Portugal eleito o destino mais gay friendly do mundo: saiba porquê

Visitar Portugal  / 

Paris, Madri e Berlim são cidades que oferecem muitas opções destinadas ao público LGBT (Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transexuais – vale ressaltar que a sigla recebeu a letra “I” recentemente em referência aos Intersexuais), mas a comunidade gay também encontra espaço em terras lusitanas.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Em março de 2019, o jornal português Público revelou que Portugal foi eleito o destino mais gay friendly do mundo, de acordo com o famoso guia Spartacus (voltado para a comunidade gay). Neste artigo, vamos descobrir por que Portugal tem sido o destino favorito de gays e lésbicas do mundo inteiro.

Portugal eleito o destino mais gay-friendly do mundo: descubra as razões

Ao lado da Suécia e do Canadá, Portugal tem orgulho de ser considerado um dos países mais hospitaleiros para a comunidade LGBTI em 2019, estando em primeiro lugar junto com os outros 2 destinos citados.

Quando dizemos Portugal eleito o destino mais gay friendly do mundo, estamos considerando essencialmente Lisboa (e também o Porto), que oferecem uma variedade de atrações especialmente voltadas para o público LGBTI, que possui alto poder econômico (o conhecido Pink Money).

De acordo com pesquisas realizadas no Brasil há poucos anos atrás, constatou-se que o público gay gasta 30% a mais que o público heterossexual. Isso é muito em função de não terem filhos (na maioria das vezes), optando por investir o dinheiro em cultura, lazer e principalmente turismo.

O turista LGBT gosta de viajar, aprecia festas e preza por comer e se vestir bem. Com um olhar ambicioso em um mercado que traz resultados tão positivos, existe no mundo afora inúmeras agências de viagens exclusivas para atender este perfil, inclusive no Brasil.

Isso sem mencionar os diversos cruzeiros temáticos voltados para gays e lésbicas partindo dos Estados Unidos para diferentes cantos paradisíacos.

Sendo assim, propiciar lazer para esse público específico, além de ser rentável, é também mostrar-se livre de preconceitos, até por que Portugal possui leis anti-discriminação, e uma legislação que é inclusiva a todas as orientações sexuais.

Veja algumas sugestões imperdíveis para curtir Lisboa e descubra a razão de Portugal ter sido eleito o destino mais gay-friendly do mundo.

portugal destino gay

Atrações gay-friendly em Lisboa, Portugal

A cidade oferece uma variedade de bares, boates e eventos gays de acordo com as preferências de cada um.

Bares

Society

Bar dedicado ao público lésbico, inaugurado em 2018 no bairro de Príncipe Real. O Society possui programação variada para mulheres que gostam de mulheres.
Onde: Rua Cecílio de Sousa 72 – Lisboa.

Corvo

Bar gay para o público masculino, localizado também no Príncipe Real e aberto em 2017. O Corvo oferece cocktails, cerveja artesanal e também aperitivos, além – é claro – de boa música.
Onde: Calçada Engenheiro Miguel Pais 18 – Lisboa.

FavelaLX

O nome do FavelaLX já indica ter raízes brasileiras. Este pequeno bar gay em Alfama oferece desde shows de drag queens, música e apresentação de novos talentos da cena Queer da cidade. A bebida principal da casa só poderia ser caipirinha.
Onde: Calçada do Cascão 10 – Alfama – Lisboa.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Bar Cru

Destinado ao público gay, o Bar Cru possui uma programação peculiar em dois dias da semana, quando os frequentadores podem dançar a vontade da forma como vieram ao mundo – nu, além de festas temáticas digamos hot.
Onde: Rua de são Marçal 170 – Lisboa.

Bar 106

Em tempos de aplicativos de paquera, o Bar 106 voltou ao passado e ressurgiu com uma festa cujo o propósito é enviar mensagens de paquera (daquela forma arcaica que todos nós conhecemos) entre os frequentadores do local. É um dos bares mais antigos da cidade, tendo mais de 20 anos de existência.
Onde: Rua de São Marçal 106 – Lisboa.

Pra Dançar

Trumps

O Trumps é uma famosa discoteca de Lisboa, possui 2 pistas de dança que exploram o house e o pop àexaustão. Ambiente animado, sendo a frequência basicamente de jovens.
Onde: Rua da Imprensa Nacional 104 B – Lisboa.

