Galleria dell’Accademia: como visitar esse museu em Florença

Visitar Florença  / 

A Itália é um país turístico por inteiro e oferece os mais belos roteiros. Todos os anos as suas belezas naturais, igrejas bem conservadas e importantes obras de arte renascentistas atraem turistas de todos os lugares do mundo. Ao lado de Roma e Milão, Florença é uma das cidades italianas que mais recebe visitantes. Há muito o que ver e a Galleria dell’Accademia é uma das atrações que não é possível deixar de visitar quando estiver na cidade.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

A cidade de Florença é praticamente um museu ao ar livre. Vale a pena se programar para visitar esse pedacinho da história com calma, apreciando tudo o que essa cidade oferece. Um dos lugares preferidos dos turistas é a Galleria dell’Accademia, cotada como um dos melhores museus da Europa.

A sua fama estende-se desde 1784, quando foi fundada com o intuito de servir como um centro de ensino de arte que unisse diversas escolas que já existiam na época. Lá dentro fica localizada a famosa estátua de David, feita por Michelangelo. Só por essa obra de arte já vale uma visita à cidade!

Informações sobre Galleria dell’Accademia

Endereço: Via Ricasoli 58-60, perto da praça São Marco

Horário de funcionamento: terça à domingo, de 8h15 às 18h50

Como chegar: o museu fica localizado próximo à Praça del Duomo. Seguindo pela própria rua do museu, Via Ricasoli, em 6 minutos a pé já estará em frente à Galleria dell’Accademia

Ingressos: inteira: 12€; meia: 2€ e gratuito para menores de 18 anos e pessoas com deficiência. [Comprar ingresso online]

História da Galleria dell’Accademia

O prédio onde se encontra hoje a Galleria dell’Accademia começou como o antigo hospital de São Mateus e também como o monastério de São Nicolau de Cafaggio.

No ano de 1784, o Grão Duque Leopoldo de Lorraine decidiu usar algumas partes desse complexo para fundar a Academia de Artes. O intuito era a criação de uma escola de artes que se tornaria referência para todos os estudantes italianos. Assim, o Grão Duque reuniu uma coleção de obras de arte como inspiração, estímulo e exemplo para os futuros artistas.

Menos de 100 anos depois chegaria a escultura mais importante do museu: o David, de Michelangelo, em 1873. A escultura grandiosa feita por um dos principais nomes do renascimento, entre os anos 1501 e 1504, foi deslocada da Piazza della Signoria para a Galleria dell’Accademia, onde permanece até hoje, sendo uma das obras mais visitadas do mundo.

O que não deixar de ver durante a sua visita

Florença é um grande museu a céu aberto. Dentro da Galleria dell’Accademia não faltam esculturas, quadros e outras obras de arte para se admirar. Confira a seguir uma lista do que você não pode deixar de fora ao realizar uma visita.

David, de Michelangelo, e outras obras do artista

David, de Michelangelo é uma das obras mais famosas de um dos artistas mais famosos de todos os tempos merece o primeiro lugar na nossa lista. A impressionante escultura feita de um bloco de 5,5 m de altura de puro mármore de carreara impressiona por seus detalhes perfeitamente entalhados em pedra.

david de michelangelo na galleria dell'accademia

A Galleria dell’Accademia é um dos pontos mais visitados da Itália por sua belíssima e extensa coleção de obras de arte de Michelangelo.

Além de David, é possível admirar na Galeria dos Cativos outras esculturas do artista, como São Mateus e Piedade da Palestrina. Nas paredes é possível observar algumas pinturas que se alinham com a de Michelangelo, mas que pertencem a pintores como Granacci e Ridolfo del Ghirlandaio.

Museu de instrumentos musicais

Essa é a seção mais recente da Galleria dell’Accademia. Conta com cerca de 50 peças instrumentais que foram emprestadas ao museu pelo Conservatório Musical Luigi Cherubini.

Dentre as peças mais importantes, é possível ver de perto um violino do próprio Antonio Stradivari, um violoncelo de Nicolo Amati e um pianoforte de Bartolomeo Cristofori.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Sala do Colosso

A Sala do Colosso é a primeira do museu. Conta com diversos exemplos de obras dos principais artistas da Florença do século XV ao XVI. É possível observar quadros e esculturas originais de nomes como Paolo Uccello, Loscheggia e Botticelli.

