A Escócia é um país encantador, com diversas atrações turísticas. E as Terras Altas escocesas foram nomeadas como um dos “Melhores Destinos do Mundo” pela National Geographic em 2023. Por isso, preparamos um roteiro pelas Highlands para inspirar você.

Confira nossas sugestões para passeios de 1 a 7 dias nessa região repleta de beleza e história. Descubra também como planejar seu roteiro e tudo que você precisa saber antes de embarcar para a Escócia. Acompanhe.

Como fazer o roteiro Highlands?

As Highlands são a chamada zona montanhosa do norte da Escócia. É uma região histórica do país e conhecida por sua beleza natural. Politicamente, se caracterizavam, até o século XVIII, por um sistema feudal de famílias — os famosos clãs escoceses. Atualmente, seu centro administrativo é Inverness.

Antes do século XIX, havia uma grande concentração de habitantes. Mas a Revolução Industrial resultou na migração para áreas urbanas, e a região é hoje uma das mais escassamente povoadas da Europa.

São muitas cadeias de montanhas, incluindo a montanha mais alta da Grã-Bretanha, a Ben Nevis. Nas Terras Altas, é onde se localiza também o misterioso Lago Ness, o Parque Nacional Cairngorms e a costa acidentada de Caithness.

Preparamos um roteiro pelas Highlands da Escócia, onde você pode definir quantos dias vai passar pela região e conferir quais são os principais pontos turísticos da Escócia localizados nas Terras Altas em cada um desses dias. Confira também a melhor época para fazer o roteiro Highlands e indicações de acomodação e transporte.

Quantos dias são suficientes para o roteiro Highlands Escócia?

Sugiro reservar pelo menos quatro dias para visitar as Terras Altas escocesas.

Mas é bem difícil determinar quantos dias são suficientes para o roteiro Highlands Escócia, pois a resposta depende de diversos fatores. Tais como o seu meio de transporte, seus gostos pessoais e a sua disponibilidade de tempo.

Castelos, lochs, incluindo um dos lagos mais bonitos da Europa, parques e as destilarias. Garanto que você vai querer tempo para explorar as estradas de paisagens incríveis e fazer caminhadas pela região montanhosa de lagos e castelos.

Roteiro de 3 dias em Highlands

Para um roteiro Highlands de apenas 3 dias, indicamos algumas das principais e mais famosas atrações da região: prepare-se para procurar pelo monstro do Lago Ness, visitar o ponto mais alto do Reino Unido e pegar o Expresso Hogwarts para um passeio no trem a vapor visualizando as belas paisagens da rota.

Dia 1: Inverness

Para começar, vamos até a capital das Terras Altas escocesas, Inverness. A cidade é pequena, cerca de 50 mil habitantes. Mas a localização é estratégica, localizada a 250km de Edimburgo, com diversos pontos turísticos pelas redondezas.

Dentro da cidade, não deixe de visitar a Cathedral Church of Saint Andrew e o Castelo de Inverness, datados do século XIX. Confira a seguir outros dos principais pontos localizados próximo à cidade para visitar nesse primeiro dia.

Para os fãs de Outlander, Clava Cairns é uma parada obrigatória. É um cemitério bem preservado da Idade do Bronze. Os círculos de pedra, datado de cerca de 4 mil anos atrás, eram usados em rituais funerários durante o solstício de inverno.

Clava Cairns é de visita gratuita e está aberta o ano todo. No GetYourGuide, é possível comprar um tour, que inclui outro dos pontos turísticos, a partir de Inverness o explore Glen Affric, Culloden e Clava Cairns, com duração de 9 horas.

Outro ponto de parada imperdível é Culloden Battlefield, cenário de uma das batalhas mais sangrentas do Reino Unido, que encerrou tragicamente o levante jacobita de 1745. Em 16 de abril de 1746, os clãs de rebeldes e católicos escoceses, jacobitas, lutaram e foram derrotados pela tropa de 9 mil soldados do governo inglês.

Pedras simbolizam túmulos em campo aberto de Culloden, na Escócia.
Culloden é onde aconteceu a batalha mais sangrenta do Reino Unido, em 1746.

