A Sé de Lisboa, ou Igreja de Santa Maria Maior, ou Catedral de Lisboa, é a sede do Patriarcado de Lisboa. Foi construída no início do século XII, quando o primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, recuperou a cidade dos mouros.

Ela foi construída sobre uma antiga mesquita muçulmana e apresenta, em sua arquitetura, traços românticos, góticos, barrocos e neo-manuelinos. Saiba mais sobre a principal igreja de Lisboa.

Informações sobre a Sé de Lisboa

[wcontent-info-box poi]

História da Sé de Lisboa

Local de enorme valor religioso, histórico e artístico, a Sé de Lisboa é a sede do Patriarcado na cidade. Ao longo de sua história, a igreja foi reformada diversas vezes, inclusive em estilos arquitetônicos diferentes.

A sua construção data de 1147. Neste ano, o primeiro rei de Portugal, D. Afonso Henriques, reconquistou a cidade dos mouros e mandou erguer a igreja sobre uma mesquita muçulmana.

Escavações futuras revelariam que, além de mesquita muçulmana, o local já tinha sido um templo visigodo. As escavações ainda podem ser vistas na visita ao claustro, cujo ingresso custa 2,50€.

D. Afonso Henriques mandou trazer do Algarve as relíquias do mártir São Vicente de Saragoça e deixou-as em exposição na Sé. Até hoje é possível conferir parte da coleção na parte superior da igreja, chamada de Tesouro. O ingresso também custa 2,50€.

Sé de Lisboa interior

Arquitetura em diferentes estilos

A Sé atual é resultado de diversas intervenções arquitetônicas que acompanham a história das artes e da cidade.

O primeiro arquiteto da Sé foi Mestre Roberto, um francês de provável origem normanda, que também trabalhou na construção da Sé de Coimbra e do Mosteiro de Santa Cruz, na mesma cidade.

O edifício original seguia os cânones do estilo românico, mas entre os séculos XIII e XIV sofreu as primeiras alterações. No século XIV, a sua fachada foi destruída por um terremoto. Na reconstrução, ela recebeu o claustro e outros elementos góticos.

No século XVI, a Catedral de Lisboa foi ampliada e recebeu pinturas de época. Posteriormente, o rei D. Afonso IV mandou construir o deambulatório, para seu panteão familiar.

Nos séculos XVII e XVIII, foram efetuadas obras em estilo barroco, principalmente nos altares e na capela-mor. Em 1755, ela sobreviveu a um grande terremoto e várias partes da construção tiveram que ser refeitas. A sua estrutura original foi mantida, mas foram adicionadas decorações no estilo barroco e neoclássico.

Na primeira metade do século XX, foram realizadas obras de restauro, buscando recuperar o aspecto medieval da construção.

O que ver na Sé de Lisboa

Não deixe de visitar o claustro, onde é possível checar escavações que revelam as sucessivas ocupações deste espaço.

Viajar com internet ilimitada no mundo todo?

Nós avaliamos as principais empresas de chip internacional e a nossa favorita é a America Chip. É a única empresa que oferece internet ilimitada e ligações pelo melhor preço. Visite o site e confira.

Ver Planos →

Embora boa parte do seu antigo espólio esteja em outros museus, a Sé inclui uma boa coleção que vale ser visitada.

Onde fica a Sé de Lisboa

Como chegar na Sé de Lisboa

Se optar pelo metrô, a Sé fica a seis minutos a pé da estação Terreiro do Paço. Ou a 10 minutos da estação Baixa-Chiado.

Os ônibus elétricos que passam na Sé são o 28E e o 12E. Também pode-se pegar o ônibus 737 ou qualquer outro que passe pelo Campo das Cebolas e pelo Terminal de Cruzeiros da Alfândega.

Horário de funcionamento

A Catedral pode ser visitada de segunda a sábado, das 9h às 19h; e aos domingos, das 9h às 20h.

Conhecendo a Sé de Lisboa e a cidade

City tour por Lisboa

Você tem a opção de fazer um tour por Lisboa que garante a visita à Sé e aos principais pontos turísticos da cidade. O portal Get Your Guide oferece um city tour guiado de meio dia pela cidade.

