Roteiro em Londres: veja o que fazer em 3 a 5 dias na cidade

Visitar Londres  / 

Londres, a cidade que pulsa. Conhecida por sua realeza, tradição e cultura, Londres é, também, moderníssima. Com centenas de museus gratuitos, gastronomia de todo o mundo, pubs por toda a cidade e dezenas de shows é, hoje, um dos destinos mais visitados da Europa. Veja um roteiro em Londres para 3, 4 ou 5 dias na cidade, para não perder o melhor do seu passeio.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Roteiro em Londres: o que não perder na cidade

Com mais de 2 mil anos de idade, um roteiro em Londres precisa ser bem diverso. É possível alternar entre tradição e cultura, em passeios pelas atrações que falam sobre sua realeza e história pelo Velho Continente.

Também é preciso constar no seu roteiro a parte artística: são diversos os museus, com obras clássicas e contemporâneas. Além da parte moderna da cidade, com seus bares, restaurantes famosos, mercados à céu aberto.

Londres respira modernidade com sua arte de rua e bairros menos sofisticados e mais jovens. Sim, é possível fazer tudo isso e ainda mais.

Para isso, separamos um roteiro para 3, 4 ou 5 dias na cidade. De acordo com o seu tempo por lá, não deixe de incluir um pouco de cada coisa e veja o que de melhor Londres pode oferecer.

Roteiro em Londres: Dia 1

Separamos aqui o que é imperdível em 3 dias na cidade. Veja o que conhecer e fazer em Londres.

Dia 1: Manhã

Reserve sua primeira manhã na cidade para se localizar e vê-la a céu aberto. Se for em um período mais ameno, como primavera, verão e, até, outono, passear a pé pelas ruas de Londres vai ser prazeroso.

Londres é uma cidade plana, o que é ótima para boas caminhadas. Uma segunda opção, caso não queira, ou não possa, andar muito a pé, é utilizar os ônibus de turismo.

Com paradas estratégicas, você dá uma geral na cidade e pode descer em alguns lugares para pequenos trechos de passeio. O Circuito Turístico do Ônibus Hop-On Hop-Off oferece bilhetes de 1, 2 ou 3 dias. Ele custa a partir de £34, por pessoa.

Caminhe, ou desça, pela região do Palácio de Buckingham e ainda confira atrações como o Big Ben, a London Eye e a Abadia de Westminster. Fica tudo próximo.

London Eye

Se o tempo estiver propício, a primeira dica é subir na roda gigante London Eye e conferir a cidade de cima. No entanto, recomendamos que faça isso com tempo aberto: se tiver nublado, ou com muitas nuvens, a visão fica um tanto atrapalhada e talvez não valha tanto a pena.

Localização: Lambeth, Londres SE1 7PB;
Como chegar: utilize as linhas Waterloo (linhas Bakerloo, Jubilee, Northern e Waterloo & City);
Horário: todos os dias. Os horários mudam de acordo com o dia e mês do ano. Veja o calendário completo no site oficial;
Ingressos:
Inteira: A partir de £27;
Dos 3 aos 15 anos: £22;
Entrada gratuita para crianças até 3 anos;
Excursão VIP Sem Fila com Guia: a partir de £38.

Westminster Abbey

Depois de conferida uma atração mais moderna da cidade, siga para visitar um pouco de sua história. Caminhe cerca de 20 minutos, ou desça na estação Westminster do metrô (linhas Circle, District e Jubilee) e conheça a Abadia de Westminster.

É uma das mais icônicas atrações londrinas, a Abadia de Westminster (Westminster Abbey) possui mais de 700 anos de existência. É lá que você poderá conhecer mais a história da Inglaterra e do Reino Unido.

Mais de 3 mil nomes históricos da Inglaterra estão enterrados por lá. Além de grandes reis e rainhas, poetas e cientistas como Isaac Newton e Charles Darwin tiveram um lugar. Desde 2019, também é possível visitar as Galerias do Jubileu de Diamante da Rainha, um espaço medieval.

Compre ingresso antecipado para a Westminster Abbey, com áudio guia, por £21.

