Roteiro Budapeste: 3 dias de turismo pela capital da Hungria

Viajar pela Europa  / 

Com bastante cultura e animação, Budapeste é uma cidade muito procurada por turistas que visitam o Leste Europeu. Além disso, é uma das cidades europeias mais indicadas para passar um final de semana! Por isso, nosso tema hoje é: roteiro Budapeste.

Encontre o melhor pacote de férias para a Europa

Pacotes de Viagem, Circuitos, Multi Destinos, Cruzeiros.

Confira as promoções na Logitravel e garanta sua viagem dos
sonhos para a Europa.

VER OFERTAS DE FÉRIAS »

Vamos apresentar um roteiro de três dias em Budapeste para você conhecer os principais pontos da cidade! Além disso, você verá opções de bairros e de hospedagens na cidade, dicas de onde comer, assim como preços e horários dos pontos turísticos.

Roteiro Budapeste: conheça a cidade

roteiro budapeste rio danubio

Budapeste é a capital e a cidade mais populosa da Hungria. Foi formada por duas cidades, cortadas pelo Rio Danúbio: Buda e Peste. Apesar de Budapeste ser a união dessas duas cidades, para a população da Hungria, há o “lado Buda” e o “lado Peste”.

Buda é área montanhosa da cidade, que possui acesso mais restrito, e é povoada pela alta sociedade, que vive nos casarões.

Peste é plana, com muitas opções de transportes e prédios com vários andares. É neste lado que os turistas passeiam mais.

Budapeste é o principal centro financeiro, corporativo, mercantil e cultural do país, atraindo, por isso, um número elevado de turistas.

Budapeste está entre as cidades da Europa mais baratas para viajar.

Roteiro Budapeste: onde se hospedar

roteiro budapeste hotel

O lado Buda não tem tantas atrações quanto Peste, a não ser o Castelo de Buda e a linda vista para o outro lado da cidade. Por isso, o ideal é que você fique hospedado em Peste.

Peste possui 23 distritos e na cidade são usados algarismos romanos para se referir às regiões. Apesar de confuso, para nós até que é mais simples falar números do que pronunciar palavras na língua húngara. 🙂

Confira nossas dicas do que fazer em Budapeste.

Roteiro Budapeste: Bairros para se hospedar

Você tem seis opções de bairros para se hospedar em Budapeste:

  • Belváros e Lipótváros;
  • Budavár;
  • Erzsébetváros;
  • Ferencváros;
  • Jószefváros;
  • Terézváros.

Belváros e Lipótváros

É uma bonita e movimentada área, muito frequentada por turistas por possuir bons acessos a outras partes da cidade, atrações e boas hospedagens. É neste bairro que se situa o Parlamento.

Os hotéis La Prima Fashion Hotel Budapest e o D8 Hotel são boas alternativas para ficar bem no coração de Budapeste!

Budavár

Antigamente, o centro mercantil que abastecia a nobreza ficava nesse local.

Por ser uma região muito turística e com bastante conforto devido às opções de transportes, os preços das hospedagens aqui são caros.

Vai viajar para a Europa? Veja todos os documentos obrigatórios

Fizemos um checklist de todos os documentos recomendados e obrigatórios para se viajar para a Europa.

RECEBER GRÁTIS »

Caso você queira se hospedar em Buda, duas opções são o Hotel Erzsébet City Center e o Buda Castle Fashion Hotel Budapest.

Erzsébetváros

Erzsébetváros, ou Bairro Judeu de Budapeste, consiste em bairro residencial que fica perto do centro comercial da cidade.

Este bairro proporciona um bom custo X benefício ao turista que quer se hospedar em uma região bem localizada, com vida noturna agitada, bons restaurantes e bons preços nas acomodações.

O Roombach Hotel Budapest Center e o Eurostars Danube Budapest estão entre os preferidos de quem escolhe se hospedar no bairro.

Ferencváros

Com universidades, bares e restaurantes, Ferencváros possui um clima jovial.

Esse bairro parece bastante com o Bairro Judeu e é ideal para quem foge do alto padrão de Terézváros e da agitação de Erzsébetváros.

Você pode se hospedar no Ibis Budapest Centrum ou no The Three Corners Lifestyle Hotel.