No campo, você pode ver um memorial aos jacobitas que lutaram. Pedras com os nomes de cada um dos clãs, simbolizando os túmulos. E há também um centro de visitantes de Culloden com museu que conta toda a história do episódio.

Ainda no primeiro dia, parta em direção ao Lago Ness, provavelmente uma das atrações mais misteriosas e famosas do país. O Lago Ness é bastante profundo, atingindo até 225 metros, e caracterizado pela sua cor negra. Isso se deve a presença de turfas. É o maior lago do Reino Unido, considerando volume de água.

Há também um centro de visitação Loch Ness, em Drumnadrochit, onde você pode optar por fazer um tour pela história do local ou fazer um cruzeiro pelo lago.

Por fim, o Castelo de Urquhart localizado a 35 minutos de carro ao sul de Inverness e às margens do Lago Ness, o Castelo de Urquhart está em ruínas, após explosão proposital ocorrida no século XVII. Mas é do alto da torre desse castelo que a maioria das pessoas afirma ter avistado Nessie, o monstro que habita o Lago.

Se preferir, vale a pena fazer uma excursão de 3 horas a partir de Inverness, que inclui Cruzeiro pelo Lago Ness e Castelo de Urquhart.

Dia 2: vale de Glen Coe

O Vale Glen Coe é um dos mais bonitos vales escoceses. Faça uma viagem para explorar suas estradas e admirar as belíssimas paisagens do entorno. Foi inclusive cenário do filme Coração Valente. E para os turistas mais aventureiros, são inúmeras trilhas existentes para sua escolha.

Para o segundo dia, vamos considerar uma viagem de Inverness em direção a cidade de Glencoe e todas as atividades deste trecho.

Para começar, um passeio pelo adorável vilarejo de Fort Augustus, às margens do Lago Ness. A cidade é conhecida pelo Canal Caledonian, que liga o oeste da Escócia, passando pelo Great Glen, antiga falha geológica, até a costa leste. São 60 milhas de distância que pode ser percorrida a pé, de bicicleta ou por barco.

Vista aérea de Fort Augustus, na Escócia.
Em Fort Augustus inicia nosso segundo dia de roteiro Highland. Faça um cruzeiro pelo Canal Caledonian.

A cidade de Fort William é uma das principais da região, é o ponto de partida para uma caminhada até o topo da Montanha Ben Nevis (nossa próxima atração do roteiro!).

É conhecida também por ser a capital dos esportes ao ar livre do Reino Unido. Então, se estiver procurando por aventura e escaladas, pode considerar mais dias do roteiro e esticar a hospedagem por aqui. Outro passeio imperdível é subir ao alto da montanha Aonach Mor de Gôndola, uma espécie de bondinho. A vista vale a pena.

A montanha Ben Nevis é o ponto mais alto do Reino Unido, são 1344 metros de altura. É o destino favorito de esquiadores no inverno e um atrativo para aqueles que amam caminhadas durante o verão.

A Nevis Range Mountain Experience oferece muitas atividades e uma vista magnífica da cordilheira. Mesmo no verão é possível pegar o teleférico para chegar à parte alta da estação de esqui. E se quiser escalar até o topo do Ben Nevis, considere uma caminhada desafiadora de pouco mais de 7 horas. A trilha começa no Centro de Visitantes de Glen Nevis.

Se considera fazer uma excursão de um dia para cobrir as atrações do vale de Glencoe, considere o tour guiado partindo de Edimburgo com uma viagem de 1 dia a Loch Ness, Glencoe e Highlands, a partir de £45.

Dia 3: Glenfinnan

O terceiro dia pode começar a partir de Fort William, ponto de partida do Jacobite Express em direção a Mallaig, com uma parada em Glenfinnan. O trem é também conhecido como Expresso Hogwarts. Um dia cheio de atrações para os fãs de Harry Potter!

