Termas de Széchenyi: conheça um dos maiores banhos termais da Europa

Viajar pela Europa  / 

As Termas de Széchenyi são um excelente lugar para passar o dia e aproveitar os tratamentos com águas termais. Além disso, por terem uma boa estrutura, são também um ponto turístico muito procurado por quem visita Budapeste.

Vai viajar para a Europa? Saiba todos documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.


Aproveite o melhor da Europa sem qualquer preocupação.

RECEBER GRÁTIS »

Vamos descobrir mais sobre esse lugar e ver quais os tratamentos podemos fazer e quanto em média iremos gastar.

Informações sobre as Termas de Széchenyi

Endereço: Állatkerti krt. 9-11

Horário: todos os dias, das 6h às 22h

Como chegar: metrô: linha M1 (descer em Széchenyi fürdo); trem vermelho: linha 72 (descer em Széchenyi fürdo M)

Preço: de 5.200Ft a 31.000Ft

Como visitar as Termas de Széchenyi

As Termas de Széchenyi são uma das principais atrações turísticas em Budapeste e também o maior banho medicinal da Europa.

Localização

As Termas de Széchenyi estão localizadas em Budapeste, na Hungria. O endereço é Állatkerti krt. 9-11.

Como chegar nas Termas de Széchenyi

Para chegar nas Termas de Széchenyi, a melhor maneira é usando os transportes públicos de Budapeste.

  • Metrô: linha M1 (descer em Széchenyi fürdo);
  • Trem vermelho: linha 72 (descer em Széchenyi fürdo M).

O bilhete de transporte custa aproximadamente 450Ft.

Horário de funcionamento

As Termas de Széchenyi estão abertas diariamente, das 6h às 22h.

Preço e ingressos

O preço vai variar de acordo com o tempo que você vai querer ficar lá ou com o tipo de tratamento que você vai querer. A faixa de preço para os tratamentos e banhos varia de 5.200Ft a 31.000Ft.

Você pode comprar os ingressos diretamente na porta das Termas de Széchenyi. Mas a melhor opção é comprar os ingressos online, com antecedência e sem riscos.

Na Get Your Guide, o ticket para as Termas de Széchenyi sem filas custa 6.300Ft. Além da reserva ser simples e rápida, tem a vantagem do cancelamento fácil e de guardar os ingressos no seu celular.

Termas de Széchenyi: um pouco de história

As Termas de Széchenyi são as maiores da Europa. Foi também a primeira criada em Peste (um dos lados da cidade de Budapeste).

Sua construção se iniciou devido à um empreendimento de um engenheiro de minas chamado Vilmos Zsigmondy, que realizou perfurações no parque da cidade criando inicialmente os banhos terapêuticos, em 1881.

Como esse espaço não estava sendo suficiente para a demanda, em 1913, as Termas de Széchenyi foram construídas através de uns planos feitos por Gyozo Czigler.

Em 1927, ela foi restaurada e ampliada, tendo sido criados mais espaços para banhos para homens e para mulheres. A última obra feita no local foi em 1999, com uma reconstrução das piscinas e seus equipamentos.

Serviços disponíveis nas Termas de Széchenyi

Quem quer visitar as Termas de Széchenyi deve ver primeiro a lista de serviços que eles prestam, pois são muitos!

  • Piscina interior e exterior (com água termal);
  • Piscina exterior;
  • Piscina exterior com jacuzzi e hidromassagem;
  • Sauna;
  • Massagens;
  • Manicure e pedicure;
  • Aulas de exercícios na água;
  • Espaço para banhos de sol;
  • Banhos medicinais.

Infraestrutura das Termas de Széchenyi

As termas de Széchenyi são um complexo muito grande com diversas atividades (como já falamos no tópico anterior). Veja tudo o que ela oferece:

  • 11 piscinas termais de 28° a 40° (no interior);
  • 1 piscina de água fria de 20° (no interior);
  • 3 piscinas de imersão de 18° (no interior);
  • 1 piscina para natação de 26° a 28° (exterior);
  • 1 piscina para atividades de 30° a 34° (exterior);
  • 1 piscina termal de 38° (exterior);
  • 3 piscinas para tratamento médico de 30° a 34° (interior).

termas szechenyi em budapeste

Preços para cada tratamento

Os valores para entrar nas termas de Széchenyi são variados. Vamos ver alguns preços mais específicos:

  • Bilhete para um dia: 6.000Ft;
  • Bilhete para a parte da manhã (das 6h às 8h): 5.700Ft;
  • Bilhete para a parte da tarde (a partir das 19h): 5.700Ft;
  • Bilhete para visita guiada em inglês, duração 20 minutos (todos os dias às 10h30 e às 16h): 3.000Ft;
  • Pacote SPA básico (inclui entrada, toalha de banho, roupão, chinelos, touca de natação, toalha para o cabelo e 80ml de gel para banho): 17.000Ft;
  • Pacote SPA beauty (inclui entrada, toalha de banho, roupão, chinelos, touca de natação, toalha para o cabelo e 100ml de gel para banho, 100ml de shampoo e 100ml de creme de massagem): 22.000Ft;
  • Pacote SPA superior: (inclui entrada, toalha de banho, roupão, chinelos, touca de natação, toalha para o cabelo e 200ml de gel para banho e massagem aromática ou térmica de 45min): 31.000Ft.