Se tiver interesse, saia da Abadia e dê uma passada na Westminster Cathedral, hoje a maior igreja católica da Inglaterra. Construída depois da Abadia, a catedral é toda de mármore, na área interna, cheia de mosaicos. Ela fica na 42 Francis Street London SW1P 1QW.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Localização: 20 Deans Yd, Westminster;
Como chegar: Utilize as linhas estações Westminster (Linhas Jubilee, District e Circle) ou St. Jame’s Park (linhas District ou Circle);
Horário de funcionamento:
Segunda a sexta: 9h30 às 15h30;
Às quartas funciona até mais tarde: 18h;
Sábados: de Maio a Agosto, das 9h às 15h; de Setembro a Abril, das 9h às 13h;
Fecha aos domingos, funcionando apenas para missas;
Por ser uma Igreja, pode ter outros horários de funcionamento em eventos especiais. Confira no site oficial.
Ingressos:
Inteira: comprando antecipado £21; direto na Abadia £23;
Crianças de 6 a 16 anos: £10;
Estudantes e pessoas com mais de 60 anos: £20;
Para visitar as Galerias do Jubileu de Diamante da Rainha: mais £5.

Roteiro em Londres London Eye

Dia 1: Tarde

Depois desse passeio, almoce pela redondeza. Também na região está a sede do parlamento britânico, o Palace of Westminster, ou House of Parliaments, onde fica clássico relógio Big Ben.

Conhecido como Casas do Parlamento (House of Parliaments), o edifício gótico abriga, hoje, as duas Câmaras que compõem o Parlamento Britânico. Foi construído após um incêndio que destruiu o antigo palácio, em 1834.

Do antigo, salvaram-se poucas partes, que fazem parte do Westminster Hall, os claustros e a cripta de St Stephen’s Chapel, além da Jewel Tower, construção do século XIV.

Palace of Westminster

O Palace of Westminster só pode ser visitado aos sábados e durante os meses de verão. Os ingressos são adquiridos no próprio local. Por isso, é recomendável chegar mais cedo.

Localização: Westminster, London SW1A 0AA;
Como chegar: estação Westminster, linhas Circle, District e Jubilee;
Horário: apenas aos sábados e durante os meses de verão, das 9h15 às 16h30;
Ingresso: a partir de £18.

Caso não entre, siga em um passeio a pé até o St. James Park, o parque mais antigo de Londres.

National Gallery

Se tiver tempo, próximo à região estão um dos melhores museus da cidade, o National Gallery. Também considerado um dos maiores e melhores do mundo, a Galeria Nacional reúne mais de 2300 obras em toda sua coleção.

Pintores renomados como Van Gogh, Boticelli, Caravaggio, Michelangelo, Raphael e, claro, Pablo Picasso. A entrada é gratuita, mas uma visita guiada pela National Gallery a partir de £69 por pessoa é uma boa recomendação, caso queira visitar em mais detalhes.

Localização: Trafalgar Square, London WC2N 5DN;
Como chegar: metrôs Charing Cross, Leicester Square, Westminster, Embankment, Piccadilly Circus;
Horário: todos os dias, 10h às 18h e nas sextas das 10h às 21h;
Ingresso: gratuito.

Dia 1: Noite

Não se canse. Se precisar, dê uma descansada e, à noite, vá para o Piccadilly Circus, já considerado um clássico londrino. Caminhe por um dos cruzamentos mais famosos de Londres e finalize com um belo jantar no Soho.

Localização: Piccadilly Circus;
Como chegar: Estação Piccadilly Circus, linhas Piccadilly e Bakerloo.

Roteiro em Londres: Dia 2

Dia 2: Manhã

Você pode começar o segundo dia visitando um dos maiores museus de Londres. O Museu Britânico (British Museum) é considerado um dos mais importantes do mundo. Sua coleção vai desde múmias do Egito até obras de arte.

