€ por dia! Veja o artigo completo que calcula quanto custa viajar para Praga.

Roteiro Praga turistas

Confira o nosso top 10 com os melhores tours em Praga.

O que comer em Praga e dicas de onde ir

A alimentação do Leste Europeu é muito baseada em carne, pão e batatas. Em Praga não é diferente e podemos ver um bom representante deste estilo no típico goulash, um refogado de carne com vegetais que normalmente vem acompanhado de fatias de mão para comer com o molho.

A Kulajda, uma sopa cremosa de batatas, é perfeita para dias mais frios. Há vários tipos de pães de massa escuro, cervejas e até um suco de ameixa fermentado, alcoólico, chamado Slivovice. Vale provar tudo.

Outra experiência bem legal em Praga é comer nas tavernas em estilo medieval, que é um dos estabelecimentos indicados na lista a seguir.

  • Krčma: taverna medieval que serve comida farta e fica próxima à Cidade Velha;
  • U Parlamentu: com preços justos, você prova diversas especialidades locais como carne de porco e outras iguarias;
  • Lokál Dlouhá: sua cozinha entrega vários pratos típicos, como goulash, dumplins e queijo frito. E é frequentado também pelos moradores;
  • Home Kitchen: bistrô com bons preços e que serve uma boa culinária local;
  • Field: para quem quiser elevar a experiência gastronômica, este já recebeu uma estrela do Guia Michelin.

Você também pode reservar um Jantar Medieval em Praga com Bebidas Ilimitadas, com 3 a 5 pratos e performances especiais da época, por 40,26€.

7 dicas para visitar Praga em 2 dias

1. Muito além do acervo medieval e barroco, Praga exibe uma coleção de estátuas irreverentes em suas ruas. Nos jardins da Ilha de Kampa, perto da Ponte Carlos, estão os Bebês Gigantes; em frente do Museu do Kafka, duas estátuas masculinas que se movem simulam urinar no mapa da República Tcheca. Há muitas outras que você irá encontrar por suas andanças nos 2 dias em Praga, então fique atento!

2. Aliás, o Museu Franz Kafka é uma atração imperdível para os fãs deste escritor fantástico – inclusive, as obras dele fazem ainda mais sentido depois que conhecemos sua cidade natal;

3. Em Praga, você encontra muitas matrioskas, as famosas bonecas russas, à venda. Contudo, muitos moradores guardam péssimas lembranças do período em que o país era parte da União Soviética e nem gostam de falar sobre o assunto;

4. Aproveite os tours guiados à pé pela cidade. Você encontra vários interessantes no Get Your Guide. Um destaque é a excursão sobre a Segunda Guerra Mundial. Eu fiz esse passeio e é incrível estar nos lugares onde tantas ações aconteceram!

5. Falando em história, a cidade de Praga conserva seus clássicos bondinhos, em 22 linhas diurnas e 9 noturnas, com mais de 142 quilômetros de percurso;

6. Os ônibus turísticos também são boas opções se você quiser agilizar seu passeio. Dentre as oferecidas na cidade, estão o Ônibus Hop-On Hop-Off, de 24 ou 48 Horas, que custa a partir de 22€ por pessoa;

7. Não deixe de viajar com um bom seguro viagem. Para entrar na República Tcheca, parte do Tratado de Schengen, é obrigatório ter um em mãos. Para cotar, dê uma olhada no nosso comparador seguro viagem.

Normalmente, Praga está incluída no roteiro do Leste Europeu. Veja as nossas sugestões para estender a viagem, como Viena.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Luciana Andrade é jornalista, doutora em história, cursa especialização em marketing digital e não cansa de aprender coisas novas. À frente da Flows Conteúdo & Comunicação, escreve para diversos sites e clientes corporativos. Já morou em cinco cidades - no Brasil e na França - e está sempre planejando a próxima viagem.