Lux

É um bar mas também discoteca e sala de concertos, sendo um dos locais mais badalados da noite lisboeta. Além de um terraço espetacular com vista para o Tejo, o Lux possui festas temáticas e DJ’s renomados. Sempre tem filas na porta e nem sempre todos tem a chance de entrar.

Integração Social para a comunidade LGBTI

A instituição ILGA Portugal foi criada em meados dos anos 1990, sua sigla significa Intervenção Lésbica, Gay, Bissexual, Trans e Intersexo, sendo uma associação de solidariedade social de defesa dos direitos LGBTI de Portugal.

O principal objetivo da ILGA Portugal é promover uma integração social da população LGBTI por meio de um programa de apoio no âmbito social, que possa oferecer uma melhor qualidade de vida, através da luta contra o preconceito em razão da orientação sexual, e a promoção da cidadania, igualdade de gênero e dos Direitos Humanos.

São iniciativas importantes como a instituição ILGA que tornam Portugal o destino mais gay-friendly do mundo, onde a população LGBTI encontra apoio e solidariedade.

Observação: a ILGA é uma instituição laica e apartidária.

Sendo assim, a ILGA Portugal conta com vários projetos em curso, e sua área de trabalho abrange temas como educação, família, identidade de gênero, política, saúde e violência.

Além disso, ela ainda oferece serviços como apoio jurídico, psicológico (apenas para mencionar algumas áreas) para a comunidade LGBTI portuguesa.

Para mais informações ou esclarecimentos, poderá dirigir-se pessoalmente a sede localizada no endereço: Rua dos Fanqueiros 40 – Lisboa oi  aceder à página no Facebook: Centro LGBT.

Mas além da ILGA, Portugal também irá contar em breve com uma “Casa da Diversidade”. O Centro Municipal LGBTI (Casa da Diversidade) estará localizado no Mercado Forno de Tijolo, na freguesia de Arroios.

Um dos objetivos do local é dar respostas sociais com o suporte de associações, gabinetes de atendimento especializado, espaços de coworking e sala para espetáculos culturais.

Curiosidade: Portugal foi o 6° país europeu a aprovar o casamento entre pessoas do mesmo sexo.

Acomodação gay-friendly em Portugal

Portugal, eleito o destino mais gay-friendly do mundo, não poderia deixar de ter acomodações voltadas para este público em especial. Conheça algumas delas.

The Late Birds

A localização não poderia ser melhor, no coração do tradicional Bairro Alto e Príncipe Real, a guesthouse The Late Birds é uma opção ideal de hospedagem para a comunidade gay masculina que busca conforto e privacidade. A casa do século XVIII possui bar, lounge e jardim onde podem ser celebrados festas e casamentos gays.

Ingresso: 166€. Reserve pelo Kayak.

Stay Inn Lisbon

No segmento econômico, o hostel Stay Inn Lisbon é uma ótima opção de acomodação gay-friendly para aqueles com orçamento mais curto, mas que não abrem mão de uma boa localização. Possui quartos com banheiro privativo, compartilhado e na área comum, uma sala espaçosa com sofás para os hóspedes interagirem.

Solar dos Mouros

Hotel de alta categoria no destino mais gay-friendly do mundo, com vista panorâmica para o Castelo de São Jorge e o rio Tejo. Acomodação possui quartos amplos e confortáveis e o melhor: está perto de bares e boates que agitam as noites gays lisboetas.

Ingresso: cerca de 170€. Reserve pelo Booking.

Casa Alegria – Gay Guest House

Localizada na cidade do Porto e inaugurada recentemente, a Casa Alegria é uma acomodação exclusivamente voltada para o público gay se sentir em casa, literalmente.

O local é um prédio histórico do início do século XX, com 5 charmosos quartos, além de jardim, terraço, sala de estar e diversão. Situada no centro da cidade, a Casa Alegria está pertinho das principais atrações e de uma estação de metrô. Isso sem contar que o espaço é clothing optional, isto é, o uso de roupas é opcional.

Ingresso: cerca de 40€. Reserve pelo Booking.

elevador da gloria no bairro alto

Dica: a maioria dos restaurantes nos bairros Príncipe Real e Bairro Alto são gay-friendly.