Para quem quer fazer um bate e volta de Edimburgo, há opção de uma excursão, que cobre o roteiro desse terceiro dia pelas Highlands escocesas e explora Glenfinnan, Fort William e Glencoe com duração de 12 horas e custa a partir de £65.

Glenfinnan é uma vila encantadora que atrai muitos fãs de Harry Potter. É de lá que é possível ver o Expresso de Hogwarts passando pelo viaduto em direção a Escola de Magia e Bruxaria! O trem a vapor, usado várias vezes nos filmes da franquia, na verdade é o Jacobite Express. Ele atravessa o viaduto todas as manhãs por volta das 10h30 e à tarde por volta das 15h. E o destino dele é Mallaig.

A partir da estação de trem, é possível seguir um caminho, de pouco menos de uma hora, que leva a uma vista espetacular do Viaduto Glenfinnan. Na estação de trem, há ainda um pequeno museu sobre a história das ferrovias escocesas e do viaduto.

Vista do Viaduto Glenfinnan com o Expresso Jacobino passando e fumaça branca saindo da locomotiva
Prepare-se para as fotos e para ver o Expresso de Hogwarts passar apitando

Adicione no seu roteiro Highlands um passeio a Hogwarts no trem vermelho a vapor mais famoso do mundo. O Jacobite Express foi restaurado e voltou a funcionar para viagens turísticas após o sucesso de Harry Potter.

São 4 horas de viagem entre Fort William e Mallaig e paisagens espetaculares ao longo do percurso. No seu tempo de visita, adicione ainda uma parada de duas horas na cidade portuária de Mallaig. Compre seu ingresso com bastante antecedência! A excursão que inclui o trem a vapor Jacobite e passeio pelas Highlands tem duração é de pouco mais de 12 horas e custa a partir de £185.

O Loch Shiel é um belo lago que margeia a vila de Glenfinnan, também bastante popular entre os fãs de Harry Potter. É especialmente conhecido por ter aparecido em “Harry Potter e o Cálice de Fogo”, durante a Segunda Tarefa do Torneio Tribruxo – durante as cenas subaquáticas. O castelo de Hogwarts é adicionado digitalmente na colina acima do lago.

No entorno do Loch Shiel, você também encontra o Monumento de Glenfinnan e sua estátua de Carlos Eduardo Stuart no topo. E a Igreja de Glenfinnan, uma pequena igreja gótica localizada em uma colina.

São também diversas as opções de caminhadas a partir do Glenfinnan Visitor Centre.

Roteiro de 5 dias em Highlands

No nosso roteiro Highlands de 5 dias separamos dois dias para conhecer a Ilha de Skye. São inúmeras atrações na Ilha que é cercada por montanhas, campos, praias e lagos. A paisagem é realmente de tirar o fôlego e você vai querer adicionar mais dias para curtir mais desse lugar encantador.

Dia 4: Ilha de Skye

Para chegar a segunda maior ilha da Escócia, opte por atravessar a ponte Skye ou pegar a balsa em Mallaig para Armadale. Como terminamos o dia 3 em Mallaig, sugiro começar atravessando de balsa pela cidade portuária para seguir o roteiro do quarto dia.

Mas você também pode inverter os dias se preferir e iniciar pelo Castelo Eilean Donan (ver dia 5), ainda na parte continental da Escócia e atravessar a Skye Bridge para a Ilha.

Armadale Castle Gardens e Museu

No extremo sul da Ilha, pelo Castelo de Armadale, um dos incríveis castelos da Escócia, iniciamos o nosso quarto dia de roteiro pelas Highlands escocesas.

Armadale foi construído em 1790 e ficou em ruínas no início do século XX. Atualmente só e possível visitar a parte externa do castelo, devido ao risco de queda e desabamento de rochas. Na propriedade, há ainda um museu contando a história do clã MacDonald e um belo jardim com parquinhos infantis e árvores centenárias.

The Fairy Pools

Como o próprio nome sugere, prepare-se para chegar em um ambiente de contos de fadas.

O Fairy Pools é formado por uma primeira cachoeira encantadora, que leva a um caminho para chegar a várias outras cachoeiras que formam piscinas de água turquesa cristalina.