British Museum

A entrada é gratuita mas, se você quiser conhecer em detalhes, pode fazer uma excursão guiada no Museu Britânico com entrada sem fila de 2 horas a partir de £22 por pessoa

Localização: Great Russell Street London WC1B 3DG;
Como chegar: metrôs Holborn, Russel Square, Goodge Street, Tottenham Court Road;
Horário: todos os dias, das 10h às 17h30 e nas sextas das 10h às 20h30;
Ingresso: gratuito.

visitar o museu britânico

Dia 2: Tarde

Depois de passar provavelmente toda a manhã pelo museu, siga em direção a região de The City, uma das áreas modernas da cidade. É por aqui também que fica a St Paul’s Cathedral, também cartão postal da cidade. Feita por Sir Christopher Wren, é a sede do bispo de Londres.

Bem em frente a St Paul’s está a Millennium Bridge, ponte futurista que já apareceu em um monte de filmes. Se você atravessá-la, vai ver também a galeria de arte moderna Tate Modern, além do e o Shakespeare’s Globe, o teatro de Shakespeare.

Por ser o centro financeiro da cidade, os restaurantes costumam ter preços mais salgados. A boa notícia é que a região é cheia de bons restaurantes de rede, ou seja, aqueles que estão espalhados por toda a cidade.

Depois, passe pelo The Monument, que representa o desastre do Grande Incêndio de Londres. Do The Monument, que fica na Fish Street Hill, caminhe mais uns 10 a 12 minutos e chegue até a Tower of London. O conjunto de torres, edifícios e muralhas foi construído em 1066 e já serviu de residência real.

Torre de Londres

Parte da história da cidade de Londres, a Torre também já teve seus maus momentos, sendo prisão, fortaleza e, até, local de decapitação de 3 rainhas. É, ainda, Patrimônio Mundial da UNESCO.

Por ser uma das atrações mais visitadas de Londres, compre ingressos antecipados e evite as filas. Aproveite e compre o ingresso para Torre de Londres com exposição das jóias da coroa com ingressos a partir de £24,75, por pessoa, e evite a fila.

Se quiser continuar o passeio pela região, suba na Tower Bridge ali do lado. É possível só ver de fora, mas também tem visita interna, onde é contada a história da construção da ponte. Funciona todos os dias, das 9h30 às 17h30 e a entrada custa £9,80.

Dia 2: Noite

Na sua segunda noite na cidade, que tal assistir a um musical? Um dos melhores avaliados é o Musical ”O Rei Leão”: West End, o distrito teatral de Londres. A apresentação acontece no Lyceum Theatre e custa a partir de £103,11 por pessoa.

Se você prefere um teatro mais diferente, o London Dungeon é uma atração singular. Você entra no mundo da perigosa capital da Inglaterra nesse espetáculo interativo, ouvindo alguns dos assustadores personagens de velhos tempos sombrios. É de tirar o fôlego, mas uma experiência única na sua viagem. Os ingressos para o London Dungeon custam £24 por pessoa.

Roteiro em Londres: Dia 3

Dia 3: Manhã

Se for do seu interesse ver como funciona a clássica Troca da Guarda da Rainha, comece o seu dia indo lá conferir. A famosa cerimônia acontece no Palácio de Buckingham a partir das 11 horas. A movimentação começa às 10h30.

Os guardas vão marchando desde o Palácio de St. James, que fica ao lado, até o Palácio de Buckingham onde se juntam aos colegas que lá estavam.

Depois, faça um tour pelo Palácio de Buckingham e conheça a famosa tradição da monarquia inglesa em uma excursão para pequenos grupos em Londres. Em seguida, veja os Apartamentos de Estado do Palácio de Buckingham em uma rara abertura ao público.

Se você gostar de museus, indicamos dois para o terceiro dia. Escolha em conhecer algum deles e siga o passeio.

Nossas sugestões são:

Victoria and Albert Museum

O Victoria and Albert Museum, para quem tem interesse em conhecer artes decorativas e design de todo o mundo. Com uma coleção de mais de 4 milhões de objetos, ele inclui desde pinturas e esculturas, até gravuras, acessórios de moda, roupas, joias e fotografias. O museu ganhou esse nome em homenagem à Rainha Victoria e ao Príncipe Albert.