Como chegar na Galleria dell’Accademia

A galeria fica bem localizada, no centro da cidade de Florença. Para quem está no principal ponto turístico da cidade, a Praça Del Duomo, são apenas 6 minutos de caminhada pela mesma rua da Galleria dell’Accademia, em direção ao número 60 da Via Ricasoli.

Caso prefira ir de carro, o trajeto dura em média 12 minutos. Para quem vem direto do aeroporto, o trajeto dura em torno de 20 minutos de carro, ou 30 minutos de trem, pela linha T2 operado pela ATAF, que sai direto do terminal e custa 6€.

Ingressos para Galleria dell’Accademia

Os ingressos para entrar na Galleria dell’Accademia obedecem a três categorias: inteira, meia e gratuita.

Inteira – 12€: válido para todos os cidadãos acima de 18 anos que não pertencem à União Europeia e para todos os cidadãos da União Europeia acima de 25 anos;

Meia – 2€: válido para cidadãos da União Europeia entre 18 e 25 anos, mediante apresentação de documento válido e também para professores da rede pública de ensino da União Europeia;

Gratuito: todos aqueles que possuem menos de 18 anos, pessoas deficientes, membros do ICOM (Conselho Internacional de Museus) e jornalistas com identidade válida comprovando status profissional.

Por ser uma das atrações mais populares da cidade, é indicado comprar os ingressos antes e evitar perder tempo na fila. Na Get Your Guide, o ticket prioritário para a Galleria dell’Accademia custa 20€.

Uma boa opção é, além de garantir ingressos antecipados, contratar um tour guiado pela Galeria e conhecer todos os detalhes de obras importantes para o Renascimento.

Para quem tem pouco tempo para aproveitar a cidade, o ideal é unir mais de um passeio no mesmo ticket. Confira aqui uma lista completa de tours sem fila com a Get Your Guide, com entrada preferencial e guiados por Florença.

Horário de funcionamento

Para visitar o museu, preste atenção: a Galleria dell’Accademia não abre às segundas-feiras. O horário de visitação é das 8h15 às 18h50, com a última entrada às 18h20. O museu começa a fechar às 18h40, então programe a sua visita.

Dica: todo primeiro domingo do mês a entrada é de graça para todos. Se estiver por lá, vale a pena ir sem pagar nada e economizar!

Dicas locais

Se está de malas prontas para Florença pela primeira vez, existem algumas boas dicas para você aproveitar tudo que a cidade tem a oferecer.

Apesar de ser um centro histórico e cultural de extrema importância para o mundo inteiro, Florença é relativamente pequena. Todos os pontos turísticos podem ser percorridos a pé e andar pela cidade já é um grande passeio.

Sugerimos que você ande o máximo possível pelas ruas e vielas, de modo a observar a cidade como um todo. Para aproveitar ainda mais, busque se hospedar no centro histórico e fique bem localizado em relação aos pontos turísticos mais importantes.

Para comer, a coisa muda um pouco de figura. Procure restaurantes que não estejam localizados nas grandes praças. Explore as ruas transversais e paralelas em busca de uma verdadeira cantina italiana. Além de preços melhores, você encontrará uma comida mais saborosa e menos turística – na medida do possível.

itália florença

Para economizar tempo, veja como comprar ingressos para museus em Florença com antecedência, incluindo a Galleria dell’Accademia e a Galleria Degli Uffizi.

O que ver por perto

Para complementar a sua viagem, há muito o que conhecer pela cidade. Confira uma lista de outros monumentos, igrejas e museus que você não pode deixar de fora da sua viagem à Florença:

Torre de Pisa;

Ufa! Bastante coisa para ver além da Galleria dell’Accademia, não é? Certamente você vai achar Florença uma cidadezinha linda e charmosa. Suas obras de arte encantam a todos. Vale a pena fazer uma visita e conferir de perto tudo o que ela tem a oferecer.

Só não se esqueça que para entrar na Europa, é necessário ter em mãos o seu Seguro Viagem. Para economizar e encontrar um que seja perfeito para você, veja no nosso comparador de seguro de viagem todas as opções disponíveis no mercado para a sua viagem. Com certeza irá encontrar o melhor preço.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
COMPARTILHE
Autor

Alexandre Nogueira é brasileiro, jornalista e especialista em comunicação esportiva. Possui ainda pós-graduação em Jornalismo Esportivo e especialização em marketing digital. Tem prazer em dar dicas de roteiros turísticos europeus e recomendar os melhores passeios. Ama jornalismo, cinema, viajar, escrever, o futebol e o Santos, não necessariamente nessa ordem.