Em um dia claro, é possível somar à paisagem as Colinas Cuillin, que servem de fundo para uma visão ainda mais mágica.

Talisker Distillery

Claro que em um roteiro pela Escócia não seria completo sem ao menos uma destilaria para visitar. A Talisker Distillery é a mais antiga destilaria de whisky da ilha, localizada na costa oeste de Skye, próximo a cidade de Carbost.

Conheça o processo de fabricação do principal produto de exportação da Escócia, o Whisky. Na visita, você também será levado a entender mais sobre a ligação da bebida com a cultura do país. Reserve os ingressos com antecedência, pois as entradas são limitadas e costumam esgotar rapidamente.

Dunvegan Castle

Temos mais um castelo na nossa lista: o Dunvegan Castle, construído na orla do Loch Dunvegan. Por 800 anos, serviu como moradia do clã MacLeod, que fez parte da Revolução Jacobita e enviou mais de mil homens para as batalhas.

Atualmente, é possível visitar seus jardins, fazer a trilha, admirar a bela coleção de pinturas e dos tesouros dos MacLeod e a famosa Bandeira das Fadas, que dizem ter propriedades mágicas.

A partir deste ponto, você pode também fazer um passeio de barco para observar as focas que vivem ali perto.

Neist Point Lighthouse

Localizadas no extremo oeste de Skye, as falésias de Nest Point são uma das atrações turísticas mais famosas da ilha. O farol foi construído no extremo da península. Há uma trilha de pouco mais de 2km — cerca de uma hora andando — a ser percorrida para chegar perto do local.

Propositalmente, essa é a última atração programada para o quarto dia, já que a vista do pôr do sol a partir de Nest Point é simplesmente deslumbrante. Aconselho checar o horário que o sol irá se pôr no dia da visita e chegar com certa antecedência para explorar o local e caminhar até o farol antes do espetáculo da natureza.

A partir daqui, dirija aproximadamente 1 hora até Portree, onde será mais fácil encontrar acomodação para passar a noite e continuar o passeio pela Ilha na manhã seguinte.

Sligachan Old Bridge

No seu caminho para Portree, vale uma parada para fotografar e admirar a icônica Ponte Velha de Sligachan. Construída com pedras, o local e rodeado por paisagens deslumbrantes.

Portree

Portree é a principal cidade da Ilha, com diversas opções de restaurantes, cafés e hospedagens. Conhecida pelas suas charmosas casinhas coloridas ao longo da orla, tem localização central, o que facilita seu acesso a maioria das atrações turísticas de Skye.

Para uma excursão guiada que cobre praticamente todos os pontos desse nosso primeiro dia na Ilha Skye e ainda inclui alguns pontos do dia seguinte, a excursão de dia inteiro ao melhor da Ilha de Skye. São 9 horas de passeio com valores a partir de £85.

Dia 5: Ilha de Skye

O segundo dia pela Ilha de Skye e nosso quinto dia de roteiro pelas Highlands escocesas inicia na cidade de Portree. Da cidade, siga em direção norte por aproximadamente 11 km. Nossa parada será no The Old Man of Storr, um dos mirantes mais fotografáveis da Escócia. A vista do nascer do sol dali é especialmente extraordinária.

The Old Man of Storr

O The Old Man of Storr é uma formação rochosa considerada um símbolo da Ilha de Skye. É uma atração natural que pode ser vista da estrada ou a partir de uma trilha de quase 4km até o mirante.

Belo nascer do sol do alto do The Old Man of Storr, na Ilha de Skye.
Nascer do sol no The Old Man of Storr, formação rochosa símbolo da Ilha de Skye.

A rocha vertical está localizada em Trotternish Ridge. O Velho (Bodach an Stòr em gaélico) é um pináculo de rocha basáltica com 55 metros de altura que é tudo o que resta de um tampão vulcânico de 2.800 milhões de anos. Serviu como um marco para os marinheiros por vários séculos.