Arraial Pride

Um dos eventos mais aguardados de Lisboa acontece anualmente no mês de junho, quando a famosa Avenida da Liberdade é tomada pelas cores do arco-íris, símbolo da comunidade gay.

A cidade se torna colorida com muitas festas em diferentes pontos da cidade, podendo ocorrer nos jardins da Torre de Belém ou mesmo na Praça do Comércio, ao som de muita música, animação e tolerância.

Cabe evidenciar que, em 2018, Portugal teve o maior número de Marchas do Orgulho LGBTI, em cidades como: Bragança, Coimbra, Guimarães, Viseu, Faro, Braga, Vila Real e Funchal, sendo algo improvável no passado. Além, é claro, das tradicionais de Lisboa e Porto.

Dica: para saber a respeito de todos os eventos LGBT em Portugal, acesse o site Portugal Pride para ficar por dentro de tudo.

Portugal para todos – Casa abrigo LGBTI

Em 2018, a cidade Matosinhos, que pertence ao Distrito do Porto, inaugurou a primeira casa-abrigo para a população LGBT. A Casa Arco-Íris, como é chamada, surgiu com a proposta de oferecer acolhimento urgente e de curta duração para as vítimas de violência doméstica LGBTI.

Essa conquista representa um marco para a comunidade LGBTI, sendo a primeira casa do gênero a ser aberta no país. Com capacidade para acolher até 7 pessoas simultaneamente, a Casa Arco-Íris oferece apoio gratuito social, psicológico e jurídico, além de proteção e segurança a vítimas que estão em vulnerabilidade social.

A casa é gerida pela Associação Plano i (APi), que também é responsável pelo Centro Gis (serviço de atendimento à população gay, lésbica, bissexual e trans vítimas de violência doméstica) que funciona desde 2017.

O Centro Gis também está localizado em Matosinhos e, além de oferecer suporte social, psicológico e jurídico à população LGBTI, também desenvolve ações articuladas com escolas e outros locais com o intuito de sensibilizar e prevenir no que diz respeito a homofobia e transfobia.

Festival de Cinema Gay

Além de hotéis, bares e festas para a comunidade LGBTI, não poderia faltar também a sétima arte. O Queer Lisboa é um festival de cinema dedicado à comunidade gay, exibindo filmes e documentários de várias partes do mundo (inclusive do Brasil).

Em 2019, o festival ocorrerá entre os dias 20 e 28 de setembro (o mesmo festival acontece também no Porto). Anualmente, o Queer Lisboa exibe cerca de 100 filmes dos mais diversos países.

Vale mencionar que o festival de cinema gay de Lisboa é um dos maiores da Europa e também o mais antigo festival de cinema da cidade. O evento conta com um público imenso no Cinema São Jorge e Cinemateca Portuguesa, movendo em seguida para o Porto, repetindo o sucesso na cidade.

No passado, havia no Brasil o Festival Mix Brasil que tinha o mesmo propósito, exibindo filmes e documentários de temática LGBT. Infelizmente, o festival foi encerrado por ausência de patrocínio.

Curiosidade: os bairros mais gays de Lisboa são Príncipe Real e Bairro Alto. O primeiro tem um memorial às vítimas de homofobia, enquanto que o segundo possui a maior concentração de bares e discotecas para este perfil de público.

Praias gay no destino mais gay-friendly do mundo

Portugal se revela muito à frente de outros países quando o assunto se refere a atrações para a comunidade LGBTI. Uma delas diz respeito a duas praias muito frequentadas por turistas gays e também por portugueses.

A Praia 19 está localizada a 30 km de Lisboa, na Costa da Caparica, cujo público em sua (grande) maioria é gay e naturista, daí a razão de ter recebido o apelido de praia gay. A denominação só veio reforçar positivamente o título de Portugal eleito o destino mais gay-friendly do mundo.

A outra opção é a Praia do Meco, que reúne todos os gêneros, independentemente da orientação sexual. Frequentada por nudistas desde os anos 1970, a praia se tornou oficialmente naturista somente em 1995. Protegida por falésias que garantem a privacidade à nudez, a Praia do Meco só é acessível de carro, estando situada a 40 km de Lisboa.

