Você vai para a Espanha e quer conhecer uma cidade diferenciada no País Basco? Uma excelente opção é Bilbao que combina história, cultura, arquitetura e natureza com uma gastronomia espetacular. Pensando nisso, criamos um roteiro para um, dois ou três dias no Norte do país, mostrando o que fazer em Bilbao.

Prepare-se para embarcar rumo a este destino maravilhoso e confira todas as dicas!

O que fazer em Bilbao?

Tanto para uma escapadinha rápida quanto para uma viagem mais completa, uma das principais cidades do País Basco, Bilbao merece ser incluída no seu roteiro pela Espanha.

Dessa forma, para ajudar você a organizar os planos, listei no mapa e separei por cores, o que fazer na cidade em um, dois ou três dias. Tudo para otimizar seu tempo e orçamento com experiências imperdíveis:

Em amarelo estão as sugestões para o primeiro dia. Azul para as atrações do segundo dia. Em vermelho, o que fazer em três dias em Bilbao.

O que fazer em 1 dia em Bilbao?

Explorar uma das melhores cidades para conhecer na Espanha em apenas um dia é desafiador, mas possível. Em um ritmo mais acelerado, você visita rapidamente os principais pontos de Bilbao e consegue captar a essência da cidade.

Embora Bilbao seja a maior cidade do País Basco, seu centro histórico é relativamente pequeno e perfeito para ser explorado a pé. Então, perca-se pelas ruas estreitas do Casco Viejo, onde a cidade nasceu. Um labirinto de 700 anos, mas que continua intacto!

A fim de tornar sua visita mais eficiente, veja os principais pontos para descobrir no caminho:

  • Localizado onde ficava o antigo porto, o Parque del Arenal (Areatzako Ibiltokia) é um lugar repleto de famílias e aos domingos recebe o mercado de flores;
  • A Igreja de San Nicolás é um templo barroco dedicado ao padroeiro dos marinheiros e navegadores, nas proximidades, passe também pela sede do Banco Bilbao Viscaya e pela Calle del Correo (Posta Kalea);
  • No centro fica a Plaza Nueva, a praça mais popular com muitas lojas, bares, restaurantes e cafeterias. Lugar obrigatório para uma pausa enquanto saboreia as delícias locais. Se for em um domingo, aproveite o famoso mercado de antiguidades;
  • Saindo pela Kapelagile, a charmosa rua dos Chapeleiros, estará a Plaza Miguel de Unamuno onde está o busto do renomado escritor bilbaíno, Miguel de Unamuno e os 316 degraus da Escadaria de la Mallona. Ali perto também está o Museu Arqueológico, Etnográfico e Histórico Basco;
  • Passando pela Igreja dos Santos Juanes, você chega à rua mais curta de Bilbao, o Portal de Zamudio. O portal representa uma das portas da muralha que no passado cercava o centro histórico. Ali também está o início das famosas Siete Calles de Bilbao;
  • No coração do Casco Viejo estão as seculares e estreitas Siete Calles, sete ruas paralelas Somera, Artecalle, Tendería, Belosticalle, Carnicería Vieja, Barrencalle e Barrencalle Barrena. Cheias de casas coloridas, lojas e bares que dão fama ao lugar. No final da rua Somera, encontra-se a Ponte e a Igreja de San Antón;
  • A Catedral Basílica de Santiago de Bilbao é mais antiga do que a própria cidade. Lá você verá sua deslumbrante espiral, elementos góticos, renascentistas e neoclássicos, isso tudo apenas nas fachadas! Além dos vitrais, o coro, o claustro e a cripta originais das primeiras peregrinações de Santiago de Compostela;
  • Visita obrigatória para os amantes de arquitetura é o Palácio de John (La Bolsa). O edifício, que hoje é um centro cultural, tem três lados e uma estrela no chão que chama atenção para um detalhe: o único lugar do Casco Viejo de onde se vê a Basílica de Begoña;
  • Um dos maiores mercados cobertos da Europa, o Mercado de la Ribera, é considerado um templo Art Déco e da gastronomia basca. São cerca de dez mil metros quadrados com bancas de alimentos frescos até bares e restaurantes. Sirva-se dos deliciosos pintxos (pinchos), um aperitivo tradicional (logo falaremos mais sobre essas delícias!);
  • Para finalizar o dia e queimar as calorias dos pintxos, ande cerca de 22 minutos e chegue até a Basílica de Nossa Senhora de Begoña, dedicada à padroeira da cidade, a Amatxo como os bilbaínos a chamam. Em estilo gótico, destaca-se o pórtico renascentista, o arco do triunfo, o Camarín de la Virgen e um campanário perfeito para ver o colorido do céu no fim da tarde.