Localização: Cromwell Road London SW7 2RL;
Como chegar: Metrôs South Kensington, Knightsbridge;
Horário: todos os dias, das 10h às 17h45. Às sextas-feiras, o funcionamento vai até às 22h;
Ingresso: gratuito. Porém, caso tenha alguma mostra especial, o valor pode ser cobrado e muda de acordo com a temporada.

Natural History Museum

Se o seu interesse é mais em curiosidades sobre o nosso planeta, o Museu de História Natural, ou Natural History Museum, deve constar no seu roteiro em Londres.

Ele existe desde 1881. Suas duas principais exposições mostram mamíferos e dinossauros, com esqueletos e réplicas em tamanho real. Ótimo programa para se fazer em família, principalmente se estiver viajando com crianças.

Se tiver com crianças, faça o Tour Familiar Dinossauros, com duração de 2 horas, por £185,95, em grupo de até 5 pessoas.

Localização: Cromwell Road London SW7 5BD;
Como chegar: metrôs South Kensington, Gloucester Road;
Horário: Todos os dias, das 10h às 17h50 – última entrada às 17h30;
Ingresso: gratuito.

Dia 3: Tarde

Depois do passeio pelos museus, pegue um metrô e desça na estação Picadilly do metrô, caminhe de 3 a 5 minutos, e chegue até Covent Garden Market. O mercado é o centro de uma área mais charmosa da região, com espaço de compras, teatro e restaurantes.

É por ali que fica a Royal Opera House, a sede de duas companhias artísticas com prestígio mundial: o Royal Opera e o Royal Ballet.

Dê um passeio pelo bairro e, se quiser, ainda confira atrações como: a St Paul’s Church, o Museu dos Transportes de Londres (principalmente se tiver com crianças) e as lojas da região.

Roteiro em Londres Big Ben

Dia 3: Noite

À noite, uma boa é ir conhecer a East London e o bairro de Shoreditch, a parte “cool”, e moderna da cidade. Se quiser ir direto, basta pegar o metrô e descer na linha Central. Depois, caminhe uns 10 minutos e já estará na região mais jovem de Londres.

Roteiro em Londres: Dia 4

Dia 4: Manhã

Comece o quarto dia do seu roteiro em Londres conhecendo a famosa Notting Hill. O bairro, que ficou conhecido como cenário do filme “Um lugar chamado Notting Hill” é cheio de charme.

Se tiver sorte e seu dia de viagem for uma sexta ou um sábado, a principal atração de Notting Hill é a clássica feira de antiquário de Portobello Road.

E se você for fã do filme, ainda poderá conferir a livraria. A Travel Bookshop existia, mas fechou. Porém, no lugar, há atualmente uma nova, chamada The Notting Hill Bookshop, no endereço 13-15 Blenheim Crescent.

O local original, onde foram filmadas as cenas dentro da livraria, especializada em livros de viagem no filme, fica no endereço 142, Portobello Road. Lá, hoje, funciona uma loja de souvenir chamada Notting Hill.

As estações de metrô do bairro são Notting Hill Gate ou Ladbroke Grove.

livraria notting hill em londres

Dia 4: Tarde

Na parte da tarde, vá conhecer o Hyde Park, um dos principais parques de Londres. Depois de pertencer à Abadia de Westminster, ele se abriu como parque público a partir do século XVII. Se for no verão, aproveite o gramado verde para um picnic.

É nessa época do ano onde acontecem festivais de música no parque. Se estiver por lá, aproveite para conferir e terminar o dia.

Tate Modern

Uma outra dica, caso queira passear um pouco mais, é entrar em um dos museus gratuitos que você ainda não visitou nos outros dias. O Tate Modern pode ser um deles.

A galeria fica em uma localização dentre os museus em Londres: às margens do Rio Tâmisa. Com instalações novas, desde do ano 2000, ele conta com uma coleção de arte moderna e contemporânea e, por isso, é famoso em todo o mundo.

Dentre as obras do Tate Modern, é possível conferir Chagall, Francis Bacon, Matisse e Picasso.

Localização: Bankside, London SE1 9TG;
Como chegar: Metrô Southwark;
Horário: de domingo a quinta, das 10h às 18h; Sextas e sábados das 10h às 22h;
Ingresso: gratuito.