Por 45€, o ônibus pega os turistas no hotel e os leva para um passeio guiado de quatro horas, que inclui os seguintes pontos turísticos:

Circuito 2 em 1 Hop-On Hop-Off

Outra dica é aproveitar o Circuito 2 em 1 do Ônibus Hop-On Hop-Off, também do Get Your Guide.

Por 18€, pode-se utilizar por 48 horas dois circuitos de ônibus turístico pela cidade. Cada visitante faz as paradas que desejar e uma das áreas por onde o ônibus passa é a do Tejo, onde fica a Catedral.

Dicas para visitar a Sé de Lisboa

A localização da igreja fica em um ponto bem central e congestionado da cidade, então a melhor dica é utilizar o transporte público, de preferência o metrô ou o ônibus elétrico. Outra opção é usar um tuk-tuk.

Aproveite a visita à Sé para apreciar as vistas do Rio Tejo. Há alguns mirantes que proporcionam belas paisagens e merecem uma parada para fotografia.

sé de lisboa

O que ver por perto

A Sé fica muito próxima ao Rio Tejo e tem inúmeras atrações próximas. Então, vale a pena se programar para aproveitar o deslocamento e explorar um pouco mais da região no mesmo dia.

Selecionamos algumas sugestões de atrações em Lisboa que poderá visitar:

Casa dos Bicos (Fundação José Saramago)

Museu sobre a vida e obra de José Saramago, autor vencedor do Nobel. O museu fica em um edifício restaurado do século XVI. Fica na Rua dos Bacalhoeiros 10, 1100-135.

Museu do Chiado

Museu de arte contemporânea, com exposições de arte portuguesa deste 1850 até à atualidade. Na Rua Serpa Pinto 4, 1200-444.

Museu de Lisboa (Teatro Romano)

Museu com ruínas subterrâneas do antigo teatro romano da cidade de Olisipo. Na Rua de São Mamede 3 A, 1100-532.

Miradouro de Santa Luzia

Este mirante popular com pérgula oferece vistas extraordinárias de Lisboa e do Rio Tejo. Fica no Largo Santa Luzia, 1100-487.

Museu do Fado

Exposição permanente sobre o tradicional ritmo português, com apresentações e arquivos audiovisuais. Tem também um café. Fica no Largo do Chafariz de Dentro 1, 1100-139. Conheça ainda as casas de Fado em Lisboa.

Museu Nacional do Azulejo

A coleção de azulejos fica dentro de um monastério do século XVI. Na Rua Me. Deus 4, 1900-312.

Zoológico

Conta com 300 espécies, fazendinha e programa de preservação, além de shows diários com golfinhos. Na Praça Marechal Humberto Delgado, 1549-004.

Parque Eduardo VII

Árvores e gramados bem cuidados com uma agradável vista do Tejo.

Ponte 25 de Abril

Esta ponte suspensa, estilo Golden Gate, se estende por mais de dois quilômetros, unindo Lisboa à Almada. Uma boa opção é fazer um passeio de barco no Rio Tejo. Vale muito a pena!

Amoreiras Shopping Center

Na Avenida Engenheiro Duarte Pacheco, 1070-103, o edifício do shopping conta com uma plataforma ao ar livre que oferece vistas panorâmicas de Lisboa.

Dica: se está planejando viajar para Portugal, é importante saber que é obrigatório ter um seguro viagem. Faça uma cotação no nosso comparador de seguro viagem e descubra qual o melhor e mais barato para você.

  • Procura ingressos para as melhores atrações da Europa?

    Na Get Your Guide você encontra os melhores tours guiados, entradas para atrações turísticas e atividades únicas em todos os destinos europeus pelo melhor preço.

    VER ATRAÇÕES →
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Para entrar na Europa, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO →
  • Quer ter internet ao chegar na Europa?

    Nós indicamos o chip internacional da America Chip. Funciona em toda a Europa, tem internet ilimitada e os preços são ótimos.

    VER PLANOS →
  • Já tem um cartão de débito que funciona na Europa?

    Depois de testarmos as principais opções do mercado, a nossa escolha é Cartão Wise. É gratuito, seguro e com tarifas econômicas. O cartão Wise é entregue no Brasil e válido em toda a Europa.

    PEDIR CARTÃO →