Se preferir, pode fazer tudo isso com um guia local. Dessa forma, um passeio guiado pela cidade velha é uma excelente opção, ou ainda, comprar ingressos para a Catedral de Santiago de Bilbao e a Igreja de Santo Antón e visitá-las por dentro.

Depois de um dia em Bilbao, certamente, você terá vontade de uma imersão mais completa!

O que fazer em 2 dias em Bilbao?

Reserve o segundo dia para conhecer a parte moderna da cidade. Em Ensanche, também conhecida por Abando, você verá uma Bilbao revitalizada. A antiga parte industrial, antes dominada pela produção metalúrgica, expandiu a cidade com ares contemporâneos e cosmopolitas.

Casco Viejo é o centro histórico de Bilbao
As ruas estreitas do Casco Viejo são completamente diferentes do cenário da Bilbao Art District, na parte moderna da cidade

A parte criativa, movimentada e ecológica integra arte e arquitetura em sua vida cotidiana. Ali está um dos pontos turísticos da Espanha para incluir no roteiro: o queridinho Museu Guggenheim. Pertinho dele, também fica o Iturrizar Parkea, ou Parque de Dona Casilda Iturrizar, como preferir. O bairro exala tanta cultura que é conhecido como Bilbao Art District, onde até as estações de metrô são incríveis!

Venha descobrir o que mais fazer no seu segundo dia em Bilbao:

  • Comece com um belo passeio pela ribeira do rio Nervión, na passarela da Ría de Bilbao que divide a cidade ao meio. Durante o caminho, observe diversas esculturas e pontes, incluindo a icônica Zubizuri, de Santiago Calatrava;
  • Em seguida, visite o Museu Guggenheim o ícone da cidade e uma das obras mais impressionantes da arquitetura do século XX. O museu impressiona mesmo para quem o vê de fora. Já a visita ao interior é outro espetáculo, com muitas exposições de arte contemporânea;
  • De lá você vai ver os imponentes arranha-céus na Plaza Euskadi, a Torre da Iberdrola e o Museu de Belas Artes, uma das melhores pinacotecas da Espanha;
  • Para relaxar, aproveite o Parque de Dona Casilda Iturrizar um ambiente verde ideal para piqueniques, com uma vista incrível e atividades ao ar livre;
  • Outras paradas próximas incluem o Palácio Euskalduna, o Estádio de San Mamés (a “catedral” do futebol em Bilbao), o Azkuna Zentroa Alhóndiga Bilbao (um centro cultural e comercial super cool, com 40 colunas todas de estilos diferentes) e a Plaza Moyúa;
  • Para uma vista panorâmica única, suba até o Monte Artxanda com o funicular (teleférico) onde poderá apreciar o pôr do sol sobre Bilbao. Uma atividade perfeita para encerrar seu segundo dia na cidade.

O que fazer em 3 dias em Bilbao?

No terceiro dia, vá além de Bilbao e aproveite as redondezas. Separei algumas opções próximas que valem a pena. Assim, você escolhe o que gostaria de conhecer, conforme seu estilo de viagem.

Ponte Suspensa de Biscaia

Uma experiência imperdível próxima a Bilbao, é a Ponte Suspense de Biscaia que além de vistas espetaculares, é a ponte suspensa com mecanismo de transporte mais antiga em funcionamento no mundo. Inaugurada em 1893, hoje um Patrimônio Mundial da Unesco, a ponte liga Portugalete e Getxo e você pode conhecer os dois lugares pegando um metrô no centro de Bilbao.

Basta pegar a linha 1 para Areeta, em Getxo (Guecho), ou linha 2 para Portugalete. Aproveite para explorar as cidades. Você pode ir ao Mirador de Atxekolandeta e à Marina de Getxo. E em Portugalete, pode conhecer a Basílica de Santa Maria, a Torre Salazar e o Museu Rialia da Indústria, por exemplo.