Madame Tussauds

O famoso museu de bonecos de cera que parecem de verdade também está em Londres. Se quiser se divertir, vá ao Madame Tussauds. Uma dica de passeio para família, ele recria com perfeição alguns dos nomes mais importantes das artes e da cultura.

No Madame Tussauds de Londres é possível sentar-se ao lado do músico Will.I.Am no The Voice Experience, acompanhar a Família Real na icônica sacada e tirar uma selfie com os recém-casados da família real, Harry e Meghan, dentre mais de 300 recriações.

Localização: Marylebone Rd, Londres NW1 5LR, Reino Unido;
Como chegar: Metrôs Bakerloo, Circle, Hammersmith & City, Jubilee;
Horário: de segunda à sábado, das 9h às 18h. Aos domingos, das 9h às 16 horas. Os horários podem variar, dependendo do mês do ano. Confira o calendário completo;
Ingresso: no site do Museu Madame Tussauds, os ingressos custam a partir de £34;
No Get Your Guide, o ingresso custa a partir de £29 por pessoa.

Dia 4: Noite

Que tal um tour pelos famosos pubs londrinos? Sim, é possível. Mas vá cedo. A maratona de bares dura 5 horas e passa por 5 dos melhores bares e clubes da cidade. Conhecido como Pub Crawl, ele passa pelo centro da cidade e é um dos principais passeios no roteiro em Londres para viajantes solos, ou em turmas.

Bom para conhecer outros viajantes, passear pelos bares, ter um guia turístico baladeiro e, ainda, ganhar descontos nos pubs da região. O ponto de encontro é no Zoo Too Bar e, comprando antecipado no site Get Your Guide, sai por apenas £5, por pessoa. O valor não inclui as bebidas, apenas o passeio com o guia especializado.

Roteiro em Londres: Dia 5

Se você conseguir ficar 5 dias em Londres, certamente será uma viagem mais relaxa. No seu quinto, e último dia, na cidade, vamos sugerir alguns passeios diferentes. A primeira é ir à alguma atração dos dias anteriores que não deu tempo ou, até mesmo, que você queira repetir.

Visitar mais um museu importante da cidade, o Museum of London, que conta a sua história.

Dia 5: O dia todo

Museu de Londres

O Museu de Londres, é dividido desde a Londres Vitoriana, passando pela Grande Praga, o Grande Incêndio e a Londres Romana. Além de também ser gratuito, o Museu de Londres, que data de 1976, possui um acervo desde os tempos pré-históricos, até os dias de hoje. Vale a visita.

Localização: 150 London Wall, EC2Y 5HN;
Como chegar: metrôs Barbican, St. Paul´s, Moorgate;
Horário: todos os dias, das 10h às 18h;
Ingresso: gratuito.

Camden Town

Se for fã da cantora Amy Winehouse, um outro passeio sugerido é ir conhecer o bairro onde ela morou, Camden Town. Ele fica mais afastado do centro, porém é rápido chegar. Pegue 25 minutos de metrô até a estação Camden Town e caminhe pelo bairro cheio de personalidade.

Se o seu quinto dia na cidade for um domingo, ainda aproveite para curtir as feiras. Sabe aquelas lojas famosas lojas punks inglesas, que fizeram o estilo de muitos roqueiros? Muitas ficam nessa região.

Greenwich

Mais uma opção para o seu quinto e último dia é conhecer a região de Greenwich. É um passeio de dia inteiro, mas vale a pena pela quantidade de coisas a se fazer no lugar.

Localizado na parte South East de Londres, além de uma boa opção de passeio, Greenwich tem uma curiosidade: é onde fica localizado o meridiano 0º.

A melhor maneira de visitar Greenwich é chegar de barco através da Thames Clippers. Para ir de Westminster até lá, vá para o píer localizada na Roda Gigante London Eye. Pouco mais de 30 minutos depois, você chegará no bairro.

O Clippers é um barco que cruza a cidade toda pelo Rio Tâmisa. Você pode comprar sua viagem de barco de Westminster até Greenwich no Get Your Guide.