Jószefváros

Jószefváros, também conhecido como Distrito VIII não tem uma boa fama entre a população húngara, pois na década de 1990 era ponto de prostituição. A violência fez com que recebesse a fama de ser o bairro mais perigoso de Budapeste.

Apesar da fama, é apenas um bairro mais humilde, que tem opções de hospedagens em áreas consideradas seguras, como o House Beletage e o Vagabond Corvin.

Terézváros

É neste bairro que está a mais conhecida avenida de Budapeste: a Andrássy, comumente chamada de “Champs Élysées de Budapeste”. Em 2002, a Andrássy foi incluída como patrimônio mundial da UNESCO.

Com bons restaurantes, atividade cultural e considerado um bairro residencial, a “Cidade de Tereza” é a escolha perfeita para casais que fogem do tumulto de turistas e não buscam curtir a noite agitada da cidade.

O Casati Budapest Hotel Superior e o Hotel Moments Budapest são excelente opções de hospedagem no bairro.

Confira nossas sugestões de onde ficar em Budapeste.

Roteiro Budapeste: três dias de turismo intenso

É possível, sim, conhecer os principais pontos turísticos de Budapeste em três dias. Porém, é preciso não fugir muito do seu roteiro para não deixar de fora nenhum local importante!

Por isso, apresentamos, a seguir, uma sugestão de roteiro que pode ser seguido, por exemplo, caso você visite a cidade de uma sexta de manhã até um domingo à noite, pelo menos.

Primeiro dia do Roteiro Budapeste

Suponhamos que você chegue à cidade em uma sexta-feira bem cedinho. Deixe suas malas no hotel.

Manhã

Visite o entorno do Parlamento de Budapeste, o terceiro maior do mundo e ícone da capital húngara. Ele fica no centro da cidade, às Margens do Danúbio.

Os horários das visitas variam de acordo com o idioma. Em inglês, há visitas às 10h, 12h, 13h, 14h e 15h. Os ingressos para adultos que não pertencem à União Europeia custam 5.800Ft, o equivalente a cerca de R$ 77,55 (de acordo com a cotação feita dia 16/10/2018).

Você pode chegar ao Parlamento de metrô, de bonde ou de ônibus.

Almoce em um restaurante perto, como o Biarritz Restaurant and Cafe, com refeições por cerca de R$50,00.

Tarde e noite

Percorra a Váci Utca, uma das ruas comerciais mais conhecidas de Budapeste até chegar no Mercado Central, que é o maior mercado coberto da cidade. Funciona às segundas-feiras, das 6h às 17h, de terça a sexta, das 6h às 18h, sábados, das 6h às 15h e não abre aos domingos.

Pegue um bonde na porta do mercado, passando pelo Museu Nacional da Hungria (funciona de terça a domingo, das 10h às 18h e o ingresso para adultos custa cerca de R$ 21,00, caso você queira conhecer) e Grande Sinagoga de Budapeste (a segunda maior do mundo; perde apenas para a de Jerusalém. Pode ser visitada todos os dias, exceto sábados, a partir das 10h e o ingresso custa cerca de R$ 40,00).

Caminhe pela Avenida Andrássy e aproveite para fazer compras. Caso queira visitar a Ópera e fazer uma visita guiada, terá que reduzir o tempo dos programas anteriores e chegar até às 16h no local para fazer o tour em inglês. Adultos pagam o equivalente a R$ 40,00.

Aproveite para fazer um passeio de barco romântico pelo Danúbio com jantar. As embarcações saem a partir das 19h e o preço do cruzeiro com jantar é em torno de R$ 200,00 por pessoa. É um passeio imperdível!

Segundo dia do Roteiro Budapeste

A visita do segundo dia se inicia em Buda. Para chegar à região, pegue o ônibus 16, 16A, 116 ou o Funicular, apesar de o preço do último ser mais alto, pode valer a pena.

Manhã

roteiro budapeste bastiao pescadores

Percorra os arredores do Castelo de Buda (um dos principais pontos turísticos de Budapeste) e tenha uma vista deslumbrante da cidade. O passeio em volta do castelo e nos jardins é gratuito.

Entre, também, no pátio onde fica o Museu de História de Budapeste. O preço do ingresso para adultos é cerca de R$ 27,00. Os museus funcionam de terça a domingo, das 10h às 18h.