Dica: a melhor época para curtir a praia 19 é entre os meses de maio a outubro. Quem quiser ficar pertinho da praia, pode se hospedar no hotel gay Villa 3 Caparica.

Praias de Portugal: veja quais são as melhores e melhor época para visitar

A única Sauna Mista LGBT Hetero-Friendly fica em Portugal

A transexual Kiki Pais de Sousa é uma das figuras mais representativas do meio transgênero português, tendo estampado há poucos anos atrás a campanha “Somos os Direitos que temos” da Câmara Municipal de Lisboa.

Com o intuito de agregar todas as orientações sexuais em um único espaço, sem distinção de gênero, Kiki criou a SaunApolo 56, a única sauna mista LGBT hetero-friendly da Europa, onde todas as orientações sexuais são bem-vindas, respeitando as regras e códigos de ética do local.

Além disso, a sauna ainda oferece festas temáticas, onde os frequentadores podem usar pulseiras para indicar sua orientação sexual ou mesmo se está solteiro(a) ou acompanhado(a).

Onde: Rua Luciano Cordeiro 56 – Lisboa.

Em Portugal, conheça também Peniche, um destino secreto que vale a pena visitar.

Aplicativo de Saúde Gay – A tecnologia como aliado da prevenção

Criado em 2018, o CheckMe é o primeiro app português sobre saúde para homens gays, uma ideia inovadora elaborada pelo Grupo de Ativistas em Tratamentos (GAT).

O aplicativo informa a respeito de doenças sexualmente transmissíveis (DST), lembretes para marcações e exames, dentre outros avisos e explicações úteis.

Disponível nos sistemas iOS e Android, o CheckMe é gratuito e representa um importante canal de informação para os gays no que diz respeito à saúde, tendo como principais objetivos prevenir, informar e conscientizar.

A versão gay do Airbnb

Poucos sabem dessa novidade, mas existe uma espécie de “versão gay” da plataforma Airbnb, onde um turista gay pode reservar apartamentos, quartos privativos e hotéis gay-friendly.

O site Misterb&b conta com acomodações em 135 países para que turistas possam desfrutar da melhor hospitalidade gay ao redor do mundo. A plataforma que está disponível também no idioma português, ainda oferece dicas e guias acerca dos principais destinos para a comunidade LGBTI atualmente.

E em se tratando de guia, turistas estrangeiros que gostariam de descobrir os encantos de Lisboa e suas principais atrações LGBTI, já podem contar com um site destinado exclusivamente para isso.

O gaylisbon4u está dividido em categorias como praias, eventos, bares, hotéis, tours, etc., especialmente para gays que buscam diversão, paquera e agito em território lisboeta.

Mas se o interesse for por notícias e eventos sobre temática LGBT em Portugal (e também no mundo afora), o site Dezanove é super interessante, pois aborda diversos assuntos em evidência na mídia atual, principalmente no cenário português.

O Fado LGBT

O Fado está para Portugal assim como o samba está para o Brasil. Entretanto, um projeto musical que tem por finalidade dar visibilidade a comunidade LGBTI tem atraído atenção, apresentando uma versão gay do Fado: O Fado Bicha.

Na voz de Lila Fadista, o Fado Bicha adapta fados tradicionais para uma linguagem LGBTI baseado em situações do cotidiano típicas da comunidade em questão.

No lugar da tradicional viola, a guitarra elétrica dá as caras nessa nova experimentação musical, tendo como propósito uma atividade artística de ativismo acima de tudo, sem ferir os valores do conhecido gênero musical português.

Características de um país gay-friendly

  • Permitido o casamento entre pessoas do mesmo sexo;
  • Adoção por casais homossexuais;
  • Leis anti-discriminação;
  • Direitos para pessoas “trans”;
  • Eventos como parada gay ou manifestações em pró da comunidade LGBTI;
  • Hospitalidade dos residentes;
  • Não há influência religiosa.

parada gay em portugal

Apesar de todos estes avanços na comunidade LGBTI que tornou Portugal eleito o destino mais gay-friendly do mundo, ainda existem países que discriminam e condenam a homossexualidade com pena de morte, tais como:

  • Uganda;
  • Arábia Saudita;
  • Nigéria;
  • Paquistão;
  • Irã;
  • Malawi;
  • Líbia;
  • Somália;
  • Afeganistão.