Lealt Waterfalls

Seguindo mais 8 km, você estará nas Lealt Waterfalls. Do estacionamento, uma curta caminhada de trilha fácil leva até as cachoeiras. São vários mirantes ao longo do caminho, e no final, uma cascata que cai entre 2 falésias.

Kilt Rock e Mealt Falls

O Kilt Rock é um penhasco marítimo no nordeste da Península de Trotternish. Seu nome vem das pregas que se assemelham a um kilt, o famoso traje escocês. Colunas verticais de basalto formam as pregas e soleiras intrusivas de dolerita formando o padrão.

Ao lado estão as Mealt Falls, uma cachoeira de 60 metros de altura que deságua do topo do penhasco direto no mar. É possível chegar na sua base fazendo uma trilha.

The Fairy Glen

The Fairy Glen carrega a reputação de um lugar mágico rodeado de mitos e maravilhas, saído de contos de fadas. Localizado próximo a vila de Uig, o local mágico foi formado há mais de cem mil anos por deslizamentos de terra pós-geleira.

Anos de erosão e os elementos esculpiram o arenito Torridoniano em padrões incomuns de colinas em forma de cone, pedras aleatórias, lagos tranquilos e até um castelo de basalto.

Castelo Eilean Donan

Volte para a parte continental do país a partir da Skye Bridge. Em aproximadamente 15 minutos de viagem você chegará ao Castelo Eilean Donan, um dos mais bonitos e mais românticos da Escócia.

A estrutura fortificada original foi construída no início do século XIII como medida defensiva, protegendo as terras de Kintail, do clã Mackenzie, contra os vikings que invadiram, colonizaram e controlaram grande parte do norte da Escócia e das Ilhas Ocidentais entre 800 e 1266.

Desde então, pelo menos quatro versões diferentes do castelo foram construídas e reconstruídas à medida que a história feudal da Escócia se desenrolava ao longo dos séculos.

Durante o levante jacobita, o castelo foi demolido pelos ingleses e restaurado apenas em 1919, quando construíram a ponte de pedra arcada, que situa o castelo em uma ilha no ponto onde três grandes lagos marinhos se encontram.

Uma excursão guiada saindo de Inverness para descubrir a Ilha de Skye e o Castelo de Eilean Donan, tem duração de12 horas, cobrindo praticamente todo o nosso roteiro sugerido para o quinto dia, a partir de £65 por pessoa.

Roteiro de 7 dias em Highlands

Para o sexto e sétimo dia, nosso roteiro inclui opções que vão além de paisagens deslumbrantes. Serão dias repletos de atividades para todas as idades e gostos. Confira!

Dia 6: Aviemore

No sexto dia, voltamos para o centro da Escócia, para explorar a região de Aviemore e o Parque Nacional Cairngorms, o maior dos parques nacionais do Reino Unido.

A cidade de Aviemore é cercada por montanhas e florestas densas. É uma excelente opção para quem pratica montanhismo. Assim como repleta de outras atividades em todas as épocas do ano, incluindo esqui no inverno.

Aviemore é um destino de férias bem conhecido e popular, com belas paisagens e uma abundância de coisas para fazer para todas as idades. E para todas as estações do ano: os esportes de neve são atividades populares no inverno e a caminhada, escalada, ciclismo, as principais atrações do verão.

A acolhedora vila também promove diversos eventos ao longo do ano. Aviemore tem uma grande seleção de lojas, restaurantes, cafés e bares, servindo de base para sua visita pela região no sétimo dia de roteiro pelas Highlands escocesas.

Belo lago cercado por montanhas no Parque Nacional Cairngorms, nas Highlands escocesas.
O Parque Nacional Cairngorms é o maior dos parques nacionais do Reino Unido, repleto de atividades para todas as idades

A partir de Aviemore é possível visitar o Parque Nacional Cairngorms, o maior dos parques nacionais do Reino Unido. A diversidade de plantas e animais é imensa. Além disso, cinco das mais altas montanhas do Reino Unido estão dentro do Parque.

Há uma infinidade de coisas para fazer em Cairngorms, incluindo esportes aquáticos, esportes na neve, golfe, observação da vida selvagem e algumas incríveis rotas de caminhada e ciclismo para todos os níveis.