Os preços para utilizar as Termas de Széchenyi nos finais de semana são aproximadamente 500Ft mais caros do que mostramos aqui.

Compra de ingressos para as Termas de Széchenyi

Você poderá comprar os ingressos diretamente na entrada do SPA, ou então, se preferir, pode comprar online. No Get Your Guide você pode adquirir o ticket para entrada prioritária, sem ficar nas filas, a partir de 6.300Ft (19€).

Você pode ainda optar por uma entrada nas Termas de Széchenyi com pacote de massagem, por 24.296Ft (73€).

Conversão de Euros (€) para Forints Húngaros (Ft) e Reais (R$): 1€ = 329,04 Ft = 4,59 R$ (em 27/08/2019)

Informações sobre águas termais

As águas termais que temos acesso nas Termas de Széchenyi possuem propriedades muito interessantes. Essa água termal específica é rica em cálcio, magnésio, hidro-carbonato, sódio e sulfato. Além disso,  tem também flúor e ácido metabólico.

A água potável disponibilizada pelas Termas tem propriedades curativas com cálcio, magnésio, hidro-carbonato, cloreto, sulfato, flúor e alcalinos.

Sugestões terapêuticas para os banhos nas termas

Muitas pessoas procuram as águas termais por causa das suas propriedades terapêuticas. As águas das Termas de Széchenyi são principalmente indicadas para tratar:

  • Doenças articulares degenerativas;
  • Artrite crônica e sub-aguda;
  • Tratamentos ortopédicos pós acidentes.

Já a água potável tem diferentes indicações:

  • Úlcera gástrica;
  • Superprodução de ácido gástrico;
  • Inflamação dos rins;
  • Gota;
  • Doenças da vesícula.

Curiosidades sobre as termas de Budapeste

Budapeste, além de ter as Termas de Széchenyi, tem muitas outras termas para visitar. É uma cidade muito turística e com vários pontos turísticos, tanto do lado Buda quanto do Peste.

As termas de Budapeste foram descobertas antes do século I a.C. e, no século XVI, teve as suas bacias canalizadas e começaram a construir as piscinas.

Algumas termas que foram construídas no século XIX ainda estão ativas e muitas pessoas viajam até Budapeste para visitá-las. Vamos ver outras duas termas que são famosas em Budapeste:

Gellért

Construída entre 1912 e 1918, encanta os turistas por ainda ter partes originais em sua construção. Tem piscinas com águas que chegam a 40°.

Para poder visitar essa terma, você deverá ir até ao hotel Danubius Hotel Gellért, no lado Buda de Budapeste. Para chegar lá basta pegar o metrô M4 e descer em Szent Gellért.

O preço da entrada é aproximadamente 6.644Ft e você pode comprar o seu ingresso para o Spa Gellért online.

Rudás

Essa terma teve sua construção iniciada em 1520 e ainda podemos ver parte da construção original. Tem uma piscina de água quente em um terraço, oferecendo uma linda vista para a cidade. Essa terma está localizada no lado Buda, perto da Ponte Erszébet. Para chegar lá é só pegar o ônibus 7, 8E, 110 ou 112.

O ingresso custa 5.200Ft durante a semana e 6.500Ft nos finais de semana. É possível adquirir sua entrada para o Banho Termal Rudas online com a Get Yout Guide.

Dica extra: se você quer conhecer as termas de Budapeste, saiba que o seguro viagem é obrigatório. Para contratar um seguro viagem ideal para o seu próximo destino você pode utilizar o nosso comparador de seguro viagem.

Em parceria com o portal Seguros Promo, garantimos os menores preços aos nossos leitores em planos completos das principais seguradoras do mercado. Faça a cotação e aproveite!

Confira nosso roteiro em Budapeste e se encante com a capital da Hungria.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
COMPARTILHE
Autor

Julia é brasileira, formada em Turismo e mora em Portugal há 6 anos. Tirou o mestrado em Empreendedorismo na Universidade da Beira Interior e atualmente está terminando o doutorado em Gestão. Apaixonada por viagens, baladas e por fazer novas amizades, gosta de usar o tempo livre para conhecer novos países e culturas.