Além desses acima, alguns outros países se enquadram nesse retrocesso e intolerância em relação a igualdade de direitos, ferindo a liberdade individual do ser humano.

Na lista dos países mais hospitaleiros para a comunidade gay em 2019, Portugal saltou da 27° posição para a 1°. Veja o ranking de alguns outros países “livre” de preconceitos de acordo com o site Spartacus Gay Travel Index:

1. Portugal, Canadá e Suíça;
2. Áustria, Dinamarca, Bélgica, Finlândia, Islândia, Luxemburgo, Malta, Holanda, Nova Zelândia, Noruega e Espanha;
3. França e Irlanda.

Observações: as categorias avaliadas foram: Direitos Civis, discriminação e violência de gênero.

O Brasil, no entanto, tem um longo caminho a seguir, ficando na 68° posição. A lista completa pode ser vista na página Spartacus Gay Travel Index 2019.

Mas se a terra do samba e Carnaval está longe de ser um perfeito destino gay-friendly, há grandes perspectivas que Portugal receba o maior evento LGBTI da Europa: o Europride em 2022.

Curiosidade: os países que mais “emitem” turistas LGBTI por incrível que pareça são: China, Indonésia, Índia, Brasil e Rússia. É fácil compreender a razão disso quando observamos que estes países têm pouca ou quase nenhuma tolerância com a comunidade LGBTI. Dessa forma, eles acabam optando por viajar para destinos gay-friendly, onde eles podem se divertir sem precisar esconder a sua orientação sexual.

Mercado de Trabalho LGBTI

Em 2018, a Vodafone lançou o programa LGBT+ Friends Connect, cujo objetivo era recrutar pessoas LGBT em relação ao primeiro emprego, dando suporte a elas. A iniciativa será implantada em todos os países onde a marca atua.

Apesar de Portugal ter sido eleito o destino mais gay-friendly do mundo, e estar muito à frente com relação a diversos outros países (inclusive Brasil) no que diz respeito a tolerância e igualdade de gêneros, ainda assim há espaços a serem conquistados, principalmente no mercado de trabalho.

De acordo com um estudo realizado pela Out Now, que analisou o comportamento da comunidade LGBT no ambiente de trabalho em Portugal, foi avaliado que:

  • 76% dos portugueses questionados no estudo admitiram já terem escondido a orientação sexual no trabalho;
  • 49% disseram ter ouvido comentários negativos acerca da comunidade LGBT no primeiro emprego;
  • 31% confessaram se sentir menos produtivo em suas respectivas funções, por não se sentirem à vontade para se assumir;
  • 20% afirmaram que “sair do armário” foi uma das coisas mais difíceis que fizeram no ambiente de trabalho.

O estudo feito pela Out Now, especialmente para a Vodafone, abrangeu também outros países além de Portugal, como: África do Sul, Alemanha, Austrália, Espanha, Grécia, Holanda, Hungria, Irlanda, Itália, Nova Zelândia, Reino Unido, República Tcheca, Romênia e Turquia.

Para conferir o resultado da pesquisa (em inglês) nestes países, basta acessar ao relatório.

Saiba por que Portugal foi eleito o destino mais gay-friendly do mundo

  • Em 2013 e 2016, cruzeiros gays atracaram no porto de Lisboa;
  • A Coca Cola criou há alguns anos atrás um anúncio gay-friendly para o mercado português;
  • Chiado, Bairro Alto e Príncipe Real são os bairros mais gays de Lisboa;
  • No segmento pink money, a Lisbon Beach Tours oferece atividades e tours especialmente para o turista LGBTI.

Portugal, eleito o destino mais gay-friendly do mundo, caminha a passos largos e isso é visível através de diferentes atrações turísticas que não visam apenas o lucro, mas também o respeito e a aceitação para com uma comunidade.

Dica: se está planejando viajar para Portugal, é importante saber que é obrigatório ter um seguro viagem. Sugerimos que faça uma simulação no comparador de seguro viagem do Euro Dicas Turismo para conferir as várias opções de seguro para a sua viagem à Europa.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Jornalista, vive no Brasil e ama Portugal, tem passagens pela África, Europa e América do Norte/Sul. Além da paixão por viagens, também adora animais e apoia projetos de conservação de vida selvagem na África do Sul e Brasil.