No Get Your Guide, você encontra opções de tour com saída de Inverness que explora o Parque Nacional de Cairngorms e passeio de uísque. São 9 horas de atividades a partir de £61 por pessoa. E para os mais aventureiros, uma emocionante tubulação de 3 horas no rio Feshie, perto de Aviemore.

São tantas atividades e belas paisagens para desbravar, que um dia pode ser pouco no local. Reserve uma noite para ficar pela região. Há opções para todos: hotel boutique ou dormir sob as estrelas, em acampamentos.

Dia 7: Loch Locmond e Trossachs National Park

O dia sete se resume em aproveitar o dia explorando o Loch Lomond e Trossachs National Park. As paisagens, formadas há mais de 400 milhões de anos, são incríveis e a diversidade de espécies animais é grande.

O Loch Lomond é o maior lago da Grã-Bretanha, são 39km de comprimento e 8km de largura. Cerca de 20 ilhas se encontram em sua extensão. Faça um cruzeiro para admirar sua grandeza. Ou passe a tarde pescando, em um barco ou caiaque, canoa, jetski, ou até mesmo windsurf.

O Trossachs National Park é o quarto maior parque nacional das Ilhas Britânicas, com uma área total de 1.865 quilômetros quadrados. Existem vários passeios que podem ser feitos por trilhas para explorar florestas, montanhas. Toda a área é preservada e um ótimo local para acampar.

A falha geológica que divide as Terras Altas das Terras Baixas atravessa o Loch Lomond e o Parque Nacional Trossachs, tornando esta parte do mundo infinitamente variada – colinas escarpadas, recantos arborizados e águas atraentes. Ao sul, encontram-se campos verdes e terras cultivadas; ao norte, montanhas.

Qual a melhor época para fazer o roteiro Highlands?

Entre os meses de abril e setembro é a melhor época para fazer o roteiro Highlands. Durante esse período, de primavera e verão europeu, as temperaturas são mais amenas e os dias são mais longos, ideais para aproveitar ainda mais dos passeios.

Considere ainda que, entre os meses de junho e agosto, na alta temporada no continente, significa que as atrações estarão mais cheias de turistas e preços em alta, especialmente de hospedagem. Portanto, eu escolheria viajar para as Highlands escocesas em abril, maio ou setembro.

Planejando seu roteiro Highlands

Quando estiver planejando seu roteiro Highlands, prepare com antecedência o seu checklist de viagem. É imprescindível ter todos os documentos e pertences essenciais a mão para garantir férias mais tranquilas.

Comece os preparativos para a viagem, definindo quantos dias pretende passar visitando as Highlands escocesas e decidindo as atrações indispensáveis do seu roteiro. Após definir um orçamento e conferir quanto custa viajar para a Escócia, veja algumas dicas que vão auxiliar você a ter uma estadia mais segura.

Escolha hospedagens para base

Para escolher a melhor cidade para hospedagem no seu roteiro pelas Highlands, escolha sua rota com antecedência e determine quantos dias pretende reservar para sua viagem. De acordo com essas definições, é mais fácil escolher em que cidade se hospedar.

Centro da cidade de Inverness, capital das Highlands da Escócia.
Inverness é a capital das Highlands e um dos melhores lugares para se hospedar durante o roteiro.

Os melhores lugares para se hospedar vão depender, portanto, da sua localização em cada dia. Algumas cidades da região com boas opções de acomodação e sedes para servir de base para seu roteiro são: Invernes; Fort William; Portree, na Ilha de Skye; e Aviemore.

Escolha o melhor transporte para o período

O melhor transporte para um roteiro pelas Highlands é de carro. Alguns fatores contribuem para essa afirmação: o caminho em si já é uma atração. As estradas reservam paisagens incríveis. Dirigindo você pode ir admirando a vista e parando onde preferir. Muitos lugares também estão localizados a grandes distâncias um do outro, o carro pode facilitar em muito o deslocamento.