Dentre as diversas atrações de o que fazer em Greenwich, estão:

Meridiano de Greenwich e o Royal Observatory

O ponto exato onde começam a ser contadas as longitudes e tire uma foto da famosa, e lendária, linha do meridiano de Greenwich. Nesse mesmo lugar, estique o passeio e visite o Royal Observatory.

Localizado na Blackheath Avenue, o Observatório Real auxilia o desenvolvimento de conhecimentos astronômicos com foco na navegação. Acabou por ser palco dos primeiros testes com cronômetros para cálculos de longitude, no que acabou se fundando o meridiano.

Faça, ainda, um tour de áudio no Observatório Real de Greenwich.

Parque de Greenwich

Depois de visitar o Observatório Real, dê uma volta no Parque de Greenwich, um dos mais belos de Londres. Construído em 1660, o designer do Parque ainda permanece até hoje, incluindo algumas árvores centenárias que resistem desde então.

Mercado de Greenwich

Aproveite o passeio e almoce no mercado de rua do bairro. O Greenwich Market oferece uma série de antiguidades, além de artesanato e comidas típicas londrinas. É uma feira pequena, mas bem diversificada. E funciona até aos sábados e domingos.

Se você é fã da saga, não deixe de visitar os estúdios do Harry Potter. Vale a pena para crianças e adultos.

Onde ficar durante seu roteiro em Londres?

A escolha de onde se hospedar em Londres vai depender de alguns fatores para a sua viagem. Quando for pesquisar, utilize sites que ofertam comparadores de preços, como o Kayak.

Os valores das diárias dependem da localização, da qualidade e quantidade de estrelas do hotel e da época do ano da sua viagem. Quando estiver fazendo seu roteiro em Londres, veja qual região favorece e cabe no seu bolso.

Veja algumas dicas de locais e hospedagem:

West End

Considerado o coração da cidade. Para quem gosta de animação, por aqui é dia e noite. Além de ficar próximo de atrações como a National Gallery, está do lado do Soho, Covent Garden e Chinatown.

Kensington e Chelsea

Se quiser ficar perto de alguns dos maiores pontos turísticos da cidade, os bairros de Kensington e Chelsea são boas opções. Nessa região estão: o Hyde Park, o Kensington Gardens e o Palácio de Kensington. Além dos museus de História Natural e o Albert e Victoria, um dos mais visitados.

Kings Cross & St Pancras:

Local de fácil locomoção, é onde fica o terminal de St. Pancras, de onde sai o Eurostar.

Westminster

Bairro que fica à beira do Rio Tâmisa, próximo ao Big Ben e a London Eye, à Abadia de Westminster, o St. James Park, o Parlamento Inglês e a National Gallery Museum.

Shoreditch

O bairro “cool” londrino, com noite mais agitada. Além de bares e restaurantes modernos, lojas alternativas e os mercados, têm chamado a atenção dos turistas que chegam à cidade.

Onde comer no seu roteiro em Londres?

Inclua no seu roteiro em Londres algumas dicas de bares e restaurantes. Na sua próxima ida à cidade, prove a culinária local com o famoso fish and chips. Vá tomar um pint (chopp) em um pub.

E conheça um restaurante da moda. Veja algumas opções:

Veja mais opções de restaurantes em Londres.

Não deixe de levar um seguro viagem

Sugerimos que você confira os valores no nosso comparador de seguro viagem do Euro Dicas Turismo e escolha as melhores opções de seguro para a sua necessidade.

Ganhe desconto. Para pagar menos 10% do valor do seu seguro viagem, insira o nosso cupom de desconto EURODICASTURISMO (para ganhar 5% de desconto) na hora do pagamento e pague por boleto bancário (para ganhar mais 5%).

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Denise Mustafa é jornalista, fotógrafa e especializada em conteúdo e gerenciamento de marcas. Já passou uma temporada em Portugal, viajou bastante por aí e, agora vivendo no Brasil, escreve para grandes sites brasileiros de viagem, sempre à frente da sua Travessia Conteúdo & Branding, atravessando oceanos e contando suas experiências para outros viajantes.