Moulin Rouge Paris: como visitar e a história do famoso cabaré

Visitar Paris  / 

Paris, uma das cidades mais famosas da Europa. E com certeza, dentre todos os pontos turísticos que a cidade oferece, o Moulin Rouge é um que não devemos perder. Muitos de nós conhecemos esse famoso cabaré por causa do filme, mas não foi por isso que se tornou um atrativo na cidade.

Você quer saber mais sobre o Moulin Rouge? Continue lendo esse artigo e descubra o que você pode encontrar nesse ponto turístico de Paris.

O que é o Moulin Rouge?

O Moulin Rouge é, atualmente, uma casa de shows parisiense e uma das principais atrações turísticas da cidade.

A História do Moulin Rouge

Construído em 1889, Moulin Rouge foi um dos cabarés mais famosos mundialmente. Criado para que as pessoas pudessem se divertir no bairro de Montmartre, foi lá que nasceu o famoso “Cancan” que conhecemos.

Em 1915 sofreu um incêndio, mas foi reconstruído dez anos depois, tendo uma veia mais teatral, dispondo de 1500 lugares sentados. Durante a Segunda Guerra Mundial foi transformado em clube dançante, mas perdeu a sua fama e esplendor.

Nos anos 50 foi novamente renovado e inaugurado, devolvendo a sua alma inicial, onde as pessoas poderiam se divertir, assistindo aos shows magníficos.

O baile do Moulin de la Galette

Le Moulin de la galette, quadro Renoir

Toda essa diversão ao redor do Moulin Rouge e no bairro boêmio de Montmartre foi inclusive uma inspiração para o famoso pintor Pierre-Auguste Renoir, que representou a “belle époque” em sua pintura “Le bal du Moulin de la Galette”, que atualmente está exposto no Musée d’Orsay.

Não deixe de conhecer a lista dos museus de Paris que preparamos para você.

Meninas da Doris

Doris foi uma menina alemã que fez aulas de dança escondida dos pais e se tornou a maior coreógrafa do Moulin Rouge. Até hoje, as dançarinas do Moulin Rouge são chamadas de “meninas de Doris”, pois Doris conseguiu fazer com que o Moulin Rouge crescesse e renascesse como o mais prestigiado cabaré do mundo.

Principais atrações do Moulin Rouge

A fachada por si só já é uma atração. Portanto não deixe de tirar uma selfie com o cabaré ao fundo.

O Moulin Rouge atualmente conta com duas apresentações diárias. As 21:00 e às 23:00. Há uma opção com jantar, que serve os pratos às 19:00 e o show começa às 21:00.

Discoteca do Moulin Rouge

Esta é outra dica legal de o que fazer em Paris. A casa de espetáculos investiu recentemente na compra de uma discoteca, onde criou vários ambientes e faz festas temáticas. A discoteca chama La Machine du Moulin Rouge e está aberta ao público.

Onde fica o Moulin Rouge

Está situado no bairro Montmartre, na Boulevard de Clichy, número 82, em frente à estação de metrô Blanche.

Como chegar ao Moulin Rouge

É possível chegar me metrô, conforme dito acima. Para descer na estação Blanche basta pegar o metro da linha 2. Se optar pela linha de ônibus, é possível pegar as linhas 74, 81 ou 95.

Veja quanto custa viajar para Europa.

Como são os shows do Moulin Rouge?

Shows Moulin Rouge Paris

Atualmente o show em cartaz no Moulin Rouge é o “Féerie”, que conta com 80 artistas, sendo 60 “meninas de Doris” que foram recrutadas em todo o mundo.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Além disso, são utilizados 1000 fantasias tradicionais, cheias de penas e lantejoulas, todas produzidas pelas mais famosas modistas de Paris e desenhadas por designers italianos.

Os shows são maravilhosos e o público ainda é surpreendido por uma representação dentro de um aquário gigante. Tudo isso acompanhado de uma música original gravada por 80 músicos e 60 cantores de coro.