Pegue a “Támok Utca” para ir à Igreja de Matias, a igreja mais conhecida de Budapeste. Funciona de segunda a sexta, das 9h às 17h, sábados, das 9h às 12h, e domingos, das 13h às 17h e a entrada para adultos acessarem a igreja custa cerca de R$ 20,00.

Conheça o Bastão dos Pescadores, para ter a melhor visão do Parlamento e almoce cedo no Venhajo Restaurant, às margens do Danúbio. As refeições custam cerca de R$ 60,00.

Tarde e noite

À tarde, conheça o centro da cidade: a Váci Utca (uma das ruas mais importantes de Budapeste), a Avenida Andrássy (uma das vias mais emblemáticas da cidade) e a Basílica de São Estevão.

A entrada na Basílica é gratuita. Para visitar a cúpula, você deve pagar o equivalente a cerca de R$ 7,00 e para visitar o tesouro, cerca de R$ 5,50. A Basílica funciona de segunda a sexta, das 9h às 17h, sábados, das 9h às 13h e domingos, das 13h às 17h e você pode chegar ao local de metrô ou de ônibus.

Vá à Ópera, caso não tenha conseguido chegar a tempo no dia anterior.

Caso já tenha conhecido, aproveite um dos bares da região da Ópera de Budapeste e curta a noite!

Terceiro dia do Roteiro Budapeste

Como nosso roteiro é de três dias e no terceiro dia (à noite) você pegará o voo, as atrações no último dia de viagem são mais rápidas.

Manhã

Pegue metrô, linha M1, e conheça a Praça dos Heróis, uma das mais importantes praças da cidade, e o Parque da Cidade.

Se tiver tempo, entre no Balneário Széchenyi, que funciona todos os dias, das 6h às 22h. Os ingressos custam em torno de R$ 80,00 por pessoa.

Tarde

Coma alguma coisa no local ou perto de onde estiver hospedado.

Algumas sugestões são o Goulash, um dos pratos mais famosos do país, que consiste em uma sopa com carne, páprica e legumes e o Nokedli, macarrão, que é muitas vezes servido como acompanhamento. De sobremesa, uma boa pedida é o Gelarto Rosa, um delicioso sorvete, conhecido na Hungria por ter formato de uma rosa.

Outra alternativa (mais rápida) é passar em uma confeitaria ou em um supermercado e comprar lanche.

Organize sua mala para embarcar.

Dicas para o Roteiro Budapeste

Se for ficar mais tempo em Budapeste, você pode visitar menos locais por dia, conhecer mais as ruas da cidade e visitar pontos que demandem mais horas, como, por exemplo, o Memento Park.

Confira também o artigo que fizemos sobre o que nunca esquecer numa viagem à Europa.

Prepare a sua Viagem:
  • Sabia que é obrigatório ter Seguro de Viagem para visitar a Europa?

    Seja por lazer, negócios ou outro motivo, a imigração no aeroporto pode exigir esse documento no país destino. Se você não tiver, será obrigado a voltar ao Brasil. Em parceria com a Seguros Promo garantimos aos nossos leitores o melhor preço de seguro de viagem.

    COTAR SEGURO »
  • Vai precisar de carro? Para aluguel de carros na Europa esta é a nossa sugestão

    Ter um carro à disposição é um conforto enorme dependendo do tipo de viagem (em família, road trip, etc). Na Europa, sempre alugamos através da RentCars que tem os melhores preços do mercado.

    VER CARROS »
  • Viaje sempre com internet no celular

    Para consultar o Google Maps, chamar um Uber, tirar qualquer dúvida ou para alguma emergência, viajar com internet sem depender de Wi-Fi é essencial hoje em dia. O Chip que usamos sempre em nossas viagens é o da Viaje Conectado que tem os melhores preços e cobertura de 4G do mercado.

    VER PLANOS »
Este artigo pode conter links comissionados para serviços e produtos de parceiros do Euro Dicas Turismo.
Compartilhe
Autor

Carolina é luso-brasileira, jornalista e especializada em Comunicação Empresarial. Desenvolve e revisa conteúdos para diversas mídias. Adora viajar o mundo, conhecer novas culturas e escrever sobre suas experiências. Tem prazer em dar dicas de restaurantes, hotéis e também em ajudar brasileiros que desejem morar em outro país.