As rodovias são excelentes e bem-sinalizadas; as faixas geralmente são largas e tem internet em praticamente todo o trajeto. A velocidade permitida nas principais vias é de 70 milhas por hora e há diversos radares de velocidade. Mas é preciso atenção com a mão inglesa, especialmente em carros com troca de marcha manual.

Para alugar um carro na Europa, confira as opções da DiscoverCars. A comparadora de aluguel de veículos costuma oferecer uma grande variedade de opções pelos menores preços.

E, se por acaso, o carro não é uma opção para você, há sempre a alternativa das excursões guiadas. Além de incluir o transporte pelo local, também tem guia para conduzir o passeio e contextualizar com fatos históricos dos locais das Highlands que está visitando. No Get Your Guide, há diversas opções: bate e volta de um dia ou excursões de três dias com saída da capital escocesa, Edimburgo.

Atividade saindo de Edimburgo Preço (a partir de)
Excursão de 3 dias à Ilha de Skye e às Terras Altas £184
Excursão Loch Ness, Glencoe e as Terras Altas da Escócia £62

Programe os passeios com antecedência

Para garantir uma viagem tranquila tenha um roteiro Highlands bem planejado. Para isso, ao definir as cidades que vai visitar, escolha também os pontos turísticos e atividades que não podem ficar de fora da sua programação.

É fundamental comprar os ingressos e passeios guiados com antecedência para não perder tempo em longas filas nas bilheterias ou não conseguir visitar a atração por limite de visitantes diários. Confira sempre as opções nos sites oficiais ou sites de atrações turísticas confiáveis. Inclusive verifique a disponibilidade de adquirir o card da cidade quando for ficar mais dias.

Fique conectado durante a viagem

Atualmente é essencial manter-se conectado, especialmente durante o seu roteiro pelas Highlands. Por isso, vale a pena comprar um chip internacional da America Chip antes mesmo de sair do Brasil. A empresa é uma das líderes do mercado e oferece cobertura por toda Europa, além de oferecer internet ilimitada pelo menor preço.

O que saber antes de viajar para Highlands Escócia

Agora que o roteiro pelas Highlands está pronto e o planejamento encaminhado, é hora de verificar alguns detalhes mais burocráticos da sua viagem. Confira a lista que criamos com certos pontos que merecem atenção para sua chegada na Escócia.

Seguro viagem

Contrate um seguro viagem Europa com cobertura para todo seu período de viagem pelas Highlands da Escócia e continente europeu.

De acordo com a lei, você deve ter cobertura mínima de 30 mil euros para despesas médicas e hospitalares. Mas o seguro cobre também perda e extravio de bagagem e cancelamentos de voos, por exemplo. Por isso, é tão importante viajar com uma apólice.

Faça uma cotação com o Seguros Promo para saber mais sobre as diferentes coberturas e decidir qual se encaixa melhor nas suas preferências. Você pode usar o comparador de seguro viagem para comparar os benefícios de cada um dos planos oferecidos por diferentes seguradoras.

Documentação e visto

Brasileiros não precisam de visto para entrar e permanecer na Europa como turistas por até 90 dias. Mas o Reino Unido está prestes a introduzir um novo requisito para viajantes: a ETA UK.

A Autorização Eletrônica de Viagem é um sistema de autorização de viagem implementado pelo governo para melhorar a segurança nas fronteiras e facilitar o processo de entrada de turistas no território britânico.

O projeto deve entrar em vigor até o final de 2025. Os viajantes precisarão então solicitar uma autorização prévia de viagem online.

Levar dinheiro

A maneira mais segura de levar dinheiro para uma viagem pelas Highlands escocesas é adquirindo um cartão de débito internacional. Essa opção garante uma viagem tranquila e sem surpresas com a fatura do cartão de crédito na volta ao Brasil.

Com o cartão Wise você deposita o dinheiro pelo aplicativo que converte os valores instantaneamente e já atualiza o seu saldo disponível. Ele é válido em mais de 200 países com tarifas econômicas em 50 moedas diferentes.

Preparado para visitar as Highlands da Escócia? Desejamos uma ótima viagem!