Se você gosta de passeios de barco, um cruzeiro pelo rio Nervión é uma forma diferente conhecer os arredores de Bilbao. Este passeio de 2h30, com áudio guia em espanhol, inglês e francês, parte de Bilbao e oferece uma vista panorâmica relaxante até Getxo e a pitoresca vila de pescadores de Santurtzi, passando por Portugalete e a icônica Ponte Suspensa de Biscaia.

Praias da Costa Basca

Conheça a Ponte de Biscaia na parte da manhã e aproveite a ida a Getxo para almoçar e passar a tarde em uma de suas famosas praias, como a Las Arenas e a La Bola, que são mais movimentadas.

E se quiser dedicar o dia todinho às praias, saiba que a Costa Basca tem inúmeras opções, mas somente para avisar, as águas são frias.

As mais populares estão em Sopelana, sendo que as praias de Atxabiribil e Arrietara têm um extenso areal avermelhado, e na Baía de Plentzia. Plentziako, Gorlizeko e Astondoko estão na lista.

Uma alternativa para passar o dia todo é ir a San Sebastián, uma cidade à beira-mar super-romântica. A capital da província de Guipúscoa oferece uma variedade de atrações, incluindo a Catedral do Bom Pastor, o Mirante do Monte Igueldo, a Playa de la Concha, além de muita comida boa! Enfim, praias para todos os gostos!

Vitória

A capital da província de Álava, também é a capital do País Basco, e não Bilbao, como muitos pensam.

Vitória é reconhecida por ser uma das cidades mais verdes da Europa, com seu Anillo Verde. Recebeu o título de Capital Verde Europeia em 2012 e Cidade Verde Global em 2019, destacando-se por ter uma grande proporção de áreas verdes por habitante. Logo, também é conhecida pela qualidade de vida incomparável.

Além disso, tem uma rica história e arquitetura medieval perfeita para um passeio a pé. Dentre os destaques para conhecer estão a Catedral de Santa Maria, a Plaza de la Virgen Blanca e as antigas muralhas.

A cidade está a 65 km de Bilbao, por isso para chegar com mais praticidade, recomendo ir de carro. Outra maneira é adquirir um pacote com ida e volta inclusas. A Civitatis oferece uma excursão para Vitória saindo de Bilbao que pode ser uma ótima opção!

Quantos dias são suficientes em Bilbao?

2 dias são ideias para visitar os principais pontos turísticos de Bilbao. Da “cidade velha” à “cidade moderna”.  No entanto, vale a pena ficar mais alguns dias para conhecê-la profundamente, assim como os seus arredores. Dessa forma, é possível explorá-la com mais calma e visitar os museus e parques sem pressa. E se quiser, dar um pulinho em alguma das praias.

Todo o País Basco é impressionante e tem uma vibe diferente de outras regiões da Espanha. E como diz um amigo “um frescor difícil de explicar”, sem falar na gastronomia que é um caso à parte. Portanto, sugiro aproveitar!

O que não pode deixar de conhecer em Bilbao?

A principal atração da cidade, é sem dúvida, o Museu Guggenheim e as razões para visitá-lo são abundantes. Uma experiência sensorial única e completa, tanto dentro das galerias, quanto nos espaços ao ar livre.

Museu Guggenheim e ao lado do rio Nervión, em Bilbao, Espanha
Projetado por Frank Gehry, desde 1997 o Museu Guggenheim mudou a paisagem urbana de Bilbao

Eu me atrevo a dizer que esse impacto acontece até em quem não é muito ligado à arte. Isso porque é difícil passar indiferente pelo local e não querer tirar uma foto!

Além de estar na lista dos melhores museus da Espanha, também é uma das instituições culturais mais renomadas do mundo, tanto pela importante coleção de arte moderna e contemporânea, quanto pelas formas curvilíneas e fachada reluzente de titânio.

A obra-prima de design inovador abriga obras de artistas renomados do século XX e XXI, como Andy Warhol e Jeff Koons, em exposições permanentes e temporárias. Do lado de fora, obras como “Puppy” de Jeff Koons e “Mamán” (a monumental aranha gigante) de Louise Bourgeois podem ser apreciadas.

Localizado às margens do rio Nervión, o museu também serve como um centro cultural e oferece uma variedade de programas educativos, eventos especiais e performances ao longo do ano.

Você pode optar por uma visita guiada com ingresso incluso, como a oferecida na Civitatis. Se preferir um tour privado com ingresso sem fila para o museu, no GetYouGuide você vai encontrar. Ou, ainda, diretamente no site do museu.

Seja da forma que for, certamente o Guggenheim é um ponto imperdível para quem visita Bilbao!

O que fazer à noite em Bilbao?

A vida noturna de Bilbao é bastante animada, especialmente em algumas regiões tradicionais conhecidas por isso.

Veja algumas opções para diferentes gostos:

  • Casco Viejo e Ría de Bilbao: novamente esses dois lugares, porém com o charme noturno. Siga para o centro histórico e faça a clássica rota de pintxos;
  • Jantar em um restaurante típico: para uma refeição mais tradicional pode aproveitar os locais da Plaza Nueva, por exemplo, ou ainda um ambiente mais tranquilo, como os cafés (que não vendem somente café, ok?);
  • Teatro Arriaga: se gosta de teatro, precisa conhecer o mais elegante da cidade que é inspirado na Ópera de Paris. Vale a pena conferir a programação e assistir a um espetáculo;
  • Concertos e performances: se prefere shows, também vale uma olhadinha na programação dos eventos culturais e musicais. Locais como o Palácio Euskalduna ou a Sala BBK são duas boas opções;
  • Bares: vá a Indautxu e Bilbao La Vieja. Estas áreas são conhecidas pela animação e você pode fazer parte da tradição típica dos bares: o “txiquiteo”. Significa que beber “chiquitos” ou “txikitos” (pequenas doses de vinho), de bar em bar, com um grupo de amigos. É comum acabar a noite cantando aos berros músicas típicas de Bilbao;
  • Baladas: agora, se quer dançar até o raiar do dia, vá a clubes como a Shake, Sala Marquee ou o Cotton Club.

Curta a noite de Bilbao do jeito que preferir e aproveite!

Qual é a melhor época para conhecer Bilbao?

Em maio ou setembro, quando há menor probabilidade de chuva, menos turistas e os preços são mais acessíveis. No geral, Bilbao tem um clima mais frio e chuvoso do que o restante da Espanha, especialmente fora dos meses mais quentes. E essa informação pode fazer a diferença na hora de se planejar.

É claro que os meses de verão (junho a agosto) são ótimos, tanto para passear pelas ruas, quanto para curtir as praias da Costa Basca. No entanto, o alto número de turistas acaba elevando os preços de restaurantes e hotéis, sendo uma desvantagem nessa época.

Portanto, para economizar alguns euros, com um clima melhor e menos fluxo de pessoas, planejar sua visita a Bilbao em maio e setembro é uma boa escolha.

O que fazer em Bilbao no inverno?

Para aproveitar Bilbao e se aquecer do frio, a dica são as visitas em museus e teatros. Além do Guggenheim, visite o Museu de Belas Artes ou o Museu Marítimo da Ria de Bilbao, por exemplo.

Os mercados e feiras também são ótimas sugestões para aproveitar. O clima também é perfeito para um tour gastronômico com vinhos locais ou ainda visita às vinícolas da região.

Em janeiro, no auge do inverno, acontece a Cabalgata de Reyes Magos, um bonito e animado desfile para celebrar os Três Reis Magos, uma tradição muito popular em toda a Espanha. Então, se coincidir com sua visita, participe.

Outro evento tradicional acontece em março. A Marcha Cicloturista Internacional de Bilbao reúne os adeptos da bicicleta que percorrem parte da província de Biscaia em um trajeto de 100 quilômetros. O circuito movimenta a região e espanta o frio.

O que fazer em Bilbao no verão?

Ah, o verão! Quando a cidade está cheinha de festivais acontecendo. O BBK Live, que acontece em julho, é um exemplo. É um festival de música alternativa, eletrônica e rock que reúne artistas internacionais muito conhecidos. Todo ano, claro, com uma programação diferente. Aproveite a época para acompanhar as muitas atrações culturais espalhadas pela cidade.

Em agosto, acontece uma das festas tradicionais espanholas, em homenagem à Virgen de Begoña. A chamada Semana Grande de Bilbao, a Aste Nagusia, dura nove dias e a cidade fica muito animada.

Nessa época, música, gastronomia, teatro, espetáculos, esportes e fogos de artifício enchem as ruas e a zona ribeirinha de Bilbao. A figura da Marijaia (representada por um boneco gigante) abre as celebrações no sábado, geralmente após o 15 de agosto, e é queimada no último dia de festa, como parte da tradição.

O verão também é a melhor época para conhecer as praias da Costa Basca e se aventurar nas trilhas verdes aos arredores de Bilbao.

O que fazer além do óbvio em Bilbao?

Se você gosta de caminhadas na natureza e cenários paradisíacos, San Juan de Gaztelugatxe é o local ideal para fazer além do óbvio nos arredores de Bilbao. A pequena ilha fica cerca de 15 quilômetros de Bermeo e 6 quilômetros de Bakio.

A aventura começa a partir de uma ponte de pedra que leva a uma trilha íngreme. A chegada dá para uma capela dedicada a São João Batista, datada do século X, no topo. Durante o trajeto, você terá as vistas panorâmicas mais deslumbrantes do Mar Cantábrico.

A subida até a capela é feita por uma escadaria com 241 degraus. Então, prepare as pernas! Ao chegar no topo, toque o sino três vezes e faça um pedido, diz a lenda que funciona!

A entrada para San Juan de Gaztelugatxe é gratuita, mas é necessário reservar o bilhete online e com antecedência. Especialmente aos fins de semana, feriados e na alta temporada. Além disso, você também pode adquirir um áudio guia para uma experiência mais completa.

San Juan de Gaztelugatxe, com pôr do sol em dia de verão
San Juan de Gaztelugatxe serviu de cenário para a série “Game Of Thrones” e é um passeio imperdível para os fãs da série

Há pacotes em sites de atrações que partem de Bilbao e incluem a visita a San Juan de Gaztelugatxe. Esses tours oferecem transporte de ida e volta, e visitas guiadas com as histórias, tradições e lendas de Gaztelugatxe.

A Civitatis oferece um dia inteiro de tour nos cenários de Game of Thrones, com guia em espanhol e inglês.

Se acaso preferir, também há opções de visitas combinadas em duas cidades. O GetYourGuide, por exemplo, disponibiliza a visita guiada a San Sebastián e San Juan de Gaztelugatxe, que pode maximizar sua viagem.

Lembre-se de verificar as informações mais recentes antes de planejar sua visita, pois podem ocorrer mudanças nos procedimentos de acesso ou horários de funcionamento. Boa viagem e aproveite a mágica de Gaztelugatxe!

Quanto custa viajar para Bilbao?

Viajar para Bilbao custa, em média, 665€ para uma pessoa durante 3 dias.

Somente para ilustrar, veja um resumo de custos de quanto custa viajar para Bilbao:

Item Preço médio para 1 pessoa por 3 dias
Hospedagem em hotel 3 estrelas 455€
Atrações turísticas 100€
Transporte 10€
Alimentação 90€
Total 665€ 

Vale lembrar que esses valores são apenas uma média e que podem variar conforme suas preferências de transporte, atrações, hospedagem, etc.

Qual é o gasto diário?

O gasto diário em Bilbao é muito relativo, mas em média sairá entre 50€ a 250€, considerando a hospedagem.

O valor final vai depender do que pretende fazer na cidade, se visitará atrações pagas, visitas guiadas, tipo de hospedagem, restaurantes e que tipo de transporte pretende usar, por exemplo.

Quantos euros levar?

Com base na tabela anterior, para 3 dias em Bilbao, você precisará levar entre 700€ a 1.000€, afinal, incidentes podem acontecer e é bom estar preparado.

Ao se planejar, é importante levar em conta a época do ano, comprar passagens e pacotes para atrações com antecedência, bem como reservar a hospedagem. Certamente, isso trará mais economia para sua viagem.

Outra sugestão valiosa é carregar apenas uma pequena quantia em dinheiro para pequenas compras. Para montantes maiores, considere usar um cartão de débito pré-pago, como o Wise, por exemplo. Essa, sem dúvida, é a forma mais segura e econômica de levar seu dinheiro.

Além disso, a Wise pratica taxas bem menores que a concorrência, você não se preocupa com as “surpresas” na fatura do cartão de crédito e ainda pode fazer saques em qualquer caixa eletrônico do país, se precisar.

O que não deixar de comer em Bilbao?

Em primeiro lugar, você precisa saber que a gastronomia de toda a região do País Basco é excelente e se destaca ao restante da Espanha.

Sendo assim, em Bilbao não seria diferente! Logo, aproveite e prove os pratos típicos como bacalhau ao pil pil, a txuleta (uma espécie de chuleta à moda basco) e, é claro, os pintxos (ou pinchos). Esse lanchinho com nome engraçado é unanimidade quando o assunto é comer em Bilbao.

Bar tradicional serve pintxos, o aperitivo típico de Bilbao
A rota de pintxos é muito tradicional entre os moradores e turistas e é geralmente acompanhada por pequenas doses de vinho

Como resultado, a ótima notícia é que são fáceis de encontrar, tanto em bares quanto em restaurantes e cada lugar tem uma receita diferente! Alguns até oferecem as rotas de pintxos, em que você paga um valor fixo e pode provar diversas opções.

Somente para exemplificar, qualquer restaurante na Plaza Nueva, nas tabernas das Siete Calles, no Mercado de La Ribera, nos Jardines de Albia ou na rua Licenciado Poza de Indautxu no bairro do Ensanche. Enfim, uma infinidade de lugares para saborear!

Da mesma forma, você pode casar a degustação com o txakoli (um vinho branco típico da região). No tour de pintxos por Bilbao, por exemplo, você passa por 5 bares, prova 8 pintxos, 5 bebidas e 3 horas depois, certamente estará alegre como nunca, cantando as canções típicas junto ao txiquiteo!

Onde se hospedar em Bilbao?

Em Bilbao, certamente os melhores bairros para se hospedar incluem o Casco Viejo, o charmoso centro histórico, e o Ensanche, a área mais moderna da cidade, com muitas opções de compras e restaurantes.

Do mesmo modo, outra boa opção é o Indautxu, que oferece fácil acesso às principais atrações da cidade e tem a agitação social para quem gosta da vida noturna.

Os três bairros têm hotéis e alojamentos para todos os gostos e orçamentos. Isso porque é possível encontrar hospedagens, para duas pessoas, de 46€ a 490€ por noite.

Com o intuito de facilitar sua busca, pesquise no Booking a hospedagem que mais combina com a sua viagem. Aliás, antes de reservar, confira no mapa a localização e a facilidade de acesso aos lugares que deseja visitar.

Qual é o melhor transporte para explorar Bilbao?

A melhor forma de explorar a cidade é a pé, principalmente na zona do centro histórico, mas se caminhar não for o seu forte, a cidade oferece transportes para as principais atrações turísticas.

Dessa maneira, é possível se locomover de ônibus, metrô, tranvía (bonde) e táxi, que conectam as principais áreas, otimizando seu tempo. O bilhete de ônibus custa a partir de 0,66€. Já para acessar até 3 zonas de metrô o valor é de 1,23€, por trecho.

Nesse sentido, uma sugestão é comprar o cartão de transporte chamado Barik. Com ele, as passagens saem pela metade do preço. Para isso, basta comprar o cartão, que custa 3€, e colocar a quantidade de créditos que pretende usar. No entanto, o carregamento mínimo é de 5€, mas você também pode usá-lo para ir e voltar do aeroporto, por exemplo.

Em contrapartida, para mais autonomia e conforto, curtir mais dias em Bilbao e ainda explorar os arredores, alugar um carro na Espanha é uma boa alternativa.

Como se planejar para visitar Bilbao?

Por fim, embora seja uma etapa menos emocionante da sua aventura, planejar com antecedência pode garantir que você aproveite ao máximo sua visita a Bilbao.

Assim, para facilitar, confira essas dicas importantes:

  • Seguro viagem: garanta uma apólice que cubra despesas médicas e hospitalares de pelo menos 30 mil euros, conforme exigido pelo Tratado de Schengen. Use o Seguros Promo para encontrar opções com desconto;
  • Conexão durante a viagem: fique conectado para facilitar a exploração da cidade, sobretudo evitando as altas taxas de roaming. Considere comprar um chip internacional antes da viagem, como o da America Chip. Assim você evita custos extras e aquelas “saias justas” que o idioma pode causar ao comprar um chip local em Bilbao;
  • Ingressos antecipados: a fim de economizar tempo e dinheiro, compre ingressos com antecedência. Plataformas como GetYourGuide e Civitatis oferecem opções para tours, atrações turísticas e atividades culturais em Bilbao, com benefícios como acesso prioritário e cancelamento grátis.

Prontinho! Com planejamento feito, passagens compradas, malas prontas e roteiro escolhido, certamente você saberá o que fazer em Bilbao para aproveitar ao máximo a sua viagem!