Monstro do Lago Ness: visite o norte da Escócia para encontrar a lenda

Visitar Escócia  / 

O mistério do Monstro do Lago Ness divide os moradores e os visitantes da Escócia. Muitos relatos (com fotos e vídeos) afirmam que o monstro realmente exista. Mas será verdade? Hoje vamos contar tudo pra você.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

O lago e a história do Monstro do Lago Ness

O Lago Ness (Loch Ness em escocês) é um lago extenso localizado nas Terras Altas, ao norte da Escócia (Reino Unido), região chamada de Highlands. De água doce, possui quase 37 quilômetros de extensão, 226 metros de profundidade e está localizado a 16 metros acima do nível do mar.

A água do lago é escura e a lenda do Monstro do Lago Ness (chamado de “Nessie” pelos moradores) é bastante antiga. O primeiro relato do Monstro do Lago Ness foi no livro “Vida de São Columbano”, um missionário irlandês que no ano de 565 d.C. foi morar na Escócia. Ele teria salvo um pescador do monstro e vários fiéis como testemunha.

Testemunha da aparição

Até então muito se falava sobre a lenda do monstro. Porém, no ano de 1880 um mergulhador precisou fazer um mergulho para localizar um navio que havia afundado. Duncan MacDonald fazia seu trabalho dentro do lago e avistou o monstro, pedindo rapidamente para ser retirado de lá o mais breve possível e ser levado às margens.

Já em 1923, um registro visual do Monstro do Lago Ness foi feito por Alfred Cruickshank. De acordo com o relato, a criatura devia ter cerca de 3 metros e entrava e saia da água como os golfinhos fazem.

Pontos turísticos na Escócia: veja 8 que você precisa conhecer.

Porém, é de 1934 o registro mais importante do monstro. R.K. Wilson havia afirmado que fotografou o monstro e sua foto rodou o mundo, gerando muita dúvida entre os moradores locais. Mas, em 1994 foi revelado que a foto teria sido uma montagem com um submarino.

Na atualidade, em 2007, Gordon Holmes conseguiu filmar o monstro e suas imagens foram parar até na emissora de televisão BBC. De acordo com ele, o mostro teria cerca de 10 metros e tinha a cor preta. Porém, desde 2013, não há mais registro do Nessie na superfície do lago.

Assista o vídeo:

Afinal, o que é o monstro do Lago Ness?

A teoria mais difundida sobre o monstro é que ele se trata de um réptil marinho, muito parecido com o plesiossauro, um parente dos dinossauros, que foram extintos desde o Mesozóico.

Até hoje, mais de mil pessoas já afirmaram ter visto o monstro no lago, mas sua veracidade nunca foi comprovada.

Como visitar a região

A aldeia Drumnadrochit é a localidade mais próxima do Lago Ness. Você pode planejar um roteiro pela Escócia e sair da capital Edimburgo para visitar o Lago Ness em um dia ou dormir na região.

De Edimburgo até Drumnadrochit são 277 quilômetros, cerca de 3 horas e 30 minutos de carro. Também é possível fazer a viagem de trem ou ônibus.

De trem a viagem tem duração de 3 horas e 36 minutos e o destino é a cidade de Inverness. Já de ônibus a duração da viagem fica em 4 horas e 8 minutos, um pouco mais longa.

Tour pela região do Lago Ness

Para quem está hospedado em Edimburgo também é possível ir de excursão até o Lago Ness e fazer um bate-volta. Os preços iniciam em 47€ e podem ser reservados pelo Get Your Guide.

Veja o que fazer em Edimburgo: 8 paradas obrigatórias.

Melhores meses para visitar a região do Lago Ness

Os melhores meses para visitar o Lago Ness são em maio, agosto e setembro. A quantidade de chuva é menor e as temperaturas não estão tão rigorosas.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Os meses mais quentes da Escócia são julho e agosto, mas dificilmente as temperaturas ultrapassam os 18º. O país tem apenas 100 dias de sol por ano, o resto do tempo é bastante chuvoso e cinza. Saiba mais sobre as estações do ano na Europa antes de programar sua viagem.

Onde se hospedar

Em volta do Lago Ness estão diversas pequenas cidades. Para dormir, a cidade de Inverness é a mais recomendada. Existem mais de 100 opções de hotéis, pousadas, hostels e apartamentos para alugar.

Veja algumas sugestões:

Ord Arms Hotel – hotel 2 estrelas por 60€ em média a pernoite;
Glen Mhor Hotel – hotel 3 estrelas por em média 68€ a pernoite;
Kingsmills Hotel – hotel 4 estrelas por 110€ em média a pernoite;
Rocpool Reserve hotel & Chez Roux restaurant – hotel 5 estrelas por 113€ em média a pernoite.

E que tal estender o passeio para a terra da Rainha? Veja o que fazer de graça em Londres de graça.

Passeios de barco

Também é possível fazer passeios de barcos e cruzeiros pelo Lago Ness e quem sabe avistar o monstro de perto. Os passeios são mais recomendados durante o verão europeu, quando as temperaturas não estão tão baixas. Porém, mesmo assim, é preciso levar um bom casaco, touca, luva e um sapato confortável.

Veja todas as atrações da região e escolha a data da sua viagem pelo Get Your Guide.

Veja os aplicativos para viajar: 12 que não podem faltar no seu celular.

O que fazer por perto

Além de passear pelo Lago Ness, aproveite para conhecer o Castelo de Urquhart, o Castelo de Inverness, a Catedral de Inverness, o Jardim Botânico da cidade e ir até o Victorian Market tomar um café.

Conheça a lista dos 10 castelos na Escócia para você viajar no tempo.

Curiosidade

Uma curiosidade interessante é que os pescadores da região chamam o Monstro do Lago Ness carinhosamente por “Nessie”, pois acreditam que ele seja na verdade, uma menina. Os pescadores afirmam já terem visto filhotes de Nessie no local.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Amanda é brasileira, jornalista, mestre em Ciências da Comunicação pela Universidade do Minho (Braga, Portugal). Mora desde 2014 em Portugal. Escreve para seu site Vagas pelo Mundo sobre oportunidades de emprego, a experiência de morar fora, bolsas de estudo e vistos para morar no exterior.