O show é constituído por 5 atos

Primeiro ato – O Moulin Rouge hoje e ontem

Com um toque de nostalgia, o público entra no mundo no Moulin Rouge, introduzido pelas “meninas de Doris”.

Segundo ato – Os piratas

Uma história de um barco ancorado, sonhos, cobras, tesouros, sacrifícios e amor. Tudo isso com muita dança, música e cores.

Terceiro ato – O circo

Tudo o que um espetáculo circense tem direito, com muita cor, alegria e música, terminando com um show das “meninas de Doris”.

Quarto ato – O Moulin Rouge, de 1900 a…

Um tributo às mulheres parisienses, pela libertação de Paris e pela passagem do tempo que dá liberdade às novas gerações. Esse ato é realizado pelas famosas “meninas de Doris” dançando o tão conhecido Cancan.

Quinto ato – Internacional

Performances artísticas internacionais, às vezes sensuais, às vezes engraçadas, com malabarismo, velocidade, precisão, flexibilidade e leveza. Tudo isso com música e cores, fazendo um espetáculo magnífico.

Duração do show

O espetáculo todo dura duas horas. E é aconselhável chegar com meia hora de antecedênca!

Horário dos espetáculos

Os horário são:

  • Jantar: 19h
  • Show: 21h
  • Show: 23h

Porém, às vezes há eventos além desses que já fazem parte do calendário, como por exemplo almoço e show “matinées” que acontecem nos dias dia 18 de março e 15 de abril ou em datas especiais como dia dos namorados. Aconselho a ficar de olho no calendário no próprio site.

Quanto custam os ingressos para visitar Moulin Rouge?

Os preços variam de acordo com o que você com o horário, com o dia da semana, com a época do ano…mas a média de preços é:

  • Somente o show: de 70 a 240 euros;
  • Jantar + show: de 180 a 430 euros.

Veja online o preço de alguns pacotes para visitar o Moulin Rouge.

Onde comprar ingressos para o Moulin Rouge

Os ingressos tanto para o show quanto para o jantar podem ser comprados online, como é o exemplo do Espetáculo Moulin Rouge + Champanhe por 97€/pessoa se comprado online. Você também pode comprar na porta, mas o valor pode variar de acordo com a lotação da casa e período do ano.

Melhor época para visitar Moulin Rouge

Na minha opinião, a melhor época para visitar Paris, e consequentemente o Moulin Rouge, é na primavera ou no outono, (entre os meses de fevereiro a abril ou setembro a novembro), pois as temperaturas são mais amenas, a cidade tem menos turistas, os preços dos hotéis e das passagens são mais baixos.

Além disso, Paris na primavera e no outono fica ainda mais encantadora (se é que isso é possível – sim, na minha opinião é).

Vale a pena visitar o Moulin Rouge

Você também pode optar por conhecer o Crazy Horse, considerado o autêntico cabaré parisiense.

Vale a pena visitar Moulin Rouge?

Isso vai depender da sua disponibilidade financeira, pois como vimos, os ingressos não são baratos. Ou seja, é um investimento que deve ser feito, pensando bem no que está comprando.

Eu nunca tive a oportunidade de ir a um show/jantar na casa, mas fui fazer a visita na fachada e tirar a típica foto de turista, mas pelo que já li na internet sobre os shows, vale a pena o investimento. A maioria dos comentários são positivos e dizem que os figurinos, o cenário, a coreografia, ou seja, todo o conjunto é incrível e que é um espetáculo que não se deve perder.

Por isso, se eu tiver oportunidade, quando for novamente a Paris, com certeza vou reservar tempo (e dinheiro) para assistir à um espetáculo no Moulin Rouge e apreciar um bom jantar.

Indo à Paris? Aproveite para conhecer os monumentos de Paris e veja como entrar no Museu do Louvre sem pegar fila (essa dica vale ouro, digo, horas!).

Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Julia é brasileira, formada em Turismo e mora em Portugal há